domingo, 28 de junho de 2020

Acidente mata empresário do Grupo Angeloni; carro de luxo fica partido ao meio


O empresário Roberto Angeloni, de 51 anos, morreu em um acidente de trânsito por volta das 11h40 deste domingo (28) na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Ele estava em uma Mercedes-Benz que bateu na lateral de uma Ranger e, depois, colidiu em um poste. Com a força das batidas, o veículo em que a vítima estava se partiu ao meio.


As informações foram repassadas pela Arteris Litoral Sul, concessionária responsável por esse trecho da rodovia, e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC). O acidente foi no km 184,7 da pista, sentido norte (Curitiba), na faixa de acesso ao Posto Tijuquinhas.

A PRF-SC disse que já foi possível constatar que o carro em que estava o empresário estava acima do limite de velocidade permitido, mas não precisou a quantos quilômetros por hora porque a perícia ainda está em andamento.

Conforme a corporação, o veículo passou por algumas ondulações na pista e o motorista perdeu o controle do automóvel, que quase bateu numa mureta do lado esquerdo, colidiu na caminhonete, saiu da rodovia, entrou no pátio do posto e bateu no poste, que foi derrubado.

Angeloni morreu no local. Uma passageira do outro carro envolvido ficou levemente ferida e foi levada para o Hospital Regional de São José. O condutor da caminhonete não teve ferimentos.


Roberto Angeloni era filho do fundador da Rede Angeloni, que tem supermercados, farmácias, postos de combustíveis e centros de distribuição de mercadorias. Nascido em Criciúma, no Sul do estado, o empresário era atualmente gerente de Operações da companhia. Por meio de nota, a empresa informou que ele deixa os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos.

"Seu falecimento precoce deixa ainda imensa lacuna entre amigos e colegas, que guardam a imagem de um profissional sério e dedicado, que tinha como sonho levar o Angeloni a uma posição sempre mais destacada. A família agradece antecipadamente a todas as manifestações de pesar e solidariedade", diz a nota da Rede Angeloni.

As informações sobre o velório e o enterro do empresário ainda não foram divulgadas.

Fonte: G1 - SC


Guarapuava chega a 128 casos confirmados de coronavírus



Paraná tem mais 918 casos e 24 óbitos pela Covid-19


O boletim divulgado neste domingo (28) pela secretaria estadual da Saúde confirma 918 novos casos de coronavírus de residentes no Paraná e mais 24 óbitos. O Estado chegou a 20.516 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 e 586 perderam a vida por conta da doença. Há ajustes de município de residência detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – Neste domingo (28), 714 pacientes com Covid-19 estão internados, 608 deles em leitos SUS (215 em UTI e 393 em leitos clínicos/enfermaria) e 106 em leitos da rede particular (39 em UTI e 67 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 814 pacientes internados, 409 em leitos UTI e 405 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 24 pacientes. Todos estavam internados. São dez mulheres e 14 homens com idades que variam de 41 a 96 anos. Os óbitos ocorreram entre 18 e 28 de junho.

Os pacientes que faleceram residiam em Cascavel (8); Curitiba (5); Londrina (2); outras cidades que registraram uma morte são Araruna, Balsa Nova, Colombo, Congonhinhas, Goioerê, Planalto, São José dos Pinhais, Três Barras do Paraná e Tupãssi.

MUNICÍPIOS – De acordo com o boletim deste domingo, 348 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Boa Esperança, Porto Vitória e São Jorge d'Oeste registram casos pela primeira vez. Em 132 municípios há óbitos em decorrência da doença.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria soma 226 casos de coronavírus de pessoas que não moram no Estado. Destas, 13 morreram.

Alteração de município:

- Um caso confirmado em 14 de junho em Guarapuava foi transferido para Curitiba.

- Um caso confirmado em 26 de junho em Almirante Tamandaré foi transferido para Cerro Azul.

- Um caso confirmado em 26 de junho em Adrianópolis foi transferido para Araucária.

- Um caso confirmado em 26 de junho em Balsa Nova foi transferido para Campo Largo.

- Um caso confirmado em 26 de junho em Rio Branco do Sul foi transferido para Cerro Azul.

- Um caso confirmado em 26 de junho em Rio Branco do Sul foi transferido para Itaperuçu.

