quinta-feira, 6 de setembro de 2018

TRAGÉDIA - Irmãos morrem em Faxinal indo para velório



Dois irmãos que seguiam de Apucarana para velório da cunhada, em Jardim Alegre, morreram entre Faxinal e Mauá.

Uma situação inusitada foi registrada na Rodovia PRC 272, entre Faxinal e Mauá da Serra, próximo ao Pontilhão da BR 376, que dá acesso a PR 445 sentido Londrina, e BR 376. 
Segundo informações, na manhã deste dia 06 de setembro, de 2018, uma Fiat Strada saiu de Apucarana, ocupada por um casal de irmãos: Antero Xavier Ribeiro, 73 anos, e Irailde Xavier Ribeiro Pazinni, 64 anos, que tinha como destino a cidade de Jardim Alegre, onde acontecia o velório de uma cunhada, mas o motorista perdeu a direção do carro e bateu em galhos e árvores às margens da rodovia. 
Com o acidente, a passageira foi ejetada e o condutor ficou ferido, mas saiu do carro caminhando e aparentemente bem. Outro motorista que estava no local, disse que a Fiat Strada passou por ele, de repente saiu da pista e bateu, de forma estranha, como se o condutor tivesse provocado o acidente voluntariamente, por isso, a suspeita é que neste momento já houve o primeiro ataque das abelhas. 
Esse condutor foi em busca de socorro, porque no local não havia sinal de telefonia móvel, ao voltar, deparou com os dois irmãos mortos, a mulher provavelmente pelo acidente, e o homem vítima das abelhas. 
O Policial Rodoviário Belonci, do Posto de Ubá do Sul, em Lidianópolis; a Defesa Civil (Bombeiros Comunitários) e Polícia Civil, de Faxinal, estiveram no local atendendo a ocorrência. Também foi acionado o IML de Apucarana.

Fonte: www.blogdoberimbau.com


Ocorrências policiais em Pitanga, Palmital, Manoel Ribas e Nova Tebas




PITANGA - ATENDIMENTO DE ACIDENTE: No local passou a relatar a solicitante que estaria cruzando a via (Rua João Gonçalves Padilha) na faixa de pedestres quando um veículo GM/ Celta de cor prata teria atropelado a mesma, passando sobre o pé da vitima. Relatou ainda à senhora que teria anotado a placa, sendo então consultado no sistema Sesp a referida placa a qual constou em um veículo VW/Fox de cor preta. Sendo então conduzida a solicitante até o Hospital São Vicente de Paula para atendimento medico já que a mesma encontrava-se com dificuldade em apoiar o pé esquerdo o qual apresentava inchaço. Diante dos fatos foi orientado a vitima quanto aos procedimentos. 


PALMITAL - ABORDAGEM DE SUSPEITOS/ PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO – USO PERMITIDO: No dia 05 de setembro de 2018, por volta das 16h00min durante patrulhamento pela estrada da Linha Cantuana, foi abordado um veículo Strada de cor prata, sendo identificado o motorista e a passageira, durante a revista pessoal nada de Ilícito foi encontrado com o motorista, porem quando a equipe foi realizar a revista ao veículo o condutor pegou uma bolsa que estava no veículo e passou por trás do banco do motorista, entregando para a passageira, momento esse em que foi revistado a bolsa e encontrado um revolver calibre . 38 marca Taurus , municiado com 06(seis) munições intactas, diante da situação foi dado voz de prisão às duas partes e encaminhados juntamente com a arma ate a 44° DRP de Palmital para as medidas cabíveis ao fato. As partes foram orientadas quanto aos procedimentos. 

PALMITAL - LESÃO CORPORAL/AMEAÇA/DANO - A equipe recebeu a solicitação via 190 de que teriam pessoas discutindo ao lado de um bar. No local foi constatado que um senhor estava entre seu carro e a uma senhora, a qual estava nervosa. Foi constatado que dentro do veículo estava ainda outra pessoa de e que a janela do carro estava quebrada. Em conversa com a senhora, a mesma afirmou que o senhor é seu convivente e que este a agrediu com socos e ameaçou. Em conversa ainda como senhor o mesmo afirmou que teria chegado comprar chicletes no bar, no momento que visualizou sua ex convivente a qual ao perceber que o mesmo estava acompanhado deu um chute no vidro da porta de seu veículo vindo a quebra-lo e tentou agredir a pessoa que o acompanhava e que apenas seguro esta. Afirmou ainda que a senhora o ameaçou afirmando que "iria transformar sua vida num inferno." Diante dos fatos e pelo interesse em representação de ambas as partes, foram encaminhados até a 44ª SDP de Palmital para os procedimentos cabíveis. 

MANOEL RIBAS - DROGAS PARA O CONSUMO PESSOAL: A equipe em patrulhamento pelo trevo de acesso ao município visualizou uma pessoa em atitude suspeita, momento em que foi realizada a abordagem no mesmo e em busca foi localizado a quantia aproximada de 2 gramas de maconha com esta pessoa de. Sendo o mesmo encaminhado para a lavratura do termo circunstanciado. 

NOVA TEBAS - LESÃO CORPORAL/AMEAÇA: Nesta data atendendo solicitação da atendente do hospital municipal de Nova Tebas, a qual relatava que deu entrada em casa hospitalar uma Senhora com lesões provenientes de agressão. No local em conversa com esta Senhora, a mesma relatou que estavam fazendo um churrasco e que seu convivente ingeriu bastante bebida alcoólica ficando agressivo e ameaçou de morte a mesma e sua mãe a qual estava presente, momento esse que a vítima falou que iria embora com sua mãe e foi até o quarto buscar seus documentos pessoais, sendo que seu convivente foi atrás e efetuou uma chave de braço causando lesão no braço esquerdo da vítima a qual foi conduzida para atendimento médico e permanece internada em casa hospitalar. Posteriormente a Equipe Policial deslocou até a Rua Diógenes s/n, onde localizou a residência toda aberta e o autor dormindo no sofá da casa, sendo então dado voz de prisão ao mesmo e conduzido o autor algemado até a Delegacia de Pitanga para serem tomado às medidas cabíveis.


Fonte: 3ª Companhia de Polícia Militar de Pitanga


Em operação que investiga organização criminosa instalada em Palmital, Gaeco e Gepatria de Guarapuava cumprem mandados de busca e apreensão


Os núcleos de Guarapuava (no Centro-Sul paranaense) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Grupo Especial de Proteção ao Patrimônio Público (Gepatria), órgãos do Ministério Público do Paraná, cumpriram na manhã desta quarta-feira, 5 de setembro, sete mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Milkman, que apura a prática de crimes de fraude a licitação, lavagem de dinheiro, falsificação ideológica e corrupção praticados por organização criminosa instalada em Palmital.

Os sete mandados foram cumpridos em Curitiba, Palmital e Laranjal, tendo como alvos residências, empresas e dois escritórios de advocacia. De acordo com as investigações, por meio de uma empresa criada em nome de um “laranja”, o grupo criminoso fraudou licitações do Consórcio Intermunicipal de Saúde Centro-Oeste e desviou recursos públicos para seus sócios de fato, que mantinham vínculos pessoais e/ou profissionais com as administrações públicas municipais de Laranjal e Palmital.

A investigação constatou, ainda, indícios do crime de corrupção praticado pelo ex-procurador e pelo ex-prefeito de Laranjal na gestão 2014-2016. Além dos mandados de busca e apreensão, o MPPR também obteve o bloqueio judicial do valor R$ 5.675.304,53 pertencentes à empresa e aos investigados suspeitos de participar da organização criminosa.