domingo, 17 de maio de 2020

Covid-19 causa mais uma morte e 44 novas infecções são confirmadas


O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde deste domingo (17) confirma mais 44 casos de infecção pela Covid-19 em pessoas residentes no Paraná e um óbito em decorrência da doença causada pelo vírus Sars-CoV-2.

A vítima é um homem que faleceu no sábado (16). Ele estava internado, residia em Londrina e tinha 68 anos. No total, a doença já vitimou 124 pacientes no Estado.

MUNICÍPIOS – O boletim registra que 176 cidades paranaenses têm ao menos uma pessoa contaminada com o Sars-CoV-2, sendo que em 46 há registro de óbito.

As novas confirmações são nas cidades: Agudos do Sul (2), Andirá (1), Campo Bonito (1), Campo Mourão (1), Cascavel (2), Curitiba (10), Guaraniaçu (1), Imbituva (1), Londrina (3), Mamborê (1), Maringá (8), Medianeira (1), Mirador (3), Palotina (1), Paraíso do Norte (1), Paranaguá (2), Paranavaí (2), Piraquara (1), Ponta Grossa (1) e Siqueira Campos (1).

FORA DO PARANÁ - Pacientes que residem fora do Paraná e que tiveram o diagnóstico no estado são 30. Três pessoas residentes de outros locais morreram em decorrência da Covid-19.

ERRATA: no informe de sábado (16), os dois pacientes confirmados e já recuperados de Ramilândia estavam no espaço de recuperados do município de Missal. Missal tem apenas uma pessoa com confirmação da Covid-19.

Guarapuava - Boletim atualizado




Veículo capota e bate em muro de residência em Pitanga


No dia 17 de maio de 2020, por volta das 00h40min a equipe policial foi acionada, para averiguar uma situação de acidente de trânsito na Avenida Brasil. 

Com a equipe no local foi observado que se tratava de um acidente tipo choque contra objeto, (muro de residência) onde o condutor se evadiu do local tomando rumo desconhecido. 

Realizado patrulhamento porém não logrado êxito em localizar o condutor. O Veículo foi recolhido ao pátio da 3ª Cia.


Fonte e fotos: PM

Meninas de 13 e 16 anos estão desaparecidas em Guarapuava


No dia 16 de maio de 2020, às 18h51min, uma equipe da Rádio Patrulha, deslocou até a Rua Guilherme Haenisch, Vila Bela, onde a solicitante de 35 anos, relatou que sua filha Andryele Vitória Oliveira da Silva de 13 anos e sua sobrinha Debora Rafaeli do Nascimento com 16 anos, fugiram de casa. Que por volta das 02h30min mandou elas dormirem pois estava tarde, que seu marido acordou por volta das 07h00min, e deu por falta das adolescentes que deixaram um bilhete se despedindo. 

A adolescente de 16 anos estava trajando roupa predominantemente preta e a de 13 anos listrada. A solicitante foi orientada.

Fonte: PM

Festa com cerca de 50 pessoas ignora isolamento e termina em confusão em Guarapuava


No dia 16 de maio de 2020, às 18h15min, a equipe do Oficial CPU e equipes da Rádio Patrulha, deslocaram até a Rua Benjamin Constant, Centro, onde foi constatado um evento festivo com cerca de 50 pessoas, todos sem máscaras individuais de proteção e com diversos equipamentos de som com o volume extremamente alto. Diante dos fatos, foi realizada orientação, onde a equipe solicitou que o evento fosse encerrado e que os equipamentos de som fossem desligados para evitar a perturbação dos vizinhos. 

Ressalta-se que os indivíduos que se apresentaram para equipe foram dois masculinos, um de 29 anos e outro de 26 anos, ambos extremamente alterados e nervosos, com sinais de embriaguez, e em tom extremamente arrogante afirmaram que possuíam autorização de membros do executivo para realizar a festa. 

Diante da negativa de acatar as orientações, a equipe policial informou que seria necessária a condução dos indivíduos por conta da aglomeração de pessoas e por conta da perturbação de sossego. Com isso os indivíduos passaram a desrespeitar os policiais militares dizendo que eram advogados e quem estariam incomodando seriam os policiais, e passaram a ameaçar os policiais militares. 

Sendo assim, a equipe policial militar solicitou apoio de demais equipes policiais no local. Com isso, na tentativa de orientar os indivíduos verbalizando, o Oficial CPU foi empurrado pelo indivíduo de 26 anos, o qual recebeu voz de prisão, e os indivíduos passaram a investir contra a equipe com socos e chutes, momento em que diversos indivíduos que estavam no local passaram a desacatar as equipes e investir contra os policiais militares. 

Ressalta-se que no local havia uma senhora que dizia estar grávida, que desacatou os policiais com palavras de baixo calão. Durante a prisão dos indivíduos, de 29 e 26 anos, os mesmos extremamente alterados, sendo necessário a utilização de força física moderada para conter os indivíduos. 

Após a contenção, foi realizada a tentativa de apreender os materiais, porém, as pessoas que se encontravam no local passaram a tentar empurrar os policiais e a fechar o portão em cima dos militares. Após contidos, foi realizada a apreensão dos materiais e alguns dos indivíduos que investiram e desacataram as equipes policiais foram conduzidos. 

Os abordados presos, passaram a chutar o camburão e a desacatar os policiais com palavras de baixo calão e novamente dizendo que seria advogado e que era rico e que os policiais estariam com problemas. Na delegacia os indivíduos conduzidos foram acomodados e se acalmaram, com exceção dos irmãos de 29 e 26 anos, que continuaram a desacatar os policiais militares e policiais civis com diversas palavras de baixo calão, desrespeitando inclusive o Delegado de Polícia. 

Ressalta-se que durante a lavratura do boletim se apresentou um advogado, a fim de defender os indivíduos presos, contudo, após entrevistas com os indivíduos, optou por se apresentar como defensor de apenas um indivíduo encaminhado, de 27 anos. 

Ressalta-se que os irmãos foram extremamente agressivos com o advogado presente. Os indivíduos que conduzidos pelas seguintes situações: - um indivíduo conduzido por se apresentar como um dos responsáveis pela festa, pela situação de perturbação de sossego e por infringir decreto municipal; - 

O indivíduo de 27 anos, por perturbação de sossego, desacato, desobediência, resistência, o qual durante a condução passou a citar nomes autoridades do poder executivo municipal afim de ameaçar a carreira dos policiais militares de serviço; - 

O indivíduo de 29 anos, pela situação de perturbação de sossego, desacato, desobediência, ameaça contra policiais militares, resistência; 

- O indivíduo de 26 anos, pela situação de perturbação de sossego, desacato, desobediência, ameaça contra policiais militares, resistência; 

- Uma mulher de 25 anos pela situação de perturbação do sossego e desobediência ao decreto municipal; 

- Um indivíduo por perturbação de sossego e desobediência ao decreto municipal. 

Ressalta-se que alguns celulares foram apreendidos, uma vez que foram utilizados para filmar o ocorrido. 

Cabe ressaltar que, com a chegada do Delegado de plantão, o mesmo informou que existe um entendimento de que não se acumula pena por isso não faria o flagrante e que seria confeccionado apenas um termo circunstanciado.

Fonte: 16º BPM