terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Já estão disponíveis para venda os Vales-almoço do 9º Festival de prêmios da ACET


Dia 15/01/2017 a ACET estará promovendo um almoço com parceria do CTG Rincão do Pinhal, antes do evento principal, 9º Festival de Prêmios - ACET.

O cardápio do dia será: Churrasco, Arroz, Farofa, Maionese e  Saladas.
Local: CTG Rincão do Pinhal. 
Horário: A partir das 11:30h

Valor: R$ 25,00 por pessoa (crianças até os 6 anos de idade não pagam)

Os almoços já estão disponíveis para venda na sede da ACET e com a diretoria. Não fique de fora, corra e garanta o seu!
Durante a tarde haverá o 9º Festival de Prêmios com animação do Grupo Aquerenciado, brinquedos infláveis para as crianças e muito mais diversões.
A partir das 15h, sorteio de 01 Corsa Classic 2010, uma Moto 0Km e dois vale compras no valor de R$500,00 cada. 
Venha participar, esperamos você e sua família!





Prefeito Jerônimo nomeia os primeiros secretários e diretores


Em conversa com o prefeito de Turvo, Jerônimo Gadens do Rosário, foram repassados alguns nomes de pessoas que irão trabalhar em sua gestão, e de início terá equipe reduzidas para cortar gastos.

Serão estes até a presente data:


Emerson Ribeiro Campos – Secretário de Finanças

Maria Cristina Viana Leite (Primeira Dama) - Secretária de Assistência Social.

Silvane Rickli Schneider – Secretária de Educação

Onézimo Ferreira – Assessoria de Gabinete

Patrick Odair de Oliveira  –  Jurídico

Neuro João Batistelli – Secretário de Industria e Comércio, responderá também pela Secretária de Agricultura e Turismo

DIRETORES DE DEPARTAMENTOS:


Clemerson Borges – Transportes

Estevão Neumann – Compras

Cesar Augusto Machado – Administração

Ademir Grechechen de Lara – Obras

Orlando Gomes – Finanças

Vivaldo Souza - Departamento de Saúde

Roberio j. Pupo - Departamento Administrativo da Saúde

.

Bandidos rendem seguranças, explodem carro-forte e interditam BR-277; dois foram presos



A Polícia Militar do Paraná agiu rapidamente na noite desta segunda-feira (09/01), logo após a explosão de um carro-forte na BR-277 (Serra do Mar, sentido litoral do Estado), e resgatou quatro seguranças da empresa (que estavam próximo ao local do crime), fez os primeiros procedimentos, além de orientar os motoristas que passavam pela rodovia, que ficou interditada por mais de duas horas. Dois homens foram flagrados pela equipe da PM enquanto recolhiam dinheiro que sobrou da explosão e acabaram presos. A PM continua fazendo buscas pelos suspeitos utilizando diversas equipes ostensivas e veladas, em apoio a Polícia Rodoviária Federal, titular da área. A informação de que há feridos ainda será confirmada.

Participam da ação policial equipes do 17º Batalhão de Polícia Militar (17º BPM) e 9º Batalhão da PM (litoral), pertencentes ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), do 20º Batalhão de Polícia Militar (20º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), do Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), dos policiais militares atuantes no “Verão Paraná 2016/2017” e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Assim que fomos informados da situação nos deslocamos o mais rápido possível no sentido de preservar vidas, não só dos funcionários, mas das pessoas que utilizavam a rodovia. Algumas equipes da PM foram diretamente ao local do fato e outras fizeram um cerco nas proximidades. Já recebemos algumas informações sobre os marginais e estamos atuando para tentar localizar estes envolvidos”, disse o Comandante do 9º BPM e do “Verão Paraná 2016/2017” pela Polícia Militar, tenente-coronel Nivaldo Marcelos da Silva.

De acordo com o Comandante da Subárea da PM em Morretes, tenente Ivan Luiz Matsuzava, um grupo fortemente armado, usando uma Ecosport adaptada para encaixe de arma de grosso calibre (.50), teria barrado o carro-forte na BR 277, no Km 43, sentido Litoral. “O grupo marginal atirou em direção ao veículo e os vigilantes revidaram, porém os funcionários da empresa se renderam. As informações apontavam que dois vigilantes teriam sido levados como reféns e abandonados em seguida, no entanto não se confirma”, explica. “As informações também relatam que o grupo teria fugido em uma caminhonete, de cor prata, levando a arma de fogo de grosso calibre”, conta o tenente Matsuzava.

INÍCIO – Segundo o tenente Otto Luiz Marty, da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 17º BPM, um policial militar de folga, que seguia para o Litoral, presenciou a situação e acionou a Polícia Militar (190), por telefone ele foi orientando as equipes que conseguiram chegar no local rapidamente. “Nossos policiais militares chegaram em apoio a ocorrência em menos de 10 minutos após o ocorrido. Tinha várias pessoas na rodovia e fizemos este atendimento inicial, organizando o trânsito, dando atendimento as vítimas e fazendo o isolamento da área. No local duas munições de calibre .50 intactas foram apreendidas”, destaca.

“Duas pessoas foram flagradas pela nossa equipe ROTAM no local coletando o dinheiro que estava na rodovia espalhado após a explosão do carro-forte. A princípio, a dupla passava pelo local quando visualizou o dinheiro e foi pegá-lo. Ambos os envolvidos serão conduzidos pela PRF à delegacia, mas a princípio não estariam diretamente ligados ao roubo. No entanto, será investigado”, relata o Comandante do 17º BPM, tenente-coronel William Kuczynski. A equipe policial também localizou os quatro seguranças na entrada do mato, cerca de 50 ou 60 metros do local do crime, onde teriam sido deixados pelos marginais antes da explosão.

A Criminalística foi acionada para fazer a perícia dos veículos, sendo a Ecosport usada pelos suspeitos (a qual estava com placas trocadas) e o carro-forte, além das munições .50 apreendidas. O trânsito no local foi interditado durante a ação policial, mas liberado logo após os procedimentos necessários no sentido Curitiba; já para quem segue para o Litoral do estado foi liberada logo após à meia-noite.

BUSCAS – a Polícia Militar do Paraná está empenhada e apoiando a Polícia Rodoviária Federal nas buscas pelos marginais e recuperação de dinheiro levado (não se sabe ainda a quantia). Para esta ação a Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) e equipes do Comandos e Operações Especiais (COE) estão atuando na região e outras localidades possíveis. Também estão agindo, desde o início, as ROTAMs do 17º BPM, do 9º BPM (Subárea de Antonina e Morretes), do BPMA e os policias militares do Verão Paraná. “Estamos com um cerco montado, com barreiras e outras ações para localizar estes marginais”, diz o tenente-coronel Nivaldo.

Bloqueios policiais foram montados nos acessos às praias do Litoral, as cidades de Morretes, Antonina e Paranaguá, com o apoio dos policiais militares do “Verão Paraná 2016/2017”, inclusive do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA). A Polícia Rodoviária Federal está com os dois suspeitos, os veículos e o dinheiro apreendido para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Tudo será entregue na Delegacia de Polícia Civil de Morretes.

Fonte: Band B

(Fotos: PMPR)

Compre na Eurick Auto Peças, peça seu cupom e concorra a um Corsa Classic e uma Moto 0Km do 9º Festival de Prêmios da ACET

A Eurick Auto Peças está participando da Campanha do 9º Festival de Prêmios da ACET - Associação Comercial Empresarial de Turvo.



Nessa terça, 10 de janeiro, o carro da Promoção estará exposto até as 18h00 em frente a Eurick Auto Peças e você, amigo cliente, poderá fazer uma visita, conhecer o carro, fazer suas compras e pedir seu cupom para concorrer a 01 Corsa Classic 2010, uma Moto 0Km e dois vale compras no valor de R$500,00 cada. 

Na Eurick Auto Peças você encontra peças para automóveis em geral, lubrificantes, extintores, baterias e palhetas Bosch.

