segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Homem acusado de matar esposa a pedradas é preso em Mato Rico


A Polícia Militar de Mato Rico, composta pelo Sargento Rocha e o soldado Vagner em ação conjunto com a Polícia Civil de Nova Aurora, prendeu na manhã de sábado, dia 23, Oliel Pepê Porfirio, acusado de matar a esposa Josiane Porfírio, na cidade de Cafelândia em 2018. De acordo com informações, desde o ocorrido, Porfírio estaria foragido em Mato Rico. 

O homicídio aconteceu do dia 22 de dezembro de 2018, de forma cruel. A vítima teve a cabeça esmagada a pedradas e ficou cerca de 10 dias no IML de Cascavel aguardando o comparecimento de algum familiar para reconhecer o corpo. Um irmão da vítima, residente em Campo Mourão, realizou o reconhecimento. 

Após as investigações, a Polícia confirmou a autoria do homicídio e Oliel Pepê Porfírio fio preso e transferido para a cidade de Nova Aurora onde responderá pelo crime.

Pesca no Rio Piquiri, que nasce entre Turvo e Guarapuava, é proibida por tempo indeterminado

Medida se deve à mortandade de peixes nos últimos dias. A proibição é uma forma de proteger as espécies nativas, garantindo a recuperação e manutenção de estoques para evolução da espécie, além de evitar a contaminação de pessoas que pescam e consomem estes peixes.



O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) proibiu a pesca de qualquer modalidade, por tempo indeterminado, em todos os rios que compreendem a Bacia Hidrográfica do Rio Piquiri. A Portaria nº 025, publicada na sexta-feira (22), é uma medida de precaução e prevenção em razão da mortandade de peixes nos últimos dias.

A proibição vale para toda e extensão do Piquiri. Com 660 quilômetros, o rio nasce na Serra de São João, entre Turvo e Guarapuava, e segue até desaguar no Rio Paraná, entre Terra Roxa e Altônia.

Com o número elevado de peixes mortos em vários pontos do Rio Piquiri, a proibição da pesca é uma forma de proteger as espécies nativas, garantindo a recuperação e manutenção de estoques para evolução da espécie, além de evitar a contaminação de pessoas que praticam a pesca e consomem estes peixes.

Serão feitos estudos científicos nas águas e peixes da Bacia do Rio Piquiri, com a finalidade de avaliar sua qualidade ambiental e sanitária. Os trabalhos vão ocorrer por um período de seis meses e podem ser estendidos, dependendo dos resultados obtidos nas avaliações.

FISCALIZAÇÃO – Foi montada uma equipe que inclui as regionais do IAP de Campo Mourão, Umuarama, Cianorte e a Polícia Ambiental para desenvolver ações de fiscalização durante três dias, com o objetivo de identificar os pontos em que há mortandade e suas possíveis causas.

O número de peixes mortos é bem representativo – aproximadamente 50 mil toneladas – e as espécies encontradas se restringiam à piapara, piau e mandi, apesar de haver alguns relatos de outras menos significativas.

Embora não tenha sido possível identificar a causa exata da mortandade, há suspeitas de que o problema se iniciou nas imediações da confluência do Rio Cantu com o Piquiri.

Fiscais ainda trabalham na identificação de irregularidades nas mediações do rio que podem estar causando a mortandade.

PERMITIDO – A proibição exclui a pesca de caráter científico e coletas de peixes para fins de Estudos e Monitoramento da Ictiofauna, previamente autorizada ou licenciada pelo IAP.

PENALIDADES – O exercício da pesca em desacordo com o estabelecido nesta portaria sujeitará o infrator às penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais (nº 9.605) e no Decreto nº 6.514, de demais regulamentações pertinentes. Estão previstas multa de R$ 700,00 a R$ 100 mil e apreensão do material de pesca.



Veículo trava o volante, cai em ribanceira e para dentro de uma lagoa em Turvo


Por volta das 13h00 dessa segunda-feira (25), o condutor de um veículo Parati contou ao Blog do Elói, que seguia pela Rua João Pedro Horst, quando o veículo travou o volante, vindo a cair em uma ribanceira e acabou caíndo dentro de uma lagoa em um terreno da prefeitura. 

No veículo além do condutor, estava também seu pai. Eles não se feriram no acidente. 

O veículo foi retirado com ajuda de uma máquina da prefeitura.






CURSO DE AGRONOMIA - FACULDADE GUARAPUAVA

Aprendizado no campo com práticas avançadas



O espaço da Fazenda Escola não tem apenas animais, a vasta área disponível também serve para ensinar Agronomia. Os acadêmicos do curso da FG não só observam lavouras de diversas culturas, como aprendem a produzi-las, começando pelo o planejamento do plantio e preparo do solo, passando pelo desenvolvimento até o momento da colheita. Desde o início do curso, as aulas são realizadas no local.

O professor Luciano Bezerra Visintin, coordenador do curso de Agronomia, destaca que as atividades estão voltadas para as diversas áreas de conhecimento necessárias à formação completa e de qualidade do Engenheiro Agrônomo, desde a Climatologia até Gênese e Morfologia do Solo, por exemplo. “Já nas primeiras aulas, os acadêmicos aprendem a fazer trincheiras, análise do perfil do solo, estudam o enraizamento de plantas, além da influência do clima na agricultura; enfim, todos os fatores que envolvem a produção de alimentos”, reforça.

Na sede da Faculdade, localizada no Vale do Jordão, também foi construída uma estufa, que serve de laboratório para o cultivo de legumes e verduras, além de outros experimentos. A “mini fazenda” está praticamente ao lado da sala de aula, o que dificilmente ocorre em outras faculdades.

De olho no Clima

Para completar o apoio técnico e científico aos professores e acadêmicos, está em fase de implantação o projeto de uma estação meteorológica na Faculdade, que permitirá a coleta de dados e o acompanhamento mais preciso dos fenômenos climáticos, fundamentais para o desenvolvimento da agricultura.

Ocorrências policiais em Palmital e Laranjal



PALMITAL - No dia 24 fevereiro de 2019, por volta de 16h50min compareceu neste pelotão um senhor, o qual passou a relatar que sua motocicleta havia sido furtada. Relatou que havia estacionado sua motocicleta Yamaha Ybr 125k na cor vermelha, em frente à igreja católica na Av. Maximiliano Vicentin, que a última hora em que viu a motocicleta foi por volta de 05h00min da manhã, sendo que ao procurar novamente por volta de 16h00min à motocicleta já não estava mais lá. A vítima foi orientada e iniciada as buscas no intuito de localizar o referido veículo.

LARANJAL - No dia 24 fevereiro de 2019, compareceu nesse DPM um senhor relatando que ao chegar em sua residência por volta das 17h encontrou a porta arrombada e sua casa revirada, relata ainda o solicitante que de sua casa foi levado sua carteira com documento de identidade, CPF, título de eleitor, cartão do banco Itaú e uma quantia de 1350 reais. É o relato.


Toledo vence o Coritiba nos pênaltis e fica com o título do primeiro turno do Paranaense



O Toledo venceu o Coritiba nos pênaltis é campeão do primeiro turno do Campeonato Paranaense. No tempo normal, o Porco saiu na frente no fim do primeiro tempo, com Revson, em cobrança de falta, e o Coxa empatou no início da segunda etapa, com Rodrigão, de cabeça. Nos pênaltis, o Toledo teve melhor pontaria e contou com a estrela do goleiro André Luiz. Veja mais...