quarta-feira, 4 de julho de 2018

Paraná terá R$ 13,6 bilhões para safra 2018/19


O Banco do Brasil lançou nesta segunda-feira (4) o Plano Safra 2018/19 para a agropecuária brasileira, que está disponibilizando R$ 103 bilhões em crédito rural para custeio, comercialização e investimento. Esse volume de recursos representa um aumento de 20% em relação aos recursos disponíveis pelo banco no ano passado. Desse total, R$ 13,6 bilhões estarão à disposição do Paraná.

O plano foi lançado em Brasília, com transmissão simultânea e oficial nos Estados. Este ano, o Banco do Brasil apresentou como novidade a redução nas taxas de juros de até 1,5 ponto percentual e inovação em tecnologia que permite ao produtor fazer seu crédito na propriedade, sem ter que se deslocar para ir a uma agência.

No Paraná, o lançamento do Plano Safra contou com a presença do secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, George Hiraiwa.

O secretário recebeu bem o anúncio de recursos aos agricultores e de mais inovação tecnológica para facilitar a vida do produtor rural. Segundo ele, a solução de impacto hoje no campo para vencer os desafios que se apresentam está na inovação. “Precisamos ampliar o público que trabalha com tecnologia para olhar para o Agronegócio para buscar mais produtividade”, disse Hiraiwa.

Ele lembrou que setores que antes nem olhavam para o campo, como as faculdades de engenharia, de tecnologia da informação, já estão se dedicando a desenvolver soluções para o Agronegócio. É o caso de Londrina, que está sendo considerada o berço das start-ups do País, com cerca de 1.250 empresas de tecnologia, disse.

O secretário destacou, que ao lado do crédito rural, que está sendo disponibilizado pelo banco, e a iniciativa do produtor rural em aderir as novas tecnologias, certamente serão as soluções digitais que estão sendo pensadas para o setor que farão o grande avanço no Agronegócio daqui para frente. “E certamente o Banco do Brasil está capitaneando essas mudanças com sua linguagem de inovação”, afirmou.

PLANO SAFRA - Os recursos disponibilizados pelo Banco do Brasil representam 60% do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2018/2019 no País. Na safra 2018/19, os juros disponíveis para a Agricultura Familiar em custeio e investimentos vão variar de 2,5% a 4,6% ao ano e para os demais produtores vão variar de 6 a 7,5% ao ano.

Na safra anterior, os juros para custeio e investimentos variavam de 2,5% a 5,5% ao ano. A novidade é que os encargos financeiros com as taxas de juros serão pós-fixados, uma opção que está sendo dada ao produtor pela primeira vez.

Dos R$ 103 bilhões disponíveis, R$ 91,5 bilhões poderão ser acessados diretamente pelos produtores rurais e cooperativas; R$ 11,5 bilhões por empresas do Agronegócio, dos quais R$ 72,8 bilhões serão direcionados para custeio e comercialização e R$ 18,7 bilhões para investimentos agropecuários.

Dos R$ 13,6 bilhões disponíveis ao Paraná, R$ 2,3 bilhões serão aplicados na Agricultura Familiar, R$ 3 bilhões vão atender os médios produtores e R$ 8,3 bilhões para atender a agricultura empresarial. Ainda sobre esse total, R$ 11,7 bilhões serão direcionados para custeio e comercialização e R$ 1,9 bilhão em investimentos.

As linhas de crédito disponíveis vão priorizar projetos de sustentabilidade e aumento de produtividade no campo.

Outra novidade é a digitalização do crédito rural. Os produtores poderão fazer a simulação de financiamento para custeio e investimentos pelo celular. O objetivo é proporcionar comodidade e conforto ao produtor rural ao encaminhar sua proposta sem que precise se deslocar a uma agência.

Participaram da apresentação, Cleiston Oldoni, superintendente Regional do Banco do Brasil em São José dos Pinhais; Elias Zeglin, superintendente da Unidade de Negócios de Varejo do Paraná; e o diretor-presidente do Instituto Emater, Richard Golba.

Fonte: AEN

Turvo lidera o ranking de liberação de recursos

Em formulário divulgado pela Fomento Paraná, entre os 12 municípios pertencentes ao território Paraná Centro, Turvo foi o município que mais liberou crédito aos microempreendedores no primeiro quadrimestre de 2018, com um total de R$ 218.400,00.

O banco do empreendedor oferece esse benefício aos empreendedores informais, profissionais autônomos, microempreendedores individuais, empresas individuais de responsabilidade limitada e microempresas.
O valor vai de R$ 5 a R$ 20 mil para cada empreendedor, valor que pode ser utilizado como capital de giro com prazo de até 36 meses para pagar.

Em formulário divulgado pela Fomento Paraná, entre os 12 municípios pertencentes ao território Paraná Centro, Turvo foi o município que mais liberou crédito aos microempreendedores nesse primeiro quadrimestre de 2018, com um total de R$ 218.400,00. 

Fone 42 3642 2294/ 3642 1145 Prefeitura de Turvo

Polícia Ambiental apreende carabina em embarcação no Alagado da Usina Hidroelétrica de Santa Clara


Na tarde dessa quarta-feira (04), quando em patrulhamento no Alagado da Usina Hidroelétrica de Santa Clara em área pertencente Município de Pinhão, foi avistado uma embarcação artesanal “Caico” e na tentativa de abordagem da mesma foi deslocado em sua direção as margem do alagado, a pessoa que conduzia ao avistar a embarcação da equipe Policial se evadiu para um matagal, não sendo possível sua abordagem, realizada vistoria na embarcação e localizado uma carabina calibre 22 de marca Marlin modelo 6088K USA, número de série 02225232, com 10 cartuchos intactos, sendo a mesma encaminhada para a Delegacia de Polícia de Pinhão para que sejam tomadas as devidas providências.

Fonte: 1º Sgt Aliomar – 5º Pelotão de Polícia Ambiental

CASAL É PRESO PELA PM PASSANDO NOTAS FALSAS EM FOZ DO JORDÃO


Um casal foi preso na tarde de terça-feira (03.07), logo após passar notas falsas em alguns estabelecimentos comerciais no município de Foz do Jordão.

Às 17h00min, uma equipe de policiais militares foi acionada por uma comerciante, proprietária de uma loja na Av. Morro Verde, a qual relatou que um homem chegou no estabelecimento e efetuou a compra de uma camiseta e pagou com uma nota de 100 reais e pegou o troco. 

A solicitante desconfiou que esse dinheiro poderia ser falso e repassou as características do suspeito, que foi abordado em outra loja, onde estava tentando efetuar compras. Na revista pessoal foi constatado que o homem (32) portava dentro de sua carteira, cinco notas de cem reais com características de falsidade. O mesmo disse ser morador do Pinhão e que teria apanhado o "dinheiro" naquela cidade. Relatou também que seu carro estava estacionado nas proximidades, onde se encontrava sua amásia. 

Feita a abordagem no veículo GM Vectra, e constatado que lá estava a mulher (26), que afirmou ser a companheira do abordado. Indagada se com ela havia mais notas, a mesma entregou mais 21 notas de cem reais com indícios de falsidade, as quais estavam escondidas dentro da sua calça. Compareceu ao local outra vítima, onde disse que também recebeu uma nota de cem reais suspeita, entregue pelo indivíduo abordado. 

No automóvel, escondidas dentro de um caderno havia mais nove notas de cem reais com as mesmas peculiaridades. Dada voz de prisão ao casal, os quais foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Federal, em Guarapuava, juntamente com as notas apreendidas.

