sábado, 31 de agosto de 2019

ACET realizou o 4º Jantar do Empresário, Prestação de Contas e lançou a Campanha do 11º Festival de Prêmios


Na noite dessa sexta-feira (30), a ACET - Associação Comercial e Empresarial de Turvo promoveu o 4º Jantar do Empresário, Prestação de Contas e também fez o lançamento do 11º Festival de Prêmios de final ano. 

O tesoureiro Juarez Bastos, fez prestação de contas da entidade, a qual foi aprovada pelos sócios presentes. 

Durante o evento a empresária Jaci Wagner, recebeu uma homenagem da ACET. Em agosto de 2018, sua loja de confecções pegou fogo e queimou tudo o que tinha no estoque, da estrutura da loja nada sobrou e o prejuízo foi mais de 01 milhão de reais. Após o acontecido, ela recomeçou do zero e hoje já tem a nova Loja Jaci. Dona Jaci emocionada agradeceu a homenagem recebida e o apoio de todos.

O prefeito Jerônimo fez uso da palavra, comentou das parcerias com a associação comercial e também falou da Olímpiada Rural que será no mês de setembro em Turvo. 

O presidente da ACET Sandro Caetano, fez o lançamento da Campanha do 11º Festival de Prêmios, que acontecerá no final de ano em que serão sorteados vários prêmios: 01 moto 0 km, 02 TVs, 10 vales-compras de R$ 250,00 e 02 vales-compras de R$ 500,00. 

No evento foi servido um delicioso jantar com musica ao vivo e depois foram sorteados vários brindes doados pelas empresas associadas.


Clique na imagem para ampliar:












































Curta a página do Blog do Elói Facebook: 

PRF atende tombamento de caminhão na BR-277


Na BR 277, KM 441, por volta das 07h15 desse sábado, houve um tombamento de um Conjunto, Cavalo Trator Scania R440, e um SR transporte de Container, ambos licenciados em Mandirituba/PR.

O Condutor de 55 anos, sofreu escoriações, ferimentos leves, e foi encaminhado para atendimento na Santa Casa de Irati.

Não houve interdição da via, pois o conjunto ficou imobilizado na lateral da via que tem uma faixa adicional.


Informações e Imagens BDCom PRF


Quatro operários que foram soterrados durante obra são encontrados mortos


Quatro dos cinco trabalhadores que foram soterrados em uma obra, na zona rural de Marilândia do Sul, no norte do Paraná, na tarde desta sexta-feira (30), morreram.

Segundo o Corpo de Bombeiros, seis operários estavam trabalhando na instalação de uma tubulação para irrigação da propriedade com mais de quatro metros de profundidade quando a escora do local não aguentou e desabou.

As vítimas de 17, 23, 31 e 38 anos estão sendo veladas no distrito de São José, em Marilândia. Os sepultamentos estão previstos para o fim da tarde deste sábado.

De acordo com os bombeiros, eles não usavam equipamentos de proteção individual e o sistema de escoras para evitar o soterramento era precário. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

Segundo o tenente Augusto Marks, o resgate do sobrevivente, de 36 anos, durou cerca de duas horas. Ele ficou com a cabeça para fora da terra e conseguiu respirar.
"Todos estavam totalmente soterrados, mas o que estava com vida deu muita sorte porque ficou com uma fenda, ou seja, um pequeno espaço pra conseguir respirar", contou.

O sobrevivente foi resgatado e foi levado para o Hospital Universitário de Londrina, também no norte, com fratura no fêmur e contusão de tórax.

Conforme o HU, o estado de saúde dele é estável. O sobrevivente está respirando sem ajuda de aparelhos, está consciente e aguardando o resultado de exames.

Um outro operário tinha saído da obra para tomar água e escapou da tragédia.

Grave acidente envolvendo três veículos deixa três mortos na BR 277, em Laranjeiras do Sul


Um grave acidente foi registrado na manha de sábado (31), no Km 443, na BR 277, em Laranjeiras do Sul e deixou três mortos e dois feridos. 

Segundo informações um Gol, um caminhão e uma carreta se envolveram na forte batida. 

As três pessoas morreram carbonizadas.

A ambulância da concessionária que administra a rodovia atendeu a ocorrência. 

O caminhão e a carreta ficaram sobre a pista no sentido Cascavel e a via ficou interditada por determinado período.

José Antônio Roier, 55 anos, foi levado para o Hospital São Lucas, de Laranjeiras do Sul, com ferimentos moderados.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) orientou o fluxo de veículos no local.




Fotos: E FM 103.9

Fonte: Catve

Laranjal: Morte de ex-prefeito pode ter motivação passional


A morte do ex-prefeito de Laranjal, na região central do Paraná, Riolando Caetano, pode ter motivação passional, segundo o delegado que acompanha o caso, Marcelo Trevizan. A declaração foi dada nesta sexta-feira (30), para a RPC.

O ex-prefeito, que tinha 65 anos, foi morto a tiros em uma panificador da cidade na quarta-feira (28). Um servidor da Prefeitura de Laranjal é o principal suspeito do crime.

Até a publicação desta reportagem, o servidor não havia sido encontrado.

Segundo o delegado, o ex-prefeito teve um relacionamento com a companheira do atirador. Por este motivo, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime passional.

"Em um passado recente, quando o casal se separou, ela [a companheira do suspeito] teve um relacionamento breve com a vítima. A polícia trabalha com essa hipótese, no entanto a gente só vai ter certeza dessa motivação a partir do momento em que conseguimos capturar o autor", disse.

Ainda conforme o delegado, o suspeito jantou com a mulher e não demonstrou reações que cometeria o crime.

A Polícia Civil ouviu cinco pessoas que estavam no bar no momento do crime. O delegado Marcelo Trevizan disse que todos as testemunhas deram a mesma versão, dizendo que o suspeito chegou na padaria, conversou cerca de 10 minutos com o ex-prefeito e, depois, disparou.

Novas imagens de câmera de segurança mostram o momento em que o Riolando Caetano conversa com o atirador. Na sequência, ele é atingido pelos disparos. Veja no vídeo.

Testemunhas relataram ainda que a vítima e o atirador eram amigos e frequentavam juntos a padaria de duas a três vezes por semana.


O caso

O ex-prefeito Riolando Caetano foi atingido por seis disparos, segundo a criminalística. Além dele, um rapaz que trabalha na panificadora também foi baleado. O jovem foi atendido e passa bem.

Após o crime, o suspeito fugiu em um carro da prefeitura, que foi encontrado horas depois em uma estrada rural de Laranjal.

Riolando Caetano foi prefeito da cidade por dois mandados, de 1993 a 1996 e, depois, de 2001 a 2004. Ele foi sepultado nesta quinta-feira (30), no Cemitério Municipal de Laranjal.