segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Jovem de Rocandor que está desaparecido pode estar na região de Campina do Simão


Mateus Lucas Nascimento, de 17 anos está desaparecido desde o dia 11 de agosto, quando saiu de casa após um desentendimento com seu pai, em Roncador - PR.

Segundo informações repassadas ao Blog do Elói, no dia em que Mateus desapareceu, ele saiu com uma jaqueta camuflada, calça preta jeans, boné e uma mochila camuflada preta.

O desaparecimento foi divulgado neste domingo (15).

Na manhã desta segunda-feira, após o radialista Emiliano noticiar o fato na Rádio Cidade FM de Campina do Simão, um ouvinte entrou em contato com a rádio, dizendo ter visto um jovem parecido com Mateus, próximo a Igreja da Mourinha, no interior de Campina do Simão.

Qualquer informação entrar em contato com o pai de Mateus, Silmar Nascimento (44) 9 8456-6727.

Aproveite as ofertas da Terça Verde do Suprema Supermercado de Turvo

 


Mais 1.598 casos e 51 óbitos em decorrência da Covid-19 são confirmados no Paraná


A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (16) mais 1.598 casos confirmados e 51 mortes — referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas — em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 1.411.479 casos confirmados e 36.332 mortos em decorrência da doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de agosto (1.381), julho (38), junho (35), maio (115) abril (2), março (5), fevereiro (1) e janeiro (3) de 2021 e do seguinte mês de 2020: dezembro (18).

INTERNADOS – 1.118 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 811 pacientes em leitos SUS (476 em UTI e 335 em leitos clínicos/enfermaria) e 307 em leitos da rede particular (144 em UTI e 163 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.573 pacientes internados, 785 em leitos UTI e 788 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos da rede pública e particular e são considerados casos suspeitos.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 51 pacientes. São 24 mulheres e 27 homens, com idades que variam de 29 a 92 anos. Os óbitos ocorreram de 3 de agosto de 2020 a 16 de agosto de 2021.
Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (14), Maringá (5), Lapa (2), Fazenda Rio Grande (2), Cascavel (2), Cambé (2), Bandeirantes (2), Araucária (2) e Arapongas (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Tapejara, São Mateus do Sul, São José dos Pinhais, Sengés, Sarandi, Rio Negro, Ponta Grossa, Palmeira, Nova Prata do Iguaçu, Medianeira, Londrina, Loanda, Irati, Imbituva, Iguatu, Foz do Iguaçu, Cruzeiro do Oeste e Chopinzinho.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 6.368 casos de residentes de fora do Estado, 204 pessoas morreram.

Confira o informe completo clicando AQUI.

Fiscalização do TCE-PR acelera vacinação dos paranaenses contra a Covid-19



A fiscalização que o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) vem realizando desde o início do ano sobre o processo de imunização da população paranaense contra a Covid-19 está rendendo frutos. Em um intervalo de apenas dois meses, o percentual médio de vacinas aplicadas pelos municípios, em relação às doses recebidas do Ministério da Saúde, subiu de 78,9% para 89,9%.

Nesse meio tempo, o TCE-PR notificou, por meio de seu Canal de Comunicação (CACO), 32 prefeituras nas quais o referido índice havia ficado abaixo da média estabelecida em cinco levantamentos realizados pelo órgão de controle durante o período. Devido à ação, em 11 de agosto a Corte detectou que apenas três municípios possuíam números inferiores a 75%: Ortigueira (71,1%), Ipiranga (74,4%) e Mariluz (74,8%).

Para o coordenador-geral de Fiscalização do Tribunal, Rafael Ayres, o fato de que, pela primeira vez, nenhuma prefeitura tenha tido resultado inferior a 70% evidencia que a atuação do TCE-PR está contribuindo significativamente para acelerar a imunização dos paranaenses. "A fiscalização desempenhada pela Casa está permitindo que os gestores da área da saúde tenham acesso a informações fidedignas e atualizadas sobre o avanço da imunização em cada local, o que os auxilia a planejar de forma mais eficaz e transparente todo o processo de vacinação", afirmou.

Metodologia

A Corte continuará realizando esse acompanhamento de forma periódica por meio da atuação conjunta de sua Coordenadoria de Sistemas e Informações da Fiscalização (COSIF) e da Comissão de Acompanhamento da Covid-19 estabelecida no TCE-PR. As unidades técnicas conseguem calcular o índice de efetividade municipal da vacinação a partir do levantamento e do cruzamento de dados constantes no Painel de Vacinação do Ministério da Saúde.

Dessa forma, os municípios que apresentarem números insatisfatórios continuarão a ser notificados, a fim de que corrijam possíveis atrasos no processo de vacinação ou mesmo problemas na alimentação do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI).

Em seu artigo 15, a Lei nº 14.124/2021 determina que as prefeituras registrem na referida plataforma, de maneira diária e individualizada, os dados relativos à aplicação dos imunizantes contra o novo coronavírus e à ocorrência de eventuais eventos adversos. Caso consiga apenas alimentar o sistema de forma offline, o município deve observar o prazo mínimo de 48 horas para que as informações sejam lançadas de modo online.


Autor: Diretoria de Comunicação Social
Fonte: TCE/PR

Programa CastraPet Paraná estará realizando operações de esterilização de cães e gatos em Turvo

 


Nos dias 02 e 03 de setembro, o Programa CastraPet Paraná estará realizando 116 operações de esterilização de cães e gatos em nosso município.

Poderão participar do programa animais de rua, com o objetivo do controle populacional dos animais nesta condição. Além de animais domésticos, dos quais, os proprietários devem atender alguns requisitos:

Residir em Turvo;
Possuir o Cadastro Único;
Ter renda de até 3 salários mínimos.

O programa também depende de tutores temporários para realizarem os cuidados dos animais de rua no período pós-operatório. Ajude um animalzinho, se cadastre voluntariamente como tutor.

O cadastro de animais e tutores deve ser realizado no CRAS.
Mais informações: (42) 3642-1785.


Fonte: Prefeitura de Turvo.

Com apoio do Sicredi, Prêmio Ocepar de Jornalismo reconhece destaques das reportagens sobre cooperativismo


Em um evento virtual realizado na última quinta-feira, 12 de agosto, foram apresentados os vencedores do 14º Prêmio Ocepar de Jornalismo. Foram premiados trabalhos nas categorias Jornalismo Impresso, Telejornalismo, Radiojornalismo, Mídia Cooperativa, Prêmio Especial Unimed e Prêmio Especial Ramo Crédito.

Considerado um dos mais tradicionais do país, o prêmio tem como objetivo reconhecer o trabalho desenvolvido por jornalistas na divulgação de iniciativas econômicas e sociais realizadas pelo cooperativismo no Paraná. A premiação é uma iniciativa do Sistema Ocepar e conta com o patrocínio da Central Sicredi PR/SP/RJ e da Federação Unimed do Paraná e o apoio institucional da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor/PR) e do Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná.

Ao todo, 86 trabalhos foram inscritos, sendo 14 finalistas que concorreram à premiação que somou mais de R$ 90 mil. A abertura do evento contou com a participação do presidente da Federação das Unimeds do Estado do Paraná, Paulo Roberto Fernandes Faria, e do presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, que destacaram a importância da iniciativa. “Estamos juntos nessa premiação desde 2004 e temos muita gratidão à imprensa e aos profissionais do estado do Paraná que têm levado muita informação positiva com as histórias do cooperativismo para os lares das pessoas e para as comunidades”, destacou Dasenbrock.

A abertura teve ainda a participação do presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e do vice-presidente da Região Sul da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), José Nunes, que também preside a Associação Riograndense de Imprensa (Ari).
Durante o evento, o presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, destacou a importância da iniciativa

O evento completo com a premiação pode ser assistido na página do Sistema Ocepar no Youtube.

