segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Faleceu em Turvo, Sueli Merlo


Faleceu por volta das 20h00 dessa segunda-feira (27), no hospital São Vicente em Guarapuava, a senhora Sueli Merlo, com 76 anos.

O velório será na Capela Mortuária de Turvo e sepultamento acontece nesta terça-feira às 17h00.

A senhora Sueli morava no BHH.

Informações repassadas pela Funerária SerLuto de Turvo.

Á família enlutada as nossas sinceras condolências.

Objetos furtados encontram-se na Delegacia de Policia Civil de Turvo à espera do dono


Encontra-se em cartório na Delegacia de Polícia Civil de Turvo - PR, uma Furadeira da marca Bosch 500W 127V de cor verde com estojo, e uma Parafusadeira da marca DWT 9V com carregador 127V de cor verde, objetos esses possivelmente objetos de furto. Quem foi vítima de furto ou roubo e reconhecer esses objetos, entre em contato com a Delegacia de Polícia Civil, e poderá fazer a retirada com a apresentação de nota fiscal ou documentos que comprovem a propriedade.

Atenciosamente Delegacia de Polícia Civil de Turvo - PR

Prevenção das doenças musculoesqueléticas do adulto e do idoso, por meio de exercícios físicos


É comum nos nossos dias observarmos um maior número de pessoas idosas em relação à alguns anos atrás. Isso é explicado pelo aumento da expectativa de vida, tanto brasileira quanto mundial. 

O processo de envelhecimento acarreta perdas gradativas na capacidade funcional, e podemos observar que o idoso passa a apresentar um caminhar mais lento, dificuldade para realizar atividades que antes eram simples de serem realizadas como subir e descer escadas e sentar e levantar de uma cadeira ou levantar do banco de passageiro de um carro, por exemplo. O envelhecer acarreta alterações importantes nos músculos, como diminuição de força e massa muscular, o que explica a redução da capacidade de realizar várias atividades do dia a dia de forma independente.

A realização de exercícios físicos de forma regular pode atenuar essas alterações que ocorrem com o processo de envelhecimento! Os exercícios do tipo resistido, como a musculação, promovem efeitos importantes na função muscular. 

O envolvimento com a prática de exercício físico pode resultar em importantes benefícios psicológicos e fisiológicos, como minimização de estresse, controle de peso corporal, aprimoramento das capacidades cardiorrespiratórias, o que repercute na prevenção de disfunções cardiovasculares e metabólicas, e aumento da função musculoesquelética, promovendo ganho de força e resistência e assim independência na realização das atividades do dia a dia.

Ainda, a prática regular de exercício físico contribui para o aumento da mobilidade e redução do risco de quedas. 

Assim, gostaríamos de deixar uma mensagem: pratique exercício físico de forma regular, não importa a sua idade! O quão ativo você é hoje indicará o quão independente você será quando envelhecer! 

O presente trabalho realizado pelas acadêmicas: Aline da Rocha Nunes de Guarapuava e Samara Machado de Turvo, foi produto da disciplina intitulada “Reabilitação Motora” ofertada no curso de Educação Física da Faculdade Guairacá, sob-responsabilidade da Profª Hilana Rickli Fiuza Martins.

Este texto foi baseado em artigos científicos como:

ARGENTO, Rene de Souza Vianello. Benefícios da atividade física na saúde e qualidade de vida do idoso. Campinas 2010.

COSTA, Eduarda Lubambo; FILHO, Paulo Sérgio de Castro Bastos; MOURA, Mariana de Sousa; SOUSA, Tiago Siqueira de; LEMOS, Andréa; PEDROSA, Márcia Alessandra Carneiro. Efeitos de um Programa de exercícios em um grupo sobre a força de preensão manual em idosas com baixa massa óssea. Arq. Bras. EndocrinolMetab. Recife. n. 56, 2012.

SPIRDUSO, WaneenWyrick. Dimensões do envelhecimento. São Paulo, 2005.

OKAMI, Silene Sumire. O Idoso e a atividade física: Fundamentos e pesquisa. Campinas, SP: Papirus, 2012.

Fonte: Samara Machado

'Botão do Pânico' é lançado no Paraná e vai atender mulheres com medidas judiciais protetivas



governo estadual lançou, na manhã desta segunda-feira (27), um dispositivo chamado de "botão do pânico". Ele será usado por mulheres que estejam com medidas judiciais protetivas. Atualmente, pelo menos 25 mil mulheres no Paraná têm esse tipo de restrição, em que o ex-companheiro não pode se aproximar.

A princípio, 15 cidades – que tenham Guarda Municipal ou Patrulha Maria da Penha – serão atingidas pela medida. Curitiba e municípios da Região Metropolitana estão entre essas cidades.

Se o "botão do pânico" for acionado, a Guarda Municipal ou a Patrulha Maria da Penha será imediatamente mobilizada para atender a situação.

A Justiça de cada um dos 15 municípios listará quais mulheres, consideradas em risco maior, vão receber o dispositivo.

Queixas por agressão na capital

De todas as mulheres que registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) por agressão na capital paranaense, 76% são mães, de acordo com levantamento feito pela Delegacia da Mulher, divulgado na sexta-feira (24).


Entre elas, 11% atribuem aos filhos o motivo para continuar com o agressor. Segundo a polícia, as que responderam ter relação afetiva com quem praticou a violência somam 60%; 61% não dependem financeiramente dele.


Ainda conforme o levantamento, 47,16% das ocorrências registradas são de agressão física e 37,65% de agressões psicológicas e morais.

Casos de feminicídio

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) investiga 407 casos de feminicídio desde março de 2015, quando a lei sobre este crime entrou em vigor, em todo o estado, segundo apurou a RPC. Somente em Curitiba, foram 47 casos, segundo o levantamento feito em outubro.

Feminicídio é um crime de gênero cometido contra mulheres, quando há violência doméstica e familiar, e menosprezo ou discriminação à condição da mulher.

"Infelizmente quando chega no feminicídio, já aconteceram outras violências que compõem um ciclo de violências psicológicas, e, depois, uma lesão corporal, e aí culmina com o feminicídio. Desse número, mais de 90% se refere à violência doméstica e familiar", disse a promotora de Justiça Mariana Mazzo.

De acordo com a promotora, existe, sim, um menosprezo de que as situações nunca vão chegar a alguma coisa grave, de que é só um xingamento ou de que é só uma ameaça. "O que nós percebemos no dia a dia do nosso trabalho é que são ameaças que se concretizam, sim", argumentou.

A promotora destacou ainda que a denúncia é extremamente importante nessas situações. "Essa mulher não deve sofrer calada. Ela deve procurar algum espaço, nem que seja da assistência social e depois também na delegacia".


Por Dulcineia Novaes, RPC Curitiba e G1 PR

Adolescente é estuprada após ingerir bebida alcoólica em Guarapuava


ESTUPRO: No dia 26 nov. 17, às 19h33min, uma equipe policial deslocou até a Rua das Dálias, Trianon, Urgência Municipal, onde encontrava-se para receber atendimento médico uma adolescente (17) acompanhada de seu genitor, tendo esta relatado que encontrava-se na casa de um colega, na data de ontem, onde acabou ingerindo bebida alcoólica e dormindo, acordando em dado momento com um homem em cima da mesma, já consumando o ato sexual, tentando se desvencilhar do mesmo, porém não conseguiu, tendo o autor se evadido do local após o fato. Foram orientados quanto aos procedimentos.

Fonte: 16º BPM

Acidente entre três veículos deixa dois mortos na BR-376



Duas pessoas morreram em um acidente entre dois caminhões e um carro por volta das 19h de domingo (26) em Tibagi, nos Campos Gerais do Paraná, na BR-376.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho passa por obras de duplicação e um dos caminhões, que levava carga de chocolate, não conseguiu frear a tempo e atingiu a traseira do carro, que estava parado no Siga e Pare.

O outro caminhão, que transportava carga de madeira, estava na frente do carro e também foi atingido. Com a batida, o carro ficou prensado entre os dois veículos.

O motorista do caminhão com carga de chocolate e o condutor do carro morreram na hora. O outro caminhoneiro não ficou ferido.

Por causa do acidente, a rodovia ficou interditada por cerca de cinco horas.

Fonte: G1 - PR