terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Inaugurou em Turvo, Box66 Centro Automotivo – Anexo ao JR Antigos

VÍDEO:


Inaugurou nessa segunda-feira em Turvo, Box66 Centro Automotivo – Anexo ao JR Antigos, com os seguintes serviços: Troca de óleo, troca de correia dentada, suspenção, freios, embreagens, alinhamento, balanceamento, amortecedores entre ostros serviços.

Promoção de inauguração – Alinhamento e balanceamento R$ 80,00, válido por 30 dias

No Box66 tem também o Lavacar, com serviços de leva e traz: 

Serviços disponibilizados – Lavagem expressa, lavagem completa, lavagem desmontada, polimento e cristalização, espelhamento e lavagem de motos. 

Preços especial para frotas de veículos de empresas.

Box66 Centro Automotivo e Lavacar fica na PRC-466 km 222 – Trevo de acesso – Anexo ao JR Antigos – Fone (42) 3642 1940.







5º Encontro de Jipeiros Valdinho Halma será neste fim de semana em Ivaí – Turvo


O evento vem sendo promovido pela família Halma em homenagem a um dos primeiros trilheiros do município Evaldo Halma "Valdinho". 

O evento está em sua 5ª edição. 

A família convida a todos que o conheceram em vida, ou mesmo sem conhecer, querem conhecer pouco mais de um dos esportes que ele praticava e amava muito, o off-road, que acontecerá neste fim de semana na chácara da família Halma em Colônia Velha Ivaí, em pista criada em sua homenagem. 

No local terá venda de comidas e bebidas, piscina e camping livre a todos.


PRF atende acidente com óbito na BR277, em Guarapuava



Em Guarapuava, aproximadamente as 11h45 desta data, na BR 277 km 328,8, ocorreu uma saída de pista seguida de colisão contra barranco e capotamento, envolvendo veículo VW/GOL com placas de Guarapuava/PR.

No veículo estava somente o condutor, de 46 anos, o qual veio a óbito no local do acidente.

Equipe PRF permanece no local, em atendimento a ocorrência.

Informações e imagens BDCom 3° Delegacia da PRF /Ponta Grossa.

Ratinho Junior apresenta plano de governo à Assembleia Legislativa



O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) nesta segunda-feira (4) as propostas que vão orientar a gestão do Executivo estadual pelos próximos quatro anos. O documento, explicou Ratinho Junior, foi construído em parceria com a sociedade civil e compila todos os compromissos da nova administração, com foco na transparência, política de concessões, avanços sociais e projetos estratégicos de longo prazo.

O plano é dividido em três grandes áreas (gestão de governo, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social) e engloba a modernização de áreas fundamentais como saúde, educação e segurança, além de programas para o agronegócio, infraestrutura e turismo. Ratinho Junior deu ênfase ao estímulo para o crescimento econômico e para geração de emprego e renda, além de garantir prioridade com o gasto de recursos públicos.

No discurso, o governador enfatizou que as propostas já estão sendo colocadas em prática. “Para imprimir a agilidade que o nosso ritmo exige e que a sociedade espera, reduzimos o número de secretarias de 28 para 15 e ajustamos esse modelo com uma contingência mínima de 20% nos gastos com pessoal e nas despesas”, afirmou.

Ratinho Junior destacou que em apenas um mês entregou o avião de uso exclusivo do governador, congelou o salário do primeiro escalão, determinou a instauração de uma auditoria nas folhas de pagamento dos servidores ativos e inativos e instituiu um programa de compliance. Ao mesmo tempo Detran e Copel enxugaram pelo menos R$ 22 milhões anuais com revisões de contratos.

“Esses são alguns exemplos que de é possível imprimir outro ritmo e outra dimensão ao Estado. O lento, moroso, grande e pesado pode ser substituído pelo eficiente, justo e dinâmico”, destacou. “Garanto que vamos economizar muito dinheiro, principalmente nas áreas de segurança, saúde, nas estatais (Copel e Sanepar). Estamos realizando um diagnóstico para que o dinheiro público possa ser melhor investido no Paraná”.

Participaram da cerimônia no Plenário Aníbal Khury o chefe da Casa Civil, Guto Silva, e o secretário de Comunicação e Cultura, Hudson José.

