quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Sancionada lei que aumenta pena para motorista que dirigir sob efeito de álcool


Foi publicada nesta quarta-feira (20) a lei que aumenta pena contra motorista que dirigir alcoolizado ou sob o efeito de qualquer outra substância psicoativa. A pena passa a ser de reclusão de 5 a 8 anos, além da suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo. A nova regra entra em vigor em 120 dias.

Antes, o tempo de detenção para quem dirigisse alcoolizado era de dois a quatro anos. A nova legislação também fixa que, se do crime de dirigir sob efeito dessas substâncias resultar lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, o condutor terá como pena a reclusão de dois a cinco anos, além de outras possíveis sanções. No caso de ocorrer homicídio culposo, a legislação já previa o aumento de um terço da pena.

A diferença entre detenção e reclusão é um reforço punitivo contido no projeto sancionado hoje. No caso da detenção, as medidas são, em geral, cumpridas no regime aberto ou semiaberto. Já a reclusão é a mais severa entre as penas privativas de liberdade, pois é destinada a crimes dolosos – quando há intenção de matar.

Para Márcia Cristina da Silva, advogada voluntária da Associação Preventiva de Acidentes e Assitência as Vítimas de Trânsito (Apatru), esse método da aplicação da lei é a mudança principal. “O método processual muda. Nesse sentido, a pessoa já sabe que, se beber e dirigir, tem o risco de ficar presa, respeitando, claro, o direito de ampla defesa”, detalha.

Reforçando esse entendimento, foi acrescentado ao Código de Trânsito Brasileiro um parágrafo que determina que "o juiz fixará a pena-base segundo as diretrizes previstas no art. 59 do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal), dando especial atenção à culpabilidade do agente e às circunstâncias e consequências do crime".

Questionada sobre a real possibilidade da nova norma gerar mudanças no comportamento, a advogada afirma que, “como entidade prevencionista, nossa opinião é sempre que as ações que geram mais frutos são as de educação, inclusive na escola e por meio de programas de educação”. Todavia, pondera que, para casos recorrentes de pessoas que dirigem sob efeito de psicoativos, é importante uma medida mais rígida, pois ela “pode gerar uma reflexão nos motoristas que não enxergam com tanta seriedade o ato de dirigir e acabam bebendo”, acredita.

Vetos

A lei teve origem no projeto 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), passou pelo Senado e, depois, novamente pela Câmara. Hoje, ao sancionar a proposta, o presidente Michel Temer vetou artigo que previa a substituição da pena de prisão por pena restritiva de direitos nos crimes de lesão corporal culposa e lesão corporal de natureza grave decorrente de participação em rachas, quando a duração da pena fosse de até quatro anos.

O Palácio do Planalto informou que o veto objetivou dar segurança jurídica ao projeto. Isto porque “o dispositivo apresenta incongruência jurídica, sendo parcialmente inaplicável, uma vez que, dos três casos elencados, dois deles preveem penas mínimas de reclusão de cinco anos, não se enquadrando assim no mecanismo de substituição regulado pelo Código Penal”, conforme texto divulgado.

PM descobre 110 pés de maconha escondidos em plantação de milho e prende dois suspeitos



Dois homens foram presos nesta quinta-feira (21) na localidade de Água Quente dos Domingues, no município de Rebouças, na região dos Campos Gerais do Paraná, após a polícia descobrir a plantação de 110 pés de maconha.

Segundo a polícia, a plantação estava escondida em meio ao cultivo de milho.

A Polícia Militar informou que chegou ao local por meio de uma denúncia anônima, e os suspeitos admitiram serem os responsáveis pela droga.

A plantação de maconha foi destruída e levada para a delegacia de Rebouças.

Além das plantas, os agentes apreenderam com os suspeitos plantas em processo de secagem, sementes de maconha e “dechavador” – objeto utilizado para preparar a droga antes do consumo.

Fonte: G1 - PR

Pai e filho morrem em acidente na PR-092


Pai e filho morreram na tarde desta quinta-feira (21), em um acidente envolvendo um caminhão e um triciclo na PR-092, em Jaguariaíva. As vítimas, que moravam na região, estavam no triciclo e morreram na hora.

O homem, de 46 anos, e o filho, de 16 anos, seguiam com direção a Arapoti, quando bateram contra o caminhão, com placas de Flores da Cunha (RS), que vinha no sentido contrário. Chovia no momento do acidente.

Ambos morreram na hora. O motorista do caminhão não se feriu.

Fonte: Massa News

Agricultor evita ser eletrocutado ao decidir ficar em trator que atingiu cabos de energia




Um agricultor evitou receber uma descarga elétrica ao decidir permanecer no trator em que estava enquanto trabalhava em uma propriedade rural em Anahy, no oeste do Paraná.

Na terça-feira (19) o homem fazia a pulverização de uma plantação de soja quando o trator tombou e parte da estrutura encostou na rede de alta tensão.

Segundo técnicos da Companhia Paranaense de Energia (Copel), caso recebesse o choque, o trabalhador poderia ter morrido.

Ele contou aos técnicos que manteve a calma e lembrou de recomendações que já tinha ouvido sobre como evitar choques no caso de ser atingido por cabos de energia elétrica, telefonou para a Copel e aguardou o atendimento. Ele não ficou ferido.

O indicado nestes casos é não sair do veículo até que a rede de energia seja desligada. A estrutura de aço funciona como uma "gaiola metálica", isolando quem está dentro, desde que os pneus estejam intactos e os ocupantes não tenham nenhum contato com o solo.

Outra recomendação é evitar tocar nas partes metálicas já que podem servir de condutoras de energia.

Fonte: G1 - PR

Exportações do Paraná cresceram 20,4% em 2017



Os embarques de automóveis, celulose, soja em grão e frango sustentaram o crescimento das exportações do Paraná em 2017. De janeiro a novembro, as vendas externas do Estado cresceram 20,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Aumentaram de US$ 13,9 bilhões para US$ 16,8 bilhões no período, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Se mantido esse ritmo em dezembro, o Paraná deve fechar o ano com o maior crescimento nas exportações desde 2011, quando houve expansão de 23% nas vendas externas do Estado.

As exportações do Paraná vêm crescendo em ritmo maior do que a do Brasil, que acumula, no período, crescimento de 18,2% - para US$ 200,15 bilhões. “O ano de 2017 foi marcado pela recuperação das exportações, que avançaram tanto em commodities com em produtos manufaturados, de maior valor agregado”, diz Júlio Suzuki Júnior, diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes).

RECORDE - Principal produto de exportação do Estado, a soja em grão bateu mais um recorde de embarques de janeiro a novembro, embalada pela boa safra. Responsável por 23% das exportações, o grão somou US$ 3,9 bilhões em vendas externas, contra US$ 2,88 bilhões no mesmo período do ano passado – alta de 38,1%.

As vendas de carne de frango in natura – segundo produto mais exportado do Estado – cresceram 13%, passando de US$ 1,92 bilhão para US$ 2,17 bilhões.

KLABIN - O maior crescimento, no acumulado do ano, no entanto, foi de celulose, produto no qual o Paraná não tinha tradição exportadora, mas que passou a figurar entre os principais da pauta depois da inauguração da fábrica da Klabin em Ortigueira.

Em onze meses, os embarques de celulose somaram US$ 502,46 milhões, 88,9% mais do que no mesmo intervalo de 2016. O produto ocupa o sexto lugar entre os principais produtos exportados pelo Paraná.

VEÍCULOS - Outro destaque foram as exportações de automóveis, com crescimento de 60%, graças às vendas para a Argentina. Os embarques passaram de US$ 514,01 milhões para US$ 822,5 milhões.

Outros avanços foram as exportações de produtos metalúrgicos diversos, que cresceram 58,5% - de US$ 75,08 milhões para US$ 119 milhões. Já as exportações de tratores cresceram 47,1% - US$ 206,45 milhões para US$ 303,66 milhões.

MERCADOS - A China, principal destino das exportações do Estado, aumentou em 30% as compras do Paraná no período, de US$ 3,4 bilhões para US$ 4,43 bilhões. As exportações para a Argentina, segundo maior mercado, cresceram 35%, de US$ 1,35 bilhão para US$ 1,83 bilhão.

Os Estados Unidos, terceiro maior comprador, aumentou em 17,1% as compras, de US$ 705,6 milhões para US$ 826,6 milhões. O Japão foi o País que mais aumentou as compras do Paraná, de US$ 275,4 milhões para US$ 481,3 milhões, 74,7% de crescimento. A segunda maior alta veio do Irã, com 67,1% - de US$ 181,9 milhões para US$ 304 milhões.