Fonte: 16º BPM

Sicredi disponibiliza mais de R$ 16 bilhões para o Plano Safra


Somente para os estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro serão ofertados mais de R$ 5 bilhões em crédito rural

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,7 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – está disponibilizando mais de R$16 bilhões em crédito rural durante o Plano Safra 2018/2019, previsto para entrar em vigor em julho. A expectativa é gerar mais de 213 mil operações, entre custeio, investimento e comercialização. Na Safra 2017/2018, que encerra em junho de 2018, o Sicredi deve totalizar a liberação de cerca de R$ 14 bilhões, incluindo os recursos oriundos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Fundo Constitucional do Centro Oeste (FCO). O resultado representa uma previsão de crescimento de 15% em comparação com a Safra anterior.

Para os produtores rurais associados do Sicredi nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro será disponibilizado mais de R$ 5 bilhões, entre custeio e investimento - valor 25% superior à demanda da Safra passada. Com taxas de juros mais atrativas, que reduziram em média 1,5 ponto percentual em comparação ao período anterior, estima-se um aumento de 10% na quantidade de operações realizadas no ciclo 2018/2019.

Do total liberado para custeio, mais de R$ 2 bilhões serão destinados ao financiamento realizado por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp). Cerca de 18% dos mais de 3,7 milhões de associados do Sicredi são ligados ao agronegócio e, desse total, quase 90% são da agricultura familiar.

Para o gerente de desenvolvimento de Crédito da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias, os números demonstram o apoio que o Sicredi oferece ao produtor rural e ao desenvolvimento do agronegócio “Temos o compromisso de dar suporte aos nossos associados, oferecendo a consultoria necessária para orientá-los sobre o crédito mais adequado às suas necessidades, respeitando também as particularidades do crédito rural”, explica.

O Sicredi disponibiliza amplo portfólio de soluções que podem auxiliar o produtor na sua atividade, seja no custeio, investimento ou comercialização. Esse diferencial só é possível graças à proximidade entre a instituição financeira cooperativa e o associado. “O Sicredi oferece crédito responsável, que ajuda a incrementar o agronegócio, apoiando o crescimento do produtor e da comunidade onde ele atua. A ação das cooperativas gera um ciclo virtuoso de desenvolvimento”, finaliza Farias.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.


Michael Bueno

Comunicação e Marketing

Sicredi Planalto das Águas PR/SP

Superintendência Regional – Guarapuava / PR

MOTO FURTADA RECUPERADA E DOIS HOMENS PRESOS POR ASSOCIAÇÃO AO TRÁFICO EM GUARAPUAVA


Na tarde desta terça-feira (03.07), equipes da ROTAM e Rádio Patrulha do 16º BPM realizou a prisão de duas pessoas associadas ao tráfico, bem como a recuperação de uma motocicleta furtada.

Às 18h05min, equipes de policiais militares deslocaram até a Rua Timbiras, Núcleo Paz e Bem, onde segundo denúncia anônima, estaria escondido nos fundos da residência, uma motocicleta Yamaha XTZ, cor preta, produto de furto, e que estaria em posse de um indivíduo, o qual também estaria comercializando drogas no endereço. 

Após a denúncia, equipes de policiais militares deslocaram ao endereço, onde visualizaram a motocicleta denunciada, com placa do município de Ponta Grossa-PR, sendo constatado que a motocicleta é furtada, em data de 28/06/2018. 

Foi procedida a abordagem a residência, sendo localizadas no interior da mesma, o denunciado (23) e outro homem (19), sendo que com o denunciado foi localizado certa quantia em dinheiro trocado e no bolso do outro homem, certa quantia de substancia análoga à Maconha, pesando 3,5 gramas. O denunciado veio a assumir a propriedade da referida motocicleta. 

Diante da denúncia de tráfico, e da droga encontrada com um dos abordados, foi realizada a busca domiciliar, sendo localizada debaixo do sofá, uma sacola plástica, contendo em seu interior 72 pedras de Crack, em uma fenda do assoalho, foi visualizado outras duas sacolas plásticas, que continham em seu interior 1 kg e 11 gramas de Maconha, divididos em diversos pedaços, sendo que certa parte estava armazenado em 15 invólucros plásticos embalados e prontos para a venda, localizados ainda 11 pedras de Crack, embaladas e prontas para a revenda, certa quantia em dinheiro, duas balanças de precisão, um rolo de papel alumínio e um celular LG. Foi dada voz de prisão aos envolvidos e encaminhados, juntamente com a motocicleta recuperada, as drogas e demais objetos apreendidos até a 14ª SDP.

Fonte: 16º BPM

Faleceu em Turvo, Irene Dziubate



Faleceu na madrugada dessa quarta-feira (04), a senhora Irene Dziubate, com 54 anos. Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária. O sepultamento será hoje, em horário a ser designado. 

Informações repassadas pela funerária SerLuto de Turvo. 

Á família enlutada as nossas sinceras condolências.
 

Morre vice-prefeito de Boa Ventura de São Roque


Faleceu na noite dessa terça-feira (03), em Boa ventura de São Roque - PR, o vice-prefeito Leonel Batista de França ( Leonel da Farmácia), com 76 anos. O velório está acontecendo no Salão Paroquial da Igreja Matriz de São Roque.

Leonel Batista de França:

Leonel Batista de França nasceu na comunidade de Quatro de Junho no dia 04 de junho de 1942, filho de Alexandre Batista de França e Ana Rosa Batista.

É o filho mais velho de dez irmãos, Miguel, Pedro, Sebastião, Orlando, Agenor, Adelaide, Madalena, Ezequiel, Cireneu.

Casou-se com Genir Bomfim de França no ano de 1959 com quem teve seis filhos, Davi, Elizeu, Bernadete, Isabel, Marta e Mateus.

Destes seis filhos hoje tem onze netos, Leandro, William, Alex, Alissa, Leticia, Davi, Emanuel, Alexandre, Liliam, Tiago, Elias, e cinco bisnetos Isabela, Ana Luiza, Cecilia, Cassio e Rafael.

Residiu na cidade de Mato Rico onde foi vereador pelo município de Pitanga no ano de 1976.

Chegou ao município de Boa ventura de São Roque no ano de 1978, com seu filho mais velho Davi (falecido) onde montou um posto de medicamentos e atendia a população que o procurava.

Nesta época Boa Ventura de São Roque pertencia ao município de Pitanga, não existia posto de saúde por perto e quase todos os casos de doenças passavam pela farmácia, e alguns casos mais graves acompanhados até o hospital por ele mesmo.

Pensando sempre em atender os doentes que o procuravam, muitas das vezes foi necessário fazer mais do que a sua função para assim, salvar vidas de pessoas que não tinham acesso, nem condições de procurar atendimentos nas cidades próximas.

Fez parte da comissão que ajudou na emancipação do município de Boa Ventura de São Roque em 18 de setembro de 1995 Foi juiz de paz num período de aproximadamente 10 anos Foi o primeiro secretario de saúde do município na primeira gestão em 1997 do prefeito na época Joaquim Domingos dos Santos.

Faz parte da equipe que deu continuidade ao grupo da terceira idade, e na arrecadação de recursos para construção do salão onde hoje o grupo se reúne.

No ano de 2016 concorreu a eleição para Vice-Prefeito pelo partido do PSDB do candidato a Prefeito Edson Flavio Hoffmann do PSB, onde aceitou o desafio e com ajuda da população venceram as eleições, atualmente continua atendendo a população do Município de Boa Ventura de São Roque, Estado do Paraná, agora como Vice-Prefeito para gestão de 2017 à 2020.



Luto Oficial


O SENHOR EDSON FLAVIO HOFFMANN, PREFEITO MUNICIPAL DE BOA VENTURA DE SÃO ROQUE, ESTADO DO PARANÁ, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS.

RESOLVE:

Art. 1º. Fica declarado Luto Oficial e Ponto Facultativo, de três dias, pelo
falecimento do Vice-Prefeito da Cidade de Boa Ventura de São Roque PR,
Leonel Batista de França, devendo a bandeira do Município ser hasteada a
meio mastro, nas repartições municipais.




Com informações da Prefeitura Municipal de Boa Ventura