quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Obras na Escola Municipal Professor Elias Abrahão têm início



No ano de 2018, o município de Turvo foi atingido por uma forte chuva de granizo que prejudicou centenas de domicílios, prédios públicos, comércios e escolas, dentre elas a mais prejudicada foi a Escola Municipal Professor Elias Abrahão, que foi interditada. Após um árduo trabalho para angariar recursos para reerguer a escola, as atividades de reforma e reconstrução do local tiveram início. As crianças que hoje estão em espaço temporário cedido pelo Colégio Estadual Professores Edvaldo e Maria Janete Carneiro e Escola Municipal Frida Rickli Naiverth logo poderão contar com uma estrutura segura, moderna e perfeitamente adequada às suas necessidades.

As reformas iniciaram no dia 21 de Outubro e encontram-se a todo vapor, para que o prazo de execução seja cumprido. A empresa contratada para realizar a reforma tem o prazo de 4 meses para finalizar a obra, para que no ano que vem os alunos possam frequentar a escola, com a infraestrutura e segurança adequada.

A obra contemplará a demolição de parte do piso para readequação; retirada do forro e de toda cobertura de fibrocimento (telhas de fibra de amianto e cimento) completamente danificadas com a chuva; retirada de toda estrutura da cobertura, que será reestruturada com pré-moldados de concreto armado e aço; restauração das paredes internas.

Além das reformas citadas acima, serão feitas as substituições das portas e fechaduras; implementação de um banheiro adaptado para pessoas com deficiência; construção de um novo piso revestido especialmente para salas de aula e corredores, além de revestimentos dos pisos e paredes nos banheiros já existentes e readequação de toda parte de instalação elétrica. O acompanhamento dos serviços está sendo realizado pela Secretaria de Planejamento e Projetos e também pela equipe da Secretaria de Infraestrutura e Obras, que estão auxiliando na retirada da cobertura da edificação da escola.

Todas as melhorias que estão sendo executadas garantirão às crianças, pais e colaboradores, um ambiente seguro e agradável que irá contribuir no processo de aprendizagem dos alunos e também no desenvolvimento de cada um.


Fonte: Prefeitura

Confira as novidades do açougue e da padaria do Supermercado Ideal


Suas compras com economia é no Supermercado Ideal em Turvo, que comercializa todos os gêneros alimentícios, higiene e limpeza. 

No açougue conta com carnes de novilha precoce, carne suína em geral para deixar seu churrasco do fim de semana ainda melhor. Atendimento diferenciado com cortes do jeito que o cliente gosta.

No Ideal também tem a padaria, onde você encontra tudo para seu café da manhã ou da tarde, salgados e doces sempre fresquinhos. Também faz aquele delicioso bolo por encomenda. 

No açougue e padaria tem uma equipe treinada e qualificada para melhor atender, sob o comando do competente Arilson.

Atendimento das 08h00 ás 19h30 e aos domingos até as 12h00. 

Entrega suas compras na cidade e interior. 

O Supermercado Ideal fica aos fundos do Bradesco, em frente ao cartório.














Bombeiros encontram o corpo do jovem turvense que morreu afogado no Rio Marrecas


Na tarde desta quarta-feira (30), o jovem Jefferson Quadros estava nadando juntamente com sua namorada no Rio Marrecas na localidade do Rio Belo, divisa entre Turvo e Prudentópolis, quando veio a se afogar. 

Policiais militares deslocaram juntamente com a equipe do Corpo de Bombeiros de Guarapuava, onde feito contato com a testemunha, este relatou que trabalhava próximo ao rio quando escutou gritos pedindo por socorro, vindos da adolescente, com 17 anos, a qual informou que foi juntamente com seu namorado, até o rio para nadar, e que em determinado momento, ele começou a pedir por socorro, pois estava se afogando, submergindo em seguida, não retornando mais a superfície. A adolescente ainda tentou salvá-lo, porém não logrou êxito, que após isso a testemunha, com um bote, a retirou do rio. 

A equipe do Corpo de Bombeiros realizaram buscas, mas devido a baixa luminosidade (noite), no local, não localizaram o corpo. 

