sábado, 13 de outubro de 2018

Policiais militares de Turvo recebem elogios do 16º BPM por ocorrência atendida no interior do município


Os policiais Murbach e Clayton, que trabalham no Destacamento da Polícia Militar de Turvo, receberam Referência Elogiosa Coletiva do Comando do 16º BPM de Guarapuava, pelo atendimento a uma ocorrência na localidade de Carriel, quando os policiais trabalharam mais de 11h00 na ocorrência.

Veja abaixo o elogio recebido pelos policiais:

Pela dedicação e profissionalismo com que se portaram em data de 22 de setembro de 2018, quando em atendimento a uma denuncia anônima realizaram abordagem a um bar, identificado no local um individuo suspeito de praticar diversos furtos no município de Turvo e região, sendo que este evadiu-se do local, empreendendo fuga em meio a mata, os militares realizaram buscas, porém sem êxito. 

Após a realização de outras abordagens, os milicianos deslocaram com a viatura pelas proximidades do bar abordado, seguindo sentido ao município de Turvo, simulando estarem retornando ao patrulhamento noturno, porém alguns minutos retornaram a pé até ao referido bar, logrando êxito em abordar o suspeito que anteriormente havia se evadido, tal individuo resistiu a prisão e investiu contra os policiais, porém foi devidamente contido e preso pela equipe PM.

Por meio desta ação e de diligências realizadas pelos milicianos, outro dois indivíduos foram presos por receptação e três motocicletas produtos de furtos foram recuperadas.

São policiais com esta perspicácia, persistência e empenho que devemos ressaltar nos quadros de nossa gloriosa Polícia Militar do Paraná, tal ocorrência demonstrou profissionalismo e dedicação da equipe, assim, enalteceram o nome da Corporação ante nossa sociedade e com esta atitude aumentaram a confiança no trabalho na Polícia Militar. 

Cap. QOPM Ederson Pinheiro Crevelin
Comandante da 1ª Cia do 16º BPM

Hoje tem Bailão de Aniversário de 10 Anos da Distribuidora Vaurek com Grupo Ventanas em Turvo



CAD se despede da Chave Ouro na noite deste sábado


O Agricopel Imperium Futsal CAD Guarapuava entra em quadra hoje para se despedir da temporada 2018, a partida será contra o Matelândia às 21 horas no Joaquinzão e marca também a despedida do clube da Chave Ouro, principal divisão do salonismo estadual.

O técnico Paulo Henrique prega honra e encerrar com uma vitória seria importante para coroar o grande trabalho que o clube desenvolveu em 2018 diante de todas as dificuldades, para a partida PH deverá contar com 9 atletas relacionados, são eles... Vitão e Patito, Gaúcho, Matheus Meira, Matheus Lustosa, Alexandre, Andrei, Rafinha e André Maluko, certeza será a ausência dos atletas sub 17 que são integrados ao elenco adulto, estes desfalques se dão por conta dos jogos da juventude que o clube disputa em paralelo representando Guarapuava em Chopinzinho.

Pela lado da diretoria o apelo é de apoio, no ano mais difícil da história do CAD, o clube ainda luta para sanar grandes dividas existentes, a renda de bilheteria da partida poderá auxiliar no complemento da folha de salários e rescisões.

Os ingressos do jogo podem ser adquiridos na bilheteria do clube na hora do jogo, ou antecipadamente na Fármacia Trajano Matriz e Posto Cidade.

Assessoria CAD

Homem devolve envelope com dinheiro perdido por cortadora de cana


Nivaldo Correia de Oliveira, de 49 anos, encontrou e devolveu um envelope com R$ 566 que a cortadora de cana Rosangela Aparecida Alexandre, de 45 anos, tinha perdido em Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná.

A trabalhadora rural tinha participado de um churrasco em um bar, na noite do último sábado (6), e só percebeu que tinha perdido o dinheiro – do salário que tinha recebido – no dia seguinte.

"Eu pensei, eu podia até pegar o dinheiro. Eu estou precisando. Podia até pegar, mas não é meu. Então, eu vou procurar o dono desse dinheiro. Eu vou atrás até achar o dono", disse Nivaldo.

O envelope foi encontrado por Nivaldo no domingo (7) pela manhã, quando ele limpava o bar onde a mulher tinha estado. Dentro do envelope, estavam o dinheiro e o holerite que identificava Rosangela.

Nivaldo, que conhecia Rosangela, tentou encontrá-la, mas não sabia onde ela morava. Alguém acabou avisando a cortadora de cana que Nivaldo tinha encontrado o dinheiro, e ela voltou ao bar para recuperá-lo.

No local, Rosangela recebeu de Nivaldo o envelope do jeito que ele encontrou, com todo o dinheiro do salário dela.

Desempregado, Nivaldo vive atualmente de bicos e mora em um quartinho que fica bar. Ele contou que teria que trabalhar sete dias como pedreiro para ganhar valor equivalente ao que estava no envelope, mas que não pensou em ficar com o dinheiro. 

"Muito agradecida por ele. Eu só falei pra ele que eu não pude ajudar porque era tudo contado. Era para eu pagar conta mesmo", disse Rosangela.

Ele lembrou que já viveu um episódio parecido: perdeu cerca de R$ 130, e a pessoa que encontrou o dinheiro devolveu tudo para ele. "As pessoas não veem, mas Deus está vendo", concluiu Nivaldo. Veja mais em G1 - PR