sábado, 9 de março de 2019

Após vistoria aérea, pesca no Rio Piquiri deve ser liberada em breve, diz IAP



O chefe regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) em Toledo, no oeste do Paraná, Tassiano Cesar Freire Maranhão, disse neste sábado (9) que a pesca no Rio Piquiri deve ser liberada em breve.

Representantes do IAP e da Secretaria de Estado do Meio Ambiente fizeram um sobrevoo de helicóptero por quase 80 km de extensão do rio e informaram que não foram encontrados mais peixes mortos na região.

"Graças que não observamos nenhum peixe morto nesse deslocamento. O IAP vem fazendo um trabalho de monitoramento da qualidade físico-química e toxicológica da água e, assim que estes exames forem concluídos e mostrem que não haja nenhum agente contaminante, a pesca deverá ser liberada", comentou ao adiantar que na próxima semana será feita uma reposição de peixes.


Segundo o IAP, a proibição de qualquer tipo de pesca - exceto a científica - se deve à morte de cerca de 50 toneladas de peixes, o que vinha ocorrendo desde o início de fevereiro.

A medida vale para toda a extensão do Rio Piquiri e afluentes, como o Goioerê, o Cantu e o Melissa.

"Aparentemente observamos no rio processos erosivos de lavouras em que produtores não conservam as curvas de nível, o que eleva a turbidez da água, com uma alta concentração de nutrientes", apontou.

Contaminação por agrotóxicos

A principal suspeita, afirmou Maranhão na ocasião, era de que devido ao aumento de pescadores amadores nos últimos dez anos possam ter sido usados grãos com agrotóxicos atrair os peixes.

"Devem ter sido grãos como soja e milho, revestidos com agrotóxico. A princípio isso ocasionou a mortandade de parte dos peixes", explicou na época.

Entre as espécies, as mais atingidas foram pacu, piapara e mandi.

Maranhão explicou também que a proibição tem como objetivo garantir a proteção das espécies e evitar o consumo de peixes que podem estar contaminados.

O IAP apontou que o problema, que acreditam ser pontual e localizado, se concentrou no encontro do Rio Cantu com o Piquiri, no oeste.

Rio Piquiri

O Rio Piquiri nasce na Serra de São João, entre Turvo e Guarapuava, e deságua no Rio Paraná, entre Altônia e Terra Roxa, na região noroeste. A extensão é de cerca de 660 km, passando por mais de 30 municípios.

Penalidades

A pesca em desacordo com a portaria tem penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais e demais regulamentações pertinentes. Estão previstas multa de R$ 700 a R$ 100 mil e apreensão do material de pesca.

Fonte: G1 - PR

Aniversário da Farmácia Biofarma. Nesta segunda-feira haverá, pipoca, algodão doce, sorteios de brindes e muitas promoções


Neste mês março, a Biofarma completa 06 anos de atuação em Turvo. Nesta segunda-feira, além de muitas promoções, tem pipoca algodão doce e sorteio de brindes.

A Farmácia Biofarma ampliou as suas instalações, agora com um lugar bem mais amplo e moderno para melhor atender você amigo cliente. 

Farmácia Biofarma é completa na linha de medicamentos e perfumaria e sempre com aquele atendimento especial e super descontos. 

A Farmácia Biofarma de Turvo está com atendimento diferenciado para melhor atendê-los, de segunda a sexta, das 08h00 ás 22h00. 
Sábado das 08h00 ás 19:00. Domingo em que a farmácia estiver de plantão, o atendimento é das 09h00 ás 12h00 e das 14h00 ás 18h00. 

Fora desses horários se você precisar de medicamentos, o proprietário comunica que mora atrás da farmácia, é só ligar que você será atendido. 

A Biofarma fica na Avenida 12 de Maio 464 centro, Turvo - PR - Fone 3642-1767 ou whatsaap 42 9 9974-5526.

Clique na imagem:





Neste domingo tem Churrasco Beneficente na Igreja Assembleia de Deus em Turvo


Você pode retirar seu churrasco a partir das 09h00 da manhã.

Neste sábado acontece o 2º Jantar Típico Ucraniano em Turvo




Carro quase parte ao meio em colisão contra mureta em Guarapuava



Um homem ficou ferido em uma colisão de um carro contra uma mureta na manhã deste sábado (09 de março) no Residencial 2000, em Guarapuava.

O acidente foi registrado pelo Corpo de Bombeiros às 06h26, na Rua XV de Novembro. No local, V.P.A.S., de 34 anos, perdeu o controle de um Fiat Uno e colidiu violentamente contra a mureta. Com o impacto, o veículo quase se partiu ao meio.

Apesar da violência da batida, o condutor, que estava sozinho no carro, teve apenas ferimentos leves, principalmente no rosto, e foi encaminhado pelos socorristas para atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo.

Fonte: GRMais

Desabamento de parede acaba com vítima fatal em Palmeira



O desabamento de uma parede de um barracão desativado acabou em morte, em Palmeira. O registro foi feito nesta manhã de sábado (09) na Rua XV de Novembro, 467 (fundos). De acordo com a equipe do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência por volta das 6h40, ao chegar ao local retiraram alguns escombros da vítima, mas ela já se encontrava em óbito.

Rosilda do Carmo Lima, 38 anos, que morava com seu marido, estava dormindo quando a parede desabou sobre ela. O esposo não se feriu. Além dos Bombeiros, a Polícia Civil e Militar estiveram no local do ocorrido, até a chegada do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

No mesmo terreno existem três moradias, e de acordo com a avaliação preliminar a situação de risco de desabamento das outras casas é a mesma. Os moradores aguardam uma posição da perícia para saber se devem deixar o local.