sábado, 16 de fevereiro de 2019

PRF de Irati apreende carga de cigarros contrabandeados



Uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Irati e da Receita Federal resultou na apreensão de uma carga de cigarros contrabandeados do Paraguai no início da noite de sexta-feira, 15, por volta das 19 h.

A carga estava acondicionada em dois furgões que seguiam na BR-277, sentido Irati-Curitiba. Um dos veículos encalhou na altura do km 257, nas proximidades da localidade de Barra Mansa. O outro caminhão tentou fugir, mas foi localizado posteriormente em uma estrada rural pela Polícia Militar. A PRF acionou o guincho, que removeu o veículo. Os caminhões transportavam 510 caixas contendo 255 mil maços de cigarros. A carga foi avaliada em mais de R$ 1,2 milhão. 

O condutor do primeiro caminhão, de 34 anos, foi detido e encaminhado para a Polícia Federal em Ponta Grossa. O segundo veículo conseguiu fugir na primeira abordagem, mas foi localizado posteriormente depois de ser abandonado em uma estrada rural. Já o motorista desse caminhão não foi localizado. A carga de cigarros foi encaminhada para a Receita Federal. 

A apreensão foi resultado de um trabalho conjunto dos setores de inteligência e operacional da PRF, PM e da Receita Federal.


Polícia divulga retrato falado de estuprador de jovem com deficiência, em Guarapuava



A polícia de Guarapuava divulgou esta semana o retrato falado do suposto autor de um estupro e roubo contra uma jovem de 23 anos, com deficiência, ocorrido no dia 02 de fevereiro. 

A vítima prestou depoimento com auxílio de pessoa que conhece a linguagem de libras, ela relatou aos policiais que deslocava para a rodoviária e foi abordada por um homem, o qual lhe roubou o celular e documentos, bem como a agrediu fisicamente e manteve relação sexual com a mesma mediante uso de força. 

Com base nas descrições repassadas pela jovem, a polícia fez o retrato falado do suspeito, que tem aproximadamente 35 anos, 1,70 de altura, olhos pretos, trajando roupas pretas, camiseta com estampa referente a rock, com cabelo preto curto, barba rala e pele morena. O suspeito tinha ainda odor de cigarro.

Qualquer informação, entrar em contato com a Polícia Civil, através dos telefones 197 ou (42) 3630-1700.

Fonte: GRMais

Menino de 12 anos morre em acidente na PR-170 em Pinhão



Um grave acidente envolvendo envolvendo um Caminhão – IVECO – STRALIS, vermelho tirou a vida de um menino de 12 anos na PR-170 no municipio de Pinhão.

Equipes da Defesa Civil prestaram atendimento no local, constatado o acidente do tipo capotamento, por volta das 05h da manhã deste sábado (16). O motorista do caminhão, C.P.D.S de 42 anos teve ferimentos leves.
Infelizmente o filho do caminhoneiro, um adolescente de 12 anos, estava junto no caminhão e entrou em óbito no local, equipes do IML de Guarapuava fizeram o procedimento de recolhimento do corpo.

Pai e filho eram do Rio Grande do Sul, da cidade de São Valentim.
Segundo informações da Polícia Rodoviária de Guarapuava que atendeu o acidente, a carga do caminhão foi saqueada.




Com informações do Diário Reservense

Fotos: Polícia Rodoviária de Guarapuava

Horário de verão termina neste fim de semana



Termina neste final de semana, à meia-noite de sábado (16) para domingo, o Horário Brasileiro de Verão, em vigor desde o dia 4 de novembro. Consumidores de dez estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, deverão atrasar o relógio em uma hora. Mas, afinal, qual o motivo desta mudança de horário por quatros meses?

O principal objetivo do horário de verão é a redução da demanda por energia elétrica no final da tarde durante os dias em que anoitece mais tarde. O benefício se dá para o sistema de geração de energia brasileiro e atinge todo o sistema elétrico, beneficiando o consumidor final.

A matemática é simples: com o dia mais longo, é possível aproveitar a luz do dia por um período maior de tempo. Uma das vantagens está em retardar acionamento da iluminação pública.

Desta forma alivia-se um pouco a carga das usinas em pelo menos quatro meses do ano, evitando assim o acionamento de térmicas e, consequentemente, o aumento no valor da conta de luz.

AR-CONDICIONADO - Existe mais um ponto importante para que haja alívio de carga no verão: o ar-condicionado. O aparelho é muito mais usado neste período, em todos os horários do dia, exigindo ainda mais carga do sistema de energia do País. No Paraná, o Simepar registrou recordes de temperatura em várias regiões nestes quatro meses.

“O ar-condicionado passou a fazer parte da rotina de muitas famílias paranaenses, mas podem ter um grande impacto sobre a conta de luz, por conta de sua potência”, diz o gerente de Inovação da Copel, Gustavo Klinguelfus. Um aparelho de ar-condicionado ligado por oito horas consome entre 8 e 16 kWh em um dia, dependendo da potência. Se usado o mês inteiro, o acréscimo na conta de luz pode ficar entre R$ 180 e R$ 360.

Para obter a maior eficiência no uso do equipamento, é importante fazer a limpeza regular dos filtros, manter as portas e janelas do ambiente sempre fechadas e buscar uma temperatura ambiente entre 23 e 26ºC.

Fonte: AEN

Ocorrências policiais em Pitanga



DESAPARECIMENTO DE PESSOANo dia 15/02/2019 compareceu a sede da 3ª Cia um Senhor o qual é funcionário de uma empresa funerária e passou a relatar que na data de ontem por volta 18h00, um outro funcionário de uma empresa funerária saiu para fazer uma venda com um veículo pertencente à referida empresa na Vila Planalto e não retornou ate a presente data. OBS: 
Relata ainda por volta 00h00min a esposa do funcionário foi ate a empresa para saber de seu paradeiro, momento em que o noticiante juntamente com outro funcionário da empresa passaram o procurar o desaparecido, fazendo contato com o cliente que confirmou que o mesmo esteve em sua residência se ausentando por volta das 19h20min. Diante dos fatos foi confeccionado o B.O e orientado quanto aos procedimentos cabíveis.

