quinta-feira, 18 de julho de 2019

Professora morre ao ser atingida por peça que se soltou de caminhão


Uma mulher morreu depois de ser atingida por uma peça que se soltou de um caminhão na Rodovia do Xisto em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, na tarde de quarta-feira (17).

O motorista do caminhão fugiu do local. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil tentam identificá-lo. Mas, até o início da manhã desta quinta-feira (18), não se tinha informações sobre ele.

Roseli Frota de Moraes Sales tinha 44 anos. Ela era professora e coordenadora do curso de agronomia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

O objeto que se desprendeu acabou atingindo o para-brisa da caminhonete que ela dirigia e estava atrás do caminhão, carregado com toras.

A professora dirigia sentido Lapa, outro município da Região Metropolitana da capital paranaense; enquanto o caminhão seguia no sentido contrário. A PRF, a Polícia Civil e a Criminalística foram ao local.

O veículo da professora foi entregue aos familiares dela. A Polícia Civil deve abrir um inquérito para investigar o caso, e testemunhas do acidente vão ser ouvidas.

Roseli morreu no local do acidente. A filha da professora, uma menina de seis anos, estava na caminhonete. A garota não se feriu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário