sábado, 15 de dezembro de 2018

Colisão entre veículos deixa um morto na BR-373



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou na tarde deste sábado (15), por volta das 17 horas, um grave acidente na BR-373, cerca de 800 metros do trevo de entroncamento com a PR-281, sentido à Coronel Vivida.

A colisão envolveu uma Van Mercedes-Benz Sprinter com placas de Castro-PR e um Ford Fusion com placas de Coronel Vivida. Segundo informações, o carro fazia o sentido Candói à Coronel Vivida e a Van o sentido contrário. No coletivo estava o motorista, Ricardo Barreto, e mais 13 passageiros, os quais tiveram ferimentos sem gravidade, alguns encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Coronel Vivida. No Fusion viajava apenas o motorista que acabou morrendo no local preso as ferragens. Foi constatado através da placa, que o veiculo está no nome de Gilberto Pinto Barbosa.

O acidente mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros de Coronel Vivida, Defesa Civil de Chopinzinho, equipes do SAMU de Coronel Vivida e Chopinzinho.

Fonte: rbj.com.br

Neste domingo tem festa na comunidade da Dodge


Presos aproveitam horário de visitas para tentar fugir de penitenciária de Guarapuava


Três presos tentaram fugir da Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), na região dos Campos Gerais, na tarde deste sábado (15). Um deles conseguiu escapar, de acordo com a direção da PIG.

A ação ocorreu por volta de 12h30, durante o horário de visitas dos presos.
Os três homens pularam o telhado do pátio onde recebem os visitantes. Do
is dos detentos foram recapturados por policiais militares quando corriam para o alambrado que separa a unidade da rua, segundo o diretor da PIG, Renato Silvestre.

O preso que fugiu não havia sido localizado até a última atualização desta reportagem, de acordo com a polícia.

Esta é a primeira fuga registrada este ano na penitenciária de Guarapuava.

 Foto: Fernando Parracho/RPC TV
Por G1 PR e RPC Guarapuava

Genro quebra nariz e perna da sogra de 72 anos


Uma mulher de 72 anos teve a perna e o nariz quebrados pelo genro, na noite de sexta-feira (14), em Ponta Grossa, segundo a Polícia Militar (PM). O caso aconteceu por volta das 21h, no bairro Eldorado.

Conforme a PM, depois de um desentendimento entre o casal, a filha da buscou abrigo na casa da mãe, que tentou impedir a entrada do genro e foi agredida. Ela foi socorrida e levada para o hospital.

O suspeito fugiu e até a última atualização desta reportagem não havia sido encontrado, segundo a polícia.

Fonte: G1 - PR

Proprietários terão prazo maior para pagar o IPVA 2019 à vista


Os proprietários de veículos automotores do Paraná terão um prazo maior para pagar o IPVA 2019. A data de vencimento para pagamento em cota única (à vista). O prazo será entre os dias 24 e 30 de janeiro de 2019, variando de acordo com os números finais da placa. No ano passado foi entre os dias 10 e 16 de janeiro.

O prazo para pagamento sda primeira cota também teve pequeno aumento. Em 2019 será entre os dias 24 a 30 de janeiro. Em 2018 o prazo foi de 22 a 26 de janeiro. Caso opte pelo pagamento à vista, o contribuinte terá um desconto de 3% no valor final.

Já o contribuinte que preferir dividir o pagamento do IPVA 2019 em três cotas, deverá ficar atendo aos prazos, de acordo com a tabela abaixo. O pagamento da primeira cota será entre os dias 24 e 30 de janeiro; o da segunda cota será entre os dias 21 e 27 de fevereiro e a terceira e última deverá ser quitada entre os dias 21 e 27 de março de 2019, de acordo com os números finais das placas.

MUDANÇA NO PAGAMENTO – Neste exercício, os contribuintes receberão em casa apenas uma correspondência, contendo a Guia de Recolhimento para pagamento em cota única (à vista) do IPVA 2019. Quem optar por parcelar o IPVA em três cotas, deve entrar no Portal da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.pr.gov.br) e imprimir as guias de recolhimento.

