terça-feira, 22 de setembro de 2020

20 fuzis e 100 munições são apreendidos pela Polícia Rodoviária



Em uma abordagem, 20 fuzis e 100 munições foram apreendidos por policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). A ação policial aconteceu na segunda-feira (21/09) na região de Maringá, no Noroeste do estado, e resultou na prisão de dois homens.

De acordo com informações repassadas pelo oficial de Relações Públicas da unidade, tenente Sidinei Hudach, a equipe policial abordou um Kia/Sorento, que trafegava pela PR-323. Durante a abordagem, o motorista, de 27 anos, apresentou nervosismo, porém nada de ilícito foi constatado.

Por causa da reação do homem, a equipe acionou o Canil de Cianorte e o cão de faro indicou aos policiais um fundo falso, onde havia 20 carabinas Colt, de calibre 5.56, e 100 munições intactas. Um segundo veículo, um Hyundai/HB20, que era conduzido por um homem, de 36 anos, que estava fazendo o papel de batedor.

“Este é um tipo de armamento que só pode ser utilizado pelas forças policiais, fuzis Colt são utilizados inclusive pela S.W.A.T. nos Estados Unidos, que é uma unidade policial altamente especializada”, explicou o tenente Hudach. A dupla foi presa e encaminhada, juntamente com as armas e os veículos, à Polícia Federal de Maringá para as medidas necessárias.


Fonte: PMPR


Turvo tem mais 01 caso confirmado de coronavírus

Boletim Oficial Covid-19, 22 de setembro de 2020.


Nesta terça-feira (22) teve a confirmação de mais 01 caso de covid-19 em Turvo. Totalizando 13 casos confirmados por meio do exame PCR, realizado pelo LACEN (Laboratório Central do Estado do Paraná) e 4 casos confirmados por testes sorológicos IGG/IGM, realizados em laboratório. 

Dos 17 pacientes positivados, 8 estão recuperados.

É importante que a população o reforce dos cuidados e medidas de prevenção ao coronavírus. 

Os testes sorológicos são indicados para casos assintomáticos e para profissionais da saúde, que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Eles podem ser coletados a partir da 2º semana, quando a quantidade do vírus no organismo diminui e o corpo começa a produzir anticorpos contra o vírus.

Já os testes PCR, do LACEN, são indicados para casos sintomáticos e a coleta é feita logo nos primeiros dias de infecção pelo vírus, entre o 3° e o 7° dia.

Você também pode acompanhar o boletim oficial do município por meio do Portal Covid-19.


Fonte: Prefeitura de Turvo


Paraná tem primeiro óbito por dengue no período epidemiológico


O informe quinzenal da dengue divulgado nesta terça-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Paraná soma 578 casos no período epidemiológico, que começou a ser monitorado em 26 de julho. Foi confirmado o primeiro óbito do período, que aconteceu em Apucarana, no Vale do Ivaí.

Foram registrados 205 novos casos da doença nos últimos quinze dias e 93 municípios apresentam casos confirmados de dengue - 13 a mais que o boletim anterior, que trazia 80 cidades com confirmações.

“A dengue é fator de preocupação do Governo do Estado durante todo o ano. Nosso acompanhamento e orientações junto aos municípios são constantes, mesmo durante a pandemia do coronavírus”, afirmou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

Segundo o secretário, a mudança de estação aumenta a preocupação dos gestores da Saúde e deve servir de alerta para a população. “Temos uma série histórica de monitoramento da dengue indicando que nas estações quentes existe o aumento da proliferação do mosquito transmissor Aedes aegypti. Calor e chuva são propícios para este aumento. Reiteramos a recomendação para que todos verifiquem locais que possam acumular água”, disse o secretário.

O Estado viveu a maior epidemia de dengue no período anterior, totalizando mais de 220 mil casos e 177 óbitos. “Agora, temos ainda o agravante da pandemia da Covid-19. A atenção de todos deve ser redobrada. Infecções pelas duas doenças podem ocorrer simultaneamente deixando a saúde das pessoas ainda mais debilitada”, afirmou Beto Preto.

DADOS – O primeiro óbito confirmado do período está registrado no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) e no SIM (Sistema de Informações de Mortalidade). Trata-se de uma mulher de 63 anos, portadora de cardiopatia e doença autoimune. O informe totaliza 3.468 notificações para a dengue em 229 municípios paranaenses. Para a Chikungunya, são 14 notificações e para a Zika, duas.

PLANO - Neste momento, a Secretaria da Saúde do Paraná, finaliza o Plano de Ação para o Enfrentamento da Dengue, Zika vírus e Chikungunya, elaborado pela Diretoria de Atenção e Vigilância em Saúde.

O plano compreende os 5 componentes do Programa Nacional de Controle da Dengue, que são vigilância epidemiológica, controle vetorial, assistência, gestão e comunicação. Será apresentado brevemente para aprovação da Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), reunindo gestores das esferas estadual e municipal.

Fonte: AEN

Paraná divulga mais 2.165 confirmações e 39 mortes pela Covid-19


A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (22) mais 2.165 casos confirmados e 39 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 165.927 casos e 4.142 mortos em decorrência da doença. Há ajustes de casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – 937 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta terça-feira (22). São 781 pacientes em leitos SUS (396 em UTI e 385 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (68 em UTI e 88 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.070 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 612 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 39 pacientes, todos estavam internados. São 18 mulheres e 21 homens, com idades que variam de 21 a 94 anos. Três desses óbitos ocorreram no mês de julho e os demais entre os dias 1º e 22 de setembro.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (11), Pinhais (4), Cascavel (3), Araucária (2), Jataizinho (2), Toledo (2). A Sesa confirma também um óbito em cada um dos seguintes municípios: Bandeirantes, Bocaiúva do Sul, Colombo, Faxinal, Foz do Iguaçu, Guaíra, Imbituva, Marechal Cândido Rondon, Paranaguá, Piraquara, Rolândia, Santa Helena, São José dos Pinhais, Telêmaco Borba e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 1.751 casos de residentes de fora, 43 pessoas foram a óbito.

CRITÉRIOS - A Sesa informa que o Paraná passou a adotar as definições e condutas contidas no Guia de Vigilância Epidemiológica - Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional pela Doença pelo Coronavírus 2019, publicação do Ministério da Saúde.

A confirmação de casos pelo critério laboratorial poderá ser realizada por todos os testes sorológicos e de antígenos, independente da marca e metodologia.

Os serviços devem alinhar os fluxos de notificação com as secretarias municipais de saúde para que os casos sejam notificados no sistema Notifica Covid-19.

AJUSTES:

Alteração de município:

Um caso confirmado no dia 16/7 em Inácio Martins foi transferido para Andirá.

Um caso confirmado no dia 23/7 em Inácio Martins foi transferido para Campo do Tenente.

Um caso confirmado no dia 14/9 em Curitiba foi transferido para São José dos Pinhais.

Um caso confirmado no dia 16/7 em Pinhais foi transferido para Piraquara.

Um óbito confirmado no dia 9/9 em Campo Mourão (F, 72a) foi transferido para Nova Cantu.

Um óbito confirmado no dia 22/7 em Colombo (F, 98a) foi transferido para Pinhais.

Um óbito confirmado no dia 22/7 em Curitiba (M, 42a) foi transferido para Pinhais.

Um óbito confirmado no dia 2/9 em Dois Vizinhos (F, 88a) foi transferido para Laranjeiras do Sul.

Vem aí a grande Festa da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Turvo

 





PRESOS INFECTADOS PELA COVID-19 FOGEM APÓS CAVAREM TÚNEL NA CADEIA PÚBLICA DE CAMBARÁ

Informação confirmada pela secretaria municipal de saúde do município


Ao menos 20 presos fugiram da cadeia pública de Cambará no fim da madrugada desta terça-feira (22). De acordo com a PM, os detentos escavaram um túnel com aproximadamente 30 metros de extensão para ganhar as ruas da cidade.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, dois fugitivos foram recapturados pela Guarda Municipal. Equipes da PM fazem buscas pelos demais fugitivo. Qualquer informação sobre o paradeiro dos presos pode ser denunciada anonimamente por meio do telefone 190.
Na manhã de ontem (21), a Secretaria Municipal de Saúde de Cambará informou que todos os presos e servidores da cadeia pública local (num total de 95 pessoas) testaram positivo para Covid-19.

Informações: Tá no Site
LONDRINA NEWS 

Escolas de Guarapuava e Campo Mourão vão receber R$ 5 milhões


O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou na sexta-feira (18) um projeto de lei (542/2020) que autoriza o Poder Executivo a receber R$ 5,09 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para fomento do uso pedagógico de tecnologias digitais na educação. Os recursos serão aplicados em colégios de Guarapuava e Campo Mourão.

A colaboração financeira do banco é não reembolsável e as cidades foram selecionadas dentro do programa BNDES Educação Conectada, em parceria com o Centro de Inovação para Educação Brasileira (Cieb). O investimento será na aquisição de equipamentos e demais bens e serviços de conectividade para aumentar interesse e rendimento dos alunos, além de promover inclusão digital.

BENEFICIADOS - A verba vai beneficiar cerca de 26 mil alunos de 63 escolas – 17,7 mil alunos de 42 escolas de Guarapuava e 8,2 mil alunos de 21 escolas de Campo Mourão. Todos os colégios estaduais das duas cidades serão beneficiados.

Em Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná, serão contempladas 18 unidades municipais e 24 escolas estaduais. Em Campo Mourão, no Centro-Oeste paranaense, são 10 unidades do município e 11 do Estado.

Os recursos do BNDES serão aplicados na infraestrutura para uso pedagógico e de conectividade, como computadores, impressoras, projetores, roteadores, fones de ouvido, microfones e caixas acústicas.

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte será a responsável pela execução dos recursos e o projeto deverá ser concluído em até 24 meses da data de publicação do contrato com o BNDES.
Publicidade