sexta-feira, 11 de março de 2016

Prazo para Cândido de Abreu retirar as balsas do Rio Ivaí termina na próxima semana.


Termina na próxima semana o prazo para que o Município de Cândido de Abreu, na região Norte-Central do Estado, cumpra determinação da Justiça e retire das localidades de Teresa Cristina, Jacaré e Areião as balsas que fazem transporte de passageiros pelo Rio Ivaí. A determinação judicial é resultado de pedido feito pelo Ministério Público do Paraná, em ação civil pública ajuizada em dezembro do ano passado.

Na ação, o MP-PR ressalta que Cândido de Abreu é banhado por diversos cursos d'água, especialmente pelo Rio Ivaí, e, para possibilitar o deslocamento de pessoas e mercadorias, há anos, passou a operar um serviço de balsas. Ocorre que o serviço é prestado pela Administração Municipal em condições impróprias de segurança, o que resultou, inclusive, em diversos autos de infração lavrados pela Capitania dos Portos. Em 2012, as balsas chegaram a ser lacradas após nova notificação, mas voltaram a ser usadas pelos cidadãos, e em 2015, um operador de uma das balsas faleceu em um acidente.

A pedido do MP-PR, e no sentido de garantir a segurança tanto de quem opera quanto de quem trafega nas balsas, a Justiça determinou, liminarmente, a retirada dos equipamentos de transporte do Rio Ivaí a uma distância mínima de 500 metros do leito, de forma a impossibilitar seu manejo por pessoas não autorizadas. Além disso, determinou que sejam colocadas, nos locais em que é feito o transporte, placas indicativas informando que ele está proibido e que quem manejar os equipamentos está sujeito a sanções civis, administrativas e penais. Em caso de descumprimento, a multa diária prevista é de R$ 500.

Consulta pública – O Ministério Público do Paraná esclarece, diante da repercussão que a iniciativa está tendo entre os cidadãos, que mantém o seu entendimento de que um serviço não pode ser prestado à mercê dos requisitos mínimos de segurança de seus usuários. Porém, buscando ouvir a população que utilizava o transporte, estão sendo feitas tratativas para a realização de audiência pública com a presença de representantes da prefeitura municipal, do Poder Judiciário e da Capitania dos Portos. O objetivo é debater ações para garantir o serviço, mas com segurança dos equipamentos e seu funcionamento dentro da legalidade.

Fonte: Blog Central

Radialista é morto a tiros dentro da emissora em que trabalhava.



A Polícia Militar registrou por volta das 21h 15min desta quinta-feira (10), um homicídio na área central da cidade de São Jorge D’Oeste, sudoeste do Paraná. O radialista João Valdecir de Borba de 52 anos, foi morto a tiros dentro da emissora onde trabalhava.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, uma testemunha do fato disse que dois homens armados entraram na emissora localizada na Avenida Iguaçu, área central de São Jorge D’Oeste, e efetuaram os disparos contra João, o qual foi atingido no abdômen, na sequencia os elementos fugiram em um veículo Fiat Strada de cor prata.

A vítima chegou a ser socorrida porém não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na casa hospitalar da cidade. A Polícia Civil e a Criminalística foram acionadas para fazer o levantamento de informações no local do crime.

Três pessoas ficam feridas após veículo colidir em um poste em Palmital.


Conforme relatório da Polícia Militar

Atendimento de Acidente/Apoio Outros Órgãos:

No dia 10/03/2016 por volta das 21h25min a equipe de serviço deslocou até a rodovia PR 456 onde segundo solicitação anônima havia acontecido um acidente de transito, no local foi constatado o fato, sendo que nas proximidades do parque de arremates de Palmital, o veículo Ford Escort de Placas de Laranjal-Pr, veio a colidir contra um poste, havendo 3 vítimas feridas no local, de imediato foi acionada a ambulância municipal, onde as vítimas foram encaminhadas até o posto de saúde municipal, sendo acionado também a COPEL devido ao fato do referido poste ter caído em via pública, e posteriormente foi entregue a ocorrência aos cuidados da policia rodoviária estadual. Sendo identificados o condutor do referido veículo como um senhor de 26 anos, e os passageiros uma mulher de, 30anos e outro senhor de 49 anos.

FONTE: POLÍCIA MILITAR.

Via: www.palmitalnoticias.com.br