Rua Travessia Imbituva ao lado da Mecânica Irmãos Eurick Fone (42) 3642-1407 – whatsapp 42- 99109-2911 – 99840-2232.


Durante a Campanha, que vai até 15 de janeiro de 2017, o carro ficará exposto em frente às lojas participantes. Se você amigo lojista, quiser a visita do Blog do Elói, faça como a Eurick Auto Peças, entre contato pelo telefone (42)9132-6466 ou eloimattos2010@hotmail.com






Ocorrências policiais em Pitanga, Palmital, Mato Rico e Santa Maria do Oeste


PITANGA: OPERAÇÃO BATE GRADE. Por volta das 09h00min policiais militares da 3ª CIA PM Pitanga, prestaram apoio a Policia Civil daquele município em Operação “Bate Grade” resultando na localização e apreensão de 17 aparelhos celulares com chip, 01 chip avulso, 09 baterias reserva para celular, 06 carregadores de celular, 03 estoques, 01 chave de fenda artesanal, 01 ponteira e 01 machadinha artesanal. Participaram da Operação 12 Policiais Militares e a mesma transcorreu sem alterações. 

PALMITAL: CORROMPER OU FACILITAR A CORRUPÇÃO DE MENOR DE 18 ANOS / FORNECER PRODUTOS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA/FÍSICA. Por volta das 09h15min, uma Conselheira Tutelar compareceu no Destacamenton PM solicitando apoio na situação em que alguns adolescentes estariam fazendo uso de bebida alcoólica em uma residência A equipe deslocou até a Rua Nilton Andrade Halila, Vila Carollo, onde foi constatado o fato, sendo identificada as responsáveis (18 e 57 anos) e os adolescente (3 rapazes e 2 moças), todos com idades entre 15 e 16 anos. No local foi encontrado vários litros de bebida alcoólica em fase de consumo e lacrado, sendo os objetos e os envolvidos encaminhados até a 44ª Delegacia de Polícia Civil. 

MATO RICO: FURTO QUALIFICADO. Por voltas das 11h00min, o solicitante compareceu no Destacamento PM relatando que logo pela manhã percebeu a falta de sua motocicleta Honda/CG 125 Titan placa AIF-8601, cor vermelha, a qual estava na garagem de sua residência, na Localidade de Rio Dourado. O mesmo não soube informar o horário do furto nem a possível direção que possa ter seguido os autores. A equipe realizou patrulhamentos, não logrando êxito na localização da motocicleta. 

SANTA MARIA DO OESTE: ADULTERACAO DE SINAL IDENTIFICADOR DE VEICULO AUTOMOTOR / DIRIGIR VEICULO SEM CNH / AMEACA / PERTURBACAO DA TRANQUILIDADE / RESISTENCIA Às 13h50min, uma equipe policial militarem PB (Ponto Base) visualizou um veículo importado Kia Sephia de cor bege, com o som em volume excessivamente alto e que após consulta foi constatado que a placa confere em um GM/Monza SL/e 2.0 de cor marrom de Toledo-PR. Foi acompanhado o referido veículo que estacionou ao lado de uma oficina, na Rua Generoso Karpinski e o condutor ao visualizar a viatura adentrou a referida oficina, o qual foi abordado e identificado como sendo um adolescente (17) e disse que o veículo era de seu pai, que estava no local. Foi então consultado o chassi que identificou um importado KIA/Sephia, de cor bege, baixada pelo Detran. Diante do fato foi informado que ambos seriam encaminhados até a Delegacia de Polícia para que se adotassem os procedimentos cabíveis e que o som do veículo seria apreendido e o veículo recolhido, momento este que o adolescente se alterou e passou a ameaçar a equipe, momento que a equipe tentou imobilizá-lo e o mesmo resistiu com uso de força e seu pai veio para cima da equipe dizendo que ele era menor e a polícia não poderia fazer nada com ele. Que o adolescente se desvencilhou da equipe e empreendeu fuga, dizendo que voltaria para matar os policiais e no momento em que a equipe iria encaminhar seu pai, o adolescente voltou e então foi imobilizado pela equipe sendo necessário uso de força moderada para contê-lo, porque o mesmo se debatia e usava de força para tentar fugir, sendo imobilizado e colocado no banco de trás da

Fonte: www.16bpm.com.br

Problemas elétricos no reservatório afetam abastecimento de água em Turvo



A Sanepar informa que, nesta terça-feira (10) houve problemas elétricos no reservatório que abastece a cidade, por isso pode haver desabastecimento hoje. Equipes estão trabalhando no conserto. A normalização do sistema está prevista para o período da noite. A Sanepar deve enviar dois caminhões pipa de Guarapuava para ajudar a abastecer o reservatório em Turvo.

