domingo, 13 de outubro de 2019

No PR, caminhão com 30 evangélicos cai em ribanceira e deixa quatro mortos


Um caminhão com 30 pessoas na carroceria, que voltava de uma festa de uma igreja evangélica em Doutor Ulysses, na região metropolitana de Curitiba, caiu em uma ribanceira na noite deste domingo (13). Quatro pessoas morreram, segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

O acidente aconteceu na PR-092, no Km 10, entre os municípios de Doutor Ulysses e Cerro Azul. O automóvel, segundo a PRF, desceu 80 metros ribanceira abaixo.

De acordo com PRF, dos 26 feridos 10 estão em estado grave e foram removidos de helicóptero para hospitais de Curitiba. As outras vítimas foram recolhidas por ambulâncias e levadas para hospitais de Cerro Azul. Segundo relatos de moradores nas redes sociais, há crianças entre os feridos.

As pistas ainda estão bloqueadas por causa do trabalho dos policiais e da Defesa Civil de Rio Branco do Sul, município ao lado. A retirada do caminhão, segundo a PRF, será bastante complexa.

Trecho não tem pavimentação ou alambrado de proteção

A PR-092, no trecho que liga Doutor Ulysses a Cerro Azul, não é pavimentada. Além disso, ao longo da rodovia há diversas ribanceiras sem barreiras ou alambrados para a proteção dos veículos.

A população dos dois municípios, que têm os piores IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) do Paraná, pede melhorias no local há anos, pois a rodovia é a única ligação com Curitiba.


Há uma petição pública sobre o tema endereçada ao governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior.

Em julho deste ano, o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) anunciou a recuperação do trecho onde houve o acidente. A obra prevê recuperação de sarjetas , limpeza e pintura de meio-fio e roçada.

Homem é assassinado no interior de Palmital


Segundo informações da Polícia Militar, José Maria dos Santos, de 33 anos, foi morto por disparos de arma de fogo na localidade de Água Quente, Estrada do Rio Serelepe, em Palmital.

O crime ocorreu nesse domingo (13), a autoria do crime ainda é desconhecida.

Guarapuavano se afoga no mar em Guaratuba e Bombeiros fazem buscas pelo corpo


Dois primos, de Guarapuava, se afogaram no início desta tarde de domingo, 13, no mar em Garatuba, no litoral do Estado. Segundo testemunhas, um deles teria entrado na água e começou a se debater. O primo entrou na água para tentar salvá-lo, mas também começou a apresentar dificuldades para sair da água. 

Os banhistas que estavam próximos chegaram a fazer um cordão humano para resgatar os dois jovens do mar, mas conseguiram salvar apenas um.

O afogamento foi no ponto em frente a Praça da Bíblia. Segundo testemunhas não havia nenhum bombeiro salva vidas na faixa de areia no momento do afogamento. Buscas estão sendo realizadas para localizar o corpo do jovem.

Fonte: Bem Paraná

Mulher sofre tentativa de estupro em Manoel Ribas


Por volta das 15h15min, do dia 12 de outubro, compareceu ao DPM uma mulher, a qual relatou que estava no seu trabalho às 13h30min quando uma pessoa tentou agarrar a mesma no intuito de manter relação sexual com ela sem seu consentimento, segundo a solicitante tratava-se de uma pessoa forte com aproximadamente 60 anos, moreno com cabelos brancos, vestindo uma bermuda jeans e uma camiseta verde e chinelos, que tal pessoa chegou ao local com uma camionete de cor branca, não sabendo precisar marca, modelo ou placas do veiculo, que a vitima reagiu impedindo que o autor conseguisse concretizar o ato. 

Diante do fato, a equipe fez buscas ao suspeito e orientou a vitima.

Fonte: PM

Homem é preso suspeito de tentar estuprar a irmã


Um homem foi preso suspeito de tentar estuprar a irmã, na madrugada deste domingo (13), em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná, segundo a Polícia Militar (PM).

A vítima estava dentro de casa quando o irmão tentou cometer o crime. Segundo a PM, ele só não conseguiu estuprá-la porque a mulher conseguiu se defender batendo nele e segurando o calção do rapaz.

A polícia informou que ela disse que gritou várias vezes pedindo socorro e que ele insistiu por várias vezes cometer o estupro.

Após o ocorrido, a mulher conseguiu correr, se trancar em um quarto e ligar para a polícia.

Conforme a PM, ao tentar abordar o suspeito, ele tentou reagir a prisão com chutes, socos e mordidas nos policiais.

A polícia disse que precisou usar técnicas de imobilização para algemar o homem.

Depois de preso, o suspeito disse para a equipe que realmente tentou abusar da irmã e que estava sob efeito de bebidas alcoólicas.

O caso foi encaminhado para a delegacia de Palmeira.

Fonte: G1 - PR