quinta-feira, 2 de maio de 2019

Bebê recém-nascido é encontrado abandonado em construção


A Polícia Militar e o SAMU Cianorte foram acionados para atender uma ocorrência na Rua Juquiá na tarde desta quinta-feira (02).

A informação era que uma menina recém nascida estava abandonada em uma construção abandonada enrolada em um pano e dentro de um saco plástico.

O bebê pesa em torno de 1500 à 1700 kg e segundo os primeiros exames feitos pelo médico ela passa bem apesar da situação.

A Polícia Civil foi acionada e compareceu ao hospital. A partir de agora uma investigação será iniciada para saber quem é a mãe desta recém nascida e qual seria as causas de tal ato.

Fonte: Noti-cia

Sicredi e OAB Guarapuava firmam convênio de cooperação

Acordo tem por objetivo trazer diferenciais e estreitar o relacionamento entre Cooperativa e Advogados

Na quinta-feira (02/05) lideranças da Sicredi Planalto das Águas PR/SP, estiveram presentes na Sede da OAB Subseção Guarapuava para firmar acordo de parceria, onde os Advogados poderão utilizar produtos e serviços financeiros da cooperativa com diferenciais exclusivos.

“Procuramos uma gestão onde traga novidades e contribua efetivamente com os integrantes da Ordem dos Advogados, nesse sentido, precisávamos de uma parceria que trouxesse essa alternativa, com diferenciais, aproximação e orientação aos Advogados no que se refere às suas finanças”, comenta a presidente da OAB Guarapuava, Drª Maria Cecília Saldanha. 

O presidente da Sicredi Planalto das Águas PR/SP, Sr. Adilson Primo Fiorentin apresentou a história do Sistema Sicredi, e alguns dos diferenciais como Instituição Financeira Cooperativa: “A síntese tanto do Sicredi quanto da OAB é a mesma: a união de pessoas em busca do desenvolvimento. É com esse objetivo que iniciamos essa bela e promissora parceria onde todos ganham”. 

A Subseção OAB Guarapuava foi criada em 4 de novembro de 1971 e instalada em 27 de maio de 1972. Foi a sétima Subseção criada no Estado do Paraná. A Subseção de Guarapuava abrange ainda os municípios de Campina do Simão, Candói, Foz do Jordão, Goioxim, Pinhão, Reserva do Iguaçu e Turvo, e atualmente possui mais de 900 Advogados inscritos.


Michael Bueno
Comunicação e Marketing

Sicredi Planalto das Águas PR/SP
Superintendência Regional - Guarapuava / PR

Começa a campanha Maio Amarelo para reduzir mortes no trânsito


Começou oficialmente nesta quinta-feira (2), em todo o Paraná, a campanha Maio Amarelo, que visa diminuir o número de acidentes no trânsito e preservar a vida. Este ano, o tema é “Maio Amarelo - no trânsito, o sentido é a vida”, e apela para o poder das crianças em influenciar o comportamento dos pais. O vice-governador Darci Piana participou do lançamento, realizado no auditório da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Curitiba.

A conduta responsável busca diminuir a taxa de mortalidade no Estado, que é de 20,65% - foram 2.338 óbitos em 2018, segundo o Detran-Paraná. “Temos números de mortes superiores a países que vivem em guerra. Precisamos tratar disso com responsabilidade de Estado”, disse o vice-governador Piana.

“A população precisa ter a consciência de que muito dinheiro que se gasta com acidentes de trânsito poderia ser usado de outras maneiras pela saúde”, afirmou ele. “Todos nós, motoristas, pedestres, ciclistas, precisamos fazer o nosso papel, pensar sempre na conscientização. É que ela venha com os nossos filhos e netos. Que o pai entenda quando o filho avisa que ele está correndo muito”, reforçou.

AÇÕES - A campanha envolve o Comitê Trânsito Seguro, que reúne Detran-Paraná, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), Polícia Rodoviária Estadual (BPRV), PRF, secretarias municipais de trânsito e o Observatório Nacional de Segurança Viária.

No Estado, haverá palestras, blitzes educativas e fiscalização em todos os municípios. O cronograma prevê ainda atividades por áreas específicas – pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas. As ações se encerrarão com o 7º Fórum de Mobilidade Urbana, nos dias 30 e 31, no Parque Barigui, em Curitiba.

IMPRUDÊNCIA - De acordo com o Ministério da Saúde, foram registradas 37.345 mortes por acidentes de trânsito em 2016 no país, última contagem fechada pelo órgão. Segundo o Sistema Único de Saúde (SUS), cerca de 60% dos leitos hospitalares são ocupados por vítimas do trânsito. “Ninguém sai de casa e pega o trânsito pensando em matar ou morrer. Tudo é a imprudência. Precisamos ter sensibilidade para melhorar”, afirma Cesar Kogut, diretor do Detran-PR.

No Paraná, o número de acidente de trânsito com morte caiu 8% em 2018 em relação ao mesmo período de 2017, passando de 2.547 para 2.338. A preocupação, porém, está em relação aos ciclistas e motociclistas, ambos com aumento de óbitos. Entre as motos, esse número cresceu 3% de 2017 (659) para 2018 (680). Nas bicicletas, saltou 47% - de 98 para 144.

CRIANÇAS – O foco do Maio Amarelo 2019 são as crianças, como formadoras de opinião. O Detran usará a televisão e as mídias sociais para chegar à população com recados importantes e conselhos dos pequenos para os pais. Como por exemplo, “pai, atenda o celular depois da viagem” ou “não pode passar pelo sinal vermelho”.

“A criança é o canal mais forte com a família. E ela que pode fazer com que todos mudem o comportamento”, disse Mauro Gil, vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária.

“Em Curitiba temos cerca de 15 acidentes por dia com feridos, uma morte por semana. É preciso se pensar na melhor convivência entre carros e pedestres, fazer uma reflexão sobre o trânsito moderno”, acrescentou o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos.

ORIGEM – O Maio Amarelo ocorre simultaneamente em 27 países e 423 cidades diferentes. O mês de conscientização foi lançado em 2014 a partir da “Década de Ações para segurança no Trânsito”, ação da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mortes no trânsito em todo o mundo.

Fonte: AEN

Presos fogem da cadeia de Pinhão


Por volta das 169h15min do dia 1º de maio de 2019 na Rua Manoel Mendes Bairro Lindouro a equipe da PM encontrava-se no Pelotão e escutou um barulho vindo da delegacia, suspeitando de fuga de preso a equipe saiu em patrulhamento nas proximidades do pelotão sentido bairro dona Evanira, em conversa com populares, os quais passaram a informar que dois indivíduos haviam adentrado à mata próxima a rodovia PR 170, adentrado à mata e realizado buscas sendo logrado êxito na recaptura de dois dos foragidos, 21 e 22 anos, sendo entregues a Delegacia local para os procedimentos cabíveis. 

Em continuidade foi realizado patrulhamento em buscas dos foragidos 20 anos e 23 anos, não sendo logrado êxito na recaptura dos mesmos.

Mulher que ganhou 'carona' da PRF para passar por transplante morre



Após 13 dias internada, a mulher que conseguiu chegar a tempo de passar por um transplante de rim depois de contar com a ajuda da Polícia Rodoviária Federal (PRF), morreu, nesta quarta-feira (1°), no hospital em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Silmara Aparecida da Silva ganhou uma "carona" da PRF para percorrer um trajeto de cerca de 90 km até o Hospital do Rocio em 18 de abril.

Ela estava na fila para um transplante e foi avisada no final daquela tarde de que a vez dela de passar pela cirurgia havia chegado. Porém, para conseguir fazer o transplante, ela tinha que chegar rápido ao hospital.

Como o trânsito estava movimentado na região por causa do feriado prolongado de Páscoa, uma enfermeira orientou que os familiares pedissem o apoio da polícia. Ela viajou de Ponta Grossa a Campo Largo.

No dia 18, ela passou pela cirurgia, que durou oito horas, e estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Rocio. Segundo a família, na noite de terça-feira (30), Silmara teve quatro paradas cardiorrespiratórias, foi reanimada, mas não resistiu e morreu de madrugada.


Fonte: G1 - PR

PRF atende atropelamento com óbito em Prudentópolis



A PRF atendeu em Prudentópolis/PR, na BR 373, km 277, na data de 01/05/19 por volta das 20h15, acidente do tipo atropelamento de pedestre, vitimando fatalmente um homem de 43 anos, morador da região.

O veículo atropelador não foi identificado pois evadiu-se do local.

Segundo apurado pela equipe, o pedestre seguia pelo acostamento empurrando uma bicicleta juntamente com seu filho de sete anos, quando foi atingido pelo veículo. A criança não chegou a ser atingida.

No local foram encontrados pedaços de retrovisor de um veículo com etiqueta descrevendo pertencer a um GM/Celta. 

O corpo foi removido para o IML de Guarapuava/PR.

Informações e imagens BDCom 3° Del da PRF/ Ponta Grossa