terça-feira, 28 de abril de 2020

Briga por uso de máscara acaba em morte em hipermercado na Grande Curitiba


Uma discussão por causa do uso de máscara para prevenção do coronavírus dentro do hipermercado Condor, na marginal da Rodovia do Xisto, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, acabou com uma funcionária morta e um homem ferido. Segundo informações da Polícia Militar, um cliente quis entrar no supermercado sem a máscara, mas foi alertado por um funcionário, fiscal da loja, que não poderia. Ele reagiu e um segurança da loja teve que intervir na situação. Durante a briga, o segurança disparou dois tiros. Segundo informações do Condor, o cliente teria tentado pegar a arma do segurança. Um dos tiros acertou de raspão o cliente, mas o outro atingiu uma funcionária, de 25 anos, no pescoço. Ela morreu na hora. 

Segundo o secretário se segurança do município, José Roberto Fortes Couceiro, o cliente, 58 anos, levou o tiro de rapão na barriga e foi atendido pelo Siate, com apoio do resgate aéreo e encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba, acompanhado por uma equipe da Guarda Municipal de Araucária. O vigilante e a arma foram encaminhados à delegacia do município. O caso será investigado pela Delegacia de Araucária. 

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a rede de supermercados Condor lamentou o ocorrido e garantiu que está prestando todo o apoio e ajuda à família da funcionária morta. A empresa também afirmou que está contribuindo com as investigações e prestando todos os esclarecimentos necessários para que as autoridades esclareçam os fatos. Segundo a assessoria do Condor, um funcionário ainda tentou ferecer uma máscara da empresa, sem custo, para que o cliente pudesse fazer as suas compras, mas ele não aceitou.

A assessoria de Imprensa do Grupo Protege, responsável pela segurança do hipermercado Condor, encaminhou nota à redação do Bem Paraná, lamentando o ocorrido e afirmando que está colaborando com as investigações: “A empresa lamenta profundamente o ocorrido e presta total solidariedade à família e aos amigos da vítima. Informamos que empresa está colaborando com as autoridades na busca de informações que possam contribuir para a investigação do caso.”

Guarapuava chega a 9 casos confirmados de coronavírus


Uso de máscara em locais públicos é obrigatório em todo o Paraná


O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou nesta terça-feira (28) a lei 20.189/20 que torna obrigatório o uso de máscara em ambientes coletivos em todo o Paraná. O objetivo é reduzir os riscos de contágio do novo Coronavírus. Até segunda-feira, o Estado registrava 1.186 casos confirmados e 75 óbitos por Covid-19. Quem descumprir a legislação estará sujeito à multa.

O texto, proposto por deputados estaduais, determina que a população use máscaras de tecido em espaços abertos ao público ou de uso coletivo, como ruas, parques e praças, estabelecimentos comerciais, industriais e bancários, repartições públicas, assim como no transporte público de passageiros (ônibus, trens, aviões, taxis e aplicativos de transporte) e onde houver aglomeração de pessoas.

De acordo com o governador, o isolamento social é a melhor forma de prevenção, mas quem precisar sair de casa, a partir de agora, deverá usar máscara para ajudar a evitar a contaminação. “Nosso grande desafio é reduzir a proliferação do vírus”, explica.

Ratinho Junior reforça que o Paraná está respeitando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias do País e do Estado para conter a proliferação da Covid-19. “O uso de máscara é uma atitude importante e reconhecida como ação preventiva”, acrescenta.

PARCERIA - O chefe da Casa Civil, Guto Silva, destaca a parceria entre os poderes no enfrentamento ao coronavírus. Na semana passada, o governador já havia transformado em lei uma proposta assinada por todos os deputados estaduais, proibindo o corte do fornecimento de luz, água e gás enquanto durar a pandemia de coronavírus no Estado.

“Estamos vivendo um momento único, diferente de tudo o que já passamos, e o governo e os deputados estão unidos no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus”, afirma Guto Silva, reforçando a importância da nova legislação para a prevenção de toda a sociedade.

O QUE DIZ A LEI - A lei sancionada nesta terça-feira determina que os estabelecimentos em funcionamento devam fornecer gratuitamente as máscaras para seus funcionários, além de locais para higienização das mãos ou pontos de álcool gel a 70%. O álcool gel deve estar disponível também para os clientes e o público em geral.

