quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Zeca Dirceu alerta sobre prazos para adesão de programas federais

O ano de 2014 começou com grandes oportunidades para todos os municípios brasileiros. O Governo Federal tem oferecido recursos e apoiado o desenvolvimento de programas que visam a promoção de diferentes áreas, entre elas educação, saúde, cultura e assistência social. Em algumas dessas ações, municípios já foram contemplados, sendo que em outras ainda passam por processo de inscrição, cadastramento e prestação de contas. Por isso, é essencial, aos gestores municipais, se atentar aos prazos e não deixar que chances que possam melhorar a qualidade de vida da população sejam perdidas.

O deputado federal Zeca Dirceu tem apoiado o desenvolvimento dos municípios paranaenses, contemplando suas necessidades e influenciando procedimentos para a garantia de investimentos em diferentes áreas. O parlamentar reforça o compromisso na busca por conquistas. “Não medimos esforços para ver o Paraná avançar e continuaremos estreitando laços e defendendo melhorias à população com os diversos programas federais que estão disponíveis”, comenta.

EDUCAÇÃO E CULTURA

Já foi divulgada a primeira lista de escolas contempladas pelo Programa Mais Cultura nas Escolas. A iniciativa é uma parceria entre os ministérios da Educação, da Cultura e do Desenvolvimento Social. Entre os objetivos está o de promover a circulação de manifestações culturais nas instituições de ensino, favorecendo a formação dos jovens matriculados na rede pública.

Além da primeira listagem divulgada, outras duas devem sair até março. A previsão é a de que mais de 5 mil escolas de todo o Brasil sejam contempladas. Essas unidades desenvolverão ações culturais intra e extra-escolares, com um investimento de R$ 100 milhões. Informações e o acompanhamento do programa podem ser conferidos no portal do Ministério da Cultura, www.cultura.gov.br.

Na área da educação, outra ação importante é a oportunidade de capacitação de agentes técnicos para prestação de contas online. A partir do dia 23 de fevereiro, o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) volta a oferecer oficinas para sanar dúvidas quanto ao lançamento de dados no Sistema de Gestão de Prestação de Contas (SiGPC). A medida é importante, já que erros de preenchimento podem impedir a liberação de recursos.

SAÚDE

Os municípios que possuem obras de construção, reforma e ampliação de UBS (Unidade Básica de Saúde), contemplados entre 2009 e 2012, terão até o dia 14 de março para inserir a Ordem de Serviço no sistema. A prorrogação do prazo foi definida conforme portaria publicada em 26 de dezembro.

A nova oportunidade é valiosa e deve ser observada, para que os municípios não tenham a proposta cancelada e precisem devolver o valor já recebido ao Fundo Nacional de Saúde.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Quem também tem um novo prazo são os municípios e estados que ainda não prestaram conta dos recursos federais destinados à assistência social em 2012. A nova data é 31 de janeiro e o formulário pode ser preenchido no portal do Ministério Do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, http://www.mds.gov.br.

O Programa Prefeito Amigo da Criança também está com inscrições abertas até o dia 28 de fevereiro. Promovida pela Fundação Abrinq, a iniciativa mobiliza e apoia tecnicamente os municípios na implementação de ações e políticas que resultem em avanços na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes, além de identificar e reconhecer os gestores que atuaram em prol desse ideal.

Polícia do Paraná está “na pendura” desde outubro

 Governo atrasou repasse de R$ 4,7 milhões a delegacias. Para trabalhar, titulares e policiais compram itens do dia a dia fiado ou pagam do bolso
O aperto nas contas promovido pelo governo do Paraná no último trimestre de 2013 tem causado reflexos drásticos às forças policiais do estado. As mais de 450 delegacias da Polícia Civil estão operando sem recursos para manutenção desde outubro do ano passado. Sem receber os repasses do fundo rotativo – verba destinada à compra de itens básicos, como material de escritório, higiene e limpeza, combustível e comida para presos –, o pagamento a fornecedores está atrasado. Com as corporações no vermelho, delegados têm tirado dinheiro do bolso ou negociado a “pendura” das dívidas diretamente com os comerciantes.
O governo do estado confirma que a dívida soma R$ 4,7 milhões, referentes aos meses de outubro, novembro e parte de setembro. O repasse de dezembro deve ser feito ainda em janeiro. As despesas do fundo giram em torno de R$ 2,5 a R$ 3 milhões por mês. O valor destinado a cada delegacia varia de R$ 1,3 mil a R$ 40 mil, de acordo com o tamanho e o volume de trabalho de cada uma. As 246 delegacias localizadas em cidades que são sede de comarca recebem diretamente o dinheiro. As unidades menores recebem o recurso das comarcas a que estão vinculadas.
 Fonte:  http://www.gazetadopovo.com.br/

Policia Civil divulga fotos da carroceria do caminhão onde motorista fugiu após acidente com morte no trevo de Pitanga

Essas são fotos da carroceria e da capa dos parafusos da roda do caminhão que se envolveu no acidente que resultou na morte de um jovem Pitanguense.
 
Após a batida, o motorista fugiu do local, a policia civil trabalhou toda madrugada, mais o caminhão não foi localizado.
O acidente foi ás 22:30rs dessa segunda-feira (20), um jovem morador do Arroio Grande Santo Antonio, interior de Pitanga morreu ao bater em um caminhão, o motociclista é o jovem Alisson Nieduziak 20 anos.
Caso você tem alguma informação que possa chegar ao caminhão, entre em contado pelo telefone: 042-3646-1137 Policia Civil, ou 190 Policia Militar de Pitanga
Fonte: http://www.joneifarias.com.br/

Polícia captura mais um foragido das carceragens da 14a SDP


Isaque Kenedy Telles Taques, vulgo “Bomba” é o segundo capturado em uma semana; Outros 13 continuam foragidos

A Polícia Civil capturou hoje Isaque Kenedy Telles Taques, vulgo “Bomba”, um dos foragidos das carceragens da 14a SDP. A prisão aconteceu por volta da 1h50 e é a segunda nesta semana, já que no domingo, a PM conseguiu encontrar o detento Hemerson Padilha. Os setores de inteligência das Polícias Civil e Militar continuam procurando outros 13 presos.
A fuga na Cadeia Pública se une aos problemas que enfrenta o sistema carcerário no Paraná. Segundo alguns familiares de presos que estão no local, nada mudou após a rebelião que aconteceu em junho de 2013.
O principal problema das carceragens é a superlotação. Nas duas galerias que possuem 16 cubículos cada uma estão 281 encarcerados, quando a capacidade é de 145 presos. Já condenados e que deveriam ser encaminhados para uma Penitenciária são 45 homens e sete mulheres.
Confira os nomes dos fugitivos:
Luan de Lima Santos
Edson Ricardo Betim Padilha
Helison Eniel de Oliveira
Ilson José Marcondes
Liziel José Lourenço
Jeoberto Carlos dos Campos
Maicon Willian dos Santos
Luiz Henrique Correa
Antonio Carlos Almeida Moreira
Adão Alves da Silva
Anderson dos Santos
Tiago Marcos Klein
Fonte: http://centralcultura.com.br/