domingo, 24 de janeiro de 2021

Município de Turvo recebe mais vacinas para combate ao covid-19


Neste domingo (24), o município de Turvo recebeu a segunda remessa de vacinas para combate ao covid-19. 

Nesse lote, foram recebidas 80 doses do imunizante AstraZeneca, que serão aplicadas em profissionais de saúde e pessoas do grupo de risco, conforme previsto no Plano Nacional de Imunização. 

Na última terça-feira (19), o município recebeu 388 doses do imunizante CoronaVac.


Fonte: Prefeitura de Turvo 

Boa Ventura de São Roque chega a 182 casos confirmados de covid-19

 


Mais 06 casos de covid-19 é registrado em Turvo


Neste domingo (24) foram confirmados mais 06 casos para covid-19, em Turvo. Aumentando o número de casos em 593 casos positivos por meio do exame PCR do LACEN (Laboratório Central do Estado do Paraná), o número de casos confirmados por meio de sorologia aumentou para 10, somando-se assim 603 casos confirmados.

Uma pessoa encontra-se internada no Hospital Regional de Guarapuava, na UTI. 

512 casos estão recuperados, tendo 91 casos ativos e 29 pessoas aguardam o resultado do exame em isolamento domiciliar.



Aproveite as Ofertas da Segunda Arrasadora no Suprema Supermercado de Turvo

 


O Polo do UniFCV agora é o Centro Educacional JNJ e também mudou de endereço

 


O Centro Educacional JNJ está situado na Rua Elias Rickli, nº 655, em Turvo, próximo onde era o despachante. Agora além dos cursos de Graduação, Pós-Graduação e Cursos de Extensão, também tem curso de Inglês para crianças a partir de 6 anos de idade e para adultos, pela You-C English School e os cursos profissionalizantes com a Metodologia Evolua.

A UniFCV oferece uma grande variedade de cursos de Graduação EAD para você escolher. 

Garantimos uma educação de qualidade, te preparando para os desafios do mercado de trabalho e um futuro de sucesso. Estude com a melhor, vem ser UniFCV!.

Entre em contato (42) 99128-1476; (42) 99123-1476 ou (42) 99128 - 8795 para mais informações.










Veja mais no vídeo:








Ex-vereador João Bosco Pires faleceu vítima de Covid-19, em Guarapuava


Faleceu na madrugada deste domingo (24), por volta das 4h30, o ex-vereador em Guarapuava, João Bosco Pires (74).

Ele estava internado no Hospital São Vicente de Paulo e faleceu em decorrência da Covid-19. Bosco era pai do Secretário de Saúde de Guarapuava, Jonilson Pires.

Na última segunda-feira (18), a empresária Rosaline Gross Pires, esposa de Bosco e mãe de Jonilson, faleceu no Hospital São Vicente também por complicações da Covid. 

Não haverá velório. Bosco será sepultado ainda neste domingo.

Acidente com avião mata quatro jogadores e presidente do Palmas


O acidente com um avião em uma pista de pouso particular em Luzimangues (Tocantins) neste domingo (24) matou quatro jogadores e o presidente do Palmas. A assessoria do clube informou que estavam a bordo os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. Além dos quatro, a aeronave levava ainda o presidente Lucas Meira e o piloto, identificado apenas como 'comandante Wagner

O Palmas estava indo para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde. Nas redes sociais do time foram compartilhadas imagens do último treino realizado no Tocantins neste sábado (23). O jogo está marcado para as 16h de segunda-feira (25), em Goiânia. Mas o próprio Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que vai colaborar para o adiamento da partida.

O Palmas também tinha um jogo pelo Campeonato Tocantins na quinta-feira (28), às 16h, no Nilton Santos, contra o Araguacema.

O acidente foi na manhã deste domingo. O avião caiu momentos após decolar de uma pista de pouso no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, município localizado 60km ao sul de Palmas. A aeronave tinha acabado de decolar e acabou atingindo o solo em um matagal logo após a cabeceira da pista.

Veja a nota do Palmas na íntegra

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.

Motorista alcoolizado agride policial durante abordagem, em Marquinho


No dia 23 jan.21 por volta das 14h05min na BR 158-Marquinho a equipe de rádio patrulha realizava patrulhamento nas proximidades do centro de eventos de Marquinho, quando visualizou na BR 158, um veículo caminhão Mercedes Benz transitando em "zig zag" e por várias vezes transitando na contra mão de direção, abordado o veículo, conduzido por um homem de 37 anos, acompanhado de um homem de 53 anos, sendo que o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez como forte odor etílico, olhos vermelhos e agressividade. 

Foi solicitado a documentação pessoal do condutor o qual desacatou os policiais e disse que não apresentaria documentação nenhuma para a equipe. Com comportamento bastante agressivo, começou a proferir palavras de baixo calão contra a equipe policial. 

Foi solicitado ao condutor para acompanhar os policiais até o destacamento para lavratura do Termo Circunstanciado o qual novamente desacatou os policiais militares. Diante do fato foi dada voz de prisão ao autor o qual disse que ninguém iria levá-lo preso, e ainda entrou no interior de seu caminhão e tentou se evadir, sendo que o policial tentou impedi-lo, momento em que o autor deu um chute no peito do policial, funcionou o veículo e conduziu o mesmo até uma estrada rural, sendo que inclusive jogou o veículo em direção ao policial o qual realizou dois disparos em direção aos pneus dianteiros, para impedir a injusta agressão e resguardar a segurança de terceiros. 

Durante a tentativa de realizar a prisão do autor a equipe foi impedida com empurrões e força física pelas por três pessoas 23, 38 e o acompanhante de 53 anos. O acompanhante, que também apresentava visíveis sinais de embriaguez como forte odor etílico, olhos vermelhos e andar cambaleante, também proferia palavras de baixo calão contra a equipe e ainda proferiu ameaças dizendo: "semana que vem eu vou mexer com os meus deputados conhecidos e vocês não vão mais trabalhar no Marquinho". 

Disse ainda que era uma pessoa que tinha influência e que tomaria todas as medidas necessárias para impedir a equipe de trabalhar naquele município. Foi solicitado para o mesmo acompanhar a equipe pelo crime de desacato, porém se recusou. Dada voz de prisão ao segundo autor o qual resistiu com força física, tentando empurrar a equipe com os braços. Durante todo o procedimento envolvendo os autores as pessoas 23 e 38 anos tentavam impedir a equipe com empurrões. 

Com a chegada do apoio de mais uma equipe policial foi possível realizar teste etilométrico no condutor, o qual aferiu 0,24 mg/l, e os autores conduzidos para a Delegacia para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PM

Faleceu Jair Celestrino de Abreu

 


Faleceu na manhã deste domingo (24), Jair Celestrino de Abreu, aos 94 anos.

Seu corpo será velado na Capela Mortuária de Turvo.

O sepultamento será ás 18h00, em Guarapuava.

Jair é avô do Osmar (Pelé).


Informou Funerária SerLuto de Turvo.

Estudante indígena da Unicentro assume presidência de conselho tutelar


No dia 11 de janeiro, o estudante de Administração da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Joares Alves, assumiu a presidência do Conselho Tutelar de Mangueirinha, no Sudoeste paranaense. Natural da Tribo Kaingang, ele é o primeiro indígena eleito conselheiro tutelar no Paraná.

Joares atribui a conquista ao ingresso na Universidade e reconhece a importância dos órgãos governamentais, que atuam em prol de políticas afirmativas, para assegurar a permanência dos povos indígenas no sistema público de ensino superior. “Ao longo da graduação, fui adquirindo conhecimento e experiência, e isso me habilitou a concorrer tanto para a vaga de conselheiro tutelar quanto para a função de presidente do colegiado”, afirma.

A gestão do Conselho Tutelar tem período de um ano, sendo que o processo de seleção ocorre por meio de votação secreta entre os conselheiros. Para tanto, são considerados requisitos como liderança, habilidade de articulação e relacionamento, além do conhecimento de legislações importantes, a exemplo do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e da Constituição Federal, no que se refere à família.

Segundo Joares, o presidente de um conselho tutelar desempenha papel representativo, abrangendo atividades de coordenação, com autonomia para empreender ações mais direcionadas à garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. “Minha atenção está voltada ao município como um todo, mas como conheço bem os desafios da reserva indígena, pretendo implementar parcerias estratégicas com outras instituições, contemplando projetos para essa comunidade”, destaca.

Para o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo do Estado do Paraná, Aldo Nelson Bona, é fundamental que os povos indígenas ocupem, cada vez mais, espaços na sociedade. “O ingresso de jovens indígenas em cursos de graduação contribui para ampliar a diversidade na comunidade universitária e no meio acadêmico, assegurando a efetivação de direitos de cidadania para esses povos”, enfatiza.

No Paraná, a Comissão Universidade para os Índios (Cuia) foi instituída por decreto, em caráter permanente, com a finalidade de viabilizar o acesso, a permanência e a conclusão de cursos de graduação para estudantes indígenas nas universidades públicas. Anualmente, as sete universidades estaduais e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) promovem o Concurso de Vestibular Específico Interinstitucional dos Povos Indígenas.

MUNICÍPIO – Localizada no Sudoeste do Paraná, Mangueirinha tem pouco mais de 17 mil habitantes, segundo o censo mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2021, a cidade vai completar 75 anos. O índice médio de mortalidade infantil entre os mangueirinhenses é de 7,91 para cada mil crianças nascidas vivas.

A taxa de escolaridade das crianças com idade até 14 anos é de 97,6%, percentual idêntico ao da capital do Estado, Curitiba. No que se refere à qualidade do ensino nas escolas públicas, em uma escala de zero a 10, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) soma 5,5 e 4,4 pontos, respectivamente, nos anos iniciais e nos anos finais do Ensino Fundamental.

O Conselho Tutelar de Mangueirinha atua há quase 30 anos no município, assegurando os direitos infantis, e atendendo e aconselhando pais e responsáveis por crianças e adolescentes.

KAINGANG – Os povos Kaingang habitam, há séculos, o Sul do Brasil. Com uma população de, aproximadamente, 25 mil pessoas, eles residem em cerca de 30 áreas indígenas diferentes (a maioria demarcada), nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além de São Paulo.

Desde a promulgação da Constituição Federal, em 1988, os Kaingang passaram a participar ativamente de políticas públicas de Saúde e de Educação, valorizando sempre o uso da língua materna como elemento importante para afirmar a legitimidade das conquistas indígenas.

No Paraná, além dos Kaingang, há atualmente outras duas etnias indígenas: Guarani e Xetá. A grande maioria vive nos 17 territórios demarcados pelo Governo Federal, onde recebem assistência médica, odontológica e educação diferenciada bilíngue.

Publicidade