Só ficarão sem água os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

A orientação é evitar desperdícios. A Sanepar conta com a participação de todos!

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. 

Assessoria de Imprensa Sanepar

Produção de peixes cresce 10% no Paraná e mantém mercado abastecido


A atividade da piscicultura no Paraná, em 2016, teve um crescimento de 10%, só não aumentando ainda mais sua produção em função das temperaturas baixas registradas no último inverno em todo o Estado. O frio, os largos períodos de tempo nublado e a baixa luminosidade fizeram com que as águas chegassem a registrar índices negativos, atrapalhando a produção das espécies. Mesmo assim a produção abastece todo o Paraná e mantém a comercialização de peixes em estados vizinhos, principalmente Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. 

“A piscicultura, apesar de ser uma atividade nova no Paraná, se comparada aos outros trabalhos no campo rural, já representa uma importante fonte de produção de alimento e de geração de renda”, afirma o coordenador estadual da aquicultura e pesca do Instituto Emater, Luiz Danilo Muehlmann. 

O Paraná possui grande potencial para a exploração da piscicultura, atividade de criação de peixes em instalações adequadas, por conta da grande quantidade e qualidade das águas, das coleções de águas disponíveis em represas e das características favoráveis dos solos. A atividade faz parte do grupo de projetos considerados prioritários pela Secretaria de Estado da Agriculturaá para a promoção do desenvolvimento econômico da região. 

O Oeste é o maior polo de criação de peixes no Estado, representando 69% de toda a produção, com atuação em 48 municípios, próximos a Toledo e Cascavel. Segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral), a região é responsável pela produção de 55,5 mil toneladas de peixe por ano, sendo que 96% são de tilápia. Atrás do oeste, está a região norte com 14% da produção e os outros 17% estão divididos entre o sul e noroeste do estado. 

Entre as variedades cultivadas em todo Paraná, a tilápia representa 91% de toda a criação e está mais concentrada na região oeste. Já as espécies nativas compreendem 4,7% da produção e estão concentradas em maior número na região norte. Outras espécies cultivadas são as carpas e os bagres que representam 3,5% e 0,8 % da produção, e estão presentes no sul do Paraná. 

O cultivo das espécies pode acontecer de diferentes sistemas no Estado, e o que predomina é a criação de peixes em tanques de terra ou em viveiros de terra. Mais de 98% da região oeste utiliza esse método. Outro regime utilizado é o desenvolvimento de peixes em tanques-redes, instalados em barragens, como acontece no Vale do Rio Paranapanema. 

RENDA – Segundo técnicos do Deral, a piscicultura permite a obtenção de renda significativa aos produtores que podem utilizar pequenas áreas da propriedade para a criação de peixes. Além disso, a atividade possibilita a sucessão do trabalho rural, ou seja, a inserção de jovens produtores no desenvolvimento da modalidade. 

De acordo com Luiz Danilo Muehlmann, da Emater, os trabalhadores podem usufruir de uma renda adensada, ou seja, um bom valor obtido por meio de uma pequena área. “Com a tilápia, por exemplo, o produtor pode tirar o valor líquido de R$ 0,60 a R$ 1 por quilo de peixe. Por isso, a renda depende muito da quantidade e do tamanho da produção de cada piscicultor”, exemplifica. 

Atualmente existem diferentes canais de comercialização das espécies no Paraná, no entanto, a mais significativa é a indústria de processamento e o carro-chefe é a produção de filé de tilápia congelado.