quinta-feira, 25 de março de 2021

Funcionária de lotérica impede que mulher caia no golpe do falso seqüestro


No dia 24 de março, às 08h30min, uma equipe policial deslocou até a Av. Manoel Ribas, em Guarapuava para atender uma ocorrência de estelionato. 

No local, a funcionária da Lotérica informou de uma cliente queria fazer um depósito no valor de R$2.000,00 (dois mil reais) mas estava muito nervosa. Em contato com a senhora de 64 anos, a qual relatou que havia recebido uma ligação de um número privado os quais exigiam uma quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) dizendo que tinham sequestrado sua filha, que reside em Curitiba. 

Informou para o autor que teria apenas R$2.000,00 (dois mil reais), o qual aceitou a quantia e mandou ela fazer um depósito na lotérica. 

Diante dos fatos, foi realizado contato por telefone com a sua filha a qual estava bem e informou que não atendia o telefone por estar em horário de aula. Informado a senhora que se tratava de um golpe e que sua filha estava bem, feito contato com a outra filha, que mora em Guarapuava, para deslocar a lotérica devido à senhora estar muito nervosa.

Fonte: PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade