terça-feira, 15 de outubro de 2019

Faleceu em Turvo, Josefa dos Santos da Luz


Faleceu na noite dessa terça-feira (15) a senhora Josefa dos Santos da Luz, com 79 anos. 

O velório será em sua residência, a partir das 23h00. 

O sepultamento será nesta quarta-feira, em horário a ser designado. 

Informou Funerária SerLuto de Turvo.

Boletim confirma 86 novos casos de dengue no Paraná


O boletim epidemiológico semanal divulgado nesta terça-feira (15) pela Secretaria de Estado da Saúde registra 682 casos confirmados de dengue no Paraná. O aumento em relação ao informe anterior é de 14,43%, com 86 casos a mais que na semana passada. Apresentam notificações para a doença 226 municípios e 108 têm casos confirmados. O Paraná totaliza 5.972 notificações para a dengue desde julho deste ano.

Foz do Iguaçu teve dois casos de dengue grave. Neste tipo, além dos sintomas clássicos, como febre e dores no corpo, os pacientes necessitam de maiores cuidados em leitos de observação ou internação. A dengue grave apresenta sintomas como sangramentos, palidez, sudorese, dificuldade de respirar e comprometimento de alguns órgãos.

O município de Londrina apresentou nesta semana um caso de dengue com sinais de alarme. Nesta fase, o paciente tem sintomas como dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes e acúmulo de líquido no corpo, sinalizando que pode evoluir para a forma grave. Estes sintomas ocorrem, geralmente, entre o terceiro e quinto dia da doença.

Dois municípios seguem em situação de epidemia: Santa Isabel do Ivaí, com 35 casos autóctones, e Inajá, com 16 casos também autóctones – quando as pessoas contraem a doença na cidade onde moram.

Doze municípios se mantém em situação de alerta. Uniflor e Quinta do Sol entraram para a relação nesta semana. As outras dez cidades que estão sem alerta são Lindoeste, Juranda, Nova Cantu, Douradina, Indianópolis, São Carlos do Ivaí, Floraí, Flórida, Florestópolis e Uraí.

O Governo do Estado pede a atenção de toda a população para dengue. “Reforçamos semanalmente, junto com o boletim, a orientação para que todos verifiquem os recipientes que acumulam água parada em seus quintais e residências”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.

Ele explica que esses locais são propícios à formação de novos criadouros e, consequentemente, à proliferação do mosquito transmissor da doença. “Na próxima estação, com os dias ainda mais quentes, abafados e chuvosos, os casos de dengue podem aumentar ainda mais. Precisamos eliminar urgentemente os criadouros para evitarmos a dengue. Esta é uma missão de todos nós”, afirma Beto Preto.

No Estado, quase 80% dos criadouros estão nos imóveis residenciais e comerciais. “A mudança comportamental da população em relação à remoção dos criadouros é fundamental sempre, e mais ainda neste momento que antecede o verão e favorece o desenvolvimento do vetor”, complementa a coordenadora de Vigilância Ambiental da secretaria, Ivana Belmonte.

Os criadouros se formam em todo recipiente que acumula água parada, como pratos de vasos de plantas, lixeiras dentro e fora de casa, coletor de água e do ar-condicionado, ralos, lajes, calhas e pneus velhos, entre outros.

DENGUE - A dengue é atualmente a arbovirose mais prevalente no país. É transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti e apresenta como principais sintomas febre alta com início súbito, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, náuseas e vômitos e dores nos ossos e articulações.

Fonte: AEN


Ganhadores do sorteio realizado na Festa de Nossa Senhora Aparecida recebem os prêmios em Turvo


Na último sábado 12 de outubro, a Paróquia de Turvo realizou a grande Festa de Nossa Senhora Aparecida, onde ocorreu o Show de Prêmios – R$ 10.000,00 em dinheiro com sorteio eletrônico, R$ 2.000,00 com sorteio presencial e mais 06 prêmios pelo nº da cartela. 

Nessa terça-feira (15), o Padre Jozef e membros da diretoria realizaram a entrega dos prêmios para os felizardos. 

Ganhadores dos prêmios: 

01 Liquidificador e Batedeira – Doado pelo Atacadão Casa e Construção – Valdira Prado. 

01 Bicicleta Ergométrica – Doada por Isaias Ribeiro e Jaqueline Beatriz Tractz – Vania Lucia Peron Eurich. 

01 Jogo de Sofá – Doado pelo Marcelão Móveis e Eletros – Anito Fassini. 

01 Cama Box – Doado pela Ellas Móveis – Alcindo Grando. 

01 Forno Microondas – Doado pelo Boaron Móveis – João Pedro Peske. 

01 TV – Doada por Nelson Bottega e família – Joarez dos Santos. 

Ganhadores do prêmio de R$ 2.000,00 – Cristiane Katschuk e Sebastião Lipe Letunvinsk. 

