sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

PRF apreende quase 800 quilos de maconha na BR-277

VÍDEO


Na manhã de sexta-feira (2), em Céu Azul, na BR-277, agentes da PRF deram ordem de parada a um Dodge Journey de origem paraguaia. O motorista não obedeceu e fugiu. Após cerca de um quilômetro de perseguição, o motorista parou o carro e fugiu.

No carro abandonado, os agentes encontraram vários tabletes de maconha em seu interior, que totalizaram 776,1 quilos da droga.

Em razão dos fatos, a droga e o carro foram apreendidos e encaminhados para a Polícia Judiciária de Matelândia, para o registro do crime.

Fonte: PRF

Acontece neste domingo o Show de Prêmios do Hospital Bom Pastor de Turvo


O Hospital Bom Pastor de Turvo, convida à todos para o sorteio do Show de Prêmios que acontecerá neste domingo, dia 4 de fevereiro, no Salão Paroquial da Igreja Católica de Turvo, que terá início a partir das 14 horas. Quem ainda não adquiriu a sua cartela pode comprar no hospital. 

Haverá bebidas e espetinhos para venda no local. 

Vamos ajudar o hospital, participe!


Prefeito Jerônimo retoma projeto paralisado desde 2013


O Prefeito Jerônimo retoma projeto que se encontrava paralisado desde 2013 junto ao Governo Federal, mostrando a necessidade das comunidades rurais com abastecimento de água potável.

O prefeito recebeu nesta semana, oficialmente, do Senhor José Alexandre, superintendente da Funasa Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no Estado do Paraná, seis novos sistemas de abastecimento de água (poços artesianos) para as comunidades de Cachoeira dos Mendes, Cachoeirinha, Rio Bonito, São Gerônimo, Dodge e Porteirinha.

O convênio para implantação dos novos sistemas foi assinado e será executado nos próximos meses.


Fonte: Prefeitura de Turvo

.

Vem aí o 1º Jantar Tipico Ucraniano em Turvo


O evento acontecerá no dia 10 de março, no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora Aparecida de Turvo.

O lucro do jantar será utilizado para a construção da nova Igreja Ucraniana de Turvo.






Câmara Municipal de Turvo retoma os trabalhos após o recesso e já possui dois projetos em pauta a serem discutidos


A Câmara Municipal retoma os trabalhos após o recesso parlamentar, já com dois projetos de lei em pauta a serem discutidos pelos senhores vereadores, tratando-se no primeiro caso de um projeto de alterações orçamentárias em razão de dificuldades no final do exercício anterior, quando o município não conseguiu certidão negativa, em função de uma divida constatada ainda do ano de 2016, e todos os convênios que estavam sendo preparados para fazer parte do orçamento do ano passado, não foi possível, passando a fazer parte do orçamento deste ano, e nesse caso necessitando haver as alterações orçamentárias. Quanto ao outro projeto, trata-se da reposição salarial dos servidores do município, que terão a inflação do período, incorporado em seus vencimentos.

Para o ano que se inicia os senhores vereadores têm como objetivo o inicio das obras de construção da sede própria do Poder Legislativo, sendo que o terreno para a obra já encontra-se devidamente alocado, sendo próximo a super creche. Para isso já se vem discutindo a questão do projeto, onde o município ofereceu a sua equipe de engenharia para a elaboração do mesmo, e varias reuniões foram realizadas com o senhor prefeito e o setor de engenharia, onde foram definidos as formas de construção, salas administrativas, dependências outras e o plenário, que se tem como objetivo a construção de um plenário com capacidade para duzentas pessoas e que servirá para outros eventos, tais como reuniões ou audiência de outras entidades, podendo o Poder Legislativo estar emprestando o espaço para essas realizações.

Ainda durante o recesso parlamentar o senhor presidente esteve reunido com o chefe do Poder Executivo para a recepção de emenda parlamentar do Deputado Federal Nelson Meurer, entregue pelo seu assessor Paulo Deola, no valor de quatrocentos e cinquenta mil reais, para obras de pavimentação asfáltica e para a secretaria de saúde.

Também o superintende da FUNASA, esteve no município, onde os senhores vereadores puderam participar da assinatura de convênios para implantação de sistema de abastecimento de água em áreas rurais, no valor de dois milhões oitocentos e trinta mil reais e ainda outros convênios para a saúde, que somam mais de seiscentos mil reais.

É nesse intuito que o Poder Legislativo de Turvo, vem trabalhando em conjunto com o Poder Executivo, dando total respaldo aos projetos que são encaminhados e obviamente analisando cada um deles, mas acima de tudo buscando nessa parceria, levar aos munícipes turvenses, cada vez mais obras que venham a solucionar os seus problemas mais frequentes e trazer investimentos na área da saúde e educação, ou seja, em todos os setores.

Homem pede água em uma empresa e se aproveita de situação para dar voz de assalto em Guarapuava


No dia 1º fev. 18, às 14h00min, na Marginal da BR 277, Morro Alto, relatou o solicitante que chegou na empresa de madeiras, uma pessoa vestida de bermuda jeans e moletom preto de estatura alta, moreno, com um veículo GM/ Corsa prata, com para-choque traseiro e dianteiro preto, o mesmo após ter solicitado emprego e pedido um copo de água, sacou uma arma de fogo e anunciou o roubo. O autor levou dinheiro da empresa, sendo efetuadas buscas, porém não foi localizado.

Fonte: 16º BPM

Leilão de bens da Coamo tem veículos com lances a partir de R$ 7 mil


Coamo, maior cooperativa agrícola da América Latina, está leiloando bens como carros, picapes, carrocerias, empilhadeiras e sucatas. Entre os itens ofertados, estão carros com lances a partir de R$ 7 mil.


Os lances podem ser feitos até as 11h de 19 de fevereiro, presencialmente ou pela internet, por meio da página do Superbid, responsável pelo leilão.

Ao todo, são 50 lotes de bens. As picapes têm lance inicial a partir de R$ 13.250 e carrocerias têm preços a partir de R$ 4 mil.

O produto com maior valor inicial é um SUV, com lance mínimo de R$ 61 mil.

Todos os itens estão na sede da Coamo que fica em Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná.

Fonte: G1 - PR

Diretor do Depen confirma presídio com 500 vagas em Guarapuava


O diretor do Departamento Penitenciário do Paraná Luiz Alberto Cartaxo Moura confirmou à Rádio Cultura que um Centro de Triagem com mais de 500 vagas será construído na cidade ainda em 2018. Segundo ele, será utilizada uma tecnologia de construção modular, que permite a realização da obra em poucos meses. A nova unidade penitenciária será construída próximo da PIG e Crag, na região do Condomínio Industrial. O valor previsto é de R$ 25 milhões.

“Nesta semana o engenheiro da Sesp estará fazendo as primeiras verificações sobre a viabilidade de projeto no terreno que está sendo disponibilizado e tão logo isso se conclua nós faremos o processo de aquisição das penitenciárias modulares, que estão prontas na fábrica”, disse o diretor à Rádio Cultura.

Segundo ele, as estruturas do prédio são fabricadas em uma indústria e chegam prontas ao local de instalação. “Basta transportá-las e instalá-las na base construída no terreno”, explicou. O prazo de execução da obra é de quatro meses.

Parte do terreno que deve ser utilizado para obra já pertence ao estado. A proposta é que a prefeitura transfira uma área de uma rua projeta na região para completar a área necessária. Além disso, o setor de engenharia da Secretaria de Estado de Segurança Pública Administração Penitenciária deve confirmar se o local atende as condições necessárias.

Esse mesmo sistema de construção, chamado Siscopen (Sistema Construtivo Penitenciário), que será utilizado em Guarapuava já tem obras concluídas e em uso em outros estados brasileiros. No Paraná outra unidade semelhante está construção no complexo de Piraquara. 

“É um sistema de construção de penitenciárias modulares, a agilidade de construção é muito grande, tem dispensa de licitação porque o tipo de concreto e sistema construtivo é exclusivo dessa empresa, eles tem patente, o que facilita para o estado, porque é uma aquisição direta”, esclareceu Cartaxo.

Não se trata de celas modulares – chamadas shelters, que foram instaladas em outras cidades do estado.

Outras três penitenciárias semelhantes serão construídas em todo estado. O valor orçado é de R$ 85 milhões para quatro obras no Paraná.