PEC DA APOSENTADORIA - O governador já encaminhou à Assembleia Legislativa a primeira proposta da gestão. Trata-se da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que propõe o fim do pagamento de aposentadorias de governadores. Ratinho Junior afirmou que a medida se soma a outras ações do governo para diminuir o inchaço da máquina pública.

“Foi a nossa primeira proposta. A urgência vai ser natural na votação. A economia é difícil de ser calculada porque se o projeto for aprovado ele vale para o resto da vida e da história do Estado. Além disso tem uma questão simbólica, a demonstração muito clara da nova maneira de fazer política, que escuta o calor das ruas. Isso gera frutos, pelo menos aqui no Paraná”, declarou. Atualmente, nove ex-governadores e três viúvas de ex-mandatários do Estado recebem aposentadoria. O subsídio mensal bruto é de R$ 30.471,11.

PPPs - Ratinho Junior também recebeu a notícia da aprovação da redação final do projeto de lei que cria o Programa de Parcerias do Paraná (PAR). O texto será sancionado nesta terça-feira (5) durante o Paraná Day, evento que contará com a participação de mais de 120 empresários e investidores.

“Nós temos a lei mais moderna do Brasil, que vai propiciar grandes investimentos para o Estado. Serão concessões de rodovias, ferrovias, que vão gerar emprego para os paranaenses. A legislação traz agilidade e transparência para o processo ao deixar muito claro o papel do ente público e do investidor privado, além de fortalecer a independência da Agepar (Agência Reguladora do Paraná)”, afirmou. “O Paraná passou a ser um bom protagonista no país”.

LEI ANTICRIME - O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta segunda-feira (4), em Brasília, do lançamento do projeto de lei anticrime apresentado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. “É o pacote de leis que o Brasil precisa para combater o crime organizado. Vai ter mais rigidez com os bandidos e com quem não usa arma, mas usa o poder público para se beneficiar”, afirmou.

O projeto que será encaminhado ao Congresso Nacional traz mudanças em 19 áreas, incluindo alterações na legislação eleitoral para criminalizar o Caixa 2, a definição de execução da pena após condenação em segunda instância e a instituição de uma modalidade de negociação mediante confissão do crime. O projeto propõe alteração em 14 leis do Código Penal, Código de Processo Penal, Lei de Execução Penal, Lei de Crimes Hediondos e Código Eleitoral.

Fonte: AEN

Homem morre após caminhão carregado com frutas e legumes tombar na PR-486


Um homem morreu após o tombamento de um caminhão carregado com legumes, na tarde desta segunda-feira (4), na PR-486, em Alto Piquiri, no noroeste do Paraná.

O acidente aconteceu por volta das 17h, no trecho entre Alto Piquiri e Brasilândia do Sul. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista do caminhão não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com a PRE, outras duas vítimas, uma mulher e uma criança de um ano e meio, estavam no caminhão e foram retiradas com vida das ferragens.

A mulher foi levada em estado grave para um hospital de Umuarama. O helicóptero do Samu foi acionado para fazer o atendimento à criança, que foi levada para o Hospital Universitário de Maringá.

O corpo do homem ficou preso entre as ferragens da carreta. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) trabalhavam no local, e equipes da PRE orientavam o trânsito no local até a última atualização desta reportagem.

O corpo da vítima será levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Umuarama, também no noroeste.


Fonte: G1 - PR

Caminhão carregado com cigarros do Paraguai é apreendido em Manoel Ribas


No dia 04 de fevereiro de 2019 às 18h30min, policiais militares deslocaram a PR-487, Rio do Limbo, em patrulhamento, quando avistou um caminhão Scania, condutor, 32 anos. 

Ao ser indagado sobre a carga, relatou que estava carregando aproximadamente (1500) mil e quinhentas caixas de cigarro, sendo que cada caixa contém cinquenta (50) maços, cada maço dez (10) carteiras, totalizando setecentos e cinquenta mil (750.000) carteiras de cigarros oriundos do Paraguai. 
Diante dos fatos o caminhão, a carga e o motorista foram encaminhados para a Policia Federal de Guarapuava.