terça-feira, 21 de julho de 2020

Governo propõe parcelar o IPVA e isenção de pátios veiculares


O governador Carlos Massa Ratinho Junior enviou para a Assembleia Legislativa nesta terça-feira (21) dois projetos de lei que alteram a legislação vigente sobre veículos automotores. Ambos estão no âmbito do enfrentamento ao novo coronavírus. O primeiro texto permite o parcelamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) ainda devido em 2020. A segunda proposta isenta o pagamento das diárias dos veículos apreendidos que ficam nos pátios do Detran e da Polícia Militar

O projeto tributário vale para veículos adquiridos até 31 de dezembro do ano passado. O IPVA poderá ser parcelado em até seis vezes, com taxas mínimas de R$ 106,60 (uma Unidade Padrão Fiscal do Paraná). Os pedidos deverão ser feitos até o dia 17 de agosto no site da Secretaria de Estado da Fazenda pelos proprietários dos veículos e, assim que o primeiro pagamento for realizado, o Detran poderá emitir o licenciamento.

Essa medida, se aprovada, será inédita no Estado. O parcelamento da dívida era permitido apenas para o exercício seguinte. “É um projeto de lei que dá oportunidade aos paranaenses de regularizarem a situação de seu veículo neste momento de pandemia, e, ao mesmo tempo, gera mais receita ao Governo em um momento de dificuldade de arrecadação”, afirmou Ratinho Junior.

Segundo a Secretaria da Fazenda, até junho de 2020 a inadimplência de IPVA era de cerca de 23,7%, dentro da média dos últimos primeiros semestres. Em 2019, por exemplo, foi de 20%. Em valores absolutos cerca de R$ 890 milhões poderão ser parcelados pelos contribuintes, sem contar os juros e encargos incidentes nos parcelamentos.

Pelo texto, o inadimplemento de três parcelas, consecutivas ou não, ou de valor equivalente a três parcelas, e a falta de pagamento de quaisquer das duas últimas parcelas ou do saldo residual, por prazo superior a 60 dias, acarretarão na suspensão do parcelamento.

PÁTIOS – O outro projeto de lei isenta o pagamento das diárias dos veículos apreendidos que ficam nos pátios do Detran e da Polícia Militar enquanto o atendimento do órgão estiver restrito em função da pandemia provocada pelo novo coronavírus. A medida vale a partir da publicação da lei e o benefício cessará quando todas as atividades puderem ser desempenhadas normalmente.

Pelo texto, apenas a primeira diária deverá ser paga porque diz respeito ao trabalho de recolhimento do veículo ao pátio, ou seja, a isenção valerá apenas a partir da segunda diária. O projeto de lei também indica que quem tiver quitado diárias entre 19 de março e a data da publicação da lei poderá solicitar o reembolso junto ao Detran.

“A suspensão dos serviços de competência do Detran não pode gerar maiores prejuízos para a coletividade. Não seria razoável. Esse é o motivo do cancelamento das taxas enquanto o cenário ainda for incerto e do reembolso para aqueles que eventualmente conseguiram pagar durante esse período de enfrentamento do coronavíus”, disse o diretor-geral do Detran, Wagner Mesquita.

Os projetos de lei serão votados já nesta quarta-feira (22).

Fonte: AEN

Guarapuava chega a 350 casos confirmados de coronavírus


Pitanga chega a 100 casos confirmados de coronavírus




Família de Turvo que perdeu dois filhos em afogamento precisa de ajuda


O Blog do Elói esteve visitando a família de Edina Aparecida Rodrigues, ela e sua família estavam morando e trabalhando na cidade de Jaguaruna SC, mas no natal de 2019 uma fatalidade mudou os planos e os sonhos da família, depois do almoço de natal, dois de seus filhos, Paulo de 15 e Pablo de 17 anos acabaram se afogando e perdendo a vida em um lago.

Depois do acontecido, a família passou por dificuldades financeiras, o marido de Edina teve de se afastar do trabalho por problemas de saúde e com a morte dos filhos Edina também passou a sofrer de depressão e com ajuda de pessoas da cidade de Jaguaruna voltaram a morar em Turvo, onde a Assistência Social do município vem ajudando a família naquilo que é possível.

Por alguns meses, o marido de Edina ficou afastado do trabalho por incapacidade e por recomendações médicas, porém a família precisa retornar a Jaguaruna para que ele retorne ao trabalho na empresa onde é registrado. Além de Edina e o marido, a família é composta por mais quatro filhos.

O retorno ao trabalho do marido de Edina está previsto para o início de agosto, a família pede ajuda para custear o frete da mudança e o deslocamento da família de Turvo para Jaguaruna, valor este orçado em aproximadamente R$ 2.800,00.

Bastante emocionada, Edina pede ajuda para voltar a Jaguaruna para que o marido possa voltar a trabalhar e para que voltem a morar na cidade onde seus dois filhos foram sepultados.

Quem quiser e puder ajudar a família, pode entrar em contato com Edina através do fone Whatsapp (48) 96476594 e abaixo segue os dados da conta bancária de seu esposo:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Titular: Jamil Roque Gonçalves (CPF: 018 036 739 07)

AGÊNCIA:2891

CONTA POUPANÇA: 00013970-2

Paraná tem mais 58 mortes pela Covid-19


A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta terça-feira (21) 1.608 novos casos e 58 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma agora 56.905 casos e 1.396 mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – 1.096 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados hoje (terça-feira). 852 pacientes estão em leitos SUS (358 em UTI e 494 em leitos clínicos/enfermaria) e 244 em leitos da rede particular (80 em UTI e 164 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.057 pacientes internados, 495 em leitos UTI e 562 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos.

ÓBITOS – A secretaria informa a morte de mais 58 pacientes, todos estavam internados. São 19 mulheres e 39 homens, com idades que variam de 35 a 87 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 6 a 21 de julho. Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (25), Paranaguá (4), Piraquara (3), Colombo (3), Arapongas (2), além de um óbito em cada um dos seguintes municípios: Alto Pirquiri, Araucária, Campina Grande do Sul, Foz do Iguaçu, Foz do Jordão, Guarapuava, Guaraqueçaba, Guaratuba, Itaperuçu, Jandaia do Sul, Lapa, Manoel Ribas, Mariluz, Maringá, Ouro Verde do Oeste, Palotina, Rio Negro, Terra Boa, Terra Rica e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria registra 633 casos de residentes de fora. 19 pessoas morreram.

AJUSTES - Alteração de município: um caso confirmado na data de 18/7 em Itaipulândia foi transferido para Rio Azul. Um caso confirmado na data de 10/7 em Arapoti foi transferido para Ventania. Um caso confirmado na data de 10/7 em São Paulo foi transferido para Colombo. Um caso confirmado na data de 5/7 em Campo Grande foi transferido para Curitiba. Um caso confirmado na data de 12/7 em Curitiba foi transferido para Piraquara. Um caso confirmado na data de 12/7 em Pelotas/RS foi transferido para Curitiba. Um caso confirmado na data de 19/7 em Terra Boa foi transferido para Cidade Gaúcha. Um caso confirmado na data de 8/7 em Curitiba foi transferido para Colombo.

Confira o Boletim no:

Turvo - Boletim atualizado Covid-19



Termina hoje prazo para matrículas na primeira chamada do Sisu


Estudantes convocados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 têm somente até hoje (21) para fazer a matrícula nas instituições para as quais foram selecionados. Hoje também termina o prazo para os candidatos que não foram convocados para nenhuma das duas opções de curso selecionadas declararem interesse na lista de espera das vagas remanescentes. Para a lista de espera serão adotados os mesmos critérios anteriores de classificação da primeira chamada. O resultado dessa etapa será divulgado pelas instituições na próxima sexta-feira (24). A segunda edição do Sisu recebeu 814.476 inscrições.

Esta é a primeira vez que há vagas pelo programa em cursos de graduação e ofertados na modalidade de ensino a distância. Os candidatos que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e se cadastraram no sistema disputaram 51.924 vagas ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país.

Governo propõe R$ 100 milhões para compra de vacina contra o coronavírus



O Governo do Estado apresentou nesta segunda-feira (20) uma emenda ao projeto de lei 248/2020, que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2021, para alocar R$ 100 milhões no caixa da Secretaria de Saúde para aquisição de vacinas contra o novo coronavírus.

A iniciativa foi determinada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e apresentada para a Assembleia Legislativa para assegurar recursos para a compra futura da medicação, que atualmente passa por fase de testes de eficácia em estudos de diversos laboratórios. “Estamos trabalhando com planejamento e nos antecipando. É mais uma medida para proteger os paranaenses”, afirmou o governador.

De acordo com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, a expectativa é que a vacina esteja disponível no início de 2021 e, nesse quadro, o Paraná já estará apto a iniciar o processo de aquisição. “Ainda não temos uma vacina testada e comprovada no mercado, mas evitamos entraves burocráticos. Assim que tivermos uma resposta definitiva da ciência, o Paraná terá agilidade para adquirir as vacinas”, destacou.

A proposta foi entregue ao presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, e será encaminhada para a Comissão do Orçamento, que já avalia outras 124 emendas apresentadas pelo Poder Executivo e pelos 54 deputados estaduais. “Ainda não votamos a LDO. Essa proposta tem o objetivo de fazer uma emenda, um remanejamento orçamentário para garantir recursos para a compra de vacinas”, acrescentou Traiano. “É uma precaução importante diante do cenário atual da pandemia”.

PRIORIDADE – Segundo o líder do Governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri, a proposta será encaminhada com prioridade. “A emenda mostra que a Secretaria de Saúde está se preparando para o momento em que o mundo tiver uma vacina contra o novo coronavírus. Garantiremos recursos para atender os paranaenses assim que a ciência conseguir disponibilizar um método eficaz”, disse o deputado.

LDO – O Governo do Estado encaminhou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2021 em abril deste ano. A peça prevê uma arrecadação total de R$ 47,7 bilhões, valor 3,1% maior do que o estimado para 2020, de R$ 46,2 bilhões – estimativa que não deve ser correspondida diante da queda de arrecadação, que já alcançou R$ 1,5 bilhão.

A LDO para o próximo ano já prevê uma queda de R$ 2,1 bilhões na receita tributária do Estado, passando de R$ 38,9 bilhões para R$ 36,8 bilhões.

Todas as 125 emendas já apresentadas estão com o relator da LDO, deputado Tiago Amaral, para elaboração do documento final que será votado pela Comissão do Orçamento. Como não haverá recesso em 2020, por decisão da Mesa Diretora da Casa, os deputados terão prazo mais amplo para votar o texto em plenário.


Fonte: AEN

Sicredi lança hotsite que ajuda empreendedores a impulsionarem seus negócios

Plataforma integra movimento “Eu Coopero com a Economia Local” e oferece gerador de anúncios digitais, e-books e vídeos com dicas sobre comunicação, fluxo de caixa e atendimento, entre outros temas que podem apoiar empreendedores nos negócios durante a pandemia

Para estimular o desenvolvimento econômico por meio do apoio aos empreendedores locais e do engajamento das pessoas em prol da economia de sua região, o Sicredi deu início, em junho, ao movimento “Eu Coopero com a Economia Local”. Nesta semana, a instituição financeira cooperativa lança um hotsite que servirá de fonte de informações e ferramenta de apoio a empresários.

Prática, intuitiva e de fácil navegação, a plataforma é um canal de conteúdo que apoiará o empreendedor a impulsionar seus negócios com dicas, orientações e até ferramentas que o ajudam na divulgação de seus produtos e serviços no ambiente digital.

Em destaque na home, um vídeo-manifesto dá as boas-vindas aos visitantes com explicações sobre o que é o movimento e seus objetivos, ressaltando os efeitos transformadores do cooperativismo como impulsionador de economias regionais e, portanto, um dos motores da economia brasileira.

Em uma área específica para empreendedores que buscam desenvolver seus negócios, estão disponíveis vídeos gravados por colaboradores do Sicredi que explicam o que são as redes sociais, como criar contas empresariais nessas mídias, dicas de conteúdo, micromarketing, atendimento, fluxo de caixa, negociação com fornecedores e oportunidades de inovação com meios de pagamento digitais. Temas como esses também são abordados em e-books, disponibilizados para download.

Os visitantes do hotsite do movimento “Eu Coopero com a Economia Local” podem ter acesso a um gerador de anúncios digitais com o qual empresários podem criar, de maneira personalizada, cards para Facebook, folhetos e banners, entre outros itens de comunicação online que os ajudam a impulsionar os seus estabelecimentos em ambientes digitais. Essa ferramenta estará disponível no site em agosto. Há também informações sobre o aplicativo Sicredi Conecta, marketplace com o qual associados do Sicredi podem realizar negócios entre si.

“xxx” (espaço para aspas de porta-voz local, possivelmente destacando a importância da campanha para os empreendimentos locais e/ou a sinergia do Sicredi com esse público).





Corre aproveitar as Ofertas da Terça e Quarta Verde do Suprema Supermercado de Turvo



Publicidade