segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Corpo de jovem é encontrado queimado e com fio amarrado no pescoço


Um jovem, entre 20 e 25 anos, foi encontrado morto, na tarde desta segunda-feira (24), na Avenida Metropolitana, Jardim Itaqui, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A vítima teria sido queimada, estava com um fio amarrado no pescoço e com dedos faltando nas mãos.

O soldado Valenzuela, do 17º Batalhão da Polícia Militar, conta que provavelmente trata-se de uma execução e a vítima se encontrava sem roupas, apenas com duas alianças na mão direita. “Possivelmente foi uma execução, tendo em vista que o jovem está com um fio amarrado no pescoço, e provavelmente foi arrastado, além de aparentemente ter sido queimado. Ele tem duas alianças na mão direita e está sem vestimentas”, disse o soldado.

Não há nenhuma perfuração aparente pelo corpo e existem lesões profundas na cabeça e no pescoço.

A presença do corpo no local foi denunciado pela população que ligou para o 190. “A população fez a ligação para o 190 informando sobre o óbito e fomos verificar o que tinha acontecido. O estado da vítima é lastimável”, afirmou Valenzuela.

Ainda não se sabe o que motivou o assassinato e nem quem seria o autor do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Banda B

Homem é preso por ameaça em Turvo


Na noite desse sábado (22), a vítima relatou para a equipe policial que flagrou uma pessoa tentando pular o muro da casa de seu vizinho, e que após gritar com ele, o mesmo veio a sacar de uma arma de fogo, do tipo pistola, na cor preta, e após falar a frase "você tá querendo mesmo", veio a aponta-la em sua direção, obrigando o solicitante a correr para a parte interna do pátio, momento em que ele colocou a arma novamente na cintura e saiu tomando rumo ignorado. 

Durante patrulhamento, foi abordado o autor em via publica, não sendo localizado nada de ilícito em seu poder, apenas constatado que ele usa tornozeleira eletrônica. 

Com autorização do detido e acompanhado da genitora do autor, foi efetuado buscas no interior de sua residência, não sendo encontrado nada de ilícito. 

Após ser reconhecido pela vítima, que manifestou seu interesse na representação, foram encaminhadas as partes até a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PM

Veículo cai em pátio de residência após colidir contra moto, em Guarapuava


No dia 23 de fevereiro, às 19h40min. Na Rua Santo Alberti, cruzamento com Rua Carlos Soares, Boqueirão, no local a equipe policial deu atendimento de acidente de trânsito, tipo complexo, onde o automóvel Fiat/Palio Fire Economy, conduzido por um jovem de 22 anos, que transitava pela Rua Santo Alberti, sentido Apae/Vila São João, via preferencial, quando no cruzamento com a Rua Carlos Soares, envolveu-se em abalroamento transversal, com a motocicleta Honda/CG 150 Titan flex, conduzida por jovem de 23 anos, que, segundo foi indicado pelo condutor do automóvel, transitava pela Rua Carlos Soares, sentido Vila São João/Bairro Santa Cruz. 

Em ato contínuo, ambos os veículos se chocaram contra um muro, de uma residência na Rua Carlos Soares, sendo que o automóvel também atingiu a parede da referida residência, a qual está sob responsabilidade de um senhor de 50 anos de idade. 

Do evento resultaram em ferimentos no motociclista, que foi socorrido pelo Samu e encaminhado até o Hospital Santa Tereza, também resultaram em danos materiais de pequena monta, em ambos os veículos, danos patrimoniais nos itens citados. Com a chegada da equipe policial no local do sinistro, estava como responsável pelo automóvel o pai do condutor do automóvel e indicou que o mesmo estava aguardando a equipe policial em sua residência, localizada na Rua Cassiano Ricardo. 

Foi solicitado apoio da outra viatura, para deslocar até o endereço indicado, os quais foram recebidos pelo condutor do automóvel, que declarou que não aguardou no local do acidente, tendo em vista, que segundo ele, um grande grupo de pessoas passaram a se aglomerar no local e ameaçar o mesmo. Diante dos fatos, o condutor foi convidado a realizar o teste etilométrico, o qual obteve resultado 0,00 mg/l. Realizada consulta operacional, foi constatado que o condutor do automóvel se encontrava com sua carteira de habilitação em situação irregular: suspensa de 01/02/2020 até 26/01/2021, condutor cumprindo suspensão do direito de dirigir, além de possuir um mandado de prisão expedido pela Vara de Execução de Penais e Medidas Alternativas de Guarapuava, tendo como gerador um processo relacionado ao cometimento do crime do artigo 306, do código de trânsito, conduzir sobre a influência de álcool. 

Através do mesmo processo de consulta, foi constatado que o condutor da motocicleta, se encontrava com sua carteira de habilitação em situação irregular: permissionado penalizado – deverá reiniciar o processo de habilitação, também foi observado que os veículos não possuem restrições/irregularidades relativas a documentação, porém, que a motocicleta apresenta o pneu dianteiro com desgaste elevado, atingindo o índice twi – careca. 

Desta forma, foram elaboradas as autuações de trânsito pertinentes, para os veículos, sendo o automóvel liberado no local, para o pai do condutor, o qual providenciou o acionamento do guincho. A motocicleta foi removida ao pátio do 16ºBPM. A equipe deslocou até o Hospital Santa Tereza, onde foi informada na recepção que o condutor da motocicleta, estava sendo submetido a procedimento cirúrgico, ficando desta forma, prejudicados os demais trâmites. 

Foi elaborado o bateu e os envolvidos, exceto o condutor da motocicleta, foram orientados e dado fiel cumprimento ao mandado de prisão expedido contra o condutor do automóvel Pálio, o qual foi encaminhado até a 14ª SDP, para as atividades de polícia judiciária e posteriormente encaminhamento ao setor de carceragem anexo a 14ª SDP.


Fonte e fotos: PM

Homem é morto a tiros em Prudentópolis


No dia 23 de fevereiro, às 23h00min, na rua Celso Roth, Vila Mariana, em Prudentópolis, a equipe da Polícia Militar ao chegar no local, visualizou um masculino caído na esquina da via, com um violão próximo ao corpo ao redor um grande número de pessoas. Verificado se possuía batimentos cardíacos e constatado que a vítima não possuía sinais vitais. Acionada uma ambulância do Samu, que constatou o óbito. Sendo então acionada a polícia civil e IML. 

E em conversa com populares, que reconheceram a vítima de 33 anos. Populares fizeram contato com familiares, e se fez presente no local o seu irmão, e perguntado se a vítima possuía alguma desavença com alguém, o mesmo relatou que seu irmão foi jurado de morte por um homem, por causa de uma mulher, porém não sabia precisar maiores informações. 

No local não se fez presente a Polícia Civil, a qual foi acionada logo na sequência que o óbito foi constatado, se fez presente no local a equipe do IML, que adotou os procedimentos pertinentes e encaminharam o corpo para o IML de Guarapuava. Cabe salientar que segundo os peritos, a vítima foi alvejada por aproximadamente quatro disparos de arma de fogo, sendo uma no pescoço e aproximadamente três na cabeça, na região da fonte, não havia como verificar os disparos na cabeça com precisão, no momento da perícia, sendo que tal informação será apurada posteriormente pelos peritos. 

Não foram localizados projeteis ou estojos das munições no local. Quanto ao violão, foi liberado pelo IML para os familiares.

Fonte: PM