sexta-feira, 22 de maio de 2020

Turvo - Boletim Oficial Covid-19


Governo prorroga prazo de inscrição do Enem até dia 27


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou a prorrogação do prazo de inscrição para o 

Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 para a próxima quarta-feira (27). Pelo calendário inicial, as data limite para os estudantes se inscreverem era hoje (22).

As inscrições começaram no último dia 11 e podem ser feitas por meio da página do Enem na internet.

De acordo com Weintraub, mais de cinco milhões de estudantes já se inscreveram para a prova até a manhã desta sexta-feira (22). “Como já anunciei, os candidatos inscritos serão ouvidos, em junho, pela Página do Participante, do Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira]. Eles, os interessados, vão escolher quando fazer a prova”, explicou o ministro, em outra publicação no Twitter.

Na quarta-feira (20), o Ministério da Educação anunciou o adiamento do Enem por algo entre 30 a 60 dias, em razão dos impactos ocasionados na sociedade pela pandemia de covid-19. As provas impressas estavam previstas para serem aplicadas em 1º e 8 de novembro e as provas do Enem digital para os dias 22 e 29 de novembro.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. A redação será manuscrita, em papel, nas duas modalidades. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Quem tem direito à gratuidade da taxa de inscrição, por se enquadrar nos perfis previstos nos editais do Enem, terá a isenção automática, a partir da análise dos dados declarados no sistema. A regra se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência. De acordo com o Inep, a medida beneficia quem teve dificuldades em realizar a solicitação de isenção devido às restrições impostas pelo isolamento social decretado em razão da pandemia de covid-19.

Aproveite as Ofertas do Sábado e Domingo Filé do Supermercado Suprema de Turvo



Guarapuava chega a 24 casos confirmados de coronavírus


Paraná tem 129 novos casos confirmados e mais cinco mortes


A Secretaria de Estado da Saúde informa que mais 129 pessoas tiveram o diagnóstico da Covid-19 confirmado e cinco pacientes que estavam internados morreram por consequência da doença. Número acumulado de casos chegou a 2.938 e 146 óbitos.

ÓBITOS – os cinco pacientes que faleceram e constam no informe de hoje são três homens e duas mulheres. Uma moradora de Jataizinho, de 55 anos, e outra de Contenda, 75 anos, morreram dia 22. Um homem de 78 anos, que morava em Londrina faleceu dia 20, outro, com 76 anos de idade, era residente de Paranaguá e morreu dia 21 e um morador de São José da Boa Vista, que tinha 53 anos foi a óbito dia 22.

INTERNADOS – do total de casos confirmados, 226 pacientes estão internados nesta sexta-feira (22). 133 deles em enfermaria (98 da rede pública e 35 em rede particular) e 90 em UTI (57 em rede pública e 37 em rede particular).

Entre os pacientes que estiveram internados com diagnóstico positivo para a Covid-19, 186 receberam alta e 99 foram a óbito. A média de permanência ias que os pacientes ficaram internados varia pelo tipo de leito e de evolução da pessoa. Em casos que os pacientes se recuperam e estiveram internados em leitos de UTI adulto a média de permanência foi de 17 dias, em leitos UTI pediátrica de 31 dias, enfermaria adulto 6 dias e enfermaria pediátrica um dia.

Nos casos em que os pacientes faleceram em decorrência da doença, a média de permanência é de: UTI adulto 10 dias, pediátrica 20 dias e enfermaria adulto seis dias. Não há registro de pacientes que foram a óbito em enfermaria infantil.

MUNICÍPIOS – são 204 cidades paranaenses que têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 55 municípios há registro de óbitos pela doença.

As novas confirmações são nas cidades: Alto Paraná (1), Andirá (1), Arapongas (1), Araucária (8), Boa Vista da Aparecida (1), Cambé (2), Campina Grande do Sul (2), Cascavel (20), Céu Azul (1), Chopinzinho (1), Cianorte (4), Colombo (1), Corbélia (1), Cornélio Procópio (4), Cruzeiro do Iguaçu (1), Curitiba (18), Fazenda Rio Grande (3), Goioerê (1), Guairacá (1), Guaratuba (2), Ibiporã (3), Imbituva (3), Jacarezinho (1), Jataizinho (1), Londrina (18), Lupionópolis (1), Mandirituba (1), Manoel Ribas (1), Maria Helena (1), Maringá (1), Matinhos (1), Paranaguá (1), Paranavaí (3), Piraquara (1), Ponta Grossa (1), Quatro Barras (3), Rio Branco do Sul (1), Rolândia (2), Santo Antônio do Caiuá (1), São José dos Pinhais (5), Tamboara (1), Tapejara (1), Telêmaco Borba (1), Terra Rica (1), Umuarama (1) e Wenceslau Braz (1).

FORA DO PARANÁ – duas novas confirmações de residentes de fora do Paraná foram contabilizadas no informe de hoje, total agora é de 47. São moradores de Santa Rita, no Maranhão, e Trindade, em Goiás. Três pessoas que foram atendidas no Paraná e residem fora do estado foram a óbito.

Ajuste:

Um caso confirmado por laboratório particular na data de 16/5 como residente em Curitiba foi excluído por duplicidade.

Um caso confirmado por laboratório particular na data de 21/5 como residente em Londrina foi excluído por duplicidade.

Um caso confirmado por laboratório particular na data de 20/5 como residente em Bela Vista do Paraíso foi transferido para Alvorada do Sul.


Neste sábado tem Feijoada no Mercado Viana


Neste sábado (23), além de você economizar fazendo suas compras no Mercado Viana, ainda pode levar para casa uma deliciosa Feijoada.

No Mercado Viana tem gêneros alimentícios, higiene e limpeza, hortifrúti e açougue.
Na padaria você encontra sempre produtos fresquinhos. 

O Mercado Viana fica na Avenida 15 de Novembro, em frente ao Ginásio da Escola Frida. (42) 9 8426-9546 - 9 98152263.



Caminhão carregado com óleo vegetal tomba na Serra da Esperança


Na tarde desta sexta-feira (22), um caminhão de carga acabou tendo suas carretas tombadas na BR-277, no trecho da Serra da Esperança entre Prudentópolis e Guarapuava. 

Segundo informações o veículo estava realizando o transporte de óleo vegetal quando os pneus deslizaram tombando assim os compartimentos de carga na pista no momento em que realizava a decida da serra e por consequência houve o derramamento do liquido por toda a pista.

Por causa do acidente a pista está totalmente interditada e sem previsão de liberação segundo a concessionária responsável pelo trecho.

Segundo testemunhas o motorista está bem. PRF e atendimento da concessionária já realizam o todos os procedimentos de socorro e limpeza da pista no local do acidente.

Fonte: Nossa Gente

Condutor morre na hora após capotar veículo na BR-277


No dia 22/05/2020, às 7:20h, a equipe da uniadade PRF de Irati foi acionadas pela concessionária Caminhos do Paraná para prestar atendimento a uma ocorrência de acidente do tipo saída de leito carroçável com uma vítima fatal no km 195 da BR 277 Palmeira/PR, sendo o veículo envolvido um Peugeot 206 com placas de Pinhais-PR. O corpo do condutor, masculino com 42 anos de idade, foi removido pelo IML de Ponta Grossa. Estima-se que o acidente tenha ocorrido próximo das 22:30h do dia anterior.

Fonte: Portal Curiúva

Microcrédito diferente é na Paraná Microcrédito


Para facilitar o atendimento das pessoas, temos poucas exigências: não precisa comprovar a renda, não precisa abrir conta em banco, não paga nenhuma tarifa. E para facilitar mais ainda você pode mandar uma mensagem ou ligar pra nós que vamos visitar você em sua casa ou no seu negócio, ou seja, nós é que vamos levar o dinheiro até você.

Para saber mais procure-nos: 

- Flávio Marcos – Empreendedor e Agente de Crédito

- Escritório: PR466 km 222 – Anexo a Jr Antigos

- whatsapp 42.991295427 Link https://whats.link/agcredi

- Fone: 42.36421940

Funcionária de hospital morre após bater contra caminhão estacionado na BR-277


Um acidente acabou matando uma jovem, de aproximadamente 25 anos, no km 122 da BR-277, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. A vítima pilotava uma moto sentindo Curitiba, quando colidiu contra um caminhão que estava parado na pista da direita. A colisão aconteceu na noite desta quinta-feira (21).

De acordo com informações levantadas pela Banda B, a jovem trabalhava no Hospital Nossa Senhora do Rocio e estaria voltando para casa quando se envolveu no acidente.

Testemunhas relataram que o caminhão estava parado na rodovia desde as 16h e que não havia nenhum tipo de sinalização informando o problema com o veículo. O caminhão estava com problemas mecânicos.

A Concessionária RodoNorte, que administra o trecho, informou que só foram acionados às 18h.

Fonte: Banda B

Coronavírus já alcança mais da metade das cidades do Paraná

O novo coronavírus alcançou mais da metade dos municípios do Paraná nesta quinta-feira (21), exatos 71 dias depois dos primeiros casos surgirem em Curitiba e Cianorte. Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, 201 dos 399 municípios (50,3%) já registram ao menos um caso e 52 ao menos um óbito (13%). No total são 2.810 casos e 141 mortes. Os dados informam ainda que 1.680 pessoas se recuperaram da doença.
A Regional de Saúde mais impactada é a da Curitiba e Região Metropolitana, com 1.108 casos confirmados (39% do total), seguida pela de Paranavaí (Noroeste), com 307 registros, e pela de Londrina (Norte), com 265 diagnósticos positivos. Apenas cinco Regionais ainda não contabilizaram óbitos pela doença no Estado: Ponta Grossa, Irati, Guarapuava, União da Vitória e Telêmaco Borba.
DISSEMINAÇÃO – A primeiros casos no Estado apareceram em Curitiba e no Interior concomitantemente em 12 de março. Dez dias depois das primeira ocorrências (boletim de 22 de março) já eram 11 municípios e oito Regionais de Saúde diferentes com confirmações. No dia 1º de abril eram 43 municípios e 19 das 22 regionais atingidas.
Em 1º de maio, um mês depois, 132 municípios e apenas a 4ª Regional de Saúde (Irati) ainda não apresentava casos. Na quinta-feira passada (14) eram 165 municípios e incidência em todas as regiões do Paraná.
Nesta quinta-feira (21), Curitiba já contabiliza mais de 700 casos, Londrina mais de 200 e outras seis cidades (Maringá, Cascavel, Paranavaí, Foz do Iguaçu, São José dos Pinhais e Pinhais) mais de 50.
EVOLUÇÃO – A média desde a chegada da pandemia no Estado tem sido de 39 casos por dia, mas houve evolução nos últimos dias. Um recorte da semana encerrada nesta quinta-feira (15 a 21 de maio) contra a semana exatamente anterior (8 a 14 de maio) aponta crescimento de 83,5% (de 407 para 747) no número de casos no Paraná. A média diária no primeiro quadro foi de 106, contra 58 na segunda semana do mês e 36 na primeira (1º a 7 de maio)
MENOR ÍNDICE – Mesmo diante dessa evolução, o Paraná mantém o menor índice de casos do País por 100 mil habitantes, com incidência de 24,6. A média nacional é de 147,6 e a regional (Sul) de 46,3. Os estados com resultados mais próximo são Minas Gerais (26,4) e Mato Grosso do Sul (26,8). O Estado ainda tem o 4º menor índice de mortalidade por 100 mil habitantes, de 1,2 - o nacional é 9,5 diante de 20.047 óbitos.
No resultado absoluto divulgado pelo Ministério da Saúde, o Paraná é o 21º em número de casos, com praticamente metade de confirmados dos vizinhos do Sul.
O boletim epidemiológico também começou a destacar nesta semana as datas dos diagnósticos da doença no Paraná. Os três piores dias foram registrados justamente entre os últimos seis: a quarta-feira (20) teve 186, contra 123 na terça-feira (19) e 103 em 15 de maio. Foram os únicos dias com mais de 100 casos nesse gráfico. O dia com mais óbitos foi em 28 de abril, com 8.
FAIXA ETÁRIA – O novo coronavírus tem alcançado os paranaenses cada vez mais cedo, segundo a média de idade do boletim epidemiológico. A faixa atual do Paraná é de 43,9 anos, calculada depois do Estado atingir a marca de 2,8 mil casos diagnosticados. No dia 22 de abril, quando essa métrica começou a aparecer nos informes, a média era de 46,4 anos, diante de 1.063 casos.
A faixa etária mais atingida continua sendo a adulta, com destaque para pessoas entre 20 e 59 anos, com 2.123 casos, o que representa 75,5% do total. Entre 22 de abril e 21 de maio, decorrido um mês com essa métrica no quadro epidemiológico, a evolução foi percentualmente mais rápida entre os adultos na comparação com os idosos. Em termos absolutos, foram 117 novos casos entre crianças e adolescentes, 1.339 entre adultos e 293 entre idosos.
Nesse período, por exemplo, os casos escalaram 197% entre pessoas com 20 a 29 anos (de 147 para 437); 188% entre 40 e 49 anos (de 200 para 577); 169% entre 30 e 39 anos (de 242 para 652); e 134% entre 50 e 59 anos (de 195 para 457). Entre zero e 19 anos o salto foi de 334% (de 35 para 152 casos) e entre mais de 60 anos de 121% (de 242 para 535).
PERFIL DOS CASOS – As mulheres continuam sendo as mais atingidas no Paraná: 1.439 x 1.371, respectivamente. Dos 2.810 casos confirmados no Estado, 188 pessoas ainda estão internadas (81 em UTI e 107 em enfermaria) e 1.680 se recuperaram, mais da metade (59,8%).
ÓBITOS – A média de idade de óbitos se mantém praticamente igual entre 22 de março e 21 de maio, saltando de 67,8 anos para 68 anos. Nesse período o maior índice foi em 30 de abril (69,2 anos) e o menor na quarta-feira da semana passada (13), 67,4 anos, justamente no dia da morte da pessoa mais nova no Estado, uma criança de apenas 5 anos, em Curitiba.
Box
CIDADES COM MAIS CASOS
Curitiba – 711
Londrina – 209
Cascavel – 175
Maringá – 101
Paranavaí – 83
Foz do Iguaçu – 81
São José dos Pinhais – 60
Pinhais – 51
Ponta Grossa – 49
Campo Mourão – 48
Fazenda Rio Grande – 45
Paranaguá – 43
CIDADES COM MAIS ÓBITOS
Curitiba – 35
Londrina – 18
Maringá – 6
Paranavaí – 6
Cascavel – 6
Campo Mourão – 4
Fazenda Rio Grande – 4
São José dos Pinhais - 4.

Homem é preso por posse irregular de arma de fogo em Palmital


No dia 21 de maio de 20, às 22h00min, na Rua Moisés Lupion, Centro, a vítima de 36 anos, relatou que seu marido de 40 anos, chegou agressivo em casa e passou a ameaçá-la de morte, dizendo que daria um tiro, e ainda relatou que o mesmo possui arma na residência. 

No local, ao proceder com a abordagem, a equipe policial encontrou uma arma de fogo tipo rifle cal.22 marca CBC. A equipe presenciou uma agressão do autor contra a vítima, que de imediato recebeu voz de prisão e foi conduzido, com a arma de fogo, até a Delegacia de Palmital para os procedimentos.