quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Em um ano o projeto Gralha Azul trouxe mais de 800 turistas a Turvo


A rede colaborativa de turismo celebra, neste mês, um ano de vivências culturais e ecológicas no município de Turvo-PR. Trabalhando em parceria com mais de 30 famílias rurais, o projeto Gralha Azul - Turismo e Aventura nasceu da ideia de um grupo de jovens aventureiros que buscavam no amor pela natureza e pelos esportes uma oportunidade de valorizar suas origens. 

Foram cerca de 10 meses de preparação antes da inauguração, processo que envolveu o mapeamento das potencialidades turísticas do município, parcerias com as famílias turvenses para entender as necessidades e oportunidades de cada contexto, adequação das trilhas e proteção das áreas de mata nativa, e a divulgação da iniciativa nas redes sociais. Desde então, foram mais de 800 visitantes circulando pelos roteiros da rede.

Além dos eventos abertos realizados e das atividades disponíveis para agendamento o ano todo, o trabalho da Gralha Azul também é voltado para a educação e conscientização social, por meio do Programa Nosso Rincão. De forma gratuita, a equipe do projeto se dispõe a atender instituições de ensino, entidades públicas e projetos de extensão da região com palestras, apresentações artísticas, oficinas e mostras audiovisuais e de objetos que ilustram a história dos grupos culturais que compõem a identidade nacional. 

Os moradores de Turvo também contam com ações solidárias durante o ano onde as atividades são desempenhadas gratuitamente e as arrecadações são destinadas em prol de comunidades locais. As festividades regionais como a ExpoTurvo, Salto São Francisco Extreme, Festival Estudantil de Teatro de Turvo e, mais recentemente, Auto de Natal de Turvo - que será realizado em dezembro - também contam com a participação da rede e de seus colaboradores, cujo intuito é fomentar a produção típica das comunidades originárias como a quilombola e a indígena, e também dos grupos imigrantes. 

Neste ano de novas experiências, parceiros e organizadores se reuniram na Casa Histórica Gabriel e Luiza Pilati para homenagear aqueles que representam os elos desta corrente do bem e comemorar o sucesso de uma ideia que vem aumentando a visibilidade das comunidades do campo, gerando renda ao meio rural, promovendo a preservação de áreas de mata nativa, fomentando a participação cultural diversificada na esfera pública e criando oportunidades aos jovens turvenses. Estes, que podem enxergar no turismo uma maneira de utilizar seus conhecimentos e sua força de trabalho em benefício de sua terra natal. 

A equipe da Gralha Azul compreende que ao olhar para o futuro também é necessário preservar o nosso passado e agir no presente, a fim de garantir uma vida digna e justa a todos, independente de sua etnia ou suas escolhas de vida. Um sonho que se sonha junto já é realidade por meio de cada pequena ação conquistada dia a dia. Que as boas ideias sirvam de exemplo e que sempre hajam novos horizontes onde nos inspirar. Mas sabemos que essa garantia de uma vida saudável e mais harmônica com o nosso habitat só pode vir pelo respeito ao planeta e às vidas que nele trilham sua jornada. As palavras de Madre Teresa de Calcutá, que levamos no coração, dizem: “Não espere por grandes líderes, faça você mesmo, pessoa a pessoa. Seja leal às ações pequenas porque é nelas que está a sua força”. A Gralha Azul agradece por este ano de emoção e pequenas vitórias ao lado de seus amigos.










Nenhum comentário:

Postar um comentário