Conheça os vencedores:

Telejornalismo

1º LUGAR

Veículo: CATVE TV

Jornalista: Camila Regina Fretag

Produtora: Katuscia Da Silva

Imagem e Edição: Handrey Zoz

Editora-Chefe: Eliane Mendonça

Tema: “Cooperativismo mirim transformando a realidade social de crianças e adolescentes no Oeste do Paraná”

2º LUGAR

Veículo: TV Naipi – Rede Massa - SBT

Jornalista: Crislaine Florencio Neres

Repórter Cinematográfico: Rahvi Duarte Batista

Editor de Imagem: Yuri Iawamoto

Tema: “Cooperativismo nozes”

3º LUGAR

Veículo: Rede Massa – TV Iguaçu - SBT

Jornalista/Produtora: Aline Rodrigues Peres

Repórter: Lucian Pichetti Brendler

Repórter Cinematográfico: Jeferson Rodrigo Weiss

Editor de Imagem: Gabriel Machado De Souza

Editora: Milena Gonçalves De Macedo

Tema: “COOENF-PR: Cooperativa de enfermagem na linha de frente”

Radiojornalismo

1º LUGAR

Veículo: Rádio Comunitária FM

Jornalista: Rodrigo Alcantara Dávila

Tema: “Cooperativas paranaenses: exemplos de inovação e desenvolvimento para o Brasil”

2º LUGAR

Veículo: Rádio CBN Curitiba

Jornalista: Fábio Tomich Buchmann

Tema: “Solidariedade que salva”

3º LUGAR

Veículo: Rádio Banda B – Curitiba

Jornalista: Denise Mello

Produtor e editor: Antônio Nascimento

Tema: “As cooperativas do Paraná na contramão da pandemia”

Jornalismo Impresso

1º LUGAR

Veículo: Revista Globo Rural

Jornalista: Wilhan Avila Santin

Tema: “As gigantes do cooperativismo”

2º LUGAR

Veículo: Jornal Diário Dos Campos

Jornalista: Millena Eduarda Sartori

Tema: “Castrolanda, Frísia e Capal conquistam recorde com faturamento de mais de R$ 10 bi em ano de pandemia”

3º LUGAR

Veículo: Revista Pitoco

Jornalista: Jairo Eduardo Fabrício Lemos

Tema: “Made in Nova Aurora”

Mídia Cooperativa

1º LUGAR

Veículo: Rádio Informativo Coamo

Jornalista: Wilson Bibiano Lima

Tema: “Cooperativismo em verso e prosa”

2º LUGAR

Veículo: Revista C.Vale

Jornalista: Sara Ferneda Messias

Coautores: Almir Trevisan / Renan Tadeu Pereira

Tema: “Fé e cooperativismo contra o coronavírus”

3º LUGAR

Veículo: Revista Coopavel

Jornalista: Jean Carlo Paterno

Tema: “Cooperativismo - Trabalho, dignidade e uma chance para recomeçar”

Prêmio Especial Crédito

Veículo: Rede Massa TV Naipi - SBT

Jornalista: Mariana Kojunski Pinto

Repórter Cinematográfico: Rahvi Duarte Batista

Editora de Imagens: Sandy Stefanny Dos Santos

Tema: “A realização do sonho pelo cooperativismo”

Prêmio Especial Unimed

Veículo: Rádio Bandnews Curitiba

Jornalista: Felipe Harmata Marinho

Jornalista: Lorena Pelanda

Tema: “Cooperativas de saúde criam alternativas para amenizar os impactos do isolamento social em idosos”


Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 24 estados* e no Distrito Federal, com mais de 2.000 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

*Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.


 

Paraná recebe 127,5 mil vacinas contra a Covid-19; segunda parte da remessa chegará à noite


O Paraná recebeu nesta segunda-feira (16) mais 127.530 vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. São 77.220 para D2 e 50.310 para primeira aplicação (D1).

Os imunizantes fazem parte da 40ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde, e contam ainda com mais 184.250 doses da AstraZeneca/Fiocruz, que devem chegar às 20h05. A remessa possui, portanto, 311.780 vacinas ao Estado.