(DESAPARECIDO LOCALIZADO)No dia 15/02/2019 compareceu na sede da 3ª Cia PM o Senhor, o qual é empregador do funcionário de uma empresa funerária de que tem um boletim de ocorrência de pessoa desaparecida em e que localizou o desaparecido em uma casa noturna saída para Manoel Ribas. 
Informou ainda que foi até o referido endereço e que o proprietário do local se negou a entregar o veiculo que estava com o funcionário. 

Informou também que o veiculo pertence a sua empresa. Diante das informações a equipe deslocou até supracitada casa noturna e em conversa com as partes, foi informado que a pessoa de teria ido até o local com mais alguns outros masculinos, mas que não lembra quem são, e que consumiram uma quantia de dois mil e quinhentos reais e que não teriam dinheiro para pagar. 
Sendo que de comum acordo, as partes resolveram que o veiculo seria devolvido ao seu proprietário, sendo também orientado o proprietário do local quanto às medidas cabíveis quanto a divida. 
Foi orientado também para que o desaparecido/encontrado deslocasse até a 45 DRP para retirar o alerta de pessoa desaparecida. Foram orientadas as partes.

DROGAS PARA O CONSUMO PESSOAL No dia 16 de dezembro de 2019, por volta das 00h05min, à equipe visualizou um veiculo estacionado na Av. Presidente Getúlio Vargas, próximo ao Posto Progresso, com dois masculinos em atitudes suspeita, sendo realizado a abordagem dos mesmos e identificados. Sendo que durante revista pessoal foi encontrado com um dos mesmos a quantia de 9(nove) gramas de substancia análoga à maconha. 
Questionado o autor sobre a procedência da droga o mesmo afirmou que teria adquirido de uma mulher que mora no bairro Jardim Maravilha qual não soube informar o nome, somente que esta mulher seria a esposa de um preso (por trafico de drogas) relata que pagou a quantia de 10(dez) reais pela droga. 
Sendo que varias denuncias anônimas tem chegado ao conhecimento da equipe policial que a mesma continua com o tráfico no bairro a mando de seu marido. Durante abordagem abordado permitiu a equipe que averiguasse seu aparelho celular e neste foi constatado pela equipe mensagens e áudios com teor de compra e venda de drogas. 
Diante dos fatos a equipe encaminhou os envolvidos juntamente com a droga para a 3° Cia de Pitanga para a lavratura do Termo Circunstanciado. Sendo os mesmos devidamente orientados e liberados.

Fonte: 3ª Companhia de Polícia Militar de Pitanga

MP recomenda que CMEIs de Guarapuava funcionem com período integral



Em Guarapuava, no Centro Sul do estado, o Ministério Público do Paraná expediu nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, recomendação administrativa ao prefeito da cidade para que garanta como regra a oferta de vagas para período integral na educação infantil na rede municipal. A medida foi adotada após vários pais procurarem o MPPR, neste início de ano letivo, noticiando que a prefeitura reduziu as vagas em turno integral, situação que fere diversos dispositivos da Constituição Federal e do Estatuto da Criança e do Adolescente.

No documento, é indicado que a jornada integral na educação infantil, que inclui creche (crianças de zero a três anos) e pré-escola (quatro a seis), deve ser o padrão no Município. Excepcionalmente, conforme interesse manifestado pelas famílias, pode haver turmas para períodos parciais, como manhã e tarde. O texto destaca ainda que a prefeitura deve informar os pais ou responsáveis que a jornada integral é a regra, bem como garantir que todas as crianças tenham acesso a vagas nesse turno. A recomendação estabelece também que funcionários da rede pública também devem ser orientados a repassar informações nesse sentido à população.

Responsabilização – A recomendação foi redigida pela 6ª Promotoria de Justiça de Guarapuava, unidade do Ministério Público na comarca com atribuição na área de proteção à educação. Foi determinado prazo de 15 dias para adoção das providências cabíveis. Eventual descumprimento da orientação pode ensejar a adoção de medidas judiciais cíveis e criminais, visando à responsabilização do agente público responsável.

Fonte: www.mppr.mp.br


Obras alagam sala e alunos são forçados a mudar de local para estudar em Guarapuava



Alunos da Escola Municipal Capitão Wagner, no bairro Vila Bela, em Guarapuava, região central do Paraná, tiveram que mudar de salas para estudar nesta sexta-feira (15), depois que a sala onde estudam foi alagada por causa de problemas em uma obra no prédio.

Segundo a direção da escola, o problema começou depois que uma empresa terceirizada iniciou os trabalhos de limpeza do teto e pintura.

"Tivemos que remanejar alunos para outras salas, devido à inundação. Inclusive, nessa sala, nunca molhava e até a forração descolou devido a infiltração de água", disse a diretora Rosana Santos.

A sala dos professores e o refeitório, segundo a direção, também foram alagados. O espaço dos professores foi fechado e o cardápio da merenda foi substituído por bolacha, com o fechamento do refeitório.

A diretora da escola diz que estão há mais de 15 dias conversando com a Prefeitura de Guarapuava e com a empresa responsável pela obra para relatar o problema.

A empresa contratada para a limpeza do telhado disse que os problemas na escola não foram causados pelas obras já executadas, mas pela falta de manutenção nos locais de passagem da água da chuva.

Disse também que na segunda-feira (18) vai se reunir com representantes da escola e do município para resolver o assunto.