quinta-feira, 1 de março de 2018

Batida entre três caminhões prende motorista às ferragens na BR-376


Um acidente entre três caminhões deixou um caminhoneiro ferido na BR-376, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, no início da tarde desta quinta-feira (1º).

A batida aconteceu próximo ao Viaduto Santa Terezinha. Por volta das 13h30, o trânsito estava lento na região porque um dos caminhões derrubou a carga de óleo vegetal na pista.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista ferido ficou preso às ferragens. Ele foi levado pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) ao Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais em estado grave, conforme a PRF.

Ainda de acordo com a polícia, a pista estava com trânsito lento por conta de uma batida traseira sem vítimas, cerca de um quilômetro depois do local onde os caminhões bateram.

O motorista de um caminhão carregado com parafina não conseguiu frear a tempo e acabou atingindo um caminhão carregado com óleo vegetal. Em seguida, também bateu contra um caminhão que carregava celulose.

Parte das cargas de óleo vegetal e de parafina vazaram na pista e foi necessário espalhar pó de serra para conter o líquido.

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) também esteve no local para acompanhar a contenção.

A rodovia chegou a ficar com uma faixa interditada para a remoção dos caminhões, mas foi totalmente liberada por volta das 16h.

Fonte: G1 - PR

Sucesso: A Liquida Tudo Loja Tend’Tudo

Assista o vídeo:




Está sendo um sucesso a primeira Liquida Tudo Loja Tend’Tudo que se iniciou neste dia primeiro de março. Muitos consumidores de Turvo e região estão aproveitando os descontos da Loja Tend’ Tudo.

São descontos de 30%, 50% e até 70%, e os produtos são das melhores marcas e qualidade, são produtos da Olympikus, Dakota, Mississipi, Ferracini, Moikana, Dudalina e muito mais. 

O preço de promoção pode ser feito no crediário para 30 dias.

Corre e aproveita, a promoção vai até o dia 15 de março, mas alguns produtos já estão se esgotando. Liquidação de verdade só a Loja Tend’Tudo faz.







Motorista morre após colidir carro em árvore em Irati


Um homem morreu após acidente na BR-153, em Irati. A vítima, Adilson da Silva Ferreira, de 48 anos, conduzia um veículo Ford Fiesta, com placas de Guarapuava, quando saiu da pista e colidiu contra uma árvore. O acidente ocorreu no km 325 + 400 metros da rodovia, por volta das 17 h de quarta-feira, 28.

O motorista seguia sentido Imbituva/Irati no momento do acidente. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não foram encontradas marcas de frenagens na rodovia. O carro invadiu a área de vegetação e colidiu frontalmente contra a árvore.

De acordo com a PRF, após a batida, o motorista ainda conseguiu sair das ferragens e caminhou por aproximadamente cinco metros em direção a mata, onde entrou em óbito.

O corpo de Adilson foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa. Adilson trabalhava como representante comercial na região. Ele residia em Prudentópolis, município onde será velado e sepultado.

Fonte: Radio Najua

Novo mínimo regional passa a vigorar a partir desta quinta



O governador Beto Richa assinou decreto do salário mínimo regional para 2018. As novas faixas salariais variam de R$ 1.247,40 a R$ 1.441,00. O valor foi ajustado conforme o percentual aplicado para o mínimo nacional, conforme determina a Lei 18.766 de maio de 2016, aprovada pela Assembleia Legislativa do Paraná. A mudança vigora a partir desta quinta-feira (1º de março).

O mínimo regional, reajustado em 1,81%, regulamenta o salário de cerca de 1,5 milhão de trabalhadores do setor privado não contemplados com convenções ou acordos coletivos de trabalho. Mesmo a menor faixa do piso salarial no Paraná é 24% maior que o mínimo nacional, fixado em R$ 954,00.

“O piso salarial é uma importante conquista do nosso Estado e concilia tanto os interesses dos trabalhadores como dos empregadores paranaenses. Esta nova tabela consolida o Paraná entre os estados com o maior salário regional do Brasil”, disse o governador Beto Richa.

Para a categoria de trabalhadores agropecuários, florestais e de pesca, o piso sobe para R$ 1.247,40. Para os trabalhadores de serviços administrativos e serviços, vendedores do comércio em lojas e mercados e trabalhadores de reparação e manutenção o piso salarial passa para R$ 1.293,60.

O terceiro grupo, formado por aqueles que atuam com produção de bens e serviços industriais, tem um novo piso no valor de R$ 1.339,80; e o quarto, composto por técnicos de nível médio, passa a receber o valor de R$ 1.441,00.

DATA-BASE – A data-base para reajuste do piso mínimo regional será antecipada em um mês a cada ano, fixando-se em 1º de março em 2018; 1º de fevereiro para 2019 e 1º de janeiro para 2020. A regra foi estabelecida em decreto assinado pelo governador.

Fonte: AEN

Polícia descobre laboratório para produção de maconha em uma casa


A Polícia Civil encontrou um laboratório para produção de maconha em uma casa localizada na zona norte de Londrina, no norte do Paraná, nesta quinta-feira (1°). O imóvel foi encontrado após alguns meses de investigações.

Na operação, foram encontrados 34 pés de maconha, sendo que alguns tinham quase dois metros de altura, 1.250 unidades de LSD dividido em duas cartelas, 756 gramas de maconha já pronta para uso e equipamentos que ajudavam no cultivo da plantas.

Os pés estavam condicionados em cômodos com luzes infravermelhas, aparelhos de ar condicionado, ventiladores e com sistema automático para regar as plantas.

O superintendente da Polícia Civil em Londrina Márcio Ilkiu detalhou que as plantas produzidas no imóvel são de cruzamento genético, e a maconha era potencializada.

"Era uma maconha mais forte, com produção e condicionamento especial. O grama desse tipo de maconha custa entre R$ 30 e R$ 40. No local também encontramos material químico para beneficiamento" , explicou o superintendente.

Ninguém foi preso. As plantas e demais materiais encontrados foram apreendidos e levados à delegacia da Polícia Civil

Fonte: G1 - PR



Estado anuncia R$ 190 milhões para municípios e entidades


O Governo do Estado vai investir R$ 190 milhões em ações de garantia de direitos e em atividades e projetos do programa Família Paranaense, criado para reduzir a pobreza no Estado. O anúncio foi feito pelo governador Beto Richa nesta quarta-feira (28), durante evento realizado no Palácio Iguaçu para liberar recursos para modernização da infraestrutura tecnológica da rede estadual de educação e para novas obras em escolas.
Os recursos para a área social serão da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social e devem ser aplicados ao longo deste ano em todo o Paraná. Segundo a secretária da pasta, Fernanda Richa, para atividades de garantia de direitos e promoção da cidadania de pessoas idosas, com deficiência, mulheres, crianças e adolescentes são R$ 101,8 milhões, que já começaram a ser pagos, e há editais abertos para organizações da sociedade civil que atendem esses públicos. Outros R$ 23,1 milhões serão investidos em equipamentos e veículos e R$ 19 milhões na construção de 31 sedes dos conselhos tutelares.
O Governo do Paraná também vai direcionar R$ 25 milhões para atendimento a pessoas com deficiência. “Muitas entidades sociais têm aproveitado o nosso programa Nota Paraná para angariar recursos extras e, assim, melhorar suas instalações e, consequentemente, o atendimento prestado”, destacou o governador, lembrando que só em recursos próprios o investimento na área social alcança R$ 1,4 bilhão desde o início da gestão.
Fernanda Richa explica que as organizações da sociedade civil são fundamentais para que o serviço alcance a maior parte de pessoas em todo o Estado. “As entidades sociais são nossas parceiras no atendimento àqueles grupos que precisam de apoio. Além de recursos para melhorar a infraestrutura, vamos destinar R$ 6,9 milhões para aquelas que atendem crianças e adolescentes com deficiência”.
REPASSES – As prefeituras que aderiram ao edital 001/2017, do Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedi) começaram a receber os recursos ainda no fim do ano passado, pela modalidade fundo a fundo. Já as entidades sociais que aderiram aos editais 002, 004 e 006/2017, do Conselho do Direito da Criança e do Adolescente (Cedca) irão ter os repasses neste ano.
O atendimento à pessoa idosa completará R$ 5,7 milhões para projetos municipais selecionados pelo Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa. Deste montante, serão pagos R$ 3,8 milhões aos fundos da pessoa idosa dos municípios. Estão previstos mais R$ 4 milhões, para entidades sociais que trabalham com esse público.
Ainda há oportunidade para prefeituras se candidatarem a receber verbas, por duas deliberações do Cedca. As deliberações 107 e 109/2017 destinam, respectivamente, R$ 23,1 milhões para aquisição de carros e equipamentos para conselhos tutelares e R$ 4 milhões para prevenção do uso e abuso de álcool e drogas por crianças e adolescentes. As prefeituras têm até 2 de abril para aderir às deliberações.
INFRAESTRUTURA – Neste ano, também estão previstas as construções de 31 conselhos tutelares no Paraná, com recursos do Fundo Estadual para Infância e Adolescência (FIA). Para esse fim serão destinados R$ 19 milhões.
O Governo do Estado entregará ainda vans adaptadas para pessoas com deficiência para 100 municípios, com investimento de R$ 24 milhões. Os municípios terão a oportunidade de oferecer quatro brinquedos adaptados para pessoas com deficiência. Os parques acessíveis têm previsão de ser instalados em 50 municípios, ao custo de R$ 1 milhão. Cada kit, conta com balanço, gangorra, tirolesa e skate adaptado.
FAMÍLIA PARANAENSE - Pelo programa Família Paranaense, serão R$ 88,3 milhões destinados a garantir boa qualidade de vida, principalmente nos municípios prioritários – com menores índices de desenvolvimento humano. Essas ações vão melhorar as condições de habitação e de renda de famílias.
Destes recursos, R$ 64 milhões serão usados para construção de casas do programa Família Paranaense em municípios prioritários. Mais R$ 4,5 milhões se destinam ao programa de requalificação urbana, que está em implantação em no município de Rebouças.
Também para melhorar as condições de moradia, serão investidos R$ 11,4 milhões no programa Caixa d’Água, em parceria com a Sanepar. Com esse projeto, famílias em vulnerabilidade social garantem abastecimento de água sem interrupção.
AUTONOMIA – A Secretaria da Família vai investir R$ 2,3 milhões para profissionalizar cerca de 3 mil pessoas em 40 municípios, pelo Família Paranaense, em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos. A qualificação profissional será destinada a pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Esses cursos fornecem ferramentas às pessoas para que elas saiam da situação atual, alcançando sua autonomia financeira”, disse Fernanda Richa.
Para ações intersetoriais a famílias de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação foram destinados R$ 6,1 milhões, porém, a prefeitura deve aderir à deliberação até 18 de março. Esse recurso diz respeito ao serviço de Atenção às Famílias de Adolescentes Internados por Medida Socioeducativa (Afai).
ORIGEM – Os recursos são provenientes do tesouro e dos fundos estaduais para a Infância e Adolescência (Fia), de Assistência Social (Feas) e dos Direitos do Idoso (Fipar) com a aprovação dos respectivos conselhos.
Fonte: AEN