Ganhadora do prêmio de R$ 10.000,00 – Leticia Cheremeta.






Acompanhe tudo o que foi discutido na última sessão da Câmara de Turvo



Sessão ordinária do dia 14 de outubro, ouça tudo o que foi discutido CLICANDO AQUI


Paraná suspende vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa


O Paraná deixará de vacinar os rebanhos de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa a partir de 31 de outubro. A suspensão da vacinação foi autorizada por instrução normativa assinada nesta terça-feira (15) pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o governador Carlos Massa Ratinho Junior, no Palácio Iguaçu.

A medida que proíbe o uso e a comercialização da vacina no Paraná a partir do final deste mês atende o compromisso do Estado de conquistar o status de área livre da aftosa. O fim da vacinação dará início à campanha de cadastramento obrigatório de um rebanho de 9,2 milhões de cabeças, com vigilância sanitária redobrada.

Para a ministra Tereza Cristina, o Paraná inaugura uma nova era sanitária no País. “Consideramos todos os critérios técnicos do Governo do Estado. Houve um calendário de ações, investimentos financeiros e veterinários. O Paraná vai ser uma excelência nas cadeias produtivas dos animais. Santa Catarina era um Estado pequeno e que tinha muito mais facilidade nesse status. O Paraná deu um passo enorme”, explicou.

A assinatura da instrução normativa representa mais uma etapa do processo que visa a obtenção do reconhecimento de Área Livre de Febre Aftosa sem Vacinação pelo Ministério da Agricultura, em setembro de 2020, e pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio de 2021.

PREPARAÇÃO - Segundo Norberto Ortigara, secretário de Agricultura e Abastecimento, o Paraná se preparou para esse momento com georreferenciamento de todas as propriedades rurais, constituição de um fundo para eventual sacrifício sanitário e melhoria da vigilância. “Criamos um conjunto de soluções que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento referenda como o melhor do País”, completou o secretário.

A decisão de suspendes a vacinação se deve à qualidade do serviço de sanidade do Estado, atestada por meio de duas auditorias do Ministério da Agricultura no ano passado. e assumiu compromissos, em parceria com a iniciativa privada, para cumprir as exigências previstas no Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA).

IMAGEM - Ortigara lembrou que há 50 anos o Paraná se esforça para superar essa enfermidade, que macula a imagem da produção, e que desde 2006 não há registros da doença. A suspensão da vacina representa uma economia estimada em R$ 30 milhões para os produtores paranaenses.

“Chegamos a ter mais de dez mil focos ativos nos anos 80 e por uma estratégica técnica de vigilância permanente reduzimos a febre aftosa a pó. Não tivemos mais casos clínicos, subclínicos ou evidências da circulação viral. O Brasil está livre da doença. Essa etapa permite que a gente venda ao mundo uma imagem limpa”, explicou.

Domingo o Governo do Estado promove ação do Paraná Rosa em Turvo


Neste domingo, 20 de outubro, representantes do Governo do Estado estarão na Praça 31 de Outubro a partir das 14h promovendo o encontro do Paraná Rosa.

O encontro contempla ações de vigilância; orientação nutricional; agendamento de exames; testes rápidos; orientações a respeito da violência contra mulher; ações de prevenção do câncer de mama, além de espaço kids.

A programação consiste na abertura; atividades culturais; informações técnicas de saúde; momentos motivacionais e atividades físicas.

Serão disponibilizados ônibus para as comunidades, confira abaixo o cronograma:

- Arroio Fundo dos Neumann e Cambucica, saída às 12h30;

- Arroio Fundo dos Rizzi saída, às 12h40;

- Rio Bonito saída às 13h;

- Pachecos e Vila Rural dos Pinheirais, saída às 13h20;

- Alto do Turvo, saída às 13h30.

- O retorno será às 17h.

A secretaria de saúde convida todas as mulheres a comparecer neste dia. Participe e faça a sua parte, cuide da sua saúde.

Prefeitura de Guarapuava quer pagar R$ 199 mil por show de Luan Santana

Município pretende contratar o sertanejo para evento em comemoração aos 200 anos de Guarapuava


A Prefeitura de Guarapuava pretende gastar R$ 199 mil com um show do cantor Luan Santana nas comemorações dos 200 anos de Guarapuava. A contratação ainda não foi finalizada, mas a administração já publicou uma ratificação do processo de inexigibilidade de licitação. Significa que a escolha da empresa L S Music Produções Artísticas Eireli, que gerencia a carreira do sertanejo, será feita sem uma concorrência. Essa forma de contratação está prevista na lei e é bastante usada pelo poder público para eventos artísticos.

O único documento publicado pela prefeitura no Portal da Transparência é o extrato da Ratificação. Nele o Departamento de Licitações e Formalização de Contratos confirma as determinações de um processo de inexigibilidade que apresenta alguns requisitos para realizar esse tipo de contratação.

Preço

O desembolso de dinheiro público que a Prefeitura de Guarapuava fará para pagar Luan Santana é semelhante ao feito por outros municípios. Em Ivaiporã, onde o cantor estará no dia 18 de novembro para festa de 58 da cidade, a administração usará R$ 180 mil de dinheiro público para pagar o músico e sua equipe.

Em Toledo, no Oeste do Paraná, o cantor vai animar a festa dos 67 anos da cidade, dia 15 de dezembro, pela bagatela de R$ 195 mil.


Inexigibilidade

O expediente de não exigir licitação já foi usado em outros shows realizados esse ano. Em maio a dupla Gean e Giovani recebeu R$ 55 mil para se apresentar na Festa do Trabalhar. Na ocasião a fonte do recurso foi a Secretaria de Assistência Social.

Oito pessoas ficam feridas em batida entre ônibus e caminhão na BR-376


Oito pessoas ficaram feridas em um acidente entre um ônibus e um caminhão, na B R-376, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na madrugada desta terça-feira (15).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus bateu na traseira do caminhão na altura do km 488 da estrada.

O motorista do ônibus ficou preso nas ferragens. Segundo a PRF, ele foi socorrido com ferimentos graves.

Além dele, sete passageiros ficaram feridos, todos com lesões leves, informou a polícia. As vítimas foram encaminhadas para o hospital.

Segundo a PRF, o ônibus fazia o trajeto entre Curitiba e Campo Mourão, na região centro-oeste do estado.

O motorista do caminhão não se feriu.



Ocorrências policiais em Pitanga e Palmital


PITANGA - AMEAÇA: No dia 14 de outubro, relatou o solicitante que vem sofrendo ameaças de morte da sua amasia, e que ela mesma lhe agrediu na data de 13/10/2019 e continuamente vem sofrendo agressões pelo fato dela não aceitar a separação. Diante disso, solicitou apoio da equipe PM para pegar seus documentos pessoais e algumas roupas. Deslocado ate a residência onde ela encontrava-se transtornada e agressiva onde não concordava em devolver seus pertences pessoais sendo necessária a intervenção policial para ela não agredir o solicitante.

PITANGA - INFRAÇÃO DE TRANSITO: No dia 14 de outubro, foi abordada uma motocicleta na cor vermelha a qual era conduzida por um masculino e após consulta via sistema Sesp intranet onde a referida motocicleta estava com débitos de licenciamento e o condutor não possuía CNH. Diante dos fatos encaminhada a motocicleta ate o pátio e lavrada as notificações pertinentes.

PITANGA - LESÃO CORPORAL – VIOLÊNCIA DOMESTICA: No dia 14 de outubro de 2019, a equipe policial militar, recebeu solicitação relatando que ouviu gritos de socorro de residência vizinha, a equipe deslocou até o local onde ao passar pela via publica a equipe ouviu gritos dizendo "é aqui socorro". Momento em que foi entrado em contato com a vítima uma senhora, 55 anos, a qual relatou que seu marido passou a lhe agredir desferindo um soco em sua face próximo ao couro cabeludo, ainda apertou seu pescoço deixando hematomas aparentes, ainda enquanto tentava sufocar a vítima dizia "faz tempo que eu queria te matar". Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao agressor, 36 anos. Sendo conduzidas as partes até a 45ª DRP para os procedimentos cabíveis.

PALMITALPROVOCAR INCÊNDIO EM MATA OU FLORESTA - CRIMES CONTRA O MEIO AMBIENTE: Por volta das 17h00min, do dia 14/10/2019, foi solicitado por uma residente da localidade de Guabiroba, para deslocar em sua residência, pois seu vizinho havia colocado fogo em uma mata próximo de sua casa, que faz divisa com a sua propriedade. No local foi constatado o fato sendo que ainda havia fogo em uma área de cobertura de nascente de água, a qual divide os terrenos. Tendo o autor do incêndio destruído uma parte de mata nativa e empurrado alguns troncos em cima do olho d’água. Relata a solicitante que o autor do fato é primo do seu marido, sendo que em outras ocasiões foi solicitado, pela noticiante, ao autor que não destruísse aquela parte da mata, pois era a proteção da nascente de água a qual serve de abastecimento aos moradores e os animais, sendo tal pedido ignorado por ele que efetuou o desmatamento. Relata ainda a vítima que ele já efetuou outros desmatamentos na borda de um rio local, que passa próximo da sua casa, tendo efetuado grande deslocamento e movimentação de solo em várias áreas de sua propriedade para utilização na agricultura. O local foi fotografado e deixado a disposição da justiça, e a situação repassada ao setor ambiental. A vítima foi orientada quanto as demais providências na proteção do meio ambiente e junto ao fórum. O autor do fato não foi localizado.

Fonte: PM