quinta-feira, 27 de junho de 2019

Idosa de 84 anos cai em frente a banco após funcionário se recusar a realizar prova de vida em estacionamento



Uma idosa de 84 anos se machucou durante uma tentativa de atendimento em uma agência bancária em Londrina, no norte do Paraná, para realizar a prova de vida exigida pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O procedimento é obrigatório para que a idosa continue recebendo uma pensão. O acidente ocorreu na quarta-feira (26).

Joelma de Souza Carvalho, a filha da vítima, registrou Boletim de Ocorrência por lesão corporal depois do acidente com a mãe. Joelma conta que um funcionário, que se apresentou como gerente, se recusou a ir até o estacionamento, localizado perto da agência do banco Itaú do calçadão, para encontrar a mãe, dona Lázara Maria de Souza, de 84 anos.

A idosa caiu de uma cadeira de rodas quando estava a caminho da agência. Lázara teve ferimentos no rosto e fratura no ombro. A filha, que empurrava a cadeira, se emociona ao lembrar do acidente.

"Isso não pode ficar impune. Não sabemos com quantas pessoas isso já aconteceu. Se não tomarmos uma providência, isso pode acontecer com outras pessoas também. É uma questão de humanidade", diz a agricultora, Joelma de Souza Carvalho.

Joelma diz que a única atitude do funcionário foi oferecer a cadeira de rodas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário