quarta-feira, 24 de março de 2021

Avô é preso suspeito de estuprar e engravidar neta de 11 anos


Um homem de 58 anos foi preso suspeito de estuprar e engravidar a própria neta, de 11 anos, de acordo com a Polícia Civil (PC). A prisão aconteceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na terça-feira (23).

Segundo a Polícia Civil, o abuso aconteceu na cidade paranaense em agosto do ano passado, quando a neta visitava o parente.

Conforme a polícia, a família descobriu o crime depois de perceber alterações no corpo da criança. As mudanças foram notadas durante a 19ª semana de gestação.

Levada ao hospital, a menina interrompeu a gravidez. Segundo a Polícia Civil, a decisão pelo aborto foi autorizada pela própria instituição.

Liberada, a menina prestou depoimento à polícia em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, onde mora com os pais.

De acordo com a delegada Ana Paula Cunha Carvalho, o suspeito também prestou depoimento e foi encaminhado ao presídio Hildebrando de Souza, em Ponta Grossa. Ele responderá pelo crime de estupro de vulnerável.

A delegada informou, ainda, que o homem responde a outro inquérito policial na cidade por suspeita de importunação sexual a outra neta, de nove anos.

Até a publicação desta reportagem, a polícia não informou o grau de parentesco entre as vítimas.

Um estupro de vulnerável a cada 5 dias em Ponta Grossa, aponta PC

Um levantamento da Polícia Civil apontou que 74 casos de estupro de vulnerável foram registrados em Ponta Grossa durante 2020, uma média de um caso a cada cinco dias.

Além disso, segundo a polícia, 98% dos inquéritos apontam que os suspeitos do estupro de crianças e adolescentes são familiares da vítima.

Apenas neste ano, até março, foram abertos 19 inquéritos para investigar o crime na cidade, média de um a cada quatro dias, apontou a polícia.

Fonte: G1 - PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade