sábado, 11 de janeiro de 2020

Ambulância sai da pista, e três pessoas ficam feridas na BR-376


Três pessoas ficaram feridas após uma ambulância sair da pista na BR-376, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, na manhã deste sábado (11).

Segundo a CCR Rodonorte, concessionária que administra a rodovia, o acidente foi registrado no trecho entre Ponta Grossa e Tibagi, também na região dos Campos Gerais.

A concessionária informou que a ambulância pertence à Prefeitura de Cambé, no norte do estado, e havia levado um paciente para atendimento em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

O acidente aconteceu quando a ambulância voltava para Cambé. No veículo estavam dois adultos e uma criança, que tiveram ferimentos leves.

As três vítimas foram atendidas no local por socorristas da concessionária e não precisaram ser encaminhadas para o hospital.

A Prefeitura de Cambé informou que a ambulância retornava com um paciente e um acompanhante, além do motorista, que possuía muitos anos de experiência.

O município ressaltou que está "a disposição da família para todo apoio e suporte necessário".


Fonte: G1 - PR

Polícia Militar apreende mais de 30 quilos de maconha em Guarapuava


No dia 10 de janeiro, às 22h25min, na Rua Augusto Marcon, Industrial, a equipe policial estava realizando patrulhamento, momento que visualizou um indivíduo em atitude suspeita, escondendo um volume debaixo da jaqueta, foi dada voz de abordagem e encontrado dois tabletes de maconha na jaqueta, o indivíduo de 23 anos, relatou que estaria guardando e repassando as drogas aos consumidores sob as ordens de um masculino de 24 anos. 

No momento da abordagem estava parado mais a frente um Celta branco, o qual segundo o abordado, seria entregue os tabletes de maconha pesando 2 kg; durante a abordagem o Celta saiu do local. 

Deslocado até a residência do abordado e localizados 30,5Kg de maconha, distribuídas em três caixas de papelão, duas balanças de precisão e dinheiro, e um celular Samsung na cor preta. 

O indivíduo foi encaminhado até 14ª SDP para os demais procedimentos pertinentes.

Fonte: PM

PCPR prende suspeito de estuprar e engravidar filha


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem, de 40 anos, suspeito de abusar sexualmente de sua filha de 12, no ano de 2014. A prisão aconteceu no início da noite de quinta-feira (9), em Guaratuba, na Operação Verão Maior. O homem estava foragido desde o mês de junho de 2019 e foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável.

De acordo com as investigações, o crime teria ocorrido em Curitiba. A mãe da vítima era falecida e ela morava apenas com o pai. A denúncia chegou para a PCPR através do Conselho Tutelar, relatando que o homem estaria violentando a menina.

Diante do fato, a PCPR deu início as investigações e descobriu que a filha, hoje com 18 anos, teria engravidado e a criança, atualmente com 4, poderia ser fruto da violência sexual. Embora, a vítima tivesse negado na delegacia.

Ao ser ouvida, a filha do suspeito negou todas as acusações. Quando questionada sobre sua gravidez precoce e paternidade do filho, disse que seria um rapaz que conheceu, porém não informou quem seria ele. Entretanto, a PCPR solicitou exame de DNA à Justiça em 2019, para confrontar com a versão apresentada pela vítima. Através disso, ficou comprovado que o filho era fruto dos abusos.

Com provas materiais e laudos periciais, a PCPR solicitou um mandado de prisão preventiva à Justiça, o qual foi decretado em junho de 2019. O homem era procurado desde então.

A PCPR chegou até o suspeito após descobrir que estaria se escondendo em Guaratuba. Após muitas horas de campana, agentes da PCPR o prenderam no momento em que saía de casa em direção a um bar ao lado da residência.

O homem está preso à disposição da Justiça.

Fonte: PCPR