sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

CURSO DE ESPANHOL É NA UNICENTRO - (PROMUL - Programa Multicultural de Línguas)



As inscrições já estão disponíveis!
Inicio das Aulas 07/03/2015
Acesse o link http://www2.unicentro.br/proec/linguas , e demais informações (material didático, teste de nivelamento, calendário etc)
CAMPUS SANTA CRUZ 
Espanhol I Terça-feira – 8h30min às 12h
Espanhol I Quarta-feira – 13h30min às 17h
Espanhol I Sábado – 8h30min às 12h
Espanhol I Quarta-feira – 19h às 22h10min
Espanhol I Sexta-feira – 19h às 22h10min
Espanhol II Segunda-feira – 19h às 22h10min
Espanhol III Segunda-feira – 19h às 22h10min
Espanhol IV Quinta-feira – 19h às 22h10min
Espanhol Conversação* Sábado – 13h30min às 17h

DOMINGO ALMOÇO E TARDE DANÇANTE NA IGREJA UCRANIANA DE TURVO


Quatro cidades da região poderão ficar sem água no final de semana




Quatro cidades atendidas pela Sanepar na região poderão ter abastecimento afetado neste final de semana por causa de serviços de manutenção nas redes das concessionárias de energia elétrica. Lembrando que a Sanepar precisa de energia elétrica para operar todos os seus sistemas e, por isso, quando ocorre queda de energia ou interrupção para manutenção, os serviços da Sanepar são afetados.

As cidades que poderão ter o abastecimento prejudicado por causa da interrupção no fornecimento de energia são as seguintes, nos seguintes dias e horários:

PITANGA, sábado, dia 7, interrupção de energia das 13h30 às 18h30, podendo ser afetados os bairros Pitanguinha, Parque São Basílio, Santa Regina e Centro.

GUARAPUAVA, domingo, dia 8, interrupção de energia das 8h ao meio-dia, podendo ser afetados os seguintes locais: São Cristóvão, Apae Rural e Industrial na BR-277.

CAMPINA DO SIMÃO, domingo, dia 8, das 8h às 13h30, podendo ser afetada a cidade toda.

SANTA MARIA D'OESTE, domingo, dia 8, das 8h às 13h30, podendo ser afetada a cidade toda.

As concessionárias de energia informam que os serviços podem vir a ser cancelados, sem aviso prévio, devido a condições atmosféricas. Nesse caso, não havendo realização dos serviços de manutenção na rede de energia elétrica, também não haverá interrupção no fornecimento de água.

A Sanepar pede aos clientes que façam reservação previamente e, durante o período de realização dos serviços, façam uso racional da água e priorizem o consumo humano.


Assessoria Sanepar

Professores e servidores farão assembleias para decidir sobre greve na Unicentro no dia 11

Cortes de verbas e perda de direitos fundamentais conquistados nos anos 70, como é caso do adicional por tempo de serviço, estão entre os pontos de maior discussão de professores e funcionários


Ouça na reportagem de Luan Chagas. Para ouvir, clique no link abaixo:


Os professores e funcionários da Unicentro deverão aderir à greve ao lado de outras categorias no Estado do Paraná nos próximos dias. O Sintesu, dos servidores administrativos e a Associação dos Docentes, marcaram as assembleias para o dia 11. Desde outubro do ano passado, a instituição sofre cortes de verbas da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, tanto nos repasses, como na verba destinada para custeio, para compra de materiais de expedientes. Em 2014, foram repassados apenas 40% dos R$ 10 milhões necessários e garantidos em Lei. Não havia giz branco no fim de ano em diversas salas de aula, segundo relatos de estudantes e professores.

Com pacote de austeridade anunciado pelo Governador Beto Richa e encaminhado à Assembleia Legislativa em duas mensagens que afetam questões como progressões de carreira, pagamento de férias e outros direitos trabalhistas, a Unicentro deve decidir pela Greve. As duas categorias também vão cobrar posicionamentos dos deputados estaduais de Guarapuava, Artagão de Mattos Leão Júnior (PMDB), Bernardo Ribas Carli (PSDB) e Cristina Silvestri (PPS) quanto à votação dos projetos.

Para o presidente da Adunicentro, professor Denny Willian, a aprovação das mensagens afetará direitos fundamentais, além de interferir na qualidade de ensino da universidade. “A gente questiona essa estratégia do governo de colocar votações de tamanha importância às vésperas do carnaval, pois não há tempo hábil para discussão, estamos muito preocupados com o posicionamento dos deputados Artagão Júnior, Bernardo Carli e Cristina Silvestri nesse contexto, já que vai haver um prejuízo muito grande a todos os servidores”, argumentou.

No caso dos funcionários, o presidente do Sintesu, Amauri Gumiero de Lara afirmou que nunca houve um clima tão negativo na universidade que deve aderir à greve. “Nunca se esteve tão propenso a uma greve como está tendo hoje, pois são prejuízos financeiros quanto ao terço de férias que ainda não foi pago, como prejuízos na carreira que retiram questões conquistadas a 40 anos, como é o caso do adicional por tempo de serviço é que de 1970 e numa dessas mensagens tem a perda desse direito”, afirmou.

As universidades estaduais de Ponta Grossa (UEPG) e do norte do Paraná (Unespar) já aderiram à greve por tempo indeterminado.

Fonte: www.centralcultura.com.br

Lerner e concessionária são punidos por aditivo em contrato de pedágio

Justiça Federal condenou o ex-governador do Paraná por improbidade.Trechos de rodovias foram cedidos sem licitação em 2002.
Do G1 PR


A Justiça Federal condenou o ex-governador do Paraná Jaime Lerner, a concessionária Caminhos do Paraná e outras sete pessoas por improbidade administrativa. Eles foram condenados pela assinatura de um aditivo de contrato que ampliou os trechos de rodovias concedidos pelo Estado à empresa, sem o estabelecimento de uma licitação. O aditivo data de 2002.

A decisão da juíza substituta Thais Sampaio da Silva, da 1ª Vara Federal de Curitiba, ainda determina a suspensão da cobrança de pedágio no município da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, além de anular um trecho da concessão da BR-476. Estas determinações ficam suspensas, porém, até que se esgotem as possibilidades de recursos.

Segundo o despacho, em 1997 a União repassou ao Estado do Paraná a administração de trechos de rodovias federais do estado. No mesmo ano, licitações foram realizadas, e a Caminhos do Paraná sagrou-se vencedora de um dos lotes – passando a administrar cerca de 300 quilômetros das rodovias BR-277 e BR-373.

Contudo, em 2002 foi assinado um termo aditivo que concedeu mais 80 quilômetros da BR-476 e da PR-427 sem prévia licitação. A sentença observa que as defesas alegaram que a inclusão ocorreu para promover um “reequilíbrio econômico-financeiro”, que implicaria em não aumentar o valor da tarifa do pedágio.

Assim, Lerner teve os direitos políticos suspensos por cinco anos, além de ter sido condenado a pagar multa de 40 vezes o valor que recebia à época como governador do Paraná. Já a Caminhos do Paraná fica proibida de contratar com o Poder Público por três anos.

O G1 falou com o advogado de Lerner, Cid Campêlo, que se afirmou “indignado” com a divulgação da sentença. “Quero registrar minha indignação com a Justiça Federal que divulgou a sentença através da imprensa, ao invés de publicar e intimar as partes a tomar conhecimento da decisão. Estou esperando a intimação, não tenho conhecimento da decisão” reclamou.

Já a assessoria de imprensa da Caminhos do Paraná não foi localizada para comentar a condenação.

Fonte: g1.globo.com/pr

ASSOCIADO DA CRESOL VALE DAS ARAUCÁRIAS, PEÇA SEU CUPOM E CONCORRA A UM CARRO 0KM DO 7° FESTIVAL DE PRÊMIOS DA ACET

A CRESOL TURVO, está participando da Campanha do 7º Festival de Prêmios da ACET. Associação Comercial Empresarial de Turvo

Nessa Sexta, 06 de Fevereiro, o Carro da Promoção está exposto em frente à CRESOL, você amigo cliente poderá visitar, conhecer o carro, contratar um dos serviços oferecidos pela Cresol, pedir seu cupom e concorrer a 01 VW UP! 0 km, 01 Vale Compras de R$ 1.000,00 e 03 Vales Compras de R$ 500.00.

Durante a Campanha, que vai até 01 de Março de 2015, o carro ficará exposto em frente às lojas participantes. Se você amigo lojista, quiser a visita do Blog do Elói, faça como a Cresol entre contato, fone 42-9132-6466 ou eloimattos2010@hotmail.com.