domingo, 28 de outubro de 2018

Cheia faz Itaipu abrir vertedouro de usina


A chuvarada de outubro mudou o cenário de seca na bacia do Rio Paraná. Com parte dos reservatórios de Itaipu escoando o excedente de água não usado na produção energia, a usina está vertendo desde às 21h do sábado (27), conforme a Itaipu Binacional.

Pelo vertedouro passavam, na tarde deste domingo (28), 1.171 metros cúbicos de água por segundo, o equivalente a quase a vazão média das Cataratas do Iguaçu. A previsão é a de que o vertimento permaneça até a manhã de segunda-feira (29).

A última vez que Itaipu verteu foi em março deste ano, mas por questões operacionais, segundo a Itaipu.

Neste ano, a usina já produziu mais de 78 milhões de megawatts-hora ante 77 milhões megawatts-hora no mesmo período de 2017.

Fonte: G1 - PR

Jair Bolsonaro (PSL) é eleito presidente do Brasil


Jair Messias Bolsonaro (PSL), de 63 anos, foi eleito neste domingo (28) para comandar o Brasil até 2022. Para conquistar pela primeira vez o cargo mais importante do Executivo nacional, o deputado federal derrotou Fernando Haddad (PT) no segundo turno do pleito.

A vitória foi oficializada pouco depois das 19h20, quando mais de 94% das urnas já haviam sido apuradas e Haddad não tinha mais condições de alcançar Bolsonaro.

Na parcial que confirmou o resultado, o candidato do PSL somava mais de 55,2 milhões de votos, contra 44,1 milhões do petista. Restavam ainda ser apurados pouco menos de 8 milhões de votos.

A vitória confirma todas as pesquisas de intenção de voto, que apontavam Bolsonaro com ampla vantagem sobre Haddad e menor rejeição do que o petista. No primeiro turno, ele obteve quase 50 milhões de votos e avançou em primeiro lugar para a disputa final.

Trajetória

Nascido na cidade de Campinas, no interior de São Paulo, em 21 de março de 1955, Bolsonaro é ex-militar, foi vereador da cidade do Rio de Janeiro de 1989 a 1991 e está em seu sétimo mandato como deputado federal pelo Rio de Janeiro. Em 2014, recebeu 464.572 votos e o foi candidato mais votado do Estado.

A carreira de Bolsonaro como militar começou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército. Depois, se formou na Academia Militar das Agulhas Negras. Entre 1979 e 1981, ele serviu no 9º Grupo de Artilharia de Campanha, situada na cidade de Nioaque (MS), onde integrou a Brigada de Infantaria Paraquedista.

Em 1986, se formou no curso de educação física na Escola de Educação Física do Exército. Três anos mais tarde, liderou um protesto contra os baixos salários dos militares.

Ao infringir o regulamento disciplinar do Exército, ficou preso por 15 dias. No ano seguinte, novos atos de indisciplina ocorreram e foram atribuídos a Bolsonaro e outros militares que foram julgados e inocentados pela Justiça Militar. Em 1988, foi para a reserva e deu início à carreira política.

Ascensão à Presidência

A decisão de Bolsonaro de disputar o cargo mais importante do Executivo aconteceu em 2014, após a reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). A defesa do antipetismo garantiu ao capitão visibilidade nas redes sociais e foi convidado pelo PSL (Partido Social Liberal) para disputar a vaga para o Planalto.

Para a disputa do primeiro turno, a coligação "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos" ganhou apoio do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), do futuro vice-presidente, general Hamilton Mourão.

No dia 7 de outubro, Bolsonaro obteve mais de 49,3 milhões de votos, sendo 113.690 fora do Brasil. Para o segundo turno, coube a ele administrar a vantagem de mais de 18 milhões de votos sobre Haddad, que foi o escolhido por 31,3 milhões de eleitores no primeiro turno.

Atentado

Durante um ato de campanha no dia 6 de setembro, Bolsonaro foi esfaqueado na região do abdômen durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). O atentado perfurou o intestino grosso e delgado e fez com o que o candidato perdesse 2,5 litros de sangue.

Após passar mais de 24 dias internado, o pesselista recebeu alta e foi para o Rio de Janeiro se recuperar em casa, de onde centralizou a reta final da campanha e gravou alguns dos vídeos apresentados no horário eleitoral.

Fonte: R7

Aposta de Guarapuava leva quase R$ 1 milhão na Quina


Um apostador de Guarapuava, na região central do Paraná, acertou as cinco dezenas do concurso 4.812 da Quina e levou R$ R$ 998.044,37 na noite de sábado (27).

Os números sorteados foram: 01– 09 – 39 – 42 e 56.

Mais um jogador de Barra Bonita, no interior de São Paulo, também acertou as cinco dezenas e ganhou a mesma quantia.

Outras 115 apostas acertaram quatro números e levaram R$ 3.545,86. Ainda nesse sorteio, 6.106 pessoas foram premiadas com R$ 100,42 por três dezenas sorteadas.

A Caixa Federal dá aos ganhadores um prazo de 90 dias para retirar a quantia. O próximo sorteio está marcado para segunda-feira (25).

Fonte: G1 - PR

Ocorrência de embriaguez ao volante é registrada em Turvo


Ás 22h00 desse sábado, durante operação da Polícia Militar na área central a equipe abordou vários veículos e ao abordar o veículo GM Corsa, foi constatado que o condutor apresentava alguns sintomas de embriaguez, sendo indagado o mesmo se teria ingerido bebida alcoólica respondeu que sim. 
foi convidado a fazer o teste etilométrico o qual apontou 0,66 mg/l sendo então dada voz de prisão e encaminhado a 14ª SDP para procedimentos cabíveis. 
Resultados da operação, uma pessoa presa um veículo apreendido e quatro notificações feitas.

Fonte: DPM de Turvo

Faleceu em Turvo Helena Beatriz Pacheco Navroski


Faleceu na madrugada desse domingo (28), no Hospital Santa Tereza em Guarapuava, Helena Beatriz Pacheco Navroski com 03 meses de vida. Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária. O sepultamento será as 17h00 de hoje. 

Informações repassadas pela Funerária Serluto de Turvo.