quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Liquidação de Inverno da Loja A Barateira começa nesta sexta-feira 28 de fevereiro


Se prepare para economizar, porque nesta sexta-feira 28 de fevereiro, começa a Liquidação de Inverno da Loja A Barateira, em Turvo.

Roupas infantil, adultos, calçados e muito mais. 

O que já era barato, agora sai quase de graça. Liquidação de Inverno com 50% de desconto.

A Barateira é Loja do Preço Baixo.

PRF detém assaltante envolvido em sequestro e recupera guincho roubado no Paraná

Alvo de uma emboscada, vítima sofreu uma série de ameaças enquanto estava amarrada no meio de um milharal, em Toledo
Vídeo:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante na manhã desta quarta-feira (26) em Mercedes, na região oeste do Paraná, um homem que dirigia um caminhão-guincho roubado minutos antes em Toledo (PR). Abordado na BR-163, o homem preso, de 33 anos, portava uma faca.

Morador de Cascavel, ele participou do roubo e sequestro do motorista do guincho, que havia recebido uma falsa chamada para um serviço de reboque, nas proximidades de um posto de combustíveis. Após chegar ao local combinado e receber voz de assalto, a vítima, de 49 anos de idade, foi levada por três homens armados até uma plantação de milho.

Lá, os bandidos amarraram a vítima, que, de joelhos, sofreu uma série de ameaças, com o cano de uma arma encostado na sua cabeça. O gatilho chegou a ser acionado, mas não houve disparo.

Os policiais rodoviários federais encontraram a vítima do crime com escoriações pelo corpo e abalada emocionalmente. Descalço e com as mãos amarradas com cadarços, ele ficou com uma camiseta em torno de sua cabeça enquanto esteve em poder do grupo criminoso.

O preso disse que levaria o guincho inicialmente para Mundo Novo (MS).

A PRF registrou a ocorrência na delegacia da Polícia Civil em Marechal Cândido Rondon.

Fonte: Agência PRF




Santa Maria do Oeste tem primeiro caso de morte de macaco por febre amarela confirmado


O novo boletim epidemiológico da febre amarela divulgado nesta quarta-feira (26), pela Secretaria de Estado da Saúde, confirmou mais oito mortes de macacos (epizootias) no Paraná. O número de notificações passou de 485 para 560. Do total, 91 mortes foram confirmadas, 188 permanecem em investigação, 60 já foram descartadas e 221 foram indeterminadas, ou seja, sem coleta de amostra. A 3° Regional de Saúde, de Ponta Grossa, é a que concentra o maior número de confirmações, com 32 epizootias.

“Os casos de mortes de macacos sinalizam que o vírus está circulando no Estado, isso alerta para a necessidade de tomar a vacina contra a doença. A taxa de letalidade nos casos mais graves da doença é de 60%. Isso é muito preocupante, precisamos que a população entenda a necessidade e a importância da vacina na prevenção da doença”, alerta o secretário da Saúde, Beto Preto.

MUNICÍPIOS - Seis novos municípios confirmaram mortes de macacos: Guarapuava, Campo do Tenente, Contenda São José dos Pinhais e Santa Maria do Oeste, cada um com mais um caso, e Paulo Frontin, com mais dois casos. Araucária, que já apresentava duas epizootias passa agora a ter três confirmações.

Em relação a casos de febre amarela em humanos, a Secretaria da Saúde informa que são 92 notificações desde julho de 2019, sendo que destas, 76 já foram descartados e 16 permanecem em investigação. Até o momento nenhum caso foi confirmado.

VACINA – A vacina que protege contra a febre amarela está disponível nas unidades de saúde de todo estado. Uma única dose protege para toda a vida. Quem tem entre nove meses de idade a 59 anos, 11 meses e 29 dias deve receber a dose.

Desde 2017, o Ministério da Saúde segue a orientação de ofertar apenas uma dose da vacina de febre amarela durante toda a vida, porém no ano passado a pasta orientou os estados para que em 2020 seja dado um reforço da vacina para crianças com quatro anos de idade, devido à diminuição na resposta imunológica da criança que é vacinada muito cedo.

A febre amarela é uma doença infecciosa, causada por vírus transmitido pela picada dos mosquitos infectados. Os sintomas iniciais são febre com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza.

A Secretaria da Saúde reforça, ainda, o alerta que os macacos não transmitem a febre amarela. Eles ocupam a função de sentinelas no enfrentamento da febre amarela, indicando o caminho que o vírus está percorrendo.

Fonte: AEN

Paraná confirma mais de 9 mil casos de dengue em uma semana


O boletim semanal da Secretaria de Estado da Saúde registra 9.161 novos casos confirmados de dengue no Paraná. O monitoramento do período epidemiológico com início em 28 de julho de 2019 totaliza hoje 35.853 casos confirmados da doença. A publicação anterior trazia 26.692.

Atualmente 329 municípios apresentam notificações para a dengue e 271 têm casos confirmados. Aumentou também o número de cidades em epidemia, eram 78 na semana anterior e agora são 93. As 14 cidades que entraram para epidemia são: Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Umuarama, Iracema do Oeste, Brasilândia do Sul, Ivaté, Jussara, Tapejara, Ivatuba, Nova Esperança, Sarandi, São Pedro do Ivaí, Guaraci e Leópolis.

De acordo com o boletim semanal, Londrina tem hoje 2.288 casos confirmados de dengue; Maringá tem 1.628 e Foz do Iguaçu, 1.545. Paranavaí, que já faz parte das cidades em epidemia soma o maior número de casos do estado, com 3.878 confirmações.

“Estamos no momento considerado de maior circulação viral da dengue, com o registro de muita chuva, mas com a permanência do calor e de dias abafados, situação propícia para a proliferação do mosquito transmissor da doença, que se reproduz facilmente em qualquer lugar que acumule água parada”, explica o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto. “Por isso, nosso apelo e alerta semanal a todo paranaense para que ajude a combater a dengue, eliminando os criadouros do mosquito Aedes Aegypti. É importante lembrar que 90% dos criadouros estão nas residências, em ambientes externos e internos”, afirma.

MUNICÍPIOS - Proporcionalmente ao número de habitantes, as cidades de Santa Isabel do Ivaí e Quinta do Sol, apresentam maior incidência. Santa Isabel do Ivaí, na região Noroeste, com cerca de 8.700 moradores, registra 1.283 casos de dengue e uma incidência de 14.913,40 por 100 mil habitantes, e Quinta do Sol, na região Centro-Oeste, com aproximadamente 5 mil habitantes, tem 664 casos e uma incidência de14.310,34.

46 municípios apresentam situação de alerta para a dengue, sendo que 19 passaram a fazer parte da relação nesta semana; 74 apresentam dengue com sinais de alarme e 26 registram casos de dengue grave.

Os principais sintomas da dengue são febre alta com início súbito, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas e erupções avermelhadas semelhantes ao sarampo ou rubéola, principalmente no tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, perda de paladar e de apetite, tonturas, dores no corpo.

AÇÕES - Em todas as regiões acontecem ações para o combate e controle da dengue. Em Cascavel, reunião entre hospitais e a 10ª. Regional de Saúde estabeleceu o fluxo de pacientes com dengue intuito de desafogar as unidades de pronto atendimento de Cascavel e dos municípios da região. O Hospital do Coração passa a direcionar 10 leitos para acomodação de pacientes com dengue e os casos mais graves serão destinados ao Hospital Regional de Cascavel.

Fonte: AEN

Grave acidente tira vida de 3 pessoas na BR 476 em batida contra carreta


Uma colisão aconteceu na Rodovia do Xisto, BR 476 – Km 242, e tirou a vida de três pessoas. Um automóvel Fox bateu de frente contra um caminhão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para atender esta ocorrência por volta das 06h40 da manhã, desta quarta feira (26/02). A carreta trafegava no sentido Lapa e o carro rumo a São Mateus do Sul.

De acordo com informações levantadas pela reportagem no local, chovia na hora do acidente o que pode ter sido o agravante para a batida. Numa curva, o veículo perdeu o controle de direção e acabou colidindo frontalmente com a carreta. Com a violência do impacto, o caminhão veio a tombar.

Infelizmente, no local do acidente, os policiais rodoviários constataram que três ocupantes do automóvel vieram a falecer ao verificar o interior do veículo. O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e Instituto de Criminalística da Polícia Civil foram acionados para fazer a remoção dos corpos.

A carreta tem placas de Colombo-PR. A informação é de que o motorista sofreu escoriações leves. O Fox continha placas de Clevelândia-PR. Os nomes dos envolvidos e que vieram a óbito, ainda, não foram divulgados.

Da redação Portal Cultura Sul FM com fotos de Anderson Maciel Ferreira.

Fonte: Portal Cultura Sul FM com fotos de Anderson Maciel Ferreira.

Mulher é assaltada dentro de Igreja em Palmital


Por volta das 20h00 dessa terça-feira (25), a equipe policial foi abordada por uma senhora, a qual relatou que estava na sala de estudos da igreja matriz, na Rua Maximiliano Vicentim, Centro de Palmital, quando uma pessoa do sexo masculino com uma camiseta cobrindo a cabeça, pele morena, tatuagem em um dos braços, calça rosa e camisa jeans, adentrou a sala e fazendo menção de estar armado exigiu que a mesma lhe entregasse seu aparelho celular e em ato contínuo saiu do local tomando rumo ignorado. 

O celular trata-se de um LG Kor 10 prata. Diante das informações a equipe saiu em diligências, porém sem êxito até o momento.

Fonte: PM

Jovens de Dois Vizinhos morrem vítimas de acidente na BR-282, em Santa Catarina


Três pessoas morreram e outra ficou gravemente ferida no início da noite desta terça-feira (25) na rodovia BR-282, em São José do Cerrito (SC). A ocorrência, registrada pela Polícia Rodoviária Federal, envolveu um Onix, com placas de Dois Vizinhos e uma Toyota Rav, com placas de Erechim (RS).

A batida provocou a morte de três ocupantes do Onix, Ana Carolina Basso, Bruna Silvestro e Paloma Corrêa, todas residentes em Dois Vizinhos. Bruna Santos, que também estava no carro, ficou gravemente ferida e foi encaminhada ao hospital. O motorista da Rav, de 60 anos, teve ferimentos leves.

Segundo informações, o Onix teria rodado na pista, numa curva, acertando a camionete. Os corpos das três jovens, após perícia, foram recolhidos ao IML de Lages (SC).

ATUALIZADO: Quarta vítima do acidente da BR-282 morre no hospital em Santa Catarina



Fonte: RBJ com informações da Rádio Atual FM