sexta-feira, 24 de abril de 2020

Madeireira é parcialmente destruída em incêndio no interior de Turvo


Uma madeireira que fica na localidade da Dodge, em Turvo foi parcialmente destruída por um incêndio no início da noite dessa sexta-feira (24). Em conversa com os proprietários da madeireira, eles informaram que não tem conhecimento do que originou o fogo, que causou grande prejuízo, onde queimou várias maquinas e parte da estrutura.

O Corpo de Bombeiros de Pitanga e de Guarapuava ainda estão trabalhando no local para combater as chamas. O caminhão pipa da prefeitura também esteve no local, bem com a Polícia Militar.







Guarapuava - Boletim atualizado


Turvo - Boletim Oficial Covid-19


Saúde confirma mais 38 casos e cinco óbitos pela Covid-19


A Secretaria de Saúde do Paraná divulga mais um informe com dados de pacientes confirmados com o novo coronavírus, no total são 1119 confirmados e 65 óbitos. 620 pacientes que tiveram a doença já foram liberados do isolamento com segurança.

Os 38 novos casos foram registrados em: Guaratuba (1), Campo Largo (1), Colombo (1), Curitiba (8), Fazendo Rio Grande (2), São José dos Pinhais (1), Barracão (1), Foz do Iguaçu (2), Cascavel (3), Araruna (2), Campo Mourão (1), Alto Paraná (1), Amaporã (1), Paranavaí (1), Planaltina do Paraná (2), Apucarana (1), Mandaguaçu (1), Maringá (3), Cambé (1), Guaraci (1), Londrina (2) e Guaíra (1).

As pessoas que morreram em consequência do Sars-Cov-2 são cinco homens residentes e com as respectivas idades: Araruna (81 anos), dois residentes de Londrina (83 e 92 anos), um morador de Terra Boa (61 anos) e São João do Caiuá (40 anos). Todos estavam internados.

Hoje somam 115 municípios com casos já confirmados pelo novo coronavírus.

A quantidade de pacientes que residem fora do Paraná segue a mesma: 14 confirmados e dois óbitos, conforme detalhamento no Informe Epidemiológico.

ERRATA:

No Informe divulgado ontem (23/04), na lista dos municípios com casos confirmados, óbitos e recuperados, apontava Siqueira Campos com um caso confirmado, um óbito e um recuperado. Foi um equívoco, Siqueira tinha apenas um caso confirmado e um óbito. E um caso confirmado de Cascavel foi excluído por duplicidade.

Consulte o informe completo aqui.

ERRATA - ATUALIZADA 19h30

A Secretaria de Estado da Saúde informa que o sistema gerenciador de dados apresentou inconsistências relacionadas aos casos em investigação nos informes divulgados nos dias 23 e 24 de abril. O problema ocorreu devido a uma atualização do sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) e a ferramenta utilizada para a compilação de dados.

Desta forma, a Sesa reitera os esforços para garantir a segurança e confiabilidade dos dados e, por este motivo, e até a reprogramação do sistema que gera este dado, não publicaremos esta informação.

Moro anuncia demissão e acusa Bolsonaro de interferir na Polícia Federal


Ao anunciar a saída do cargo, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, acusou nesta sexta-feira (24) o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir politicamente no comando da Polícia Federal para obter acesso a informações sigilosas e relatórios de inteligência. "O presidente me quer fora do cargo", disse Moro, ao deixar claro que a saída foi motivada por decisão do presidente.

"O presidente me disse que queria ter uma pessoa do contato pessoal dele, que ele pudesse colher informações, relatórios de inteligência. A interferência política pode levar a relações impróprias entre o diretor da PF e o presidente da República. Não posso concordar", disse Moro, ao comentar as pressões de Bolsonaro para a troca no comando da PF. "O presidente me quer fora do cargo."

Moro falou com a imprensa após Bolsonaro formalizar o desligamento de Maurício Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal - o ministro frisou que não assinou a exoneração, publicada no Diário Oficial da União. O ex-juiz federal da Lava Jato lembrou que, em novembro de 2018, logo após as eleições presidenciais, Jair Bolsonaro lhe disse que ele teria "carta branca" para comandar a pasta, o que acabou não ocorrendo. "Ele (Moro) vai abrir mão da carreira dele. É um soldado que está indo à guerra sem medo de morrer", disse o presidente na ocasião.

De acordo com Moro, a partir do segundo semestre do ano passado, "passou a haver uma insistência do presidente com a troca do comando da Polícia Federal". "O presidente passou a insistir também na troca do diretor-geral. Eu disse 'Não tenho nenhum problema em trocar o diretor-geral, mas eu preciso de uma causa'. (…) Estaria claro que haveria interferência política na PF'. O problema é: por que trocar? Por que alguém entra? As investigações têm de ser preservadas", disse.

Ao falar do governo Dilma Rousseff, o ministro observou que "é certo que o governo da época tinha muitos defeitos, mas foi fundamental a autonomia da PF". "Foi garantida a autonomia da Polícia Federal durante os trabalhos. O governo da época tinha inúmeros defeitos, crimes de corrupção, mas foi fundamental a manutenção da autonomia da PF para que fosse realizado o trabalho. Isso permitiu que os resultados fossem alcançados."

