terça-feira, 3 de agosto de 2021

Grave acidente deixa 5 mortos entre Toledo e Assis Chateaubriand



Um gravíssimo acidente de trânsito envolvendo um VW Gol, com placas de Jesuítas e um Bitrem foi registrado no início da noite desta terça-feira (03), na PR-317, próximo a COMPOSTEC, entre Toledo e Assis Chateaubriand.

Segundo as primeiras informações, três mulheres e dois homens ocupavam o Gol, que teria colidido frontalmente com a carreta.

Informações ainda extra-oficiais indicam que todos morreram no local. O Gol é de propriedade da Secretaria de Saúde de Jesuítas.

Fonte e foto: www.toledonews.com.br

Turvo ultrapassa a marca de 60% da população vacinada contra a Covid-19



Nesta terça-feira (03), Turvo ultrapassou a marca de 60% da população vacinada contra a Covid-19. São mais de 7900 pessoas que receberam a primeira dose do imunizante, que dentre elas, 365 receberam a vacina de dose única.

2862 pessoas já receberam, também, a segunda dose. Representando cerca de 22% da população totalmente imunizada.

Durante a manhã desta terça-feira (03), a vacinação ocorreu na UBS Iracy de Campos (sede), para pessoas com 28 anos ou mais.

Nos pontos de vacinação da Saudade, Cachoeira dos Turcos e Passa Quatro, a vacinação continua até às 17h. Já quarta-feira (04), a vacinação segue na UBS Faxinal da Boa Vista, a partir das 13h.

Capela Mortuária do Distrito de Faxinal da Boa Vista é entregue á comunidade

 

Prefeitura de Turvo entrega mais uma obra para a população. Nesta terça-feira (03), foi realizado o ato de entrega oficial da Capela Mortuária Faxinal da Boa Vista, que teve investimento de R$ 96.933,81 advindos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - FINISA.

Estiveram presentes no ato, o Prefeito Jerônimo, Vice Aroldo, Presidente da Câmara de Vereadores Josnei Neves, e os vereadores Cristoforo Keniar, Evanilson Miranda, Antônio Schinemann, Adevilson Dias Machado e Eraldo Mattos.



Fonte e fotos: Prefeitura de Turvo


Paraná registra mais 3.069 casos e 141 mortes pela Covid-19



A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (3) mais 3.069 casos confirmados e 141 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas.

Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.379.780 casos confirmados e 35.227 óbitos.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de janeiro (20), fevereiro (15), março (87), abril (78), maio (244), junho (126), julho (1.418) e agosto (1.081) de 2021.

INTERNADOS – O informe relata que 1.111 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 839 pacientes em leitos SUS (489 em UTIs e 350 em enfermarias) e 272 em leitos da rede particular (133 em UTIs e 139 em enfermarias).

Há outros 1.475 pacientes internados, 744 em leitos de UTI e 731 em enfermarias, que aguardam resultados de exames. Eles estão nas redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Secretaria da Saúde informa a morte de mais 141 pacientes. São 60 mulheres e 81 homens, com idades que variam de 25 a 99 anos. Os óbitos ocorreram de 22 de janeiro a 02 de agosto de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Curitiba (51), Londrina (9), São José dos Pinhais (5), Maringá (4), Mariluz (4), Fazenda Rio Grande (4), Guarapuava (3), Foz do Iguaçu (3), Cascavel (3), Toledo (2), Telêmaco Borba (2), Rosário do Ivaí (2), Realeza (2), Piraquara (2), Pinhais (2), Paranaguá (2), Castro (2), Campo Mourão (2), Assis Chateaubriand (2) e Arapongas (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Wenceslau Braz, Umuarama, São Tomé, Sertaneja, Sarandi, Santa Terezinha de Itaipu, Santa Isabel do Ivaí, Rio Bonito do Iguaçu, Quatro Pontes, Quatro Barras, Ponta Grossa, Pinhão, Paranavaí, Palotina, Palmeira, Moreira Sales, Matinhos, Marilândia do Sul, Mangueirinha, Lindoeste, Laranjal, Jardim Alegre, Ivaiporã, Irati, Cruzeiro do Oeste, Contenda, Campo Magro, Bocaiúva do Sul, Bandeirantes, Araucária, Apucarana, Almirante Tamandaré e Agudos do Sul.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 6.657 casos de residentes de fora do Estado, sendo que 190 pessoas foram a óbito.

Em seis anos, Nota Paraná devolve aos paranaenses mais de R$ 2,1 bilhões


Incentivar o consumidor a pedir o CPF na nota e exigir o documento fiscal no momento de uma compra é um exercício de educação e cidadania fiscal que tem se tornado comum no Estado. É neste segmento que o programa Nota Paraná atua há seis anos: combater a sonegação fiscal e devolver aos paranaenses créditos e prêmios em dinheiro.

De acordo com a Secretaria da Fazenda, mais de R$ 2,1 bilhões já foram distribuídos, sendo R$ 1.962.676.368,35 em devoluções e R$ 236,9 milhões em sorteios. São cerca de 3,8 milhões de consumidores inscritos no programa desde o início.

“Este é um bom incentivo para os contribuintes, pois eles só têm a ganhar com o programa. A partir do momento que eles pedem o CPF, não estão só ajudando a combater a sonegação fiscal, mas contribuindo também para a atividade econômica do Estado”, disse o secretário da Fazenda, Renê Garcia Junior.

Com o Nota Paraná, o consumidor pode receber parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhido pelo estabelecimento. Os créditos e prêmios podem ser compensados em conta bancária ou usados para abatimento do IPVA. Outra opção é doar a entidades sem fins lucrativos. As doações são feitas através do depósito da nota fiscal em uma urna da própria entidade ou através do aplicativo do Nota Paraná.

O programa ainda permite consultar e imprimir as notas fiscais que foram lançadas no CPF cadastrado.

“O programa Nota Paraná está cada dia mais perto do cidadão paranaense, buscando inovações e novidades para fomentar a cidadania fiscal, que é seu principal objetivo. A consciência fiscal leva a uma sociedade mais justa, responsável, ciente da sua relação com o Estado e com o seu papel no controle social, que proporciona a aplicação e utilização eficiente dos recursos públicos”, disse o diretor da Escola Fazendária, responsável pelo Nota Paraná, Mário Brito.

Para a auditora fiscal e coordenadora do programa, Marta Gambini, ele não se propõe apenas a melhorar a formalidade nas relações de compra e venda, mas sim de levar à população o conhecimento da importância social do tributo. "O imposto tem uma função social e o Nota Paraná valoriza isso na medida em que contempla entidades beneficentes, com a possibilidade de obter recursos para desenvolver suas ações e projetos”, afirmou.

SORTEIOS – Com sorteios mensais para os cidadãos, os prêmios se dividem por valores. O primeiro prêmio é de R$ 1 milhão. Serão sorteados ainda seis prêmios de R$ 200 mil, 300 prêmios de R$ 10 mil e 120 mil prêmios de R$ 10. Para as instituições cadastradas, o prêmio máximo é de R$ 20 mil.

ENTIDADES – Além da devolução de créditos e dos prêmios aos contribuintes, o Nota Paraná foi importante para a manutenção das 1.562 entidades que estão cadastradas no programa. As instituições não governamentais das áreas de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, esportiva e cultural recebem os créditos das notas fiscais doadas e também concorrem a sorteios mensais.

COMO SE CADASTRAR – Para se cadastrar no Nota Paraná é só acessar o site (www.notaparana.pr.gov.br), clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço de e-mail para criação da senha pessoal. Para participar dos sorteios é preciso fazer adesão no site.

MAIS OPÇÕES – Ao longo desses seis anos o programa teve desdobramentos completares que auxiliam os consumidores e fomentam o pedido do CPF na nota.

O Menor Preço do Nota Paraná, por exemplo, permite a consulta de um produto em mais de 100 mil estabelecimentos. As informações são atualizadas em tempo real toda vez que um estabelecimento realiza uma venda.

O aplicativo, disponível na web e nas plataformas Android e iOS, oferece a possibilidade de pesquisa de milhões de preços de produtos, que são atualizados semanalmente por cerca de 100 mil estabelecimentos varejistas. A plataforma utiliza como base informações de milhões de Notas Fiscais de Consumidor Eletrônica (NFC-e) que são emitidas todos os dias no Estado.

Fomentar o turismo regional e incentivar o consumo em milhares de estabelecimentos paranaenses, ajudando na retomada do pós-pandemia, é o intuito principal do Paraná Pay, outro desdobramento do Nota Paraná, que já destinou R$ 3,1 milhões em prêmios.

O programa é mais uma opção para a utilização de créditos do Nota Paraná, vinculado à Secretaria da Fazenda: o pagamento direto para estabelecimentos que oferecem serviços ou produtos de empresas cadastradas no Cadastur, como hotéis, restaurantes, pousadas, empresas de transporte, etc. Após o cadastro, os empresários devem fazer contato com o banco Senff, pelo site:

Mais informações sobre o Nota Paraná estão no site oficial do programa.

Três pessoas ficam feridas em acidente na PR 460, em Nova Tebas


Três pessoas ficaram em um acidente de trânsito nesta segunda (02), por volta das 18h10 na rodovia estadual PR 460 km 22+800m, no município de Nova Tebas.

Se envolveram no acidente o veículo Toyota Corolla placas de Pato Branco e o veículo VW Amarok, placas de Umuarama.

Ficaram feridos A.P., de 53 anos e G.R. dos S. de 39 anos, condutor e passageiro do Toyota Corolla, sendo encaminhados com ferimentos para o Hospital São Vicente de Paulo de Pitanga, e A.S.M.B., de 51 anos, condutor da Amarok, que foi encaminhado com ferimentos ao Hospital municipal de Nova Tebas.


A UniFCV está com o super lançamento dos cursos de Graduação EAD na área de Engenharia


O curso de Engenharia de Software prepara os profissionais para o desenvolvimento de novos programas de computador. No decorrer do curso o aluno conseguirá compreender e aplicar processos, técnicas e procedimentos de construção, evolução e avaliação de software.

Quer saber mais? Entre em contato (42) 9 9128-1476. Ou pelo link: https://unifcv.edu.br/ead/pos-graduacao/


Curta nossa página e fique por dentro das novidades:

UniFCV, uma formação que transforma.
Publicidade