sábado, 20 de fevereiro de 2016

Cacicopar – Um retrato do associativismo comercial e empresarial da região de Guarapuava



Por Felipe Brugg.

É consenso que fomentar o empreendedorismo é promover o desenvolvimento regional. E qualquer ação neste sentido passa pela organização da classe empreendedora através de entidades associativas. Então podemos concluir que fomentar o associativismo, neste caso, também é promover o desenvolvimento regional. O associativismo comercial atua através da ação de empreendedores que além das atividades em seus próprios empreendimentos, dedicam parte do seu tempo e recursos às instituições, de forma voluntária. O voluntariado é o grande diferencial do sistema das Associações Comerciais no Brasil.

A promoção do desenvolvimento regional faz parte do DNA do sistema associativista por todo o país. As entidades que compõem o sistema, na prática, são verdadeiras agências de desenvolvimento local, pois todas as atividades desenvolvidas buscam este objetivo.

Na atualidade o sistema associativista comercial brasileiro atua em três áreas estratégicas:

1. Promoção da cultura associativista mediante a mobilização e integração dos empresários;

2. Prestação de serviços que contribuam para o desenvolvimento das empresas associadas e a sustentabilidade da entidade; e,

3. Articulação de ambiente empresarial favorável para alavancagem da economia local, com reflexos positivos em todos os setores produtivos locais.

Linhas de atuação das associações comerciais modernas

Ninguém nega que uma das características fundamentais do processo de desenvolvimento é o trabalho coletivo. Nenhum indivíduo consegue promover o desenvolvimento regional atuando isoladamente, e esta premissa também vale para as instituições. É necessária a ação conjunta e articulada entre sociedade civil organizada, poder público e dos indivíduos para obter o sucesso quando o assunto é desenvolvimento regional – econômico e social.

 "Atrás de um homem competente há sempre outros homens".Provérbio Chinês


O sistema associativista comercial brasileiro é organizado, através de uma entidade máxima, a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) que é formada por 27 federações, representantes de cada um dos estados, e estas agregam 2.300 associações comerciais e empresariais que associam por adesão voluntária mais de dois milhões de empresários em todo o país, pessoas jurídicas e físicas, de todos os setores da economia, ou seja, é uma organização sem fins lucrativos e multissetorial. Com associações comerciais atuantes em mais de dois mil municípios, o sistema CACB é uma das organizações brasileiras com maior capilaridade.

Cacb

No âmbito do estado do Paraná, fundada em 1959, atua a Faciap – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná que representa hoje 290 associações comerciais e um universo de mais de 50 mil empresas em todo o Estado. A entidade é uma das maiores instituições do sistema no Brasil, com atuação em 75% dos municípios paranaenses.


Regionalmente, a Faciap atua junto às Associações Comerciais do estado através de 12 coordenadorias e uma delas, fundada em 1992, é a Cacicopar – Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Centro Oeste do Paraná, atualmente integrada por 16 associações sediadas na região de Guarapuava.

A Cacicopar tem por objetivo a promoção de ações voltadas ao fortalecimento de cada uma das ACE’s filiadas, assim como proceder ao esforço integrado para o desenvolvimento harmônico regional.

A coordenadoria é uma entidade extremamente importante para a região central do Paraná, devido à necessidade de combater os já exaustivamente comentados baixos índices de desenvolvimento, caraterísticos da região. O sistema associativista utiliza uma metodologia de avaliação das Associações Comerciais – que classifica as entidades em “Incipiente”, em “Desenvolvimento” ou “Desenvolvida” e, na região de Guarapuava, o cenário econômico também afeta as entidades atuantes neste território, pois a maioria é classificada como “Incipiente” ou em “Em Desenvolvimento” na avaliação da Faciap.

É através da Cacicopar e trabalhando em conjunto, que as 16 associações comerciais tratam dos seus problemas em comum. Mas ainda será necessário trilhar um longo caminho para que todos os associados e diretores de associações comerciais compreendam o quão importante é a Cacicopar para as ACE’s locais.

Ontem (19/02) à noite, ocorreu em Guarapuava, na Rureco, a Assembleia Geral Ordinária e a eleição da nova Diretoria Executiva da Cacicopar para o biênio 2016/2018. O evento contou com a participação de representantes das associações filiadas. A diretoria anterior fez a prestação de contas da gestão 2014/2016 apresentando o relatório financeiro e as atividades desenvolvidas no período.

Na sequência, foi realizada por aclamação, a eleição e posse da nova Diretoria Executiva para o biênio 2016/2018, composta por chapa única. A diretoria eleita é integrada por representantes de 100% das associações comerciais filiadas à Cacicopar.


Nos últimos anos, a Cacicopar é apontada com uma das instituições que mais cresceram dentro do sistema Faciap. Tanto em representatividade quanto em ações.

Este crescimento é fruto do trabalho em equipe de vários diretores que passaram pela instituição. Foi uma escalada em que cada participante fez o trabalho de entregar a instituição num nível superior daquele em que recebeu da gestão anterior. Todos foram importantes para chegar ao que a Cacicopar é hoje: uma instituição respeitada no meio em que atua.

No decorrer de qualquer processo de crescimento, é normal que algumas situações de mudanças ocorram. As mudanças de rumos são naturais e necessárias para o desenvolvimento. Desde a fundação, em 1992, a Cacicopar sempre foi presidida por empreendedores oriundos da cidade polo, Guarapuava. Exceto numa gestão em que o cargo foi ocupado por um representante do município de Pinhão, uma cidade de médio porte.

"É impossível progredir sem mudança, e aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada."George Bernard

Neste sentido, a última gestão foi marcada por uma alteração importante na condução da gestão da Cacicopar, quando um ex-presidente oriundo de uma associação comercial de pequeno porte assumiu o cargo máximo da gestão da instituição. Foi a cidade de Turvo que assumiu os riscos desta decisão através do apoio ao associativista Neuro João Battistelli, um ex-presidente da ACET – Associação Comercial e Empresarial de Turvo, para presidir a Cacicopar entre 2014 e 2016.

Desde então, a Cacicopar iniciou uma nova rota para a entidade trilhar. Com o apoio das demais associações dos municípios da região, aumentou exponencialmente a participação da diretoria em todas as atividades desenvolvidas. De uma entidade que até então realizava reuniões esporádicas com 2 a 4 participantes em média, até 2012, chegou a fazer eventos com mais de 100 lideranças presentes. De uma entidade centrada na figura do presidente da ocasião, a Cacicopar passou a mostrar a força de um grupo de pessoas unidas por um objetivo comum.

Alguns céticos que duvidaram do poder da região junto à Cacicopar, hoje percebem que as associações comerciais, por menores que sejam, quando lutam em conjunto, podem vencer os grandes desafios. Num dos momentos mais emblemáticos da última gestão, em que lideranças da maior ACE da região, demonstraram menosprezo à entidade regional, foi necessário ter coragem para, ao contrário do que indica o bom senso, mudar a sede da Cacicopar da cidade polo para a cidade de Turvo, com uma população 10 vezes menor. Mas associativistas de todas as ACEs da região, incluindo integrantes da cidade de Guarapuava, se uniram e fizeram a diferença. E os resultados estão aí para quem quiser ver.

 "Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado, mas nada pode ser modificado até que seja enfrentado."
Albert Einstein


Nos últimos anos a Cacicopar realizou dezenas de reuniões itinerantes por todos os municípios sede de associações filiadas. Foram debatidos diversos projetos para o desenvolvimento da região junto com as lideranças de outros setores, incluindo prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e vereadores. Foram realizados os Fóruns de Desenvolvimento Regional. Muitas viagens e treinamentos para as lideranças do sistema foram uma constante neste período. Já as ACE’s contaram com atividades de apoio à melhoria da gestão através do Programa Capacitar, da Faciap. Através do fomento da Cacicopar, foram criadas duas novas associações comerciais, em Boa Ventura de São Roque e em Foz do Jordão.

A nova gestão tem o papel de consolidar os trabalhos já iniciados pela Cacicopar e com certeza terá sucesso nesta empreitada, pois manteve praticamente o mesmo quadro anterior, com exceção do cargo de presidente, que agora será liderada pelo associativista Marco Aurélio Borges, de Guarapuava.

"A melhor forma de prever o futuro é criá-lo."
Peter Druker

Àqueles que sentem a necessidade de mudanças para a região do centro do Paraná fica o convite para que participem das instituições dos seus municípios. Seja a Associação Comercial ou de outro segmento, não importa. Muitas vezes sobram pessoas para avaliar e apontar o que precisa ser feito, mas faltam pessoas para executar. O grupo que hoje está conduzindo a Cacicopar tem consciência que a jornada apenas iniciou e que um longo caminho está pela frente. Quem quiser, pode se juntar a este grupo.



Viatura da perícia de Londrina capota e um morre na PR 466 em Guarapuava.

As informações abaixo são de Marcio Mello, da TV Humaitá de Guarapuava, desse gravíssimo acidente que aconteceu por volta das 18h30min desse sábado, 20 de fevereiro.
Fotos: Alcione Ribas

Capotamento de uma viatura da perícia de Londrina, na PR 466, próximo a Araupel em Guarapuava, causou a morte do auxiliar de necropsia Henrique Nascimento, 43, que dirigia o veiculo Renault Fluence. A passageira Viviane Arruda, 40, ficou gravemente ferida e foi encaminhada para o hospital São Vicente em Guarapuava.