Fonte: AEN



AUTORES DE ROUBO SÃO PRESOS PELA PM EM GUARAPUAVA, DOIS DELES COM MANDADO DE PRISÃO EM ABERTO


À 01h35min, uma equipe de policiais militares após visualizar as imagens do sistema de monitoramento de uma lanchonete na Rua Judite Bastos de Oliveira, Vila Carli, onde havia ocorrido um roubo, foi verificado que um dos autores era um indivíduo, o qual é monitorado por tornozeleira eletrônica. 

Em contato com o sistema de monitoramento, foi confirmado que no exato momento do roubo, o indivíduo estava no endereço, e que por volta da 01h15, constava que estava em um veículo deslocando pela rua Judite Bastos de Oliveira, sentido Jardim das Américas / Vila Carli. A equipe se deparou com o veículo GM Corsa, o qual ao avistar a viatura empreendeu fuga, parando na Rua Tupinambá, e descendo do veículo um indivíduo que pulou o gradil frontal da residência sendo que este correu com uma arma de fogo e apontando para equipe, sendo que neste exato momento um dos componentes da equipe desembarcou da viatura, realizou um disparo que atingiu a parede da residência no momento em que o indivíduo (25) subia no telhado da casa dos fundos, vindo a cair e danificar o telhado da residência e uma máquina tanquinho. Sendo imobilizado no momento que tentava fugir e encontrado ao seu lado um revólver calibre 38, marca Rossi, com cinco munições CBC intactas. Foi constatado que havia contra o abordado, um mandado de prisão, por estar foragido de Francisco Beltrão-PR, por roubo. 

Foi dada voz de prisão ao indivíduo e ainda em contato com o monitoramento, foi repassado que estava dando o sinal na Rua Paraná, fundos, onde após buscas em várias residências no referido endereço, foi localizado na residência de uma mulher, três indivíduos (19, 20 e 21) os quais confessaram estar juntos no veículo Corsa branco que deu fuga para os autores do roubo. Contra um dos abordados (19) foi encontrado um mandado de prisão por roubo. Questionado sobre o paradeiro do veículo Corsa, foi informado o proprietário, o qual é residente na Rua Santa Monica, fundos, onde foi localizado o veículo. Ao avistar a viatura, o suspeito adentrou na residência e fechou a porta, sendo necessário estourar a porta para realizar a abordagem. Feito revista na residência foi encontrado uma munição calibre 38. Diante dos fatos, os envolvidos, a arma de fogo, a munição e o veículo foram encaminhados até a 14ª SDP.

Fonte: 16º BPM

Bernardo Carli viabiliza caminhão de lixo para Turvo


O Governo do Paraná confirmou que, atendendo a uma solicitação do Deputado Estadual Bernardo Ribas Carli, será encaminhado para o município de Turvo um caminhão para coleta de lixo. O investimento é de R$ 290 mil.
Em reunião com o Prefeito, Jeronimo Gadens do Rosario, nesta quarta-feira, 20 de dezembro, na Assembleia Legislativa, o parlamentar repassou a notícia e destacou a importância do recurso.

“Será de grande valia para a manutenção da limpeza e organização da cidade, tendo em vista que o município não dispõe de um caminhão para a realização deste tipo de serviço e a terceirização é muito cara”, destacou. “Estou muito feliz com mais esta contribuição que damos ao Turvo, cidade vizinha de Guarapuava e pela qual tenho muito carinho”, completou o parlamentar.


Assessoria de Imprensa e Comunicação
 Deputado Bernardo Ribas Carli

Ocorrências policiais em Pitanga


RECEPTAÇÃO/ROUBO: No dia 20 de dezembro de 2017, a equipe deslocou ate o bairro Santa Rosa, pois um masculino suspeito do roubo em data anterior havia sido localizado e disse ter cometido o roubo por estar sem dinheiro e relatou ainda ter entregue o celular que foi roubado há um terceiro, que guardou o aparelho em sua residência, que também foi localizado, porém não estava com o celular. As partes foram encaminhadas até a 45ª DRP para serem tomadas as demais providencias

FURTO QUALIFICADO: No dia 21 de dezembro de 2017, segundo a vitima seu ex amasio pulou o muro e adentrou no seu estabelecimento e quebrou uma maquina de musica e do interior da maquina subtraiu certa quantia em dinheiro e também uma carteira com dinheiro. Com a equipe no local ambos foram abordados identificados e foram encaminhado a 45ªDRP para as providencias.