quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Após 20 km de fuga, PRF apreende na BR-277 29 pistolas que iriam para o RJ

Perseguição terminou após o carro sair de pista, na BR-277, em São Miguel do Iguaçu; um homem foi preso em flagrante



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 29 pistolas de calibre 9 milímetros na noite desta quarta-feira (25) em São Miguel do Iguaçu, região oeste do Paraná.

As armas estavam em automóvel Chevrolet Astra, que transitava pela BR-277. Um dos envolvidos, de 28 anos de idade, foi preso em flagrante.

Por volta de 21h30, uma equipe da PRF fazia ronda na altura do quilômetro 713 da rodovia quando avistou o carro em atitude suspeita e resolveu abordá-lo.

Os policiais rodoviários federais deram ordem de parada, mas o motorista do Astra acelerou, dando início a uma fuga em alta velocidade, na direção de Cascavel.

Ao longo de mais de 20 quilômetros, o carro fez várias ultrapassagens pelo acostamento, e chegou a arrebentar uma das cancelas da praça de pedágio de São Miguel do Iguaçu. Por algumas vezes, o carro ultrapassou a marca de 200 km/h.

Na altura do quilômetro 690 da BR-277, o condutor perdeu o controle do carro, que saiu da pista e colidiu contra uma defensa metálica. O motorista e um passageiro conseguiram fugir a pé. Já o segundo passageiro foi preso, com lesões leves.

As 29 pistolas estavam dentro de duas mochilas. Do total de armas apreendidas, 20 são de fabricação argentina. As outras nove, de origem turca. Também foram apreendidos 39 carregadores. Dezesseis pistolas estavam equipadas com mira laser.

O homem preso, que declarou residir no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro (PR), recebeu atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento de Santa Terezinha de Itaipu. À 00h45 ele recebeu alta médica. Aos agentes da PRF, o homem disse que o grupo seguiria com a carga ilícita inicialmente até Medianeira (PR). O destino final era a capital fluminense.

A PRF encaminhou as armas, o preso e o carro para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu.


Fonte: Agência PRF

Nenhum comentário:

Postar um comentário