quinta-feira, 5 de julho de 2018

Motorista que matou ex-jogador de vôlei é preso suspeito de homicídio qualificado



O motorista da caminhonete que atropelou e matou o ex-jogador de vôlei e secretário municipal de Esportes de Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná, Elder Coutinho, foi preso em flagrante suspeito de homicídio qualificado.

Inicialmente, o caso era investigado como um acidente.

Coutinho morreu depois de ser atingido pelo veículo quando chegava ao ginásio de esportes da cidade, onde também funciona a secretaria, para trabalhar, por volta das 8h desta quinta-feira (5).

No primeiro depoimento à polícia, o motorista, que fugiu do local e se apresentou na delegacia no fim da manhã, declarou que perdeu o controle da direção da caminhonete, que invadiu o ginásio.

De acordo com o delegado Thiago da Silva Teixeira, o veículo tem câmbio automático.

À tarde, em novo interrogatório, o condutor preferiu ficar calado.

"Apesar de ele ter permanecido em silêncio, pelos demais elementos que foram colhidos neste primeiro momento, nós temos a convicção de que ele tinha a intenção de atingir a vítima. Não foi um mero acidente como ele relatou preliminarmente", apontou o delegado.

O responsável pelo caso disse que ainda não é possível afirmar o que motivou o suspeito a cometer o crime.

"Agora nós vamos tentar identificar outras testemunhas, buscar imagens de câmeras de monitoramento próximo ao ginásio e assim esclarecer os fatos", completou.

A defesa do motorista preferiu não falar sobre o caso por enquanto. Ele adiantou que deve se manifestar apenas nos autos.

No acidente, dois adolescentes que aguardavam um treino de futsal também foram atingidos. Eles tiveram ferimentos leves, foram encaminhados ao hospital e liberado em seguida.

No fim da manhã, peritos estiveram no ginásio.

A prefeitura decretou luto oficial de três dias.

Coutinho foi levantador do Maringá Vôlei de 2015 a 2017 e ainda passou por equipes como Rexona, Banespa Santander, Santo André, Florianópolis, Bento Vôlei e outros times do cenário nacional.

Fonte: G1 - PR


Emissão digitalizada agiliza entrega de documentos de veículos



A emissão de documentos de veículos por despachantes será digitalizada e certificada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). A medida anunciada nesta quinta-feira (5) no Palácio Iguaçu, em Curitiba, vai aumentar a segurança do procedimento, diminuir a necessidade de envio de documentos físicos para armazenamento no Departamento e agilizar a entrega da documentação para os proprietários de veículos.

“O despachante fica responsável por reunir, digitalizar e enviar a documentação ao Detran. Isso desburocratiza o processo e dá agilidade ao serviço prestado”, diz o diretor-geral do Detran, Marcello Alvarenga Panizzi.

A partir de agora, fica dispensada a entrega física da documentação para determinados processos e os despachantes podem finalizar as tratativas em seus próprios escritórios.

Serviços como o primeiro emplacamento, alteração de endereço, segunda via do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), Certidão de Débitos, Comunicado de Venda e Certidão de Registro de Propriedade do Veículo poderão ser digitalizados e certificados pelos despachantes de trânsito.

“A legislação de trânsito ainda requisita a entrega de alguns documentos físicos para determinados processos. Neste caso, receberemos o material digitalizado para agilizar o encaminhamento do pedido e, depois, receberemos o material impresso. Essa desburocratização reduz o tempo que o cidadão precisa esperar para receber o documento”, explicou o coordenador de Veículos do Detran, Rafael Benvenutti.

O processo está em fase de teste assistido e a previsão é que esteja liberado nos próximos 30 dias. A medida também deve gerar economia ao Detran-PR. Atualmente, o Departamento precisa manter depósitos de arquivamento de documentos, que devem ser guardados por pelo menos cinco anos, conforme a legislação de trânsito. “Com a digitalização, cerca de 95% desses documentos não precisarão ser mantidos. Eles ficam sob responsabilidade dos despachantes”, explica Benvenutti.

O presidente do Sindicato dos Despachantes do Estado do Paraná (Sindepar), Everton Calamucci, aprova a iniciativa. Ele disse que o Detran do Paraná continua sendo o melhor do Brasil no atendimento ao contribuinte. “Esse é um passo fundamental para a administração pública que moderniza e agiliza a emissão dos documentos. O tempo será drasticamente diminuído e o trabalho ainda mais eficiente”, declarou Calamucci.

EDUCAÇÃO - Na ocasião, também foi anunciada parceria entre a Secretaria Estadual de Educação e o Detran-PR para o compartilhamento de serviços, como boletins escolares e declaração de matrículas, nos Terminais de Auto Atendimento do Departamento de Trânsito do Paraná. Leia a matéria completa AQUI.

Fonte: AEN

Caminhonete invade ginásio e mata ex-jogador de vôlei



O ex-jogador de vôlei e secretário de esportes de Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná, Elder Coutinho, morreu após ser atingido por uma caminhonete que invadiu um ginásio do município na manhã desta quinta-feira (5).

Coutinho tinha 29 anos e morreu no local do acidente. Ele foi levantador do Maringá Vôlei de 2015 a 2017 e ainda passou por equipes como Rexona, Banespa Santander, Santo André, Florianópolis, Bento Vôlei e outros times do cenário nacional.

Dois adolescentes, que aguardavam para treinar, também foram atingidos. Eles sofreram ferimentos leves.

A Polícia Militar diz que o motorista da caminhonete perdeu o controle da direção em uma rotatória e, ao invés de frear, acelerou o veículo.

Segundo informações dos funcionários do ginásio, o motorista da caminhonete fugiu do local.
Elder Coutinho era secretário de Esportes de Assis Chateaubriand (Foto: Prefeitura de Assis Chateaubriand/Divulgação)

Fonte: G1 - PR

Acidente entre ônibus e caminhão deixa um morto e 13 feridos na BR-376



Um motorista de ônibus de 42 anos morreu em um acidente entre o veículo que ele dirigia e um caminhão no quilômetro 189 da BR-376, em Marialva, no norte do Paraná, por volta das 3h desta quinta-feira (5).

A vítima morreu na hora. Pelo menos 13 pessoas, entre elas uma criança de 2 anos, sofreram ferimentos graves e foram levadas para hospitais da região.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus bateu na traseira do caminhão, que fazia uma conversão proibida na pista, acabou tombando e caiu na marginal da rodovia.

O ônibus prestava serviços para prefeituras da região noroeste do estado, e levava pacientes da região para consultas em Curitiba. De acordo com a PRF, havia 27 passageiros, entre crianças e idosos.

Os feridos foram levados para os hospitais Santa Rita, Universitário, Santa Casa, Unidade de Pronto Atendimento da Zona Sul, Unidade de Pronto Atendimento da Zona Norte, Pronto Socorro de Marialva, Hospital Metropolitano de Sarandi, Unidade de Pronto Atendimento de Sarandi.

O motorista do caminhão foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil de Marialva e, após prestar depoimento, foi preso. Ele fez o teste do bafômetro, que deu negativo.

O corpo do motorista, depois de ser retirado das ferragens, foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá, no norte.

Por volta das 8h30, o trânsito sentido a Maringá foi liberado. O ônibus que estava no local foi guinchado pela concessionária de pedágio.

O que diz a secretaria de Saúde de Umuarama

"A Secretaria Municipal de Saúde de Umuarama comunica um acidente automobilístico com um dos ônibus contratados pelo município, de uma empresa terceirizada, para o transporte de pacientes para tratamento médico fora do domicílio (TFD) que retornava de Curitiba com 25 pessoas da região dos quais 11 são de Umuarama.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Sarandi, o acidente aconteceu às 3h08 desta quinta-feira, 5, na rodovia PR-376, entre os municípios de Sarandi e Marialva, e além do ônibus nº 5812 da empresa Belidom envolveu um caminhão Volvo modelo FH 400.

O motorista do ônibus, que é morador de Pérola, morreu ainda no local e seu corpo foi levado para o Instituto Médico legal (IML) de Maringá. Dos passageiros, 13 pessoas tiveram ferimentos leves e as demais nada sofreram, além do grande susto.

Como o ônibus transportava pacientes de algumas cidades da região e os feridos foram atendidos em vários locais, a Secretaria de Saúde ainda não conseguiu apurar quais deles são moradores de Umuarama. Assim que as informações forem levantadas um comunicado será emitido para tranquilizar as famílias.

A secretária da Saúde, Cecília Cividini, lamenta a fatalidade que vitimou o motorista do ônibus e conforta as famílias, confirmando que nenhum dos pacientes sofreu ferimentos graves. Outras informações serão fornecidas ao longo do dia".

O que diz a empresa do ônibus

Um dos sócios da empresa Belidom Transporte de Pacientes Ltda, Luiz Geraldo Domingues, informou que estão prestando apoio às vítimas e seus familiares. No local do acidente estão funcionários e outro sócio da empresa.

A empresa tem onze anos e é a primeira vez que teve um acidente desse tipo. O ônibus estava em bom estado, com equipamentos de boa qualidade e com a documentação em dia.

Domingues disse também que está ajudado as autoridades para ajudar a esclarecer o acidente e que no ônibus estavam pacientes de Umuarama e da região.

A empresa Belidom Transporte de Pacientes Ltda lamentou o ocorrido. Veja mais...

Fonte: G1 - PR

PM da Palmeirinha recupera motocicleta furtada


Às 11h10min, uma equipe de policiais militares em patrulhamento pela Rua Bonsucesso, Distrito de Palmeirinha, realizou abordagem em uma motocicleta, sendo que depois de realizar as buscas pessoais, foi efetuada a consulta, onde o condutor (18) se encontra em situação normal, porém ao realizar a consulta da motocicleta Honda CG 125 Fan, possui alerta de roubo, ainda o chassi da mesma está pinado e em consulta pelo número do motor, remete a mesma placa que está na motocicleta, com o mesmo indicativo. 

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao condutor e encaminhado juntamente com a motocicleta, até a 14ª SDP, em Guarapuava.

Fonte: 16º BPM

GUARAPUAVA CONTA COM GRUPOS DE APOIO PARA A PREVENÇÃO AO SUICÍDIO



As ligações de prevenção ao suicídio realizadas para o número 188 são gratuitas para todo o Brasil. O serviço nacional é realizado pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com prevenção ao suicídio, por meio de voluntários que dão apoio a todas as pessoas que querem e precisam conversar. Esses voluntários recebem treinamento e não precisam ter formação em psicologia. Todas as ligações são sigilosas. Além desse serviço, cada município adota ainda outras ações de prevenção.

Em Guarapuava, o Caps II (Centro de Atenção Psicossocial) é o órgão responsável por atender essa demanda e para ampliar a atuação no município, a partir da próxima segunda-feira (09), uma equipe do Caps II estará à disposição para atender pessoalmente aos que buscam apoio. O atendimento será realizado todas as segundas-feiras, das 8 às 17h. As pessoas que buscarem o serviço também poderão contar e serem encaminhadas para participar dos grupos de apoio que o Caps II já mantém.

“Queremos dar apoio e suporte às pessoas que precisam de ajuda. Falar sobre suicídio ainda é um tabu; e as pessoas que precisam falar sobre o tema não têm a quem recorrer. Nós oferecemos um ambiente protegido de preconceitos, que busca no diálogo a solução de situações como essas”, explicou a psicóloga e coordenadora do Caps II, Carla Silveira Batista Lauer.

O Caps II fica na Rua Andrade Neves, 1215, Santana. Mais informações pelo telefone (42) 3622-1427.

Fonte: www.guarapuava.pr.gov.br

Criança de 10 anos estava sendo aliciada através de aplicativo de celular em Pitanga


Compareceu na sede da 3º CIA uma pessoa, a qual relatou que encontrou no celular de sua filha, 10 anos, conversas de cunho sexual com uma pessoa desconhecia que se autodenominou de "Diego Raphael", nas conversas "Diego" enviou fotos de seu órgão genital e através de conversa ardilosa pediu fotos também da criança sem roupa, obtendo êxito.

A mãe relatou ainda que não sabe quem pode ser essa pessoa. E em conversa com a criança a mesma relatou também que nunca viu pessoalmente o autor do fato. A mãe relatou também que o aplicativo de celular usado para a realização de tais conversas chama-se "HANGOUTS” e que neste aplicativo não possui nenhuma informação pertinente para que possa chegar ao autor dos fatos.
 Diante dos fatos a solicitante foi orientada a comparecer na delegacia de policia civil para os demais procedimentos cabíveis.

Fonte: 3ª Companhia de Polícia Militar de Pitanga

Faleceu em Turvo, Maria Silvério Pereira



Faleceu na noite dessa quarta-feira (04), a senhora Maria Silvério Pereira, com 93 anos. O velório está acontecendo na Capela Mortuária. O sepultamento será hoje em horário a ser designado. 

Informações repassadas pela Funerária Nossa Senhora Aparecida de Turvo. 

Á família enlutada as nossas sinceras condolências.