Na manhã desta quinta-feira, a equipe policial e mergulhadores do Corpo de Bombeiros retornaram ao local e encontraram o corpo, que será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. 

Jefferson Quadros, de 18 anos era morador da localidade de Faxinal da Boa Vista, interior de Turvo. 

Nas redes sociais, amigos e parentes lamentam a morte do jovem. 






Faleceu em Turvo, João Rudiak de Oliveira


Faleceu nesta quinta-feira (31) João Rudiak de Oliveira, com 80 anos. 

O velório será na Capela Mortuária. 

O sepultamento será em horário a ser designado.

Entenda por que a boa e velha poupança também pode ser uma boa opção de investimento


Lais Horstmann de Souza

Nos últimos anos têm se popularizado cada vez mais opções de produtos financeiros, especialmente investimentos que prometem altas taxas de rentabilidade. Mas, muitas vezes, a realidade é um pouco diferente daquilo que é oferecido ou compreendido pelas pessoas. Isso porque junto a uma boa rentabilidade, é comum haver taxas de administração, incidência de impostos, baixa liquidez e outras características que devem ser sempre questionadas para que se avalie se o serviço atende realmente à necessidade e não haja surpresas no futuro.

Um dos investimentos mais simples e seguros até hoje é a poupança. Suas regras são definidas pelo Banco Central, sendo que somente instituições autorizadas e fiscalizadas pelo órgão podem oferecer o produto. A caderneta de poupança oferece remuneração garantida. Fora, ainda, que não há incidência de tributação para pessoa física e jurídica sem fins lucrativos.

Além dessas características, sobre os valores aplicados em poupança não há taxa de administração, que gera o mesmo efeito dos impostos de redução da remuneração bruta oferecida no produto. Considerando isso, a modalidade pode, atualmente, bater outros investimentos. É sempre fundamental levar em consideração todos os fatores que influenciam na escolha do investimento mais adequado. Nessa equação, o valor a ser investido e o tempo que você está disposto a esperar para o resgate também são muito importantes. No mercado há produtos, por exemplo, que só podem ser resgatados pelos clientes 45 dias após o pedido ser realizado junto ao banco e esse fator nem sempre é alertado.

Um levantamento divulgado em junho de 2019 pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontou que a caderneta de poupança ainda é a escolha de 65% das pessoas que economizam dinheiro. O problema é que as mesmas entidades indicam que 67% dos brasileiros não guardam nenhuma parte dos seus rendimentos mensais. A educação financeira é fundamental para a mudança desse quadro e os números indicam que o cenário pode estar melhorando. Dados do Banco Central de 2018 apontam que, no ano, o volume de depósitos chegou a R$ 2,252 trilhões, o melhor resultado para a aplicação desde 2013.

No Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 4 milhões de associados e presente em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal, a poupança é um dos focos da instituição, tendo em vista que ela incrementa e fomenta o crédito rural, modalidade muito importante para parte dos associados que são produtores rurais. No ano passado, a carteira de poupança do Sicredi teve incremento de R$ 3,7 bilhões (crescimento de 38,7% em relação a 2017), alcançando o volume total de R$ 13,3 bilhões. Atualmente, já são mais de R$ 14,9 bilhões investidos por mais de dois milhões de poupadores do Sicredi.

Considerando tudo isso, a poupança continua sendo uma boa alternativa para quem deseja começar a investir, uma vez que é um produto cujo funcionamento é simples, a rentabilidade é garantida, o dinheiro aplicado fica disponível para resgate imediato e oferece a segurança de um produto regulado pelo Banco Central. Quem investe em poupança em uma cooperativa de crédito ainda conta com o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), com cobertura de até R$ 250 mil por CPF ou CNPJ. Isso sem contar que, quando você investe na poupança com o Sicredi, está colaborando com o desenvolvimento local, pois o dinheiro aplicado volta em forma de crédito rural para a sua região e ainda pode gerar uma renda extra na hora da distribuição dos resultados da sua cooperativa.

Coordenadora de Produtos de Investimento do Banco Cooperativo Sicredi