PM impede a entrada de drogas, celulares, brocas e serras na Cadeia de Guarapuava


Por volta das 11h11min do dia 27 de junho de 2020, na Rua Guaíra, Batel, repassado, que segundo denúncias dos policiais militares da guarda externa da 14ª SDP, alguns indivíduos estariam transitando em atitude suspeita pelas redondezas da delegacia, as características repassadas, eram um indivíduo masculino com blusa preta, de toca e calça jeans, uma pessoa do sexo feminino, de calça jeans e blusa preta e outro masculino de estatura baixa com blusa preta e calça cinza. 

A equipe em patrulhamento pela Rua Padre Chagas, avistou um transeunte com característica semelhante e realizou abordagem ao mesmo, posteriormente identificado como um indivíduo, 16 anos, o qual portava um invólucro, contendo no seu interior certa quantidade de substância análoga a maconha, três aparelhos celulares, seis chips de telefones celulares e mais um invólucro pequeno, de substância análoga a maconha. Perguntado sobre o que iria fazer com o pacote, informou que iria arremessar no solário da delegacia, relatou ainda que ganharia duzentos reais para fazer o arremesso. Perguntado sobre o mandante da ação, o mesmo não soube relatar, perguntado sobre quem lhe passou o pacote, contendo os itens, também disse desconhecer o indivíduo. 

A substancia análoga a maconha, com peso de 184 gramas. A descrição dos aparelhos celulares, sendo um celular branco Lg, um celular preto Samsung e um celular preto Alcatel, três chips da operadora Tim, dois chips da operadora vivo e um chip da operadora oi. Em busca na residência do abordado, foi localizado mais um invólucro com substância análoga a maconha totalizando 326 gramas. 

A outra equipe, realizou abordagem na Rua Guaíra, esquina com Rua Barão de Capanema, do indivíduo, 16 anos, vestido com moletom preto e de estatura baixa e da senhora, 34 anos, vestida com blusa preta e calça jeans. Com o homem, foi encontrado 3 tabletes, pesando 222g de substância análoga a maconha, 3 embalagens de papel seda e um celular da marca Samsung J3. Com a mulher foi localizado, um tablete de maconha, pesando 159g, 2 brocas, uma ponta de chave Philips e 2 serras para corte de ferro, ainda com a mulher, durante busca minuciosa, foi localizada a quantia de 20 reais, 3 invólucros plásticos, contendo substância análoga a maconha, pesando 10g no total e um celular Samsung J1, preto com cinza, o qual foi danificado pela própria mulher, no momento em que percebeu que seria abordada. Perguntado a mulher, relatou que recebeu a quantia de 300 reais, no dia anterior para realizar o arremesso, que os 20 reais e os 3 invólucros menores, que estavam com ela, era parte do pagamento pelo arremesso, informou ainda que desconhece o pagador e não soube informar características. O indivíduo, informou que receberia 100 reais para realizar o arremesso. Tendo em vista a situação de flagrante de todos os envolvidos e da suspeita de que nas residências poderia haver mais ilícitos, foi deslocado até a residência, na Rua São Francisco de Paula, onde a equipe, encontraram 2 tabletes de substância entorpecente análoga maconha, pesando 326g. 

Deslocado também até a residência da mulher, na Rua das Cerejeiras, onde a equipe, encontraram mais um tablete de substância análoga a maconha, pesando 331 gramas , em um invólucro plástico e uma faca com vestígios de maconha, utilizada no fracionamento da droga, ambos escondidos embaixo de uma cômoda. Deslocado também até a residência, na Rua Marcondes Sobrinho, nenhum ilícito foi localizado. No total a apreensão resultou em 1kg e 232g, de substância análoga a maconha, 5 celulares, 6 chips, 2 brocas, uma ponta de chave Philips, 20 reais, uma faca e duas serras para corte de ferro.

Jovem morre em acidente entre Roncador e Mato Rico


O jovem Fábio Augusto Ortiz veio a óbito na noite deste sábado (27), durante acidente na estrada entre Roncador e Mato Rico, próximo a propriedade dos Molinas. 

De acordo com informações, Fábio dirigia um Fiat Palio quando acabou colidindo contra uma picape Fiat/Strada, vindo a óbito no local. 

O acidente chocou moradores de Mato Rico e Roncador, onde Fábio Ortiz era muito conhecido. 

Fabinho como era conhecido, era filho do ex-vereador de Mato Rico, Miro Ortiz.