quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Aeroporto de Guarapuava começa a operar voos por instrumento


O Aeroporto Tancredo Thomas de Faria passa a operar, a partir de agora, com voos por instrumento. A autorização foi homologada nesta quarta-feira (29), pelo DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) e garantirá melhores condições de pousos e decolagens. “Esse procedimento garante o sucesso da operacionalização do nosso aeroporto. A navegação por instrumentos é fundamental para dar mais segurança e regularidade em nossos voos, mesmo com tempo fechado e problemas climáticos que venham a acontecer. Com essa permissão, vamos operar também nessas condições, garantindo voos comerciais seguros. Já estamos com muito sucesso em nossos voos semanais, aeronaves saindo e chegando cheias, consolidando nossa conexão com o mundo”, comemorou o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho.

Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Sandro Abdanur, o diálogo próximo e o alinhamento com os procedimentos exigidos pelo DECEA possibilitaram que a rápida autorização fosse dada. “Estivemos em setembro na sede do DECEA, no Rio de Janeiro, e tivemos o comprometimento do Brigadeiro Bertolino e de sua Equipe, em agilizar tudo que fosse possível para a conclusão dessa conquista que comemoramos hoje. Sem dúvidas, um êxito que destaca a boa estrutura de nosso aeroporto e o comprometimento de toda a equipe”, avaliou o secretário.

Na prática, segundo o vice-presidente de Operações da Phenix Aeroportos, Cmte. Clairton Hammer, o Procedimento de Aproximação por Instrumentos RNAV/GNSS – Procedimento IFR, funciona a partir de um equipamento instalado nas aeronaves, através de um método baseado em GPS que permite pousos e decolagens mesmo que haja menos visibilidade. Isso vai assegurar uma ocorrência menor de cancelamentos de operações e, principalmente, de pousos locais. “Antes, nós dependíamos de alta visibilidade para que a aeronave tivesse condições de pousar em Guarapuava. Agora, com os voos por instrumento, a aeronave pode se aproximar mais do aeroporto, mesmo com uma visibilidade menor. Isso é essencial para períodos como o inverno, em que as situações climáticas são mais bruscas. Os pousos e decolagens por instrumento podem ser efetuados por ambas as cabeceiras”, finalizou Hammer.



Saúde reforça importância da vacina para evitar sarampo



“O sarampo é uma realidade que se instalou em nosso Estado depois de 20 anos após a baixa da cobertura vacinal. Vamos eliminar novamente essa patologia com a vacina, por isso, peço que pensem nos filhos, sobrinhos e na sua família, e procure uma unidade de saúde para atualizar a sua carteira de vacinação”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

A recomendação de vacinação foi reforçada com a divulgação de um novo boletim epidemiológico do Sarampo, publicado nesta quinta-feira (30) pela Secretaria de Estado da Saúde. São808 casos da doença desde agosto de 2019. Curitiba e Região Metropolitana concentram 728 registros, o que representa 90% do total de casos da doença.

A maior parte dos casos tem faixa de idade entre 20 e 29 anos, são 424 ocorrências. Os números mostram que estiveram ou estão com a doença 14 crianças com idade entre 0 a seis meses; 17 de seis a 12 meses; 10 de um a quatro anos; três de cinco a 9 anos; 208 de 10 a 19 anos; 89 de 30 a 39 anos; 31 de 40 a 49 anos; 12 de 50 a 59 anos. O boletim com informações mais detalhadas pode ser acessado pelo link: www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=3473

VACINA – O esquema vacinal do Ministério da Saúde recomenda que a população com idade entre um a 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 49 anos, uma dose. As crianças que têm entre seis meses e 11 meses e 29 dias também devem ser vacinadas. Mais informações sobre o calendário de vacinação podem ser acessadas pelo link:

Quarenta e duas cidades paranaenses estão em surto por causa do sarampo, considerando que o Ministério da Saúde classifica como situação de “surto ativo” todo município que tenha ao menos um caso de sarampo confirmado. Municípios e quantidade de casos no Paraná:

Curitiba: 459
Almirante Tamandaré: 20
Araucária: 9
Balsa Nova: 2
Campina Grande do Sul: 6
Campo do Tenente: 3
Campo Largo: 26
Campo Magro: 10
Colombo: 59
Fazenda Rio Grande: 11
Itaperuçu: 1
Lapa: 2
Mandirituba: 1
Pinhais: 31
Piraquara: 18
Quatro Barras: 3
Quitandinha: 1
Rio Branco do Sul: 8
Rio Negro: 1

São José dos Pinhais: 31
No litoral do Estado, que integra a 1ª Regional de Saúde (RS Paranaguá), há 6 registros em 3 municípios:
Antonina: 1
Matinhos: 1
Paranaguá: 4

No Interior há casos:

3ª Regional de Saúde (RS Ponta Grossa), são 3 casos em 2 municípios:
Castro: 2
Ponta Grossa: 1

4ª Regional de Saúde (RS Irati), confirmados 11 casos em 4 cidades:
Inácio Martins: 1
Irati: 5
Mallet: 4
Rio Azul: 1

Fitch Ratings eleva nota do Sicredi em qualidade de gestão de investimentos

Gestora de investimentos da instituição financeira cooperativa foi avaliada como “Forte” pela agência de classificação de risco


A Fitch Ratings, uma das principais agências de classificação de risco de crédito do mundo, elevou o rating da Asset do Sicredi de “Proficiente” para “Forte”. A nova classificação reflete a avaliação da Fitch sobre aspectos como a capacidade de investimentos e características operacionais ligadas às soluções que são oferecidas aos associados.

A atualização da nota foi atribuída levando em conta principalmente os sistemas operacionais da gestora, que são bem definidos, aprimorados e seguem rígidas políticas de segurança. O rating também considera a equipe de profissionais vasta e qualificada que atua nas operações, a estrutura organizacional bem segregada do Sicredi, o forte gerenciamento de risco e compliance da instituição, entre outras características.

Para Ricardo Green Sommer, diretor de Gestão de Recursos de Terceiros, a nota da Fitch reafirma a confiança já existente no modelo de atuação da gestora, assim como chancela a solidez que o Sicredi confere à atuação. “Nós temos como diferenciais importantes o fato da Asset ter uma operação adequadamente segregada das demais áreas do Sicredi ao mesmo tempo em que se beneficia de todo o porte que a nossa estrutura oferece em análise de mercado, projeções e avaliação de riscos, por exemplo”, contextualiza.

A gestora de recursos do Sicredi administra atualmente mais de R$ 33 bilhões em fundos de investimento de renda fixa, multimercado, de previdência, entre outros. Além do rating atribuído à Asset do Sicredi, a instituição financeira cooperativa também possui avaliações corporativas da própria Fitch, da Moody’s e da Standard & Poor’s.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.800 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

Michael Bueno
Assessor de Comunicação e Marketing


Sicredi Planalto das Águas PR/SP

Em Prudentópolis, ex-prefeito e ex-presidente da Câmara são alvos de nova ação civil ajuizada a partir da Operação Caçamba


O Ministério Público do Paraná ajuizou, nesta quinta-feira, 30 de janeiro, nova ação civil pública no âmbito da Operação Caçamba, que investiga a atuação de organização criminosa com a participação de agentes públicos em fraudes a licitações no município de Prudentópolis, Sudeste do estado. Na ação – a nona proposta pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) de Guarapuava e pela 1ª Promotoria de Justiça de Prudentópolis – são requeridos o ex-prefeito do Município (2013-2016), o ex-Presidente da Câmara Municipal (2013-2016) e uma empresa do ramo de segurança por monitoramento eletrônico.

De acordo com as apurações, o então presidente da Câmara de Vereadores era o verdadeiro proprietário da empresa, que manteve contrato com o Município no período de 2009 a 2015. A conduta é proibida pela legislação. As investigações apontaram que as contratações ocorriam a partir do direcionamento das licitações promovidas pela Administração, a partir de acordo com o então prefeito, em troca de favores políticos.

