quinta-feira, 25 de abril de 2019

Operação Tiradentes é realizada em Turvo


A Polícia Militar começou às 7 horas desta quarta-feira (24) uma megaoperação, a Operação Tiradentes, em todo o Estado, com aproximadamente três mil policiais, 1,2 mil viaturas, além do policiamento já feito rotineiramente. A operação terminou na manhã desta quinta-feira (25) e faz parte de uma ação nacional.

O trabalho preventivo é feito com abordagens a pessoas e a veículos, estabelecimentos comerciais e pontos onde há denúncias e registro de atividades ilícitas como tráfico e uso de drogas. As buscas dos policiais serão focadas no sentido de localizar armas de fogo, substâncias entorpecentes, suspeitos de envolvimentos em crimes e foragidos da justiça, além de recuperar veículos com alerta de furto ou roubo.

Em Turvo, a operação comandada pelo Sargento Strugal, além da intensificação no policiamento ostensivo, foram abordados e fiscalizados 19 veículos, 08 motocicletas, 35 pessoas e ainda a abordagem em 03 estabelecimentos comerciais. Nada de anormal foi constatado.


Atleta amador de Guarapuava morre vítima de infarto



Mais um guarapuavano morre vítima de infarto. Desta vez foi o atleta amador Mario Paluski, da equipe de futebol da Madeirit. Ele faleceu na manhã desta quinta feira (25 de abril).

De acordo com a Central de Triagem de Guarapuava, Mario estava caminhando por uma rua quando passou mal e caiu morto. O corpo do atleta será velado Capela Mortuária Nossa Senhora de Belém, a partir das 16h, e o sepultamento será nesta sexta (26), em horário a ser definido, no cemitério do Boqueirão.

Mario era bastante conhecido no meio esportivo de Guarapuava, além de ser considerado uma dos melhores e maiores jogadores do futebol amador da cidade, de acordo com o presidente da Liga, Dirceu Pato, que afirmou em uma de suas redes sociais a importância do atleta no Madeirit, “Foi defensor do escudo da Madeirit como ninguém”.

Fonte: GRMais

Menina sai para jogar vôlei e desaparece em Pitanga


A Policia procura pela jovem Leticia Stoski (foto), de aproximadamente 16 anos, moradora de Pitanga, que saiu de casa ontem quarta-feira(24), falando que iria jogar vôlei, e até agora não voltou para casa.

Na manhã de hoje, Rosane Stoski que é mãe de Leticia fez uma postagem no Facebook pedindo ajuda para encontrar a filha.

Até o momento nem uma informação do paradeiro de Leticia, amigos compartilham a noticia do desaparecimento da jovem nas redes sociais visando encontra-la.

Qualquer informação entre em contato com a PM no 190.

As informações são do Blog Jonei Farias

Professora da Unicentro morre aos 38 anos em Guarapuava


A professora Katielle Rosalva Voncik Córdova, do Departamento de Engenharia de Alimentos da Unicentro, faleceu no início da noite desta quarta (24) em casa. Existe a suspeita de que ela tenha sofrido um infarto, mas a causa da morte ainda não foi oficialmente divulgada. Ela tinha 38 anos, era casada com o dentista Marcel Túlio Córdova e deixou dois filhos, de 12 e 14 anos. 

De acordo com informações de amigos, familiares encontraram Katielle passando mal e tentaram reanimá-la. Mas quando a equipe do Samu chegou, a professora já estava sem vida.

A chefia do DEALI – Departamento de Engenharia de Alimentos da Unicentro, emitiu uma nota de luto e suspensão de atividades. As aulas do curso e demais atividades pedagógicas foram suspensas nos dias 25 e 26 de abril, para que professores e acadêmicos possam participar das cerimônias de velório e sepultamento. O velório é na Capela Mortuária do bairro Batel e o sepultamento está marcado para às 17h, no Cemitério Continental.

Fonte: Portal RSN

Policial militar é assassinado a tiros



Um policial militar foi executado com vários tiros na madrugada desta quinta-feira (25), em Sarandi. De acordo com as informações divulgadas até o momento, o soldado Juliedes Nunes, de 36 anos, era morador de Sarandi e tinha parentes no Distrito Vale Azul, onde foi vítima de uma emboscada e foi atingido por mais de 10 tiros de pistola de calibres 9 milímetros e ponto 380.

A pistola de calibre ponto 40 do policial não foi encontrada junto ao corpo. As forças policiais da região seguem a procura dos suspeitos.

O policial era lotado no 4ª Batalhão de Polícia Militar. Ele estava de folga, à paisana e seguia sozinho de moto quando foi abordado e assassinado. Ele estava há cerca de 13 anos na Polícia Militar do Paraná. Juliedes Nunes era casado e deixa esposa e duas filhas.

Fonte: Massa News