terça-feira, 12 de março de 2019

Morre o tradicionalista Anselmo Caldas em Guarapuava



O movimento tradicionalista está de luto. Morreu o ex-patrão de Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Fogo de Chão Anselmo Caldas, 58 anos, às 16h50 nesta terça (12), em Guarapuava.

Ele também foi coordenador da 3ª Região do MTG. O velório está sendo na Capela Cristo Rei e ainda não há horário e local definidos para o sepultamento, segundo informou a Central de Triagem.

Ele sofria de cirrose hepática e insuficiência renal crônica. Agropecuarista, Anselmo possuía uma pista de rodeios no Jordão. Dono de um carisma ímpar, um dos seus costumes era levar os netos e filhos de funcionários da sua propriedade até o mercado para vê-los comprar “guloseimas”, como costumava falar.

Fonte: RSN

Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Guarapuava é condenado a 12 anos e 10 meses de prisão como mandante de tentativa de homicídio



Um ex-vereador que foi presidente da Câmara Municipal de Guarapuava (Centro-Sul paranaense) entre 2009 e 2011 foi condenado pelo Tribunal do Júri nesta segunda-feira, 11 de março, por ser considerado mandante do crime de tentativa de homicídio qualificado (por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima) contra um cabo eleitoral do acusado nas eleições de 2002.

O crime teria sido cometido em razão de uma dívida que o acusado se recusou a pagar à vítima, contra a qual já tinha proferido diversas ameaças de morte para não ser cobrado, ameaças que acabaram se concretizando no dia 27 de outubro de 2002 – quando o réu já era vereador. A acusação, feita pela 10ª Promotoria de Justiça de Guarapuava, foi integralmente acolhida pelos jurados.

O ex-vereador foi condenado a 12 anos e 10 meses de reclusão em regime inicialmente fechado e já está preso, cumprindo pena de mais de 60 anos de prisão, resultante de outras condenações por crimes contra a administração pública. Em 2011, ele foi um dos alvos da Operação Fantasma, realizada pelo núcleo de Guarapuava do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que investigou diversas irregularidades no Legislativo Municipal durante a gestão do ex-presidente.

Fonte: www.mppr.mp.br

Motociclista fica ferido em acidente na PR-456 em Palmital


Na tarde dessa segunda-feira (11), a Polícia Rodoviária de Pitanga atendeu um acidente na PR-456 km 60 + 800m em Palmital, do tipo queda de motocicleta, condutor sofreu ferimentos graves e foi encaminhado para o hospital. 

No local, a PRE constatou através de consulta do chassi, que a referida motocicleta estava com queixa de furto no dia 28/10/2016. Então foi encaminhada para á Policia Civil de Palmital.


Polícia prende em flagrante pai acusado de estupro contra a filha deficiente mental



A Delegacia de Polícia Civil de Palmas, prendeu em flagrante na manhã desta terça feira, dia 12, um pai suspeito de ter cometido o crime de estupro de vulnerável contra a própria filha.

O fato fora presenciado pela companheira do acusado (madrasta da vítima) que procurou a Delegacia de Polícia e foi prontamente atendida, tendo a equipe se deslocado de imediato ao local dos fatos e realizado a prisão em flagrante do indivíduo.

Mesmo sendo ameaçada caso denunciasse o fato, a madrasta não se furtou ao dever de comunicar o ocorrido à Polícia Civil.

O procedimento será encaminhado ao Poder Judiciário o qual decidirá sobre a manutenção ou não da prisão do acusado.

2º Jantar Típico Ucraniano, foi realizado com sucesso em Turvo


A comunidade Ucraniana de Turvo promoveu no último sábado (09), o 2º Jantar Típico Ucraniano no Salão Paroquial da Igreja Católica em Turvo. 

O evento foi um sucesso, além da comida típica Ucraniana, teve apresentação com Grupo Stchastia de Campo Mourão - PR, que encantou o público presente.

A diretoria da comunidade agradece a todas as pessoas que prestigiaram o jantar, também aos patrocinadores, bem como todas as pessoas envolvidas, para que o evento fosse um sucesso.

O lucro do jantar será utilizado para a construção da nova igreja da comunidade que está sendo construída.





 





PRF recupera duas caminhonetes roubadas do mesmo dono


Criminosos foram presos antes do registro do roubo; moradores foram feitos reféns mas foram libertados logo depois da recuperação dos veículos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na manhã desta terça (12), na Ponte Ayrton Senna, em Guaíra (PR), duas caminhonetes que haviam sido roubadas horas antes.

A primeira, uma GM S10, com placas de Entre Rios do Oeste (PR) foi abordada na frente da Unidade Operacional da PRF em Guaíra e seu condutor, além de inabilitado, demonstrou nervosismo.

Logo na sequência os policiais desconfiaram de outra caminhonete, uma Mitsubishi Pajero, também do mesmo município da S10, que seguiu sentido Paraguai. Outra equipe de PRFs fez o acompanhamento e conseguiu abordá-la. O condutor também se encontrava nervoso e admitiu que estava levando o veículo para o Paraguai.


Na sequência, os agentes tentaram contato com os proprietários, sem sucesso. Uma equipe da Polícia Militar se deslocou até o endereço informado e encontrou a residência aberta e com indícios de invasão forçada. Uma testemunha disse aos policiais militares que viu quando pessoas saíram com dois moradores da casa, de forma truculenta.

Após a recuperação das caminhonetes, as vítimas foram libertadas e fizeram o reconhecimento dos presos, como autores do roubo. Uma das vítimas havia sido agredida com a coronha de uma arma de fogo e havia sangue dentro de um dos veículos.

Os presos foram conduzidos para Delegacia da Polícia Civil de Guaíra para o registro dos crimes de sequestro e roubo.

Texto: Maciel Jr / Agência PRF com a colaboração da BDCom PRF de Guaíra
Fonte: da Agência PRF





Motorista é socorrida após capotar carro dentro da garagem do condomínio



Uma jovem motorista de um carro ficou ferida após um acidente dentro da garagem do condomínio em que mora no bairro Cabral, em Curitiba, na manhã desta terça-feira (12). Ela teria confundido o câmbio da primeira marcha da aceleração com o da ré do Jeep Renegade, que seria automático, o que teria causado o capotamento.

A jovem de 23 anos teve ferimentos leves e foi socorrida ao hospital pelo Siate do Corpo de Bombeiros, para ser melhor avaliada. “É a primeira vez que pegamos um caso assim. Ela perdeu controle do carro na rampa e virou. Ali é um espaço bem pequeno”, contou à Banda B o soldado Augusto, que atendeu a vítima.

Segundo moradores do imóvel, que não se identificaram, a motorista foi sair pelo portão e teria dado a ré, descendo a rampa de acesso e batendo contra uma mureta. Com isso, o Jeep acabou capotando.

Fonte: Banda B


Saúde orienta como evitar a proliferação de escorpiões



A melhor forma de afastar a possibilidade de acidentes com escorpiões é evitar que se proliferem nas residências e áreas urbanas. A Secretaria de Estado da Saúde orienta a população sobre os cuidados que devem ser tomados para coibir que a população desses animais cresça. As principais medidas são organizar o quintal e mantê-lo limpo, remover entulhos e sobras de construção, e fechar frestas, colocando telas nos ralos e nas janelas.

Outras recomendações são usar sacos de areia nos vãos das portas e não deixar expostos resíduos orgânicos, já que atraem baratas, um dos alimentos para os escorpiões.

O coordenador do Programa Estadual de Vigilância de Acidentes por Animais Peçonhentos e Venenosos, Emanuel Marques da Silva, explica que, mesmo de forma involuntária, o homem auxilia na dispersão de uma espécie. “Houve uma situação em que recebemos de uma moradora de Curitiba um escorpião nativo do Peru que ela capturou dentro de seu apartamento. Como ela estava de férias naquele país, provavelmente o animal encontrou sua mochila aberta, se alojou por lá e foi trazido para o Curitiba sem que ela percebesse”, disse.

Silva destaca que para evitar escorpiões, aranhas-marrons e outros animais é preciso eliminar os chamados 4As: abrigo, acesso a este abrigo, alimento e água. “Se nós mudarmos qualquer um destes As, nós teremos um impacto importante sobre a população destes animais. Se o homem é capaz de produzir um ambiente favorável para o escorpião dentro de seu ambiente domiciliar, ele também é capaz de alterar esse ambiente, não deixando-o mais favorável”.

Este é um trabalho que, acrescenta, a Secretaria de Saúde tem feito ao longo dos anos, capacitando os técnicos dos municípios para que orientem a população no controle da proliferação do escorpião amarelo, de forte veneno, e responsável pela maior parte dos acidentes no Estado. Esta espécie não é nativa. Foi introduzida no Paraná antes dos anos 90 por meio do transporte passivo destes animais, que se escondem em vãos de lenhas, tábuas e outros materiais, e assim são levados para outros municípios, estados ou até países.

CONTROLE - A Secretaria de Estado da Saúde tem acompanhado a dispersão de escorpiões nos municípios dentro do Programa Estadual de Vigilância de Acidentes por Animais Peçonhentos e Venenosos. Em 2018, foram registrados 3144 acidentes – a maior parte no Norte, Oeste e Noroeste do Estado. Das 22 Regionais de Saúde, os maiores números de ocorrências foram registrados nas regionais de Paranavaí (518 casos) e de Maringá (762 casos, 223 deles somente no município de Colorado). Na regional de Curitiba, houve ocorrências na Capital e em Pinhais. Desde o início deste ano até dia 5 de março, foram registrados 456 casos em todo o Estado.

Segundo o coordenador do Programa Estadual de Vigilância de Acidentes por Animais Peçonhentos e Venenosos, o controle químico não funciona com os escorpiões. “Se funcionasse, não teríamos no Brasil mais de 120 mil acidentes com escorpiões em um ano, número registrado em 2018”, disse.

De acordo com ele, não existe sazonalidade na maior parte dos estados. “O Paraná tem uma sazonalidade maior pois temos um período frio em que o animal diminui seu metabolismo e fica escondido. Ele sai do esconderijo quando há calor. Por isso, no verão aumenta o número de acidentes”.

Quanto ao controle, há uma crença de que criar galinhas no quintal pode eliminar escorpiões, que são alimento destas aves. Silva esclarece que essa informação não é verdadeira, pois as galinhas se recolhem para dormir no entardecer, enquanto o escorpião é um animal de hábitos noturnos, que sai de seu esconderijo após escurecer.

“Ele até é encontrado durante o dia em caso de infestações grandes e nisso a galinha pode comer um ou outro, mas não vai controlar a quantidade enquanto o ser humano não alterar o ambiente favorável para o escorpião”, explica.

INFESTAÇÃO - No caso desta espécie, há dois fatores que contribuem para uma infestação. Trata-se de um animal com grande capacidade de adaptação aos ambientes alterados pelo homem, em especial o ambiente urbano. Isso favorece para que ele se reproduza de forma mas eficaz.

Além disso, o escorpião amarelo não precisa de um casal de animais para se reproduzir, bastando uma fêmea para gerar filhotes (reprodução por partenogênese). “Cada filhote que nasce, quando instalado em um ambiente favorável, vai crescer e gerar novos filhotes quando tiver em torno dos nove meses de vida. Com isso, temos um processo de infestação de forma rápida, pois esse escorpião é capaz de gerar de duas a quatro crias por ano, com 20 filhotes em média, podendo ter mais de 80 filhotes em um ano, de uma única fêmea”, alerta o biólogo.

CAPTURA - Caso seja encontrado um escorpião em uma residência, ele deve ser capturado ou abatido. É preciso tomar muito cuidado ao capturar um escorpião vivo, pois ele pode se movimentar rapidamente durante uma fuga e se esconder. O ideal é empurrá-lo para dentro de um pote, que será fechado com tampa. Em seguida, este escorpião deve ser levado à Secretaria Estadual de Saúde para identificação. Assim será possível avaliar o risco que aquele animal representa para a saúde e tomar as providências para reduzir sua ocorrência.

PICADA - Em caso de uma picada, deve-se procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima o mais rápido possível, principalmente em caso de crianças, para que os danos causados pelo envenenamento sejam minimizados pelo tratamento. O soro antipeçonhento é disponibilizado apenas na Rede SUS.

A picada de um escorpião causa dor imediata, podendo irradiar para o membro e ser acompanhada de adormecimento, vermelhidão e suor. Podem surgir suor excessivo, agitação, tremores, náuseas, vômitos, salivação excessiva, dentre outros sintomas mais graves. “Como se sente a dor logo após a picada, normalmente você vai ver o animal que picou e saber que foi um escorpião. O perigo que temos com as crianças pequenas é que se elas forem picadas, vão sentir a dor, chorar e não vão saber que bicho picou, por isso é importante monitorar a presença deste animal na sua propriedade”, alerta Emanuel.

Fonte: AEN


Ocorrências policiais em Laranjal e Palmital



LARANJAL - FURTO SIMPLES: No dia 11 de março de 2019 ás 12h10min, compareceu neste DPM um senhor, que reside na Localidade de Pedra Branca em um Sitio, relatou que na data de ontem por volta das 18h foi ver seu gado nas proximidades e ao retornar para casa notou que seu veiculo estava com a porta aberta verificando que seu aparelho de som estava para frente como se alguém tivesse forçado para tira-lo, notou também que uma bolsa onde estavam os remédios e a pistola de vacinar o gado, juntamente com um e revolver marca Taurus calibre.38 com 07 munições, que estavam na parte de trás do veiculo, haviam sumido. O solicitante não soube informar quem seria o possível autor do fato. Diante do fato este foi orientado quanto aos procedimentos cabíveis ao fato e a ocorrência repassada a Policia Civil de Palmital.

PALMITAL - LESÃO CORPORAL: Por volta de 23h50min do dia 11/03/2019, foi deslocado até a localidade de Barra Grande onde segundo solicitação anônima havia um homem ferido e caído na beira da estrada. No local foi constatado o fato, sendo acionado a ambulância e prestado socorro pelo serviço de emergência municipal até o posto de saúde onde o ferido foi identificado, sendo que o mesmo tinha duas perfurações nas costas e apresentava forte odor etílico, não tendo condições de dizer quem o teria agredido. Efetuado os documentos pertinentes e encaminhado a Policia Civil para as demais providências.

Entregador de lanches tem moto tomada em assalto em Prudentópolis


No dia 11 março, por volta de 21h30min, o solicitante informou que é entregador de lanches, e que havia saído para fazer uma entrega na Travessa Laranjeira, Bairro Pousinho, porém no meio do trajeto foi abordado na Rua Silvas do Brasil, próximo a marginal da Rodovia BR 373 por dois indivíduos, um deles armado com pistola, os quais roubaram a motocicleta, uma Honda CG 150 Titan KS, cor preta, placa MDC-2467, além de um capacete de cor preta, um celular marca Samsung S6 de cor preta.
 A equipe da PM realizou buscas porem não foi localizado aos autores. Orientado a vitima quanto aos procedimentos cabíveis.