Veículo com placas de Laranjal se envolve em acidente com morte em Guarapuava.

Com informações da Rede Sul (Foto: Alcione Ribas)

Uma colisão entre dois carros deixou um morto na manhã deste sábado (20) no quilômetro 333,5 da BR 277, em Guarapuava.

De acordo com o registro do Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu às 09h20, em frente ao posto GP Frota, na BR 277, e envolveu um veículo Fiat Uno, com placas de Laranjal, conduzido por Noel Antunes, e um Toyota RAV4, com placas de Curitiba, conduzido por Celso Luiz Feiten.

O condutor do Fiat Uno, que viajava sozinho, ficou preso às ferragens e morreu no local do acidente. O motorista do RAV4 e um passageiro ficaram feridos e foram encaminhados à UPA do Batel.

O corpo de Noel Antunes foi encaminhado ao IML de Guarapuava.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi uma colisão frontal. O Uno seguia no sentido Guarapuava/Curitiba e o Toyota no sentido contrário. O Fiat uno invadiu a faixa contraria e colidiu frontalmente com o Toyota.

Furto de motocicleta na localidade de Passo Grande/Turvo.

A Polícia Militar de Turvo atendeu uma ocorrência na manhã de hoje, na localidade de Passo Grande, interior do município, onde houve um furto de uma motocicleta, conforme relatório enviado a imprensa:
Foto ilustrativa.

FURTO SIMPLES - CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO

RELATA O SOLICITANTE QUE POR VOLTA DAS 21 HORAS NA DATA DE ONTEM DEIXOU SUA MOTOCICLETA ESTACIONADA NA GARAGEM DE SUA RESIDENCIA, LOCALIDADE DE PASSO GRANDE, ZONA RURAL DE TURVO, E NA DATA DE HOJE LEVANTOU POR VOLTA DAS 07 HORAS DA MANHÃ E A MOTOCICLETA NÃO ESTAVA MAIS LÁ, TENDO SIDO FURTADA SENDO LEVADA SEM CHAVES, MOTOCICLETA MARCA HONDA MODELO CRF 230 F ANO/MOD 2014, NÃO POSSUI PLACA, POIS SE TRATA DE MOTOCICLETA DE TRILHA, PROPRIETÁRIO COM NOTA FISCAL DE COMPRA. NO LOCAL EQUIPE EFETUOU DILIGÊNCIAS E PATRULHAMENTOS, ORIENTADO A VITIMA QUANTO AOS PROCEDIMENTOS CABÍVEIS.





Ocorrência policial em Turvo: Infração de Trânsito.

A Polícia Militar atendeu uma ocorrência na madrugada de hoje, do tipo infração de trânsito, conforme relatório enviado a imprensa: 


ABORDAGEM DE SUSPEITOS - INFRAÇÃO DE TRANSITO.


AS 01H 15MIN DA MADRUGADA DO DIA 20 DE FEVEREIRO DE 2016, DURANTE PATRULHAMENTO A EQUIPE POLICIAL VISUALIZOU UMA MOTOCICLETA HONDA CG 150 VERMELHA SEM PLACA E EM ATITUDE SUSPEITA, FEITA ABORDAGEM DA MESMA E IDENTIFICADO O CONDUTOR UM RAPAZ DE 16 ANOS O QUAL NÃO POSSUI CNH NEM PDD, INDAGADO O MESMO QUANTO AOS DOCUMENTOS DA MOTOCICLETA O QUAL RELATOU QUE "COMPROU DE UM AMIGO SEU O QUAL ADQUIRIU A MESMA EM UM LEILÃO/DETRAN". DIANTE DOS FATOS FOI DESLOCADO ATÉ O DESTACAMENTO POLICIAL MILITAR ONDE FOI FEITA A CONSULTA VIA SISTEMA POR MEIO DO NUMERO DO MOTOR ONDE FOI VERIFICADO QUE A MOTO ESTÁ BAIXADA JUNTO AO DETRAN. ATO CONTINUO FOI ACIONADO O CONSELHO TUTELAR ONDE SE FEZ PRESENTE AS CONSELHEIRAS AS QUAIS FOI ENTREGUE O ADOLESCENTE. SENDO LAVRADAS AS NOTIFICAÇÕES PERTINENTES E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O RECOLHIMENTO DO VEICULO AO PÁTIO DO DESTACAMENTO POLICIAL MILITAR DE TURVO.


Agora em Turvo tem Rabelo Projetos de Arquitetura e Urbanismo.


Desenvolvemos projetos residenciais e comerciais sempre atendendo as necessidades de nossos clientes com projetos exclusivos.