Derrotas

Desde que abandonou 22 anos de magistratura para entrar no governo, Sergio Moro tem acumulado uma série de derrotas. O pacote anticrime formulado por ele, por exemplo, foi desidratado pelo Congresso. Recentemente, Bolsonaro também tentou esvaziar dividir o Ministério da Justiça, retirando de Moro a parte reservada ao combate à criminalidade, justamente uma das áreas que apresentava melhor resultado até aqui. O plano do presidente era entregar a área que cuida da Polícia Federal para o ex-deputado Alberto Fraga (DEM), amigo pessoal de Bolsonaro.

STF

Segundo Moro, ao aceitar o convite para comandar a Justiça, nunca houve a condição para que ele depois assumisse uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF). "O compromisso (ao assumir ministério) era aprofundar combate à corrupção", afirmou.

"Busquei ao máximo evitar que isso (a minha saída) acontecesse, mas foi inevitável", disse Moro. "Não foi por minha opção."

Sucessão

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), já articula para emplacar o secretário de Segurança do DF, Anderson Torres, no lugar de Moro. Crítico do ex-juiz, Ibaneis disse que Torres, que é amigo de Bolsonaro, seria um ministro "100 vezes melhor" que Moro.

Fonte: Bem Paraná

Saúde alerta que transmissão de sarampo ainda continua


A Secretaria de Estado de Saúde divulgou um novo Informe Epidemiológico do Sarampo nesta quinta-feira (23) com 1.017 casos confirmados da doença desde agosto de 2019, quando o sarampo reapareceu após mais de 20 anos sem registro no estado.

Neste informe aparecem 15 casos confirmados a mais que o da semana anterior. Destes, apenas um é novo, do município de Curitiba. Os demais 14 foram resultados positivos de amostras que estavam em análise na Fiocruz.

Os municípios que tiveram aumento no número de confirmados são Paranaguá (1), Colombo (3), Curitiba (9), Pinhais (1) e União da vitória (1).

MUNICÍPÍOS – No Paraná 46 municípios têm registro de casos confirmados de sarampo. A maior parte dos casos estão localizados em Curitiba e na Região Metropolitana. São 922 na 2ª Regional de Saúde, sendo 611 somente na Capital.

VACINAÇÃO - As pessoas entre seis meses de vida e 59 anos devem ser vacinadas. Crianças que têm entre seis meses e 11 meses e 29 dias recebem a dose zero. A população com idade entre um a 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 59 anos, uma dose.

Mais informações sobre o calendário de vacinação podem ser acessadas pelo link:

Polícia Civil prende suspeitos de matar e ocultar corpo de adolescente desaparecida em Guarapuava


A Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (23) um homem de 43 anos suspeito pela morte de uma adolescente de 13 anos, desaparecida na cidade de Guarapuava. O corpo da menor, identificada como Katieli Aparecida da Silva, foi encontrado no dia 2 de abril numa estrada rural a cerca de 500 metros do Pedágio em Candói, no Centro Sul do Estado.

A vítima havia desaparecido no dia 7 de março. No mesmo dia em que o corpo foi encontrado, um homem suspeito de envolvimento no crime já havia sido preso. De acordo com a delegada Ana Carolina Hass de Miranda Castro, que coordena a investigação, os suspeitos mataram e ocultaram o corpo da menor.

Além dos dois homens, as investigações ainda indicam a participação de uma mulher, agenciadora de garotas de programa, que não foi localizada até o momento e segue sendo procurada pela Polícia Civil. Os dois acusados estão recolhidos na Cadeia Pública de Guarapuava a disposição da justiça.

Fonte: RBJ

Precisa de crédito? aqui tem


A Partir de hoje o Blog do Elói inicia com mais um grande parceiro, é a AGCredi, empresa que trabalha com liberação de Microcrédito para o Programa Paraná Microcrédito. 

Na frente do projeto está o empreendedor Flavio Marcos da Silva, com experiência de mais de 22 anos no mercado financeiro, criou o projeto para ajudar os empreendedores e agricultores no acesso a crédito para desenvolver seus negócios. 

Para saber mais procure-nos: 

- Flávio Marcos – Empreendedor e Agente de Crédito 

- Escritório: PR466 km 222 – Anexo a Jr Antigos 

- whatsapp 42.991295427 Link https://whats.link/agcredi

- Fone: 42.36421940

Acidente envolve dois veículos na PRC-466, em Turvo


Por volta das 19h30 dessa quinta-feira (23), a Polícia Rodoviária atendeu um acidente do tipo abalroamento longitudinal na PRC-466, km 216+500m em Turvo, envolvendo um Ford/Fiesta, placas de Guarapuava, conduzido por um Senhor de 71 anos e uma Fiat/Strada, placas de Cascavel, conduzido por um senhor de 64 anos. 

Do acidente resultou em ferimentos leves nos dois condutores, ambos foram encaminhados ao Hospital Bom Pastor, onde foram atendidos e liberados.