O pagamento também poderá ser feito usando somente o número do Renavam nos bancos credenciados - Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú, Rendimento, Santander e Sicredi.

ARRECADAÇÃO - Em 2019 o Paraná contará com 4,3 milhões de veículos tributados e outros 2,6 milhões não tributados. A expectativa é de que o IPVA lançado para o próximo ano atinja R$ 3,4 bilhões.

A maior parte da frota terá alíquota de 3,5%. Ônibus, micro ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou que usam gás GNV pagam 1%. Há imunidade para veículos de propriedade da União, Estado e municípios e isenção para táxi, ônibus de transporte urbano, para deficientes, veículos destinados ao transporte escolar e os que foram fabricados há mais de 20 anos (antes de 1999).

NOTA PARANÁ – Em 2019, 127.664 proprietários de veículos utilizaram os créditos do Nota Paraná para quitar ou reduzir o valor do IPVA 2019, ocasionando uma economia de mais de R$ 15,5 milhões aos bolsos dos contribuintes, valor 17,3% maior do que o registrado no ano anterior.

Os contribuintes que, mesmo transferindo os créditos do Nota Paraná, não conseguiram quitar o IPVA 2019 integralmente, receberão a Guia de Recolhimento com a diferença, que também poderá ser quitada à vista, aproveitando o desconto de 3% ou dividido em três cotas.

INADIMPLÊNCIA - Contribuintes que possuam pendências relativas ao pagamento de IPVA serão inscritos no Cadin (Cadastro Informativo Estadual) e terão restrições no relacionamento com o governo, o que inclui o não recebimento de créditos e prêmios do Programa Nota Paraná. 

Os que não pagarem o imposto nos prazos definidos pela legislação terão multa de até 10% e os valores sofrerão acréscimo de juros. Os veículos que estiverem com débitos do IPVA não receberão o licenciamento anual emitido pelo Detran/PR e ficam impedidos de transitar nas vias públicas, sob risco de retenção e aplicação de multas pelas autoridades de trânsito. 

A inadimplência também impede a transferência de propriedade do veículo e insere o contribuinte na condição de devedor de tributos, restringindo a obtenção de Certidão Negativa de Débitos Tributários.

PARA MUNICÍPIOS - O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é tributo de competência estadual, mas sua arrecadação é dividida entre o Estado e o Município de registro do veículo. Do total arrecadado com o IPVA são descontados, por lei, 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Depois, a receita líquida do imposto é dividida entre os estados (50%) e municípios (50%).

Fonte: AEN


A Supporte Contabilidade está participando da Campanha do 10º Festival de Prêmios da ACET – Associação Comercial e Empresarial de Turvo.


Nós do Escritório Supporte Contabilidade, queremos, neste momento, prestar e registrar nossos sinceros e honestos agradecimentos pela confiança depositada em nosso trabalho e dizer que estamos alegremente satisfeitos por tê-los conosco como nossos clientes.

Você que ainda não é nosso cliente, faça-nos uma visita para conhecer pessoalmente nosso escritório. Nossa equipe terá uma grande satisfação em recebê-lo e lhe apresentar todos os nossos serviços, as possibilidades de parceria que podemos oferecer a você e seu empreendimento com dedicação e responsabilidade.

Na Supporte Contabilidade você encontra os seguintes serviços; Abertura, alteração e baixa de empresas, Assessoria empresarial fiscal e trabalhista, ITR, Imposto de renda pessoa física e jurídica, contabilidade e serviços em geral.

Cliente Supporte Contabilidade, peça seu cupom e concorra a uma Moto 0 km, 2 TVs, 1 Celular e 10 de vales-compras, sendo 05 de R$ 500,00 e 05 de 250,00. Sorteio em dezembro e 19 de janeiro.

SUPPORTE CONTABILIDADE, na avenida doze de maio, 414, centro, Turvo. Fone: (42) 3642-2160.