As condutas resultaram em dano ao erário, sendo contabilizado, somente no primeiro contrato firmado irregularmente, um superfaturamento de, aproximadamente, 200%. Em um segundo contrato, foi identificado um superdimensionamento do objeto da licitação, sendo exigido o fornecimento de equipamentos de última geração que, em grande medida, sequer foram fornecidos pela empresa. O prejuízo total calculado foi de R$ 606.128,48, valor que o Ministério Público pede que seja devolvido aos cofres públicos pelos responsáveis. Segundo as investigações, mesmo após a deflagração da operação, ainda em 2015, e a cassação do então prefeito, o ex-presidente da Câmara propôs ao chefe do Executivo que continuassem com o esquema criminoso.

Ao ajuizar a ação, é requerida a decretação liminar de bloqueio de bens de até R$ 1.587.311,18 de cada um dos citados. No mérito, o Ministério Público pede a condenação dos envolvidos às sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa, dentre elas a perda da função pública, a proibição de contratar com o poder público e o pagamento de multa civil.

No âmbito criminal, os mesmos fatos foram objeto de ação penal (Autos 0003091-29.2015.8.16.0139), de cuja sentença proferida pelo Juízo – que julgou apenas parcialmente procedente o pedido do MPPR – a Promotoria de Justiça recorreu.

Balanço – Ao todo, a Operação Caçamba já resultou, até o momento, no ajuizamento de cinco ações penais, que tramitam na Vara Criminal de Prudentópolis, e nove ações civis públicas, que tramitam na Vara da Fazenda Pública de Prudentópolis.

Leia outras matérias sobre a Operação:





Fonte: MPPR

Raio mata sete novilhas avaliadas em mais de R$ 60 mil


Sete animais foram mortos após a queda de um raio durante o temporal ocorrido na madrugada de hoje (30), na comunidade de Linha Separação, Interior de Dionísio Cerqueira.

As novilhas estavam em um piquete onde costumam ficar durante a noite. De acordo com os proprietários, os animais são avaliados em R$ 9 mil cada, devido ao melhoramento genético. Todos são registrados na Associação Catarinense de Criadores de Bovinos.

O ocorrido deixou os proprietários abatidos pela situação gerada pela perda dos sete animais.

Fonte: Portal Tri

Carro bate de frente em veículo da PM, e quatro pessoas ficam feridas


Quatro pessoas tiveram ferimentos leves em uma batida entre um carro da Polícia Militar (PM) e um outro veículo, em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (30).

Os carros bateram de frente no cruzamento das ruas Izaac Ferreira da Cruz e Nossa Senhora do Sagrado Coração, no bairro Pinheirinho, por volta das 7h.

De acordo com o Batalhão da Polícia de Trânsito, o veículo invadiu a contramão e bateu no carro dos policiais, que estavam fazendo patrulhamento na região.

Os dois PMs foram encaminhados ao Hospital Evangêlico Mackenzie. Duas pessoas que estavam no outro carro foram levadas ao Hospital do Trabalhador.

Fonte: G1 - PR

Tráfego na Serra da Esperança está intercalado para retirada de caminhão


Nesta quinta-feira, dia 30 de janeiro, o tráfego na Serra da Esperança, no km 307 da BR-277, está intercalado, das 7h às 18h, devido a necessidade de um guindaste de grande porte para retirada de um caminhão que se acidentou no local, no dia 22 de janeiro.



Menina de 13 anos está desaparecida em Pitanga


No dia 29 de janeiro, às 19h15min, compareceu na sede da 3ª Cia, um senhor de 31 anos, relatando que sua filha de 13 anos havia desaparecido, por volta das 16h. 
Relatou ainda que segundo informações a adolescente teria vindo para Guarapuava. O solicitante foi orientado e o fato encaminhado ao Conselho Tutelar e a Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: PM

Faleceu em Turvo, Maria da Luz Aparício


Faleceu na noite dessa quarta-feira (29) Maria da Luz Aparício, com 67 anos.
 
Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária. O sepultamento será hoje, em horário a ser designado. 

Informou Funerária SerLuto de Turvo.