terça-feira, 18 de agosto de 2020

Pitanga chega a 166 casos confirmados de coronavírus



Guarapuava chega a 544 casos confirmados de coronavírus


Turvo - Boletim Oficial da Covid-19



IPVA 2020 em atraso teve 60,5 mil pedidos de parcelamento


Até esta segunda-feira (17 de agosto), último dia do prazo dado pelo Governo do Estado para o parcelamento do IPVA 2020 em atraso em até seis vezes, 60.565 Termos de Acordo de Parcelamento (TAPs) foram firmados por meio do site da Secretaria da Fazenda. Esses parcelamentos representam um montante de R$ 72,4 milhões.

A medida, inédita, foi possível graças à Lei 20.263/20, sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. Até então, o parcelamento da dívida do imposto só era permitido no exercício seguinte ao vencimento.

Ainda assim, 19,2% do total de IPVA lançado no Estado ainda está pendente.

QUEM NÃO PAGOU - Quem não quitou ou parcelou seus débitos de IPVA 2020, além dos acréscimos financeiros sobre o imposto (multa e juros), estará sujeito à inscrição de seu nome no Cadastro Informativo Estadual (Cadin), com o qual não poderá transacionar com o Estado como, por exemplo, resgatar seus créditos do programa Nota Paraná. O débito também é passível de inscrição em dívida ativa, que pode ser protestada e executada judicialmente.

O contribuinte que não regularizar suas pendências também não receberá o Certificado de Licenciamento de Anual do veículo expedido pelo Detran-PR, documento necessário ao tráfego de veículos em vias públicas, nos termos do art. 131, §2º do Código de Trânsito Brasileiro.

COMO PAGAR - Agora, quem quiser quitar o débito ainda em 2020 pode fazê-lo a qualquer momento, mas apenas com a opção de pagamento à vista. Basta acessar o http://site www.fazenda.pr.gov.br, na área serviços rápidos, menu IPVA, e fazer a consulta utilizando o número do Renavan.

A partir de 1º de janeiro de 2021, os valores de IPVA 2020 não pagos neste exercício poderão ser parcelados em até 10 vezes.

Defesa Civil repassa ajuda humanitária a município afetado por granizo


A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil repassou nesta segunda-feira (17) material de ajuda humanitária a Nova Prata do Iguaçu, no Sudoeste do Paraná. O município foi atingido pela tempestade de granizo no último sábado (15) e teve 200 casas danificadas e mais de 1200 pessoas afetadas. Foi decretada situação de emergência.

O município recebeu o atendimento emergencial local com a distribuição de lonas pela 10ª Coordenadoria Regional de Defesa Civil, de Francisco Beltrão.

Já na segunda-feira a Defesa Civil Estadual repassou 3.406 telhas ao município, que fará a distribuição às famílias atingidas pelo granizo. Nova Prata do Iguaçu contabiliza, ainda, 160 pessoas desalojadas por conta da tempestade e já está fazendo a distribuição do material.

AGILIDADE - A rapidez de entrega da ajuda humanitária é fruto do trabalho rápido de levantamento de danos e prejuízos e, também, do comprometimento dos técnicos da Defesa Civil a nível estadual, regional e municipal. O Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CEGERD), da Defesa Civil do Estado, acompanha a situação dos municípios afetados desde o final de semana, orientando sobre os procedimentos e documentos necessários para garantir o atendimento célere da população afetada.

A Defesa Civil Estadual continua acompanhando e monitorando as condições meteorológicas que possam causar desastres a partir das informações dos órgãos de meteorologia, como o Simepar, que repassam as informações sobre eventos extremos.

BALANÇO – Ao todo, foram 13 municípios afetados por vendavais e granizo no último fim de semana. Os números são do último boletim divulgado pela Defesa Civil nesta terça-feira. Foram 1233 casas danificadas e 1 destruída, deixando 5223 pessoas afetadas, sendo que 452 delas ficaram desalojadas.

ALERTA SMS – A população do Paraná pode se cadastrar para receber alertas por SMS gratuitamente. Basta enviar um SMS (aquela mensagem de texto) do próprio celular informando o CEP. Após o envio chegará uma informação de confirmação do cadastro e, sempre que houver alertas para a região do CEP cadastrado, a pessoa receberá a informação diretamente no celular: http://www.defesacivil.pr.gov.br/Pagina/Alerta-SMS

DICAS – A defesa Civil do Estado também possui dicas sobre o que fazer se você estiver no meio de um desastre. Basta acessar o link e ver as atitudes a tomar para os principais tipos de desastres. Clique AQUI.

Paraná registra 107.016 casos de coronavírus e 2.751 óbitos


A Secretaria de Estado da Saúde informa que o Paraná soma 107.016 casos confirmados de Covid-19 e 2.751 óbitos em consequência da infecção até esta terça-feira (18). O aumento de um dia para o outro foi de 1.834 diagnósticos positivos e 47 óbitos pelo novo coronavírus. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto. 

INTERNADOS – Sã 1.025 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19. Destes, 852 ocupam leitos SUS (383 em UTI e 469 em leitos clínicos/enfermaria) e 173 leitos da rede particular (71 em UTI e 102 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.051 pacientes internados, 533 em leitos UTI e 518 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de 47 pacientes. Todos estavam internados. São 19 mulheres e 28 homens com idades que variam de 11 a 93 anos. Um óbito foi registrado em junho e os demais no mês de agosto.

Os pacientes residiam em: Curitiba (14), Arapongas (4), Maringá (3), Ponta Grossa (3), Londrina (2). Além destes óbitos, uma morte foi registrada em cada um dos seguintes municípios: Alvorada do Sul, Apucarana, Francisco Beltrão, Goioerê, Guarapuava, Guaratuba, Imbaú, Iretama, Itaguajé, Itambé, Maripa, Moreira Sales, Nova Esperança, Ouro Verde do Oeste, Paiçandu, Pato Branco, Piraquara, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Santa Mariana e Verê.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria estadual registra 1.221 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 30 morreram.

AJUSTES:

Alteração de município:

Um caso confirmado em 16/08 em Castro foi transferido para São Paulo (SP).

Um caso confirmado em 27/07 em Curitiba foi transferido para Quitandinha.

Um caso confirmado em 15/08 em Jandaia do Sul foi transferido para Arapongas.

Um caso confirmado em 15/08 em Jandaia do Sul foi transferido para Paranavaí.

Um caso confirmado em 15/08 em Jandaia do Sul foi transferido para Foz do Iguaçu.

Um caso confirmado em 15/08 em Jandaia do Sul foi transferido para Curitiba.

Exclusão:

Um caso confirmado em 22/04 em Nova Londrina foi excluído por duplicidade de notificação.

Seis presos morrem em briga durante rebelião na cadeia de Ibiporã


Seis presos morreram durante uma rebelião na Cadeia de Ibiporã, no norte do Paraná, entre a noite de segunda-feira (17) e madrugada desta terça (18). A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

De acordo com os policiais, durante a rebelião, os presos atearam fogo em colchões e destruíram parte da cadeia.

As mortes, ainda conforme a polícia, ocorreram antes do incêndio e foram causadas durante uma briga entre os próprios detentos. Alguns corpos, segundo o delegado Vitor Dutra, foram carbonizados. Todas as vítimas foram encaminhadas para o Instituto Médico-Legal (IML).

O delegado disse ainda que alguns presos inalaram fumaça do incêndio, mas nenhum precisou de atendimento médico. O local deve passar por perícia ainda nesta terça, conforme Dutra.

Doze detentos devem ser transferidos para outras unidades prisionais, ainda segundo as informações do delegado.

A rebelião começou por volta das 20h de segunda e terminou às 2h.

A cadeia foi projetada para abrigar 35 detentos e estava superlotada com 138, ainda conforme a Polícia Civil.

Durante a confusão, nenhum preso fugiu.


Fonte: G1 - PR


Na Natusolo você encontra mudas frutíferas, entre elas muda de pitaya exótica



Chegou a melhor época para o plantio de mudas frutíferas, e na Natusolo Comércio de Produtos Agrícolas em Turvo, tem a pronta entrega e com a melhor qualidade, entre elas muda de pitaya exótica. 


AINDA NA NATUSOLO VOCÊ ENCONTRA ADUBOS, CORRETIVOS E SEMENTES: 

Adubos orgânicos/organomineral e substratos agrícolas: Fosfato Natural, Cloreto de Potássio. 

Sulfatos de: cobre, ferro, zinco, cobalto, manganês, magnésio, molibdato de sódio, enxofre e ácido bórico; 

Sementes orgânicas/variedades (hortaliças, soja, milho, feijão, arroz e pastagens). Mudas frutíferas (todas as espécies) Sementes de Flores. 

PRODUTOS NATURAIS 

Fertilizante foliar: Herbicidas e inseticidas naturais (controle de pragas e doenças): Kit Super magro. 

PECUÁRIA 

Farelos: (trigo, soja, milho): Núcleos (suínos, aves, bovinos): Pintainhos (postura corte Embrapa): Sal (mineral e comum). 

FERRAMENTAS 

Material p/horticultura (irrigação, plástico, estufa, gotejamento, bandeja isopor): Resfriadores de leite (granel e imersão): Ordenhadeiras e peças em geral: Comedouros e bebedouros para suínos e aves: Pulverizadores: Desintegradores/tributadores, misturadores de ração: Moenda -de-cana: Motores elétricos: Material para cercas elétricas: Descascadores de arroz, Telas e 

REPRESENTANTE SULINOX 

Mais tecnologia na sua produção. 

Resfriadores, Ordenhadeiras, Peças e Assistência Técnica. 

Comércio de Produtos Agrícolas NATUSOLO Ltda. 

Natusolo: Avenida Nossa Senhora Aparecida, 903 Turvo – PR Telefone: (42) 3642 1432. 

Ações sociais do Sicredi no Dia C beneficiaram 4,3 milhões de pessoas

Na edição do Dia de Cooperar deste ano, iniciativas promovidas pela instituição financeira cooperativa tiveram como foco apoiar a sociedade em meio à pandemia do novo coronavírus


Em mais um ano, o Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 4,5 milhões de associados e atuação em 22 estados e no Distrito Federal, apoiou o Dia de Cooperar, também conhecido como Dia C. Ao todo, 1008 ações de cunho social realizadas beneficiaram 4,3 milhões de pessoas nas comunidades de 610 cidades até o dia 13 de agosto. Para fazer as ações acontecerem, a instituição contou com o apoio de mais de 30 mil voluntários, entre eles, seus próprios colaboradores. Na edição deste ano, as ações ligadas ao Dia C iniciaram antes mesmo da data de celebração, em 4 de julho, e se prolongam até o final de 2020.

As iniciativas do movimento estão alinhadas com os “17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável” propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e contam com o apoio da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). A data é marcada pela realização de diversas ações com foco em responsabilidade social nas áreas da saúde, educação, lazer e meio ambiente promovidas pelos sete ramos de cooperativismo atuantes no país (agropecuário; consumo; crédito; infraestrutura; saúde; trabalho produção de bens e serviços; e transporte). O objetivo do movimento é transformar a realidade de comunidades por meio da prestação de serviços.

Entre as ações realizadas este ano destacam-se as doações de cestas básicas, produtos de limpeza, doações de sangue e até uma proposta de levar afeto e atenção a idosos em meio à pandemia, convidando os cidadãos a ligarem para pessoas da terceira idade de sua rede de relacionamento. Em 2019, do total de ações realizadas no Dia C, 765 delas foram promovidas pelo Sicredi, beneficiaram mais de 260 mil pessoas e envolveram 21,7 mil voluntários.

“Em mais uma edição do Dia de Cooperar, por meio de suas 109 cooperativas de crédito, o Sicredi cumpriu com o compromisso de promover o desenvolvimento econômico e social nas comunidades onde estamos presentes. Tivemos um aumento expressivo no número de ações, voluntários e, consequentemente, beneficiados com as iniciativas e isso mostra o poder de mobilização da nossa instituição neste momento delicado que a sociedade está passando”, explica Romeo Balzan, superintendente da Fundação Sicredi. “Todas as iniciativas deste ano foram realizadas com a ajuda de plataformas digitais para garantir a segurança de todos os envolvidos no projeto, sem deixar de lado a premissa de sensibilizar as pessoas e estimular a realização das ações de benefício social”, complementa.

Para conferir mais informações sobre o Dia de Cooperar, acesse: http://diac.somoscooperativismo.coop.br/

Faleceu a professora Solange Dalla Rosa


Faleceu na manhã desta terça-feira (18) a professora Solange Dalla Rosa, com 60 anos, vítima de leucemia. 

Seu corpo está sendo velado no salão da Igreja Nossa Senhora das Brotas – Ibema. 

O sepultamento será ás 17h00 de hoje. 

Solange era professora na Escola João Miguel Maia, em Ibema – Turvo, e era esposa do Adir Oliveira.

Homem morre após veículo se chocar contra árvore em Goioxim


Por volta das 16h00min do dia 17 de agosto de 2020, a equipe policial foi acionada para dar atendimento a um acidente de trânsito ocorrido na PR - 364 km 255 localidade Araras, em Goioxim onde no local já havia uma pessoa em óbito, a equipe após acionamento dos órgãos competentes, deslocou até o referido local onde já se encontravam a equipe médica do posto de saúde que prestou o atendimento a vítima, sendo então realizado isolamento do local, foi constatado pela equipe, ser um veículo VW/Voyage, que transitava sentido Goioxim a BR 277, o qual saiu fora da pista lado esquerdo vindo a colidir com uma árvore levando ao óbito seu condutor.
Com a chegada da Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Civil e Criminalística, os quais realizaram os devidos procedimentos no local.

A vítima foi identificada sendo Ronaldo Soares, funcionário dos Correios.
Publicidade