Caberá aos estabelecimentos exigir que as pessoas utilizem máscara durante o horário de funcionamento, independentemente de estarem ou não em contato direto com o público.

A multa para quem descumprir a lei varia de uma até cinco Unidades Padrão Fiscal do Paraná (UPF/PR), para pessoas físicas, e de 20 a 100 Unidades Padrão Fiscal do Paraná (UPF/PR), para pessoas jurídicas. A unidade fiscal equivale hoje a R$ 106,60.

Em caso de reincidência os valores poderão ser dobrados. Os recursos das multas serão destinados às ações de combate à Covid-19. O governo estadual deverá editar decreto nos próximos dias regulamentando a forma de fiscalização.


Covid-19: Paraná tem mais 85 casos confirmado e dois óbitos

Sesa passa a confirmar Covid-19 também por critério clínico epidemiológico


A Secretaria de Saúde do Paraná divulgou um novo informe sobre a situação da Covid-19 no estado. Até a terça-feira (28), 1271 pessoas foram confirmadas com a doença, destas 851 estão recuperadas e liberadas do isolamento. 77 morreram por consequência da Covid-19.

DIAGNÓSTICOS - A Sesa utiliza a partir desta terça-feira (28) o critério de confirmação clínico/epidemiológico. Para a confirmação nesse critério a pessoa deve ter tido contato próximo ou domiciliar com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 nos últimos sete dias antes do aparecimento dos sintomas.

Até hoje os diagnósticos eram realizados por meio de exames realizados laboratorialmente, método RT-PCR, e testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde.

Enquanto o método RT-PCR analisa se o organismo do paciente está com o vírus e por isso é realizado nos primeiros dias de sintomas, nos testes a verificação é para saber se a pessoa já teve a doença e o organismo produziu anticorpos. Esses testes rápidos utilizam amostras de sangue. A execução e a leitura da presença de anticorpos devem ser realizadas por profissionais da saúde. O resultado é verificado após 15 minutos.

O total de óbitos de residentes no Estado chegou a 77 confirmações. Nas últimas 24horas duas pessoas morreram em decorrência da Covid-19: uma mulher de 74 anos residente de Guaíra e um homem de 81 morador de Curitiba. Ambos estavam internados.

NOVOS - Nesta terça-feira (28) 123 municípios registram casos confirmados. Os novos 85 novos casos confirmados estão nos municípios: Amaporã (4), Assis Chateaubriand (3), Campo Mourão (3), Cascavel (4), Céu Azul (1), Cianorte (4), Cruzeiro do Sul (2), Curitiba (12), Francisco Beltrão (2), Guarapuava (3), Londrina (5), Marilena (5), Maringá (2), Nova Fátima (1), Paranavaí (6), Pinhais (1), Piraquara (1), Planaltina do Paraná (2), Prado Ferreira (1), Querência do Norte (5), Ribeirão do Pinhal (1), Santa Cruz de Monte Castelo (2), Santo Antônio do Caiuá (6), São João do Caiuá (2), Sarandi (1), Tamboara (2), Terra Rica (3) e União da Vitória (1).

A quantidade de pacientes que residem fora do Paraná segue a mesma: 15 confirmados e dois óbitos, conforme detalhamento no Informe Epidemiológico.

Consulte o informe completo aqui.

Homem mata ex-mulher e comete suicídio em Mato Rico


Por volta 15h30 desta terça-feira 28 de abril, na cidade de Mato Rico - PR, aconteceu uma tragédia.

O auxiliar de enfermagem do Posto de Saúde de Mato Rico, Paulo Pontes de Jesus, matou a ex-mulher Lucimar Correia e posteriormente atirou contra a própria cabeça vindo a óbito no local.

O incidente aconteceu próximo da Oficina do Ganço. O casal tem uma criança ainda de colo.

A população de Mato Rico está em estado de choque com o acontecido. Até o momento não se tem informações do que levou o homem praticar tal atrocidade. 


ATENÇÃO: Novo horário de atendimento do Supermercado Suprema de Turvo


A direção do Supermercado Suprema comunica que a partir desta quarta-feira (29), estará com novo horário de atendimento. 

De segunda a sábado, das 08h30 ás 19h30. Domingo das 09h00 ás 12h00.

No Suprema é o lugar certo para você fazer suas compras, é um supermercado completo, sempre com muitas ofertas. 

Toda semana tem a Terça e Quarta verde, Segunda, Terça e Quarta dos Preços Baixos, e Sexta e Sábado Filé.






Secretaria de Saúde de Turvo recebe 450 mil reais através do Deputado Estacho


A semana começa com boas notícias para a população de Turvo. Por solicitação do Deputado Estadual Rodrigo Estacho a cidade recebeu esta semana uma verba de 450 mil reais para investimentos na área da saúde pública.

O dinheiro é fruto da articulação construída pelo Deputado com o Prefeito de Turvo, Jerônimo Rosário, e Secretário Estadual de Saúde, Beto Preto. É importante destacar que o Secretário teve papel fundamental na conquista do recurso, uma vez que o dinheiro sairá do orçamento próprio da Secretaria para a Prefeitura de Turvo.

Dado ao cenário econômico desfavorável que assola o Estado e torna os recursos públicos cada vez mais escassos, a conquista do dinheiro se torna ainda mais significativa, vez que reforça o compromisso do Governo e do Deputado Estacho com a população de Turvo e do interior do Estado.

Além disso, com a calamidade pública de saúde causada pelo COVID-19 é importante que a sociedade receba do Poder Público o amparo necessário para enfrentar a crise com o máximo de suporte e estrutura possíveis. A luta diária do Deputado Rodrigo Estacho é justamente nesse sentido, para levar o máximo de recursos para a população paranaense, especialmente das cidades menores.


Assessoria 

Mulher agredida pelo marido em Foz do Jordão morre no hospital



Uma mulher de 24 anos morreu no início da noite desta segunda-feira (27) no hospital em Candói, no Centro Sul do Estado. Segundo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a vítima foi agredida pelo marido em Fo do Jordão.

O médico que prestou atendimento informou que a morte foi decorrente das agressões sofridas. O corpo foi recolhido ao IML de Guarapuava. O irmão da vítima contou que ela era agredida frequentemente.

O fato será apurado pela Polícia Civil. O autor das agressões deverá responder pelos crimes de violência doméstica e lesão corporal.

Fonte: RBJ

URGENTE: Polícia procura homem acusado de esfaquear mãe e filho em Pinhão


A Polícia Militar divulgou imagens do homem que esfaqueou um menino de quatro anos nessa segunda feira (27 de abril) em Pinhão. (LEIA MAIS AQUI SOBRE O CASO).

De acordo com a polícia, Vitinei Siqueira, de 32 anos, também abusava sexualmente do menino. A criança está internada em estado grave em Guarapuava.

O agressor foi indiciado por feminicídio e está com mandado de prisão em aberto.

Segundo informações preliminares, ele trabalhava em Pinhão, como cortador de pedras. A princípio não tinha parentes ou amigos na região.

Quem tiver informações sobre o seu paradeiro pode denunciar no 190.

Em Guarapuava, mulher é detida após sair e deixar filha de 4 anos trancada em apartamento


No dia 26 de abril, às 02h10min, a equipe policial recebeu denúncia que uma criança de 4 anos estava sozinha, na Rua Dos Cardeais, Bairro Conradinho, presa em um apartamento, do condomínio Viver Bem. 

No local a equipe fez contato com o segurança e o sindico do condomínio, os quais estavam acompanhados por outros vizinhos, e passaram a relatar que a criança estava chorando e chutando a porta do apartamento desesperadamente, e que por isso os vizinhos resolveram arrombar a porta, pois temiam pela segurança da criança, tendo em vista que estava sozinha, pois a genitora de 26 anos, saiu da residência por volta das 22h40hs. 

Chegou ao local a avó da criança, a qual informou não saber do paradeiro de sua filha (mãe da criança). Enquanto a equipe estava no local a genitora da menor chegou e não soube esclarecer o motivo de ter abandonado a criança. 

Diante disso foi feito contato com o conselho tutelar. A criança ficou aos cuidados da avó e a genitora da criança foi conduzida para a 14º SDP para os procedimentos.