A previsão era que o voo LA-4787 com as doses da Pfizer pousasse às 8h25 no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Porém, devido ao mau tempo, houve atraso e os imunizantes chegaram por volta das 9h30.

As doses foram encaminhadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) onde permanecerão armazenadas até que a distribuição seja definida. As doses destinadas a D1 (16% do lote) devem ser descentralizadas para as 22 Regionais de Saúde entre esta segunda (16) terça-feira (17). Neste período, serão enviadas também cerca de 195,9 mil doses D1 recebidas no sábado (14) da 39ª pauta.

Segundo os dados do Vacinômetro Nacional, o Paraná já aplicou 9.277.504 vacinas contra a Covid-19, sendo 6.570.213 primeiras doses e 2.707.291 segundas doses ou doses únicas.

Ibema apoia Unidos pela Vacina no interior do Paraná

Doações ao município de Turvo auxiliaram campanha de imunização com itens como tendas e câmaras de armazenamento


Uma campanha realizada no Paraná levantou as necessidades específicas dos municípios a fim de agilizar o processo de vacinação contra a covid-19. Diversas prefeituras carecem de itens básicos para a execução das campanhas de imunização, e o movimento Unidos pela Vacina (UPV) arrecadou doações entre empresas, em parceria com o Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Ciente de sua responsabilidade perante a comunidade moradora ao redor de sua fábrica de Turvo (PR), onde está instalada uma de suas unidades fabris, a Ibema trabalha ativamente em ações de prevenção sanitária e estímulo ao empreendedorismo feminino na região. O apoio ao UPV veio complementar essas ações. “Auxiliamos o Hospital Bom Pastor desde o início da pandemia, e o suporte necessário à prefeitura municipal para viabilizar a vacinação da população local não poderia faltar neste momento de união de forças”, explica a supervisora de RH da Ibema, Camila Guimarães Brizola. Em solenidade com a presença do secretário da Saúde Beto Preto, o governo do Estado do Paraná agradeceu à Ibema, em reconhecimento à sua contribuição e de outras empresas.

Foram destinadas caixas térmicas de 45 e 15 litros, tendas, coletores perfurocortantes e câmaras para vacinas de 120 litros, num total de mais de 600 itens. Outras 15 empresas investiram na saúde dos paranaenses ao longo da campanha, num total arrecadado de mais de R$ 1 milhão em itens básicos para a vacinação. No Paraná, o movimento Unidos pela Vacina é coordenado por Regina Arns, e, nacionalmente, pela empresária Luiza Helena Trajano.

Todos juntos pelos paranaenses

Após o levantamento completo das necessidades de cada município, os dados foram compilados pelo Sistema Fiep, que arrecadou mais de 115 mil itens de socorro aos paranaenses mais necessitados. Foram recebidas 12 toneladas de alimentos e quase 40 mil unidades de agasalhos e cobertores, além de outros itens. Também foram doados computadores e tablets para acesso de alunos às aulas on-line, além de 1,3 mil livros. A inciativa levantou ainda 16 mil materiais diversos, como produtos de higiene e limpeza, entre outros.

Sobre a Ibema: Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas. Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 800 colaboradores, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council). Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês: www.ibema.com.br.

Faleceu Júlio Fama dos Santos

 

Faleceu na manhã desta segunda-feira (16) em Guarapuava. Júlio Fama dos Santos, aos 76 anos.

Seu corpo será velado no salão da igreja do Passa Quatro, em Turvo.

O sepultamento será nesta terça-feira, em horário a ser designado.


Informou funerária Nossa Senhora Aparecida de Turvo.

Curso de Informática Evolua em Turvo


Dentre os Cursos Profissionalizantes do Centro Educacional - JNJ, você pode fazer também o curso de informática Completo! Vagas disponíveis para crianças, jovens e adultos nos períodos, MANHÃ, TARDE E NOITE.

Entre contato pelo (42) 99128-1476 para mais informações.

Curta nossa página e fique por dentro das novidades:
Publicidade