quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Tribunal do Júri de Guaraniaçu condena a penas de 32 e 36 anos de prisão três réus denunciados pelo MPPR por homicídio qualificado de casal



O Tribunal do Júri de Guaraniaçu, no Oeste do estado, condenou três homens denunciados pelo Ministério Público do Paraná por duplo homicídio ocorrido em 3 de janeiro de 2020. Conforme a denúncia, oferecida pela Promotoria de Justiça da comarca, os réus invadiram durante a noite a residência das vítimas (um casal) e os mataram a golpes de faca e facão.

As penas foram de 36 anos para dois dos réus e 32 para o terceiro. Os jurados acolheram as teses do Ministério Público, considerando o homicídio da vítima principal como quadruplamente qualificado (motivo fútil, emprego de meio cruel, uso de dissimulação e de recurso que dificultou a defesa da vítima) e triplamente qualificado para o homicídio de sua esposa (emprego de meio cruel, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e crime cometido para ocultar outro, o assassinato do alvo principal dos criminosos).

Os três réus já estavam presos preventivamente e não poderão recorrer em liberdade.

Fonte: MPPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade