segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Divulgado os nomes do mortos no acidente em Cafezal do Sul.



Foi divulgado os nomes dos 20 mortos do acidente na PR-323, em Cafezal do Sul, registrado na manhã desta segunda-feira (31). As vítimas estavam em um ônibus que saiu de Altônia e tinha como destino a cidade de Umuarama.
Os passageiros do ônibus passariam por uma tratamento de catarata em um hospital da cidade. Mas no meio do caminho o ônibus bateu de frente um caminhão de uma empresa de laticínio. O ônibus foi arrastado por alguns metros e pegou fogo. Vinte pessoas morreram e dez ficaram feridas. O motorista do caminhão também morreu.
Até o momento apenas um corpo foi liberado. E segundo o Instituto Médico Legal de Umuarama, somente exames de DNA poderão identificar as outras 18 vítimas. Este processo de exame e liberação de corpos pode durar entre 30 e 40 dias.
O prefeito de Altônia Amarildo Ribeiro Novato decretou luto oficial por três dias em decorrência do acidente e liberou o Ginásio de Esportes da cidade para o velório das vítimas, mas com a demora de liberação dos corpos pode não ser necessário o uso do espaço.
Veja os nomes das pessoas que morreram no acidente:
– Alcides Rosa
– Alzira Domingues Boiani Clementino
– Antonio Camilo Trentin
– Antônio Itikawa
– Aparecida de Alexandre Silva
– Arlindo Carraro
– Cezina Lorenconi Rossi
– Ernesto Pingoello
– Florinda Ramos dos Santos
– Leonor Sanches Gazola
– Maria Fernandes de Paula
– Norival Rosa
– Virgílina Tenório Martins
– Iolanda Clementino
– Geni dos Santos
– Elza Alencar Bezerra
– Maurício Alencar Bezerra
– Amabile da Silva Lima
– Audina Carraro
– Sérgio Scravanato (motorista do caminhão) LIBERADO


Lista dos passageiros feridos e que permanecem internados
– Laudecir de Paula
– Bruno Teixeira Ferrarini (motorista)
– Itamar Maraston de Mattos
– Rosa Aparecida Arques
– Rosilene Geralda dos Santos
– Antonio Garcia de Mattos
– José Maria Freitas Soares
– Claudete Brasilino Tenório Martins
– Maria Moura Barbosa Arques
– Laisa Maura dos Santos

Em Guarapuava, a equipe do Lojão do Braz Turvo/FarmaTotal, vence o Entre Rios na 3ª Copa Maickel Competições de Futebol Society.

Equipe: Lojão do Braz Turvo/FarmaTotal

Nesse domingo, 30 de outubro, Jogando pela 4ª rodada da 3ª Copa Maickel Competições de Futebol Society, a equipe do Lojão do Braz Turvo/FarmaTotal venceu a equipe de Entre Rios pelo placar de 07 x 04.

Confira os resultados da rodada e classificação abaixo:



Clique na imagem:



Equipe: Entre Rios





Vem aí o grande show com Renan & Ray em Santa Maria do Oeste.




Neste domingo tem festa na comunidade de Cachoeira dos Turcos/Turvo.






CORRIDA E CAMINHADA DIVAS DO ASFALTO REÚNEM MIL ATLETAS.



O grupo de corrida Divas do Asfalto, em parceria com a Prefeitura de Guarapuava, realizou nesse domingo (30) a segunda edição da Corrida e Caminhada de Combate ao câncer. No total, foram 706 mulheres e 294 homens inscritos. Mesmo com o vento forte e a temperatura baixa, os participantes estavam animados para começar as atividades. Carla Azevedo saiu cedo de casa e veio com as amigas participar da corrida. “Essa é a primeira vez que venho a uma corrida. Eu costumo caminhar nos fins de semana no Parque do Lago, mas não estou acostumada a correr. Quando vi o anúncio da corrida logo pensei que esse poderia ser o impulso que eu preciso pra aumentar o ritmo e ter mais esporte na mina vida”, conta Carla.

O evento aconteceu no empreendimento Cidade dos Lagos (CILLA) e os participantes puderam conhecer o ambiente e ver como está o andamento das obras do Shopping Cidade dos Lagos. “As ruas aqui são largas e com uma infraestrutura muito boa. É, sem dúvidas, uma ótima opção para quem pratica corrida, caminhada e ciclismo”, destacou o prefeito Cesar Silvestri Filho.

Todos os atletas receberam uma medalha de participação e participaram do sorteio de brindes. Os cinco primeiros colocados, nas categorias masculino e feminino, receberam troféu e premiação em dinheiro.



Proibição de pesca a espécies nativas começa terça-feira no Paraná.


A pesca de espécies nativas estará proibida a partir desta terça-feira (01) em todos os rios do Paraná devido à piracema, época em que a maioria das espécies se reproduz. Até o dia 28 de fevereiro de 2017, espécies como dourado, lambari, bagre, jaú e pintado, entre outras, estarão protegidas, de acordo com instrução do Ibama (nº 25/2009), e reforçada no Estado por portaria do IAP (nº 206/2016).

"No período da piracema, fiscais de todas as regionais do IAP e da Polícia Ambiental irão reforçar a fiscalização nos locais onde há maior concentração de pescadores e registros de infrações ambientais", diz o diretor de Proteção e Emergências Ambientais, José Antonio Faria de Brito. 

Além da pesca, também serão fiscalizados o transporte e a comercialização de pescados, e quem descumprir as restrições pode responder por crime ambiental. Transportadores e estabelecimentos comerciais, como peixarias e supermercados, precisam apresentar declaração de seu estoque nos escritórios regionais do IAP para que as espécies nativas possam ser comercializadas.

Durante o período da piracema, a pesca embarcada de peixes nativos será permitida somente em reservatórios artificiais, e a pesca de espécies consideradas exóticas – aquelas que foram introduzidas no meio ambiente pelos seres humanos, como bagre-africano, apaiari, black-bass, carpa, corvina e outras – não faz parte da restrição. 

Também estão permitidos os campeonatos e gincanas de pesca em águas continentais, desde que o animal capturado seja devolvido.

"No caso da pesca de espécies exóticas, há uma contribuição com o meio ambiente, pois trata-se de espécies invasoras e extremamente carnívoras que acabam por destruir a fauna nativa", explica o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. 

MULTA - A pessoa que for flagrada pescando em desacordo com as restrições determinadas pela portaria será enquadrada na lei de crimes ambientais. 

A multa é de aproximadamente R$ 700,00 por pescador e mais de R$ 20,00 por quilo de peixe pescado. Além disso, o produto da pesca e materiais como varas, redes e embarcações poderão ser apreendidos pelos fiscais.

Richa afirma que manterá apoio do Estado aos municípios.

O prefeito eleito nas últimas eleições em Turvo, Jerônimo Gadens do Rosário, esteve participando do evento em Londrina: 

O governador Beto Richa se reuniu nesta sexta-feira (28), em Londrina, com cerca de 50 prefeitos, eleitos e reeleitos, de municípios das regiões Norte, Norte Pioneiro, Vale do Ivaí e Baixo Paranapanema. Ele destacou a parceria do Governo do Estado com as prefeituras e garantiu a continuidade do apoio às gestões municipais. 

“A diretriz de toda a nossa gestão foi o municipalismo, porque entendemos que é nas cidades que as pessoas vivem e é onde precisamos investir para garantir o bem-estar de todos os paranaenses”, afirmou o governador. “Vamos trabalhar ao lado dos prefeitos e prefeitas.” 

O encontro foi organizado pelo deputado federal Alex Canziani e contou, também, com a presença de vereadores e vices-prefeitos, além dos deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli e Alexandre Curi e do secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita. 

De acordo com Richa, a previsão do Governo do Estado é prosseguir investindo em 2017. Ele ressaltou, porém, que a crise econômica nacional exige parcimônia das administrações e controle dos gastos. “Diante da perspectiva de diminuição das receitas, precisamos ser responsáveis. Não há mais espaço para a demagogia e para atender a outros interesses que não seja o público”, afirmou. 

TRANQUILIZA – Para o prefeito eleito de Cambé, José do Carmo, a garantia de apoio aos municípios tranquiliza quem vai começar uma nova gestão. “Sabemos que há dificuldades em todos as esferas da administração pública, mas temos que trabalhar coletivamente”, disse. “Com os programas e projetos apresentados pelo governador há uma motivação para que possamos trabalhar ainda mais com as nossas comunidades”, destacou. 

Reeleito para a prefeitura de São José da Boa Vista, Pedro Sérgio Cronéis, ressaltou a parceria já existente com o governo estadual. “O governo foi o mais importante parceiro de nossa cidade, que é pequena. O apoio nos proporcionou fazer a reforma de hospitais, pavimentar estrada rural e vias urbanas, comprar ambulância e construir uma escola municipal”, disse Cronéis. “A garantia de manter essa parceria é muito importante, faz com que almejemos novos projetos”, completou.


CAD E COPAGRIL SE ENFRENTAM HOJE, PELA 7ª VEZ NO ANO.



O Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal, joga hoje (31/10/2016), às 20h10 na cidade de Marechal Cândido Rondon, contra o Copagril, partida válida pelo returno da segunda fase do Campeonato Paranaense da Chave Ouro.

Guarapuava e Marechal já se enfrentaram pela seis vezes no ano, e a equipe Rondonense venceu 4 vezes, teve um empate e o Cad venceu apenas um jogo.

Os relacionados para o duelo são os seguintes:

Goleiros: Marcão e Lucas Santos

Fixos: Giovanni, Cesinha, Cristian e Matheus Neto.

Alas: Edimar, Jé, Selbach, Renan Diego e Daniel Feitosa.

Pivôs: Douglas Jesus, Barbosa e Tuiu.

Faltando duas rodadas para o término da segunda fase, a classificação é a seguinte:

1º Marreco com 12 pontos em 7 jogos.

2º Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal com 12 pontos em 6 jogos.

3º Marechal Cândido Rondon com 11 pontos em 6 jogos.

4º Cascavel Futsal com 8 pontos em 8 jogos.

5º Paranavaí com 4 pontos em 7 jogos.

ASSESSORIA CAD/ FOTO BLOG DO ALENCAR DE SOUZA

Campanha de vacinação contra aftosa começa nesta terça-feira.


A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) inicia a segunda campanha de vacinação contra febre aftosa nesta terça-feira (1º), devendo prosseguir até o dia 30. A partir desta segunda-feira (31), as doses de vacinas já estarão disponíveis no mercado. 

Nesta etapa serão vacinados os animais de todas as idades, devendo atingir 9,2 milhões de cabeças, que é o rebanho de bovinos e bubalinos previsto no Estado. Os produtores devem vacinar e comprovar a vacinação no período de 1 a 30 de novembro. 

A estratégia da Adapar é atingir um índice de vacinação acima de 95% do rebanho e para isso vai intensificar a fiscalização e acompanhamento nas propriedades, explica o gerente de Saúde Animal da Adapar, Rafael Gonçalves Dias. 

Para o trabalho de fiscalização nas propriedades e controle da movimentação de animais no Estado, a Adapar vai contar com a colaboração dos Conselhos Municipais de Sanidade Animal (CSAs). 

Quem não vacinar e/ou não comprovar a vacinação será multado de acordo com o número de cabeças não vacinadas, mas com um valor mínimo de 10 UPFs (Unidade Padrão Fiscal do Estado), que equivale a R$ 91,57 cada uma. 

Quem tem até 10 cabeças de gado e não vacinar e/ou não comprovar a vacinação no período recomendado será multado em R$ 915,70. Acima de 10 cabeças vai incidir o valor mínimo da multa mais uma UPF por cabeça não vacinada. 

FISCALIZAÇÃO - A Adapar conta com equipes de fiscais em 135 unidades espalhadas pelo Estado, com médicos veterinários e assistentes de fiscalização. No final de 2015 houve um reforço de 47 médicos veterinários admitidos em concurso público realizado recentemente, resultando num efetivo de 132 profissionais em campo para fiscalização durante a campanha. Além disso tem os assistentes de fiscalização. 

Segundo Rafael Gonçalves Dias, serão fiscalizadas inicialmente as propriedades com maior risco para o ingresso do vírus da doença, como aquelas que tiveram maior movimentação com entrada ou saída de animais. O controle do trânsito é feito através das GTAs (Guia de Trânsito Animal) e toda essa movimentação é controlada. 

A partir da semana que vem, nenhuma movimentação animal será permitida sem a vacinação e/ou comprovação da vacinação. A exceção será para os animais para abate e os produtores têm 60 dias para envio dos animais para o abate após campanha. Todo esse processo é acompanhado pelos fiscais da Adapar, explicou Dias. 

Segundo ele, é feito um acompanhamento por amostragem e uma contagem sobre a relação de animais que foi declarada na campanha passada, considerando a entrada e saída de cabeças da propriedade.

Acidente com ônibus deixa 20 mortos e vários feridos.



Vinte pessoas morreram e vários ficaram feridas após uma acidente entre um ônibus e um caminhão na rodovia PR-323, em Cafezal do Sul, no noroeste do Paraná, na manhã desta segunda-feira (31). A informação dos óbitos foi confirmada pelo aspirante Felipe Pacheco, do Corpo de Bombeiros de Umuarama.

Do total de mortos, um era motorista do caminhão e 19 estavam no ônibus. Destes, 18 morreram carbonizados e uma mulher sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ainda conforme o aspirante Felipe, a equipe de resgate tentou reanimá-la por mais de uma hora, mas ela não resistiu.

O aspirante do Corpo de Bombeiros informou ainda que nove pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao hospital Cemil, em Umuarama. No entanto, às 9h, o hospital informou que quinze feridos eram atendidos pela equipe médica, sendo que três estavam em estado gravíssimo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o ônibus pertencia a Secretaria Municipal de Saúde de Altônia.

A Defesa Civil de Cafezal do Sul informou que o caminhão estava carregado com leite. Com o impacto da batida, os veículos pegaram fogo.

De acordo com o secretário de Saúde de Altônia Edson dos Santos Souza, o ônibus levava pacientes para Umuarama. Parte deles faria cirurgia de catarata no hospital de Olhos e os demais eram acompanhantes.

"Foi fechado um dia no hospital para levar esses pacientes. O ônibus saiu de Altônia por volta das 5h30, e no meio do caminho ocorreu o acidente", detalhou o secretário de Saúde. Souza ainda detalhou que o ônibus foi adquirido pelo município em 2015. Veja mais...

Fonte: G1 PR


Dois homens amarraram uma senhora de 62 anos e levaram dinheiro da vítima em Palmital.


ROUBO – CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO:
No dia 30 de outubro de 2016 às 12h10min, a equipe Policial Militar de serviço deslocou ate a uma localidade área rural, onde após solicitação onde o mesmo relatou que sua cunhada teria sido vitima de roubo, no local em conversa com a vitima uma Senhora de 62 anos, a mesma relatou que, por volta das 08:00 horas, dois masculinos, sendo um de pele clara e estatura baixa, e outro de estatura alta e magro, ambos encapuzados, adentraram em sua residência e lhe amarraram, onde um deles estava de posse de uma arma de fogo, e por varias vezes lhe ameaçaram de morte, ficaram cerca de 2 horas no interior da residência e levaram certa quantia em dinheiro, relata a mesma que antes de saírem, lhe desamarraram e lhe ameaçaram novamente, falando que não era para a vitima acionar a Policia, e para que a mesma saísse somente por volta do meio dia. Feito patrulhamento na região, porem nenhum suspeito localizado. Orientado a vitima.