Loteamentos: Promover a implantação de novos loteamentos com qualidade e efetividade, desde a elaboração dos projetos a execução das obras, com satisfação e tranqüilidade aos nossos clientes, contribuindo com o desenvolvimento dos municípios de forma planejada e organizada. 

Topografia: Contamos com uma equipe especializada em medições de terrenos, georreferenciamentos, CAR (cadastro ambiental rural), regularização de documentação de terrenos, desmembramentos entre outros serviços na área da topografia. 

Avenida 12 de Maio, n° 746 – Centro de Turvo-PR, fone (42)3642-1485.
Curta nossa página e conheça mais dos nossos trabalhos, clicando aqui.



Cliente da Foto Cinelandia, peça seu cupom e concorra um Palio 0 km do 8º Festival de Prêmios da ACET.

Foto Cinelandia está participando da Campanha do 8º Festival de Prêmios da ACET. Associação Comercial Empresarial de Turvo.

Foto Cinelandia em Turvo, registrando seus melhores momentos, casamentos, batizados, aniversários, formaturas e reportagens em geral . Revelação Digital e foto 3x4 na hora . Agora com uma grande variedades de foto produtos, tudo em sublimação. a sua foto é logo sublimada em camisetas, almofadas, azulejos, vidro, mouse pad, caneca de porcelana. ao adquirir um dos nossos serviços peça seu cupom para concorrer a um 01 Palio 0 km, 01 TV LCD 40’’ e 03 Vales Compras de R$ 500.00.

Durante a Campanha, que vai até 06 de Março de 2016, o carro ficará exposto em frente às lojas participantes. Se você amigo lojista, quiser a visita do Blog do Elói, faça como a Foto Cinelandia, entre contato, fone 42-9132-6466 ou eloimattos2010@hotmail.com.

HOMEM É PRESO POR LESÃO CORPORAL , VIOLÊNCIA DOMESTICA E FAMILIAR EM TURVO.

OCORRÊNCIA ATENDIDA PELA POLÍCIA MILITAR DE TURVO, CONFORME RELATÓRIO ENVIADO A IMPRENSA:

LESÃO CORPORAL - VIOLÊNCIA DOMESTICA E FAMILIAR.

ÀS 11H05MIN DO DIA 19 DE FEVEREIRO DE 2016 EQUIPE RECEBEU INFORMAÇÃO DA SOLICITANTE DE QUE SEU EX-AMASIO ESTARIA EMBRIAGADO EM SUA RESIDÊNCIA LHE DIZENDO PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, AINDA AMEAÇOU A SOLICITANTE DIZENDO QUE SE A MESMA NÃO LHE SERVICE COMIDA ELE COLOCARIA FOGO NA RESIDÊNCIA COM INTENÇÃO DE MATÁ-LA. RELATA A SOLICITANTE QUE VEM SOFRENDO ESSAS AMEAÇAS DESDE DEZEMBRO DE 2015, MAS QUE NESTA ULTIMA MADRUGADA ESSAS AMEAÇAS SE INTENSIFICARAM. DIANTE DOS FATOS A EQUIPE NO LOCAL LOGROU ÊXITO NA ABORDAGEM E DEU VOZ DE PRISÃO AO AUTOR DAS AGRESSÕES, SENDO ENCAMINHADO A 14ª SDP PARA OS PROCEDIMENTOS DE FLAGRANTE. SENDO QUE A VITIMA MANIFESTOU INTERESSE NA REPRESENTAÇÃO PARA A PRISÃO DO AUTOR.

Clientes do Augusto Motos, peça seu cupom e concorra um Palio 0 km do 8º Festival de Prêmios da ACET.

O Augusto Motos está participando da Campanha do 8º Festival de Prêmios da ACET. Associação Comercial Empresarial de Turvo.

Nesse sábado, 20 de fevereiro, o carro da Promoção está exposto até as 13h00 em frente a Augusto Motos, você amigo cliente poderá conhecer o carro, fazer suas compras e serviços e pedir seu cupom para concorrer a um 01 Palio 0 km, 01 TV LCD 40’’ e 03 Vales Compras de R$ 500.00.

AUGUSTO MOTOS revenda de motos novas e usadas e mecânica de todas as marcas. 
Confira também planos de consórcio, agende sua revisão também buscamos sua moto. Fazemos troca de óleo, pneus e temos capacetes.

Rua Reverendo Roberto Rickli Sobrinho, n° 160, fone: (42) 3642-2214 – 9126-8480

Durante a Campanha, que vai até 06 de Março de 2016, o carro ficará exposto em frente às lojas participantes. Se você amigo lojista, quiser a visita do Blog do Elói, faça como a Augusto Motos, entre contato, fone 42-9132-6466 ou eloimattos2010@hotmail.com.