quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Nova etapa de vacinação contra aftosa começa nesta quinta-feira


A segunda campanha de vacinação contra febre aftosa de 2018 começa nesta quinta-feira (1º) e segue até 30 de novembro. As vacinas já estão disponíveis no mercado. Nesta etapa, todo o rebanho paranaense deve ser vacinado, atingindo 9,3 milhões de cabeças, entre bovinos e búfalos. Os produtores também precisam comprovar a vacinação, presencialmente, nas unidades da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), ou pela internet, no site www.adapar.pr.gov.br.

Ao comprar a vacina, os criadores obtêm a Nota Fiscal e o formulário para comprovar a vacinação. “Além disso, é fundamental que realizem a Atualização Cadastral no banco de dados da Adapar”, diz o diretor-presidente da Adapar, Inácio Kroetz. Segundo ele, todo proprietário de bovinos e búfalos, e outros animais suscetíveis à febre aftosa, como suínos, ovinos e caprinos, é obrigado a informar a relação de animais existentes na propriedade.

O transporte de animais só é autorizado com a vacinação e cadastro atualizado, o que permite a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA). A dose da vacina é de 5 ml para todos os animais, independente do peso e tamanho, mas só bovinos e búfalos podem ser vacinados.

Os produtores que não cumprirem a obrigatoriedade serão autuados. A não vacinação ou não comprovação implica em multa, definida conforme a quantidade de animais. O valor base segue a Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF), que em 2018 é de R$ 100,84. Além da multa, o descumprimento impede o transporte de animais para qualquer finalidade, até que a situação seja regularizada.

Para o trabalho de fiscalização, a Adapar conta com suas 135 unidades no Estado e com 240 escritórios municipais, com servidores que atuam em conjunto com os fiscais da Agência. Esse trabalho é feito de forma permanente no Paraná e intensificado nos períodos de campanha.

Na primeira fase da etapa de 2018, no mês de maio, quando a vacinação foi obrigatória apenas para animais até 24 meses de idade, foram imunizadas 4,2 milhões de cabeças, o que cumpriu com a expectativa da Adapar. A próxima etapa será em maio de 2019.

STATUS – Hoje, o Paraná é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como Área Livre de Febre Aftosa, com Vacinação. Mas o objetivo do poder público é obter o reconhecimento de Área Livre de Febre Aftosa sem Vacinação, com fiscalização permanente, na expectativa de atrair investimentos e abertura em mercados internacionais. Em agosto, o Governo do Estado oficializou o pedido ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que já avaliou positivamente. O último registro do vírus no Estado é de 2005, sanado em 2006.

Fonte: AEN

Portal de Imbituva é demolido depois de decisão judicial; VÍDEO

Vídeo:

Foi demolido, na tarde desta quarta-feira (31), o portal que ficava na entrada do município de Imbituva, na região central do Paraná. A estrutura foi retirada depois de decisão judicial. Assista ao vídeo acima.

Durante toda a tarde, homens da prefeitura e da Companhia Paranaense de Energia (Copel) trabalharam na demolição.

O trecho da BR-153, onde ficava o portal, foi interditado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por quatro horas para a retirada do pórtico.

A demolição foi determinada pelo Poder Judiciário depois de um processo instaurado em abril de 2014 pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

A alegação do órgão era que o portal foi construído de maneira irregular e sem autorização. De acordo com o DNIT, “por se tratar de uma área de rodovia federal não pode haver obstruções de nenhuma espécie para motoristas e transeuntes”.

Outro motivo alegado pelo DNIT é a impossibilidade de tráfego para veículos com excesso de carga lateral.

O que diz a prefeitura

A Prefeitura de Imbituva afirmou que tentou reverter a decisão de demolir o portal, uma vez que a obra foi custeada com recursos públicos.

Ainda conforme a administração municipal, houve um comprometimento para adequar a construção às normas estabelecidas pelo DNIT, mas o pedido não foi acatado.

Fonte: G1 - PR

PRF lança Operação Finados em todo o país



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança à zero hora desta quinta-feira (1°) a Operação Finados 2018 em todo o país.

A operação, que segue até domingo (4), terá como prioridades o controle de velocidade com radares portáteis, o combate à embriaguez ao volante e a fiscalização de ultrapassagens proibidas.

O uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas, também estão entre os focos das equipes da PRF.

No mesmo feriado de 2017, quando a operação teve cinco dias de duração –um a mais do que a deste ano–, dez pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do Paraná. Outras 115 pessoas ficaram feridas. A PRF atendeu 125 acidentes.

Cinco das dez mortes registradas na operação do ano passado ocorreram em um único acidente, na Linha Verde, em Curitiba. Um veículo Citroën Xsara Picasso conduzido por um motorista embriagado invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente contra um Ford Corcel II.

Durante o feriado prolongado deste ano, a previsão das concessionárias de pedágio é de que o fluxo de veículos aumente até 60% em relação à média dos dias normais.

O pico de movimento na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite de quinta-feira e na manhã de sexta-feira. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de domingo.

Orientações para uma viagem segura

Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. Estas são algumas das principais orientações da PRF para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

Texto: Fernando Oliveira / Agência PRF

Vídeo mostra carro caindo de viaduto; motorista morreu



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) que atendeu o acidente fatal na manhã desta terça-feira (30) em Araucária, no quilômetro 147,8 da BR-476, teve acesso a gravações em vídeo de câmera da Refinaria da Petrobras que desmentem a versão apresentada inicialmente pelo caminhoneiro envolvido no acidente.

O caminhoneiro havia declarado à PRF --em termo por escrito-- que teria percebido o carro capotando à sua direita, e que, durante o capotamento, uma parte do carro acabou 'encostando' em seu veículo.

Uma câmera posicionada exatamente na direção da trincheira, já mostra o carro desgovernado, rodando à frente do caminhão, o caminhão transitava, na verdade, atrás do carro.

A velocidade máxima sinalizada no local é de 60 km/h. Conforme o disco do tacógrafo, o caminhoneiro transitava a 80 km/h. Foram detectadas ainda marcas de frenagem do caminhão ao longo de aproximadamente 50 metros.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Polícia Civil em Araucária. A perícia no local do fato foi feita por uma equipe de Curitiba do Instituto de Criminalística.

O caminhoneiro, que antes da obtenção das imagens foi liberado no local do acidente, após se submeter ao teste do bafômetro que deu negativo, deverá responder pelos crimes de homicídio e falso testemunho.

Fonte: Massa News

Caminhão tomba na BR 277 em Guarapuava


Um caminhão carregado com lâminas de madeira tombou e deixou o trânsito lento na área urbana da BR 277, em Guarapuava.

O acidente ocorreu na manhã desta quarta feira (31 de outubro), por volta das 09h50. O caminhão tombou nas proximidades do acesso principal à cidade. Não houve feridos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou um desvio pela alça de acesso a Guarapuava.

Fonte: GRmais


Familiares procuram por homem desaparecido em Turvo



Compareceu na Delegacia da Polícia Civil, um jovem relatando que seu pai Olívio Correia do Nascimento de 48 anos, morador da localidade de Banhado Vermelho, teria saído de casa na segunda-feira (29), passou a noite na casa de um amigo em Turvo e saiu por volta das 05h da manhã dessa terça-feira, não sendo mais visto. O senhor Olívio estava trajando calça jeans preta, camiseta azul e sapatos marrom.

Na manhã dessa quarta-feira, o Blog do Elói entrou em contato com o filho do senhor Olívio. Ele nos informou que seu pai ainda não voltou para a casa. Qualquer informação entrar em contato com Jonas pelo fone (42) 9 9857-9856 - 3642-1190 Polícia Civil – 190 PM.


Mulher é atingida por disparo de arma de fogo em Prudentópolis


Às 20h30min dessa terça-feira (30), as equipes policiais deslocaram para averiguar uma situação de disparo de arma de fogo, no local, Rua Cel João Pedro Martins, Centro de Prudentópolis, encontraram a vítima, sendo uma mulher de (18) anos caída no chão, com ferimento proveniente de arma de fogo, acionado a equipe dos bombeiros, de imediato populares informaram ter sido uma mulher que havia efetuado o disparo, posteriormente foi recebida informação de que uma câmera de segurança de um grupo de monitoramento havia registrado o momento da chegada e saída da autora do local, a qual saiu em um Renault Sandero, cor preta, posteriormente foi recebida uma denúncia anônima de que o veículo havia entrado em uma estrada, e que uma mulher havia entrado em um matagal e posteriormente o referido automóvel teria saído do local tomando rumo ignorado, foram iniciadas as buscas em meio à mata, alguns minutos depois a equipe foi informada de a autora teria entrado em uma casa, as equipes então deslocaram até o local e encontraram a autora, posteriormente identificada, sendo uma mulher de (20) anos, dada voz de prisão a mesma. 
Perguntado da arma de fogo usada, a mesma relatou ter jogado na mata, realizadas buscas, mas não foi localizada a arma de fogo, indagado sobre o veículo a autora relatou ter sido um conhecido da cidade de ponta grossa que havia a trazido até Prudentópolis, foi perguntado sobre o motivo de ter efetuado o disparo contra a vítima e essa relatou ser por ciúme, pois seu ex-marido estava se relacionando com a vítima. 
A vítima foi encaminhada até hospital santa Casa pela equipe do bombeiro sendo posteriormente transferida para Guarapuava